17
fevereiro

Retome sua vida. Revisite sua história. Reencontre seu passado! – Por Claudionor Bezerra


“Mas Jesus disse que não. “Volte para o meio dos seus amigos”, disse Ele, “e diga-lhes que coisas maravilhosas Deus fez por você; e como Ele foi misericordioso”.” (Mr.5.19, Bíblia Viva)

 

Claudionor Bezerra é Bacharel em Teologia e Especialista em Teologia e o Pensamento Religioso; pastor evangélico congregacional; Contador Especialista em Controladoria atuando como Analista Fiscal na COMPESA e Professor no curso de Ciências Contábeis na Faculdade de Ciências Humanas de Olinda (FACHO). Consultor e sócio na BEZERRA & ASSOCIADOS ASSESSORIA CONTÁBIL.  Casado com Mônica Vilazaro e pai de Miguel Vilazaro Bezerra.

Um monstro! Assim pode ser definido aquele homem que morava entre os túmulos. Sua violência colocava em risco a comunidade, razão porque fora acorrentado como um cão raivoso. Não adiantava! Sua força descomunal era invencível. Dia e noite aterrorizava nos arredores de Gadara. Não porque faltasse exorcistas, nos dias de Jesus haviam muitos. Mas com o endemoninhado de Gadara ninguém obteve sucesso. Até que chegou o mais VALENTE! Jesus ainda estava no barco e o “monstro gadareno” foi ao seu encontro e PROSTROU-SE. Isso mesmo, prostrou-se! Reconheceu o Soberano do Universo, encurvou-se perante aquele que possuía autoridade sobre todas as forças espirituais do mal.

O resto da história você conhece. O resultado: Um homem perfeitamente sadio, vestido e sentado desfrutando da serenidade e da paz que durantes anos lhe havia sido sonegado. E agora? O que fazer? Ora, o que qualquer um faria: seguir a Jesus por onde quer que Ele fosse! Mas Jesus disse que NÃO! Como assim? Como Jesus poderia despedir um ex-endemoninhado sem antes lhe oferecer nem que fosse um mini-curso de missões? E a classe de catecúmenos?

Ora, se esse rapaz iria começar alguma coisa ele deveria pelo menos receber um treinamento teológico intensivo! Mas Jesus disse que NÃO! Ele não iria com os demais discípulos. Para ele, a missão foi clara: “Volte para o meio dos seus amigos”. Retome sua vida. Revisite sua história. Reencontre seu passado. E mais: “e diga-lhes que coisas maravilhosas Deus fez por você; e como Ele foi misericordioso”. Não minimizo a importância da informação correta a respeito do Evangelho… quanto mais nítido for o conteúdo do Evangelho, melhor.

Todavia, para cumprir sua missão, o ex-monstro, e agora DISCÍPULO de Jesus, precisava de um coisa apenas: ser propagador da misericórdia que lhe alcançou! Sem essa dimensão experienciável o testemunho do Evangelho será apenas transferência de informação. A tendência do evangelicalismo atual é para o enclausuramento de “guetos”! Jesus disse: “volte para o meio dos seus amigos”!

A alienação religiosa é tão cruel que, na contramão do que disse Jesus, exclui os novos “fieis” ao isolamento dos “amigos” agora chamados de “mundanos”! De modo que estes tais nem podem mais ser chamados de amigos, mas somente potenciais novos prosélitos. Horroroso! Escute bem! A misericórdia lhe alcançou? Então volte aos seus amigos e diga a eles o que Jesus fez com você! Mas lembre-se: Não seja um “testemunheiro” de si mesmo, mas diga ao mundo como a Graça de Jesus transforma “monstros” em discípulos! Vá em frente! Você nunca estará longe dEle!

/

As opiniões e informações aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 

error: Copiando nosso texto?