05
maio

Avant Mídia produz catálogo Ysayama Fitness

A Avant Comunicação e Mídia realizou mais uma produção de moda. Desta vez, o planejamento foi em cima de um produto 100% local.

Para isso, parte das fotos foi feita no Parque Florestal da cidade de Santa Cruz do Capibaribe e outra parte no estúdio fotográfico da Avant, no dia 20 de abril.

Os trabalhos de tratamento de imagem e diagramação duraram uma semana.

 

 

A modelo Wesla Resende, 17 anos, foi indicada pela Avant e aceita por Ronilson e Jane, proprietários da marca.

 

A marca Ysayama Fitness produz dezenas de modelos em Lycra e Cotton. Produtos ideais para a prática de esportes e uso em academias.

O catálogo contará com mais de 50 looks, definidos por referência, o que possibilitará que os clientes possam conhecer todos os produtos e até fazer pedidos através do catálogo.

A Avant Comunicação e Mídia foi responsável por toda a produção do catálogo, desde a criação até o produto final.

 

 

 

 

  • Direção e fotografia: Ney Lima
  • Assistência operacional: Elivaldo Araújo
  • Tratamento de imagem: Saulo Sousa
  • Diagramação: Wilker Truta
  • Modelo: Wesla Resende
  • Cabelo e maquiagem: Valmir Araújo 

 

04
maio

Empresários lotam auditório na assembleia da Ascap

José Gomes filho durante a sua primeira assembleia à frente da Ascap

 

Foi realizada na noite desta quinta-feira (3), a segunda assembleia do ano da Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe (Ascap). Com o auditório lotado, os empresários associados tomaram conhecimento das principais ações realizadas pela entidade nos últimos três meses.

 

A assembleia desta quinta também foi a primeira da gestão do novo presidente da Ascap, o empresário José Gomes Filho, conhecido por Menininho. “Fico feliz com o excelente número de pessoas presentes, pois o nosso objetivo é fazer uma administração participativa, onde os empresários possam debater com os diretores a fim de buscar melhorias para o empresariado e para a economia do município como um todo”, ressaltou o presidente.

 

Além da prestação de contas das ações executadas, a diretoria também apresentou um cronograma de ações a serem realizadas no trimestre. O encontro foi marcado por duas mini palestras. A primeira foi proferida pelo consultor do Sebrae, o Sr. Romero Sobreira, que falou sobre “Os desafios das empresas de confecções no mercado atual”.

 

O gerente da agência local da Caixa Econômica Federal, o Sr. Altimar Nóbrega, apresentou o “Programa Melhor Crédito”, destacando a redução das taxas de juros praticadas pelo banco. De acordo com Altimar, o bom número de participantes na assembleia da Ascap reflete o trabalho da entidade frente ao empresariado local. “Esse poder de organização da Ascap é muito importante e tem todo o apoio da Caixa Econômica Federal, ressaltou.

 

As assembleias da Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe são realizadas trimestralmente, na modalidade de “Encontro Interativo”.

04
maio

Plantão

Advogado é rendido por assaltantes e tem carro levado 

 

O advogado Dr. Neydson Eduardo foi vítima de assalto, hoje pela manhã, no momento em que saía para o trabalho.

 

Dois homens, em uma moto, emparelharam o veículo do advogado e, armados de revolver, anunciaram o assalto. O fato aconteceu na esquina da Rua Rita Nunes de Araújo, no bairro São Cristóvão.

 

Os bandidos levaram o carro do advogado. Dentro do veículo havia documentos e um notebook que também foram levados.

 

Dr. Neydson Eduardo compareceu à delegacia da cidade onde registrou a ocorrência.

04
maio

A tentativa de “volta por cima” de Toinho do Pará

O prefeito Toinho do Pará (PTB) pode conseguir algo que, há bem pouco tempo, parecia ser impossível: Ter aceitação popular.

 

Toinho preparou algumas ações para o último ano de sua gestão. São escolas, creches, praças, novos PSFs e, possivelmente, ruas asfaltadas. Além disso, apesar de adversidades, politicamente, o prefeito tem tido sorte com algumas situações.

 

Esta semana, Toinho saiu com um discurso forte durante o evento Bregaribe, dando um “tapa de luva” no mal estar causado pelo deputado estadual Diogo Moraes (PSB) e pelo presidente da Câmara de Vereadores, Francisco Ricardo (PSDB).

 

Mas, o bom momento vivido pelo prefeito pode não ser suficiente para conter o “fogo amigo” sofrido dentro do grupo de situação, já que, desde os primeiros momentos do governo, Toinho foi vítima de aliados que almejam tomar seu lugar na prefeitura.

 

É bem verdade que o atual prefeito também teve culpa pelo seu mau desempenho. Os sucessivos erros e a falta de pulso firme e de coragem foram a prova do despreparo administrativo do prefeito.

 

Certamente, não haverá tempo suficiente para reverter a alta rejeição popular, mas o resultado final do governo não será a tragédia que se desenhava. Quando o desempenho de Toinho do Pará for comparado, em termos de obras e ações, com os governos dos últimos vinte anos, a população deverá perceber que Toinho do Pará não é tão diferente dos outros como se prega.

