23
abril

“Nós não temos, até então, nada relacionado a um hospital de campanha” em Caruaru, destaca Raffiê Dellon

Na noite desta quarta-feira (22), o pré-candidato à prefeito de Caruaru, Raffiê Dellon (PSD), participou do Programa Independente. De acordo com o pré-candidato, a coligação do partido ao qual é filiado para as eleições municipais de 2020 contará com o apoio de seis partidos, dentre esses, três terão candidatos à vereadores, que são o PSD, PV e PTC.

Segundo Raffiê Dellon, um dos maiores erros da gestão de Raquel Lyra (PSDB) à frente da Prefeitura de Caruaru se dá nas ações de enfrentamento ao novo coronavírus, criticando as barreiras sanitárias do município.

“Nós fomos, pelo menos até então, o único agente político que propomos junto à Prefeitura de Caruaru, um plano em relação a COVID-19. Nós não temos, até então, nada relacionado a um hospital de campanha, numa cidade de 400 mil habitantes, cerca. Nós não temos, algo relacionado ao enxugamento da máquina, levando em consideração ao que tem tido uma discussão enorme em relação ao enxugamento da máquina voltado para a situação da COVID,” destacou.

Raffiê disputou em 2016 as eleições municipais como candidato a vice-prefeito de Caruaru. Durante a entrevista, o pré-candidato comentou sobre sua escolha de abrir mão da, até então, candidatura de vereador para colocar seu nome a candidato a vice, na época.

“Para você disputar uma eleição majoritária, você tem que ter noção do que eu chamo das várias Caruarus, que existem dentro de Caruaru. É de Lajedo do Cedro, do Capim, do Murici, Terra Vermelha, Brejo Velho, ou seja, aquela zona rural que quem conhece Caruaru sabe que nós temos, do ponto de vista geográfico, uma das maiores zonas rurais do estado de Pernambuco. Então não era você se colocar como candidato e naquele momento eu tinha noção que eu não seria um vice de cabide, um vice de prateleira,” frisou.

A entrevista completa do pré-candidato Raffiê Dellon pode ser acessada através do Podcast Programa Independente, disponível no Spotiffy, clicando AQUI.

22
abril

TSE nega recurso do MPE e Edson, Dida e Joab são inocentados em ação por crime eleitoral

 

 

 

O Tribunal Superior Eleitoral decidiu por unanimidade inocentar o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), o vice-prefeito Dida de Nan (PSDB) e o vereador Joab Gomes (PP) da acusação de crime eleitoral em uma ação relacionada à eleição de 2016.

A denúncia do Ministério Público Eleitoral aponta que, em 24 de setembro de 2016 (uma semana antes da eleição), os três candidatos estiveram presentes em um evento organizado pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), na casa de recepções Glamour. Conforme a denúncia, o público havia sido convocado expressamente para tratar de questões relativas a casas a serem construídas em terreno disponibilizado pela prefeitura.

Em 12 de setembro de 2017 o juiz Flávio Krok Franco multou o envolvidos e os manteve nos cargos. Os recursos do Ministério Público levaram o processo ao Tribunal Regional Eleitoral que entendeu que os discursos proferidos no evento tiveram “meras promessas genéricas”, considerando as provas apresentadas como insuficientes para uma condenação maior.

Recorrido ao TSE, os ministros negaram provimento do agravo, seguindo o entendimento de que não houve “uso promocional de efetiva distribuição de bens custeados pelo Poder Público, mas promessas genéricas de campanhas, o que faz parte do jogo eleitoral regular”.

Com a decisão, Edson, Dida e Joab seguem absolvidos das acusações. A decisão não cabe recurso.

22
abril

Caso seja reeleito, Capilé afirma que devolverá a diferença entre o salário aprovado para vereadores e o que ele considera ideal

 

De acordo com o vereador, essa devolução será realizada caso ele possa destinar para onde vai o valor

 

Na noite desta terça-feira (21), o vereador Capilé da Palestina (PSD) participou do Programa Independente, transmitido pelas rádios Vale FM e Toritama FM e retransmitido pela página do Facebook do Santa Cruz Online. Durante a entrevista, o vereador comentou sobre o aumento de salário dos vereadores, prefeito e vice-prefeito, além de falar sobre o que ocasionou sua separação com o grupo taboquinha.

Sobre o aumento do salário para a próxima legislatura, o vereador afirmou ser contrário. Capilé destacou que o valor ideal para o salário dos vereadores seria cerca de R$ 8 mil reais e não os R$ 12.600,00 aprovado pela câmara, afirmando ainda que devolverá essa diferença caso possa destinar o valor.

“Se for pra mim devolver ao presidente da Câmara, abrir mão definitivamente pra mim não ter poder para direcionar onde vai aquele recurso, ai eu posso dizer que é falso. A partir do momento que o salário é aprovado e aquele dinheiro que todo mundo for reeleito ou for eleito, aquilo vai ser um salário adquirido, um direito adquirido e a partir do momento que ele é adquirido eu tenho o direito de devolver ou dizer pra onde ele vai,” destacou.

De acordo com o vereador, a última eleição para presidência da câmara de vereadores foi o episódio principal que ocasionou a ruptura do mesmo com o grupo Taboquinha e a adesão ao grupo do pré-candidato Allan Carneiro.

“Aquilo que aconteceu me serviu pra ver o quanto eu estava cego politicamente, o quanto a minha ideologia de voto tava errada, o quanto a cidade estava perdendo com aquele meu pensamento, por isso eu não tenho vergonha de dizer que é verdadeiro. (…) Desde aquele episódio lá atrás, na eleição da câmara, eu não me arrependo de jeito nenhum porque hoje eu posso dizer, hoje eu sou um cidadão santa-cruzense que vota e vai votar por razão e que paixão política só quem perde é a cidade,” completou.

A entrevista completa do vereador Capilé da Palestina ao Programa Independente pode ser acessado através do Podcast Programa Independente, disponível no Spotify clicando AQUI.

21
abril

Jessyca Cavalcante afirma que apesar de Allan ter “uma expressão maior do que foi tido nas outras terceiras vias, ele vai ficar na condição de terceira via”

Na noite desta segunda-feira (20), a vereadora Jessyca Cavalcante (PSDB) participou do Programa Independente, transmitido pela página do Facebook do Santa Cruz Online. Durante a entrevista, a vereadora falou sobre a licitação do contrato de publicidade realizada pela prefeitura e analisou o campo político adversário.

Vereadores de oposição criticaram a licitação da prefeitura no valor de R$ 800 mil reais para um contrato de publicidade. De acordo com a vereadora situacionista, a oposição estaria “se aproveitando” do atual momento para falar sobre a referida licitação e que, segundo a vereadora, a licitação foi feita dentro da legalidade.

O que mais causa problema, e que é o gerador de problema, não é o processo formal e legal que é feito, mas sim, muitas vezes a falta de compreensão das pessoas dessa questão de o que é orçamento, do processo licitatório que tem um valor global, que vai ser pago só mediante o trabalho que vai ser prestado e aí, por outro lado, a oposição se aproveita de tudo isso, tendo um momento muito delicado que nós estamos passando, com as pessoas irritadas, com as pessoas com medo, e ai joga pra população, (…) e esse direcionamento de jogar para a população, como a oposição faz, é o que atrapalha” afirmou.

Durante a entrevista, a vereadora Jessyca analisou o campo político adversário, destacando que devido ao conflito no grupo Taboquinha seria “impossível ter uma candidatura só”, além de intitular o pré-candidato Allan Carneiro de “engenheiro de obra pronta” e destacou não acreditar na afirmação de que 80% dos apoiadores do pré-candidato Allan venha dos apoiadores do Prefeito Edson Vieira.

“Não acredito que 80% dos apoiadores de Allan. Allan hoje tem uma expressão maior do que foi tido nas outras terceiras vias de Santa Cruz do Capibaribe, mas ele vai ficar na condição de terceira via,” completou.

A entrevista completa da vereadora Jessyca Cavalcante ao Programa Independente está disponível no Spotify através do Podcast Programa Independente que pode ser acessado clicando AQUI.

 

 

20
abril

André Tadeu ingressa com ação para suspender ajuste de salários de prefeito, vice-prefeito e vereadores em Santa Cruz

EXCLUSIVO

 

 

 

 

 

 

O advogado André Tadeu ingressou nos últimos dias com mais uma ação popular. A intenção desta vez é suspender as leis editadas pela Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, em dezembro de 2019, que ajustaram os salários do prefeito, vice-prefeito, secretários municipais e vereadores, com efeitos válidos para os anos de 2021 a 2024.

 

A votação realizada na Câmara de Vereadores o aumentou o salário dos vereadores do município para a Legislatura 2021/2024 de R$ 6.200,00 para 12.661,00. A mesma votação decidiu que o salário do prefeito passará de R$ 12 mil para R$ 20 mil. Já o vice-prefeito receberá R$ 13 mil, e os secretários receberão R$ 9.500.

 

O salário que os vereadores recebem atualmente é o mesmo valor que era pago em 2009. Isso ocorreu porque a justiça determinou a anulação das leis que fixaram os salários nas últimas legislaturas, considerando que elas foram editadas fora do prazo previsto pela Lei de Responsabilidade Fiscal. As ações foram editadas advogado André Tadeu.

 

André Tadeu defende que o presidente da Câmara, Augusto Maia, não poderia ter votado na matéria que fixou os salários, isso porque o regimento interno da Câmara prevê situações específicas para que o presidente se posicione como nos casos de quórum de maioria absoluta e de dois terços ou voto de minerva em necessidade de desempate.

 

Para André Tadeu, o dispositivo que alterou os subsídios dos vereadores, prefeito e vice-prefeito trata-se de lei ordinária e nesse tipo de matéria o presidente da Câmara não poderia ter votado.

 

André Tadeu acusa ainda que a Constituição Estadual determina que os subsídios sejam fixados no último ano da legislatura. Outro ponto questionado por Tadeu é que o percentual de reajuste aplicado para os novos suicídios deveria ter como base o valor de R$ 6.200,00, definido pela lei editada em 2008, que já as fixações posteriores foram anuladas.

 

 

 

Sinuca de bico

 

 

O presidente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe terá que decidir entre enfrentar uma nova batalha jurídica, cuja derrota pode culminar com o congelamento de salários por mais quatro anos, ou editar uma nova lei, só que agora em meio à atual crise mundial. O prazo no Brasil para que os municípios decidam sobre ajuste de salários de prefeitos e vereadores é de 180 dias antes da próxima legislatura.

 

O Blog do Ney Lima conversou por telefone com o presidente da Câmara de Vereadores, Augusto Maia (PSB). Ele afirmou que irá decidir sobre a questão após tomar conhecimento sobre o teor da ação.

20
abril

“Não é de nossa obrigação, de nenhuma prefeitura, procurar saber se a garagem da empresa existe ou não”, afirmou o prefeito Lero

Vereador de oposição afirmou que a prefeitura de Taquaritinga do Norte teria contratado uma suposta empresa fantasma

Na manhã desta segunda-feira (20), o prefeito Ivanildo Lero de Taquaritinga do Norte, participou do programa Cotidiano da Cidade após o vereador Borges (PSD) afirmar que a prefeitura havia supostamente contratado uma empresa fantasma para o aluguel de um caminhão coletor de lixo.

De acordo com o vereador Borges, foi realizada uma visita, com outros vereadores da oposição, ao endereço da empresa contratada, Ferreira Fernandes Construções e Serviços LTDA, na cidade de Sumé-PB, porém segundo o vereador, no endereço citado no contrato da empresa com a prefeitura, não existe a garagem da referida empresa.

“A firma Ferreira e Fernandes não tem em Sumé, não existe em canto nenhum do Brasil, é uma firma fantasma. O prefeito assinou o contrato irresponsável, assinou o contrato a uma firma que não existe de jeito nenhum,” afirmou o vereador Borges.

Segundo o prefeito de Taquaritinga do Norte, todos os documentos da empresa e do carro locado foram analisados pela equipe de licitação e pela diretoria de transportes.

“Não é de nossa obrigação, de nenhuma prefeitura ou empresa, procurar saber a parte física, a garagem da empresa, se existe ou não. Nossa obrigação é que a documentação da empresa, o seu CNPJ, sua inscrição, esteja tudo legalizado e está legalizado. Se o carro e toda a sua documentação está legalizado e está”, afirmou Lero.

De acordo com Lero, a empresa contratada prestou serviços à cidade por um período de quatro meses, sendo pago R$ 48 mil por esse período. A licitação previa um contrato com a empresa por o período de doze meses, porém o prefeito afirmou que devido a falta de receita no município, o contrato foi reincidido e o último pagamento foi realizado no dia 31 de Dezembro de 2019.

“Devido a nossa necessidade, nós contratamos outra empresa prestadora do serviço por dois meses, no valor de R$ 7.250,00 reais e pagamos R$ 14.500,00, desses dois meses que foram prestado o serviço. Eles dizem que depois que a gente reincidiu o contrato de R$12 mil, nós contratamos mais uma empresa por R$ 14.500,00, outra mentira deles,” completou o prefeito.

Segundo Lero, a oscilação de valores aconteceu por ter sido realizado uma nova licitação com uma empresa de valor inferior. Atualmente, de acordo com o prefeito, é pago R$ 7.300,00 pelo serviço a um cidadão de Pão de Açúcar, distrito do município.

17
abril

Ernesto Maia afirma que não vê problemas éticos em Dida de Nan, Allan Carneiro e em Fernando Aragão

 

Em participação ao Programa Independente nesta quinta-feira (16), o vereador Ernesto Maia (PCdoB) rebateu as afirmações de Carlinhos da Cohab (PP) e afirmou acreditar em uma possível união do grupo para as eleições municipais de 2020.

“Há quatro anos atrás ele (Carlinhos) se afastou do programa porque eu e Deomedes apoiávamos a candidatura de Fernando e Carlinhos apoiava a candidatura de Cleiton Barbosa, quando inclusive naquela época Zé Augusto conseguiu para Carlinhos o apoio de Poço Fundo”, destacou o vereador.

Sobre a fala de Carlinhos da Cohab, durante a participação ao Programa Independente na última quarta-feira (16), Ernesto afirmou que foi mal interpretado, afirmando que o que foi dito é que, na visão do vereador, o eleitor do grupo Taboquinha irá se identificar mais com o grupo em que lideranças como José Augusto Maia e os demais vereadores de oposição estão apoiando, do que na candidatura que o grupo de Carlinhos apoia. Ernesto afirmou ainda que acredita em uma candidatura única do grupo Taboquinha.

Segundo Ernesto, o que pesou nas eleições municipais de 2016 foi a questão ética quando o maior adversário político do grupo à época era Edson Vieira, no cenário das atuais pré-candidaturas ele acredita que esse será um fator que vai pesar, porém não vê problemas éticos nos pré-candidatos opositores, citando inclusive Fernando Aragão.

“O que é que eu vou dizer de Helinho Aragão, o que é que eu vou dizer de Dida de Nan e o que é que eu vou dizer de Allan? Naquela época nós tínhamos como adversário Edson Vieira, e Edson Vieira nós tínhamos muita coisa pra dizer, como temos até hoje pra dizer que Dida recebe essa carga do apoio de Edson Vieira, mas não é Edson Vieira”, afirmou.

A entrevista completa do vereador Ernesto Maia ao Programa Independente pode ser acessado através do Podcast Programa Independente, disponível no Spotify clicando AQUI.

16
abril

“Ter duas candidaturas é normal, anormal é a gente escutar as falas do vereador Ernesto Maia”, afirma Carlinhos da Cohab

Foto: Elivaldo Araújo

Em participação ao Programa Independente na noite desta quarta-feira (15), o vereador Carlinhos da Cohab (PP) fez duras críticas ao vereador Ernesto Maia, após destacar que o companheiro de bancada conhece a história de apoio às candidaturas colocadas por Ernesto.

“Ter duas candidaturas é normal em qualquer partido. Respeito a candidatura de Helinho Aragão, que é uma candidatura colocada por ele, ele tem toda vontade de ser e é normal, anormal é a gente escutar as falas do vereador Ernesto Maia em algumas emissoras de rádio, duvidar da pessoa de Carlinhos da Cohab no tocante ao partido”, afirmou.

O grupo político Taboquinha segue dividido com duas pré-candidaturas para a chapa majoritária das eleições municipais 2020. Após ser questionado sobre as alfinetadas de Ernesto Maia, em que o vereador afirmou que o companheiro não responde pelo grupo Taboquinha, Carlinhos da Cohab afirmou que responde por aqueles que votaram nele e rebateu.

“Eu acho que Helinho Aragão deveria retirar a candidatura dele e colocar Ernesto, eu dou até o conselho colocarem Ernesto. Porque você Ernesto, tem feito uma pré-candidatura muito boa, eu acho que essa pré-candidatura não era pra ser Helinho não, era pra ser você. Você está sendo muito adorado pelo pessoal do grupo”, completou.

A entrevista completa do vereador Carlinhos da Cohab ao Programa Independente pode ser conferida através do podcast Programa Independente, disponível no Spotify clicando AQUI.

 

15
abril

Aumento de salários de prefeito e vereadores em Jataúba é questionado na justiça pelo advogado André Tadeu

O prefeito Antônio de Roque (MDB) sancionou recentemente a lei municipal que estabelece os salários de prefeito, vice-prefeito, secretários municipais e vereadores de Jataúba para os anos de 2021 a 2024, mas o ato já está sendo questionado na Justiça.

O advogado André Tadeu, que coleciona uma séria de ações populares que derrubou salários de agentes públicos em várias cidades, entrou em contato com o editor desde blog para informar o ingresso de uma ação popular para anular o procedimento dos vereadores de Jataúba.

André entende que o ato está repleto de irregularidades e falhas. Ele questiona que, de acordo com o regimento interno da Câmara, o presidente da Casa não poderia ter votado nesse tipo de matéria.

O advogado André Tadeu, coleciona uma séria de ações populares.

Outro ponto questionado pelo advogado é que a lei orgânica do município prevê que os subsídios devem ser regulados por decreto legislativo e não por lei.

André ainda se apega a tese de que o município de Jataúba não demonstra capacidade financeira para o ajuste dos subsídios, que pode exonerar em R$ 55 mil por mês os cofres públicos a partir de janeiro de 2021.

A nova lei de autoria da Câmara de Vereadores de Jataúba, sancionada pelo prefeito, estabelece que nos próximos quarto anos o salário do prefeito passe de R$ 15 mil para R$ 23.400,00. O vice-prefeito muda de R$ 7.500,00 para R$ 11.700,00. Os salários de secretários terão ajustes de R$ 3 mil para R$ 4.800,00. Já os vereadores terão um salto salarial de R$ 6 mil para R$ 7.596,00.

A verba de gabinete do presidente da Câmara, que equivale a 100% do salário de um vereador, também está sendo questionada na justiça.

15
abril

MPPE recomenda que prefeitura de Santa Cruz divulgue ações realizadas com os recursos para o combate ao coronavírus

Para conter a proliferação do COVID-19 (novo coronavírus) que atualmente assola o país, o ministério da saúde estabeleceu recurso do bloco de custeio das ações e dos serviços públicos de saúde no montante de R$ 3.944.360.944,06 (três bilhões, novecentos e quarenta e quatro milhões, trezentos e sessenta mil, novecentos e quarenta e quatro reais e seis centavos), para ser disponibilizado aos estados, Distrito Federal e municípios.

Do montante, a cidade de Santa Cruz do Capibaribe receberá R$ 663.395,13 (seiscentos e sessenta e três mil trezentos e noventa e cinco reais e treze centavos), os quais se destinam obrigatoriamente ao custeio das ações e serviços relacionados à atenção primária à saúde e à assistência ambulatorial e hospitalar decorrente do Coronavírus.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) a recomenda a prefeitura de Santa Cruz, que aperfeiçoe o portal da transparência no sentido de, ‘zelar pela correta e eficiente utilização dos recursos recebidos dos governos federal e estadual, bem como de outras receitas para o enfrentamento à pandemia do COVID-19 e suas decorrências’.

‘Inserir no portal da transparência, espaço específico para lançamento de informações, ações, documentos oficiais, valores recebidos e dispêndios no enfrentamento à pandemia do Coronavírus’.

A recomendação ainda solicita que a prefeitura publique no portal, ‘um espaço específico para receitas e despesas destinadas ao enfrentamento ao coronavírus e suas decorrências; e que as informações sejam divulgadas de maneira detalhada, clara e acessível’.

O MPPE destaca que o descumprimento da recomendação ‘implicará em ato de improbidade administrativa e infração penal’.

15
abril

Toritama e Taquaritinga do Norte são selecionadas pelo Grupo Votorantim para receberem assessoria técnica para combate ao COVID-19

Lista de municípios selecionados pelo Grupo Votorantim

Na noite desta terça-feira (14), o Grupo Votorantim divulgou uma lista com 20 cidades selecionadas para receberem auxílio no enfrentamento e gerenciamento do novo coronavírus. Pernambuco contabilizou o maior número de cidades selecionadas, ao total oito foram selecionadas, dentre elas Toritama e Taquaritinga do Norte. O auxílio remoto começará nesta quinta-feira (16).

Os municípios  deveriam se enquadrar nos critérios de engajamento dos agentes públicos, governança de crise no município, capacidade de seguir regras de isolamento social, integração e diálogo com União, Estados, outros municípios, assim como, critérios de vulnerabilidade à pandemia, para serem selecionados.

As cidades selecionadas fazem parte das microrregiões brasileiras mais vulneráveis ao COVID-19, que leva em conta a expectativa de vida ao nascer, escolaridade segundo o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), porcentagem de pessoas que vivem em extrema pobreza, índice que mede a concentração de renda em determinada região, além da porcentagem de pessoas que tem acesso a água, esgoto e eletricidade.

As cidades receberão assessoria técnica e especializada durante quatro meses, de forma remota, onde o grupo treinará gestores municipais com base nos temas governança de crise, comunicação e distanciamento, assistência, vigilância e impactos fiscais.

11
abril

Governo Federal libera R$ 114 mil para Toritama no combate ao coronavírus

 

 

O Ministério da Saúde anunciou na última quinta-feira (09) a liberação de recursos extras para municípios pernambucanos. Os valores são adicionais aos valores que o município já recebe para custeio de ações e serviços relacionados à saúde.

O suporte financeiro de recursos da União deverá ser destinado a compra de insumos, medicamentos, equipamentos e custeio de pessoal no combate ao Covid-19.

Toritama receberá R$ 114.826,71. A cidade já tem um caso do novo coronavírus confirmado e está com um hospital de campanha montado. O prefeito Edilson Tavares ainda não divulgou informações sobre a aplicação do recurso extra.

 

11
abril

Santa Cruz recebe R$ 663 mil do Governo Federal para combater o coronavírus

 

 

O Ministério da Saúde anunciou na última quinta-feira (09) a liberação de recursos extras para municípios pernambucanos. Os valores são adicionais aos valores que o município já recebe para custeio de ações e serviços relacionados à saúde.

 

O suporte financeiro de recursos da União deverá ser destinado a compra de insumos, medicamentos, equipamentos e custeio de pessoal no combate ao Covid-19.

 

Santa Cruz do Capibaribe receberá R$ 663.395,12. A Prefeitura ainda não anunciou de que forma investirá os recursos. A cidade já opera a montagem de um hospital de campanha e tem um caso do novo coronavírus confirmado.

08
abril

‘Polo de confecções do Agreste produzirá máscaras para combater o coronavírus’, afirma Paulo Câmara

A estimativa inicial é que o polo produza cerca de 1 milhão de unidades de máscaras

 

Foto: Yacy Ribeiro.

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), lançou na tarde desta quarta-feira (08) durante pronunciamento, três medidas para o Polo de Confecções do Agreste, que é formado por Santa Cruz do Capibaribe, Toritama e Caruaru, para a produção de máscaras, com o objetivo de combater o coronavírus.

Segundo o governador, haverá o fornecimento de manuais para produção e de selo de certificação para atestar a qualidade dos novos produtos; linha de crédito especial no valor de R$ 6 milhões, garantindo a aquisição de matéria-prima para mais de 120 empresas; e consultoria comercial, com o objetivo de facilitar a interlocução com os diversos mercados consumidores.

A estimativa inicial é que o polo produza cerca de 1 milhão de unidades de máscaras para abastecer a população de Pernambuco em pontos de venda físicos, como supermercados e farmácias, e também por meio de plataformas de e-commerce.

O Governo do Estado afirma que encomendou 200 mil unidades dos protetores faciais para abastecer os servidores públicos que continuam trabalhando em contato com o público.

Os recursos da linha de crédito deverão ser utilizados exclusivamente para a compra da matéria-prima necessária à confecção de itens para o combate e proteção à Covid-19.

Paulo Câmara destacou que serão cartas de crédito com empréstimos individuais de até R$ 50 mil, totalizando R$ 6 milhões e taxas de juros de 0,31% ao mês. Mais de 100 empresas devem ser beneficiadas.

“Nosso polo de confecções mais uma vez vai dar uma importante contribuição, desta vez na luta contra a COVID-19” –disse o governador.

07
abril

Após divulgação do desconto na taxa de condomínio do Moda Center, Zé Augusto e Allan Carneiro se posicionam

 

Em participação ao programa de Marcondes Moreno na noite desta segunda-feira (06), transmitido pela rádio Santa Cruz Fm e Farol FM, o ex deputado Zé Augusto e o pré candidato Allan Carneiro comentaram sobre o desconto na taxa de condomínio oferecido pelo Moda Center para os condôminos.

“Falei com algumas pessoas para me informar como estava a situação e o que estava para ser feito. E eu acredito que o ideal seria não a isenção, a não ser que exista uma reserva muito grande por lá. A gente tem que entender que o Moda Center é uma empresa, é uma instituição privada que não entra recurso público, pelo contrário, sai. Por exemplo, lá no Moda Center tem mais de trezentos funcionários, a gente tem que inverter a pergunta, quem vai pagar o salário desses funcionários?”, questionou Allan Carneiro.

De acordo com Allan, o valor cobrado esse mês é referente ao mês de março, portanto as despesas seriam do mês anterior.

“Coloquei uma sugestão para a diretoria, para exatamente explicar esses pontos, para que de fato as pessoas saibam. Falo isso como condômino que vai ter que pagar a taxa de condomínio, quanto mais desconto eu tiver vai ser melhor, mas eu tenho que entender que a estrutura lá tem que ser mantida, destacou.

O ex deputado Zé Augusto criticou o desconto na taxa de condomínio e destacou ser um “absurdo” a proposta, além de afirmar que gastos com energia e água diminuíram no período fechado.

“Eu e qualquer pessoa de bom senso ficou estarrecido. Não é possível que o Brasil inteiro está observando essa calamidade púbica que está acontecendo no mundo inteiro, e quando se viu esse desconto, que foi irrisório, não dá pra imaginar que uma diretoria, vendo a situação do povo, faça da forma que foi colocado,” afirmou Zé Augusto

O ex deputado destacou que a questão não seria zerar a taxa, até porque haverá despesas, porém afirma que “esse desconto de R$12,30 é uma piada”. O clima esquentou no estúdio de rádio quando os dois questionaram um ao outro sobre os períodos em que foram síndicos do Moda Center, tornando o clima tenso após o bate boca ao final do programa.

 

06
abril

Câmara de Vereadores repassa recursos para prefeitura utilizar na assistência social em meio à pandemia do coronavírus.

 Cerca de 2,5 mil famílias poderão ser beneficiadas.

Presidente Augusto Maia realizou a devolução dos recursos para ajudar pessoas que estejam passando por dificuldades devido ao fechamento do comércio.

Na manhã desta segunda-feira (6), o presidente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, Augusto Maia (PSB), comunicou que realizou um repasse para os cofres da prefeitura no valor de R$ 100 mil para serem destinados às ações de assistência às famílias mais prejudicadas com o fechamento do comércio neste período de isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus.

Os recursos devolvidos pela Câmara já estão disponíveis para a prefeitura direcionar as ações de assistência social no município, que pode beneficiar cerca de 2,5 mil famílias através da doação de cestas básicas.

Augusto falou sobre o papel que os vereadores da cidade estão desempenhando em favor da população durante a crise do Covid-19.

“A Câmara tem tomado uma série de medidas ao longo desse período de pandemia. O trabalho dos vereadores tem sido praticamente exclusivo para evitar que a população sofra tanto. Aprovamos projetos que proíbem a cobrança de impostos municipais e o corte de energia elétrica. Todos os vereadores redirecionaram as emendas impositivas para serem utilizadas nesse enfrentamento. Agora estamos destinando recursos da Câmara para assistência da população”.

;

Conteúdo da Assessoria.

04
abril

Jobson Barros se filia ao PL e assume compromisso com a pré-candidatura de Roberto Asfora

Em nota enviada a imprensa na manhã deste sábado (04), o vereador de Brejo da Madre de Deus, Jobson Barros, comunicou a sua filiação ao Partido Liberal (PL), destacou que a sua vida pública sempre foi militando pelo grupo denominado “Jacaré” e completou sobre o seu compromisso em apoiar o projeto do pré-candidato Roberto Asfora.

Confira a nota abaixo:

Na vida somos guiados por Deus, ouvindo os conselhos da família e amigos.  Nossa luta como político, e amigo, sempre foi em defesa do povo do nosso município de Brejo da Madre de Deus.

Tenho caminhado e ajudado muito o povo de nossa terra.  Com um grande trabalho social, na saúde, cultura e esportes, tenho também cumprido o meu papel como legislador e fiscalizador, sou um dos vereadores que mais coloca requerimentos e projetos na Câmara de Vereadores, porem, pouco sou atendido por uma administração que vem acabando com nosso município. Tenho também feito o meu papel de fiscalizar, sempre cobrando na tribuna, protocolando denúncias nos órgãos competentes, fazendo assim um mandato compete, embasado nas funções do cargo.

Tenho cumprido com amor respeito e dedicação o meu compromisso, e assim continuarei. Sou Vereador de Brejo da Madre de Deus.

Estou e sempre estive no grupo Jacaré e, em 2018, por acreditar, e ter uma grande amizade, caminhei com o Deputado Estadual Diogo Moraes, que hoje também faz parte do grupo Jacaré.

Ao longo dos anos construí  uma grande amizade com vários amigos, entre eles RUBINHO NUNES E JOSEVALDO, os quais tenho uma grande consideração e respeito, e sei que também pensam no melhor pra Brejo da Madre de Deus, sei que no momento certo precisamos unir forças, e assim buscarmos o melhor para o povo de nossa terra.

Estou me filiando ao (PL) Partido Liberal, Eu, meus amigos e familiares, estamos totalmente comprometidos em apoiar o projeto do pré-candidato Roberto Asfora.

Certo de que fui claro e sempre com respeito, vou seguir meu trabalho social e sempre em defesa do povo, de braços abertos para quem quiser ingressar em nosso projeto de luta e trabalho por Brejo da Madre Deus.

,

Vereador Jobson Barros.

03
abril

Bolsonaro quer polo de confecções do Agreste produzindo máscaras para proteção ao coronavírus

O presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, informou que levou ao presidente Bolsonaro e o ministro chefe da Casa Civil a ideia de usar o polo de confecções do agreste de Pernambuco, para fazer máscaras e EPI’s para os profissionais da saúde nesse período de pandemia.

De acordo com Gilson Machado, o presidente gostou da ideia. Após a prospecção, o presidente da Embratur  consultou o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe. Edson Vieira afirmou que juntando as empresas do município e a população, seria possível produzir um milhão de máscaras por dia.

A deputada estadual Alessandra Vieira já havia sugerido ao governador Paulo Câmara que direcionasse ao polo de confecções os pedidos de Epi’s para os profissionais da saúde.

“As cidades que integram o polo – Santa Cruz do Capibaribe, Toritama e Caruaru, e demais municípios da região, contam com mão-de-obra qualificada e podem contribuir neste momento produzindo máscaras, batas e macacões de proteção, seguindo orientações da Vigilância Sanitária, em pequenas fábricas e até mesmo nas casas de pequenas costureiras, diante da gravidade que é a pandemia”, destacou a parlamentar

De acordo com a parlamentar, se o Governo Estadual atendesse ao pedido, “o polo de confecções poderia beneficiar todo o estado em curto prazo, possibilitando que os pequenos confeccionistas passem a produzir e comercializar diretamente com o estado e prefeituras.” O pedido foi protocolado através de ofício na Secretaria da Casa Civil de Pernambuco.

 

Informações: Blog Jamildo Melo/NE10

02
abril

Ronaldo Pacas fecha apoio à pré-candidatura de Dida de Nan para prefeito

NOTA

Na vida pública somos guiados pelo único propósito de buscar o melhor para nossa gente, lutar pelo bem do coletivo e conquistar as ações modificadoras de nossa sociedade. E militar em uma ala política é o canal que possibilita tais conquistas.

Orgulho-me em ter me dedicado de corpo e alma à minha amada cidade nesses dois mandatos de vereador. São muitas andanças, cobranças, fiscalizações da aplicação do dinheiro público e o mais importante, muitas conquistas para o nosso povo.

Cada requerimento atendido, cada lei criada ou ofício enviado significa uma ação minha. Cada cobrança enviada pelos munícipes, cada sugestão chegada ao gabinete, traz a tona um MANDATO PARTICIPATIVO e embasado nas reais funções do cargo

Tenho cumprido com dedicação e amor os meus deveres. E assim continuarei a fazer. Sou vereador de Santa Cruz do Capibaribe.

Estou no grupo boca-preta desde sempre, e em 2018, por um compromisso profissional com o amigo Deputado Estadual Diogo Moraes fiz parte de seu projeto de reeleição. Gravei para campanha de diversas cidades onde o mesmo possui correligionários. Logramos êxito, cumpri com meu compromisso, e hoje nossa Santa Cruz do Capibaribe conta com dois filhos na Assembleia Legislativa de Pernambuco. O próprio Diogo e a Deputada Estadual Alessandra Vieira.

Eu, meus amigos, familiares e colaboradores iremos, ou melhor, ESTAMOS TOTALMENTE COMPROMETIDOS COM O PROJETO DO PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO DIDA DE NAN.

As amizades que construí ao longo dessas décadas, e as que venho conquistando nos dois mandatos, reforçam meu empenho e interesse em trabalhar por Santa Cruz do Capibaribe.

Certo de que fui bem claro, e de que não temos espaço para mais nenhum tipo de comentário maldoso, discórdia ou fake News, não tenho tempo para perder. Vou seguir no meu trabalho, de braços abertos para todos que queiram ingressar em nosso projeto de lutar pelo bem de Santa Cruz do Capibaribe. E se for GENTE DA GENTE, tem espaço em nosso grupo.

Vereador Ronaldo Pacas

Notícias Anteriores


 

error: Copiando nosso texto?