 

04
maio

Governador não cumpre promessa

Mais de um ano após o seminário “Todos Por Pernambuco”, promessa de transformação da  3ª CIPM não foi cumprida

 

 

 

 

Em abril de 2011, Santa Cruz do Capibaribe recebeu a grande caravana do seminário “Todos Por Pernambuco”, que contou com o 3º maior público dentre todas as edições do evento que passou por várias regiões.

 

Na oportunidade, o governador Eduardo Campos (PSB) ouviu várias reivindicações dos representantes de Santa Cruz do Capibaribe e das cidades vizinhas. Entre a necessidade de um hospital regional (ou contentamento por uma UPA), obras de infraestrutura e ações de segurança pública, o governador pontuou em anunciar uma ação: A transformação da 3ª Companhia Independente de Polícia Militar no 24º Batalhão de Polícia de Pernambuco.

 

Mais de um ano após anúncio, percebe-se que a promessa de transformação da 3ª CIPM em Batalhão parece ter sido esquecida.

03
maio

O Dia de Kinho

 

Quem está feliz da vida hoje é o companheiro fotógrafo e cinegrafista Kinho. Parabéns por mais um ano de vida e muitas felicidades!

01
maio

Casamento coletivo

Projeto promove casamento coletivo na Zona Rural

 

 

O último dia 27 de abril marcou a vida de 12 casais que puderam oficializar a sua união perante a lei, através do programa gratuito de oficialização de casamentos da comunidade, idealizado pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santa Cruz do Capibaribe, com a parceria da Câmara Municipal de Vereadores. O Juiz de Direito da Segunda Vara Civil de Santa Cruz do Capibaribe, Paulo César, em conjunto com a tabeliã do Cartório Civil, D. Alice, celebrou o casamento civil dos noivos que receberam suas certidões de casamento, numa cerimônia simples e emocionante ao lado de suas testemunhas e familiares na Capela de Santo Antônio, localizada na Vila de Poço Fundo.

 

Dentre os contemplados pelo projeto, estão o casal da Vila do Pará Bento Correia, 86 anos e Severina Costa, 62 anos que moravam juntos há 25 anos e não tinham sua certidão de casamento, “estou muito feliz por ter me casado, nunca é tarde para realizar esse sonho, exclamou Severina.

 

De acordo com o Presidente da Sindicato, Val de Poço Fundo, mais dez casamentos já estão programados para o mês de maio, e dessa vez o local será a Vila do Pará.

30
abril

Opinião

Matéria: Condôminos do Moda Center barram fichas-sujas e ocupantes de cargos eletivos

 

“Alguém acha mesmo que nossos queridos políticos almejam dirigir o Moda Center pensando no empreendimento, nos comerciantes, confeccionistas? Vão aparecer em outra arena, no mundo político, que lá, existem instrumento legais para barrar as investidas contra a coisa pública, deixem o Moda Center crescer!!!”

 

Neydson Eduardo Ferreira

 

 

Parabéns a toda a diretoria do Moda Center e aos condôminos, por aprovarem a Lei do Ficha Lima. Esta na hora de fazermos uma limpeza geral, e tirarmos do poder os corruptos que hoje se acham donos da cidade, do estado e do país.

Parabéns a todos que apoiam a Lei do Ficha Limpa.

 

Maurício – Bairro Pedra Branca

 

 

 

 

 

Matéria: Construindo vidas

Parabéns ao blog pela imparcialidade com que trata os assuntos dessa cidade é muito bom ter jornalistas que levam a sério o papel de comunicar e informar, pois em um lugar onde tudo é alvo de politicalha acredito que isso não seja fácil reconhecer o que é bom e criticar sem ser mal interpretado! Mais uma vez Parabéns!

 

Yngrid Herly

 

 

 

Matéria: Peixes do Parque Florestal foram retirados

Troca da água desnecessária?

Nunca ouvi falar num ecossistema que sobreviva cheio de entulhos e lixo.

O novo secretário entrou e já começou uma faxina no lugar, coisa que há muito tempo ninguém via. Principalmente na parte de trás do parque que estava cheia de mato e lixo!

 

Núbia

30
abril

Deomedes mostra força e une PT ao PTB

 

Depois de ter vencido a eleição para a direção local do partido, o vereador Deomedes Brito obteve mais uma vitória. A maior parte dos filiados votou ontem (29), e decidiu que o PT vai coligar com o PTB na eleições deste ano em Santa Cruz do Capibaribe.

 

Foram 69 votos a favor da coligação, seis votos contra e um voto nulo.

29
abril

O adeus ao “Dedo de Ouro”

Foto: Alberto Grilo / Revista O Falatório

 

Sob forte comoção, a população deu adeus ao mestre dos “oito baixos”. 

Artistas e alguns dos muitos amigos acompanharam o cortejo até o cemitério de São Domingos, distrito de Brejo da Madre de Deus.

Pessoas caracterizadas com roupas de quadrilha junina chamaram a atenção dos que se aglomeravam nas esquinas.

O corpo de Biu Marcelino foi sepultado às 11 horas da manhã deste domingo (29).

 

Foto: Alberto Grilo / Revista O Falatório

 

29
abril

Opinião

O colega radialista Eduardo Alves publicou em seu perfil no facebook um lembrete interessante. O locutor lembrou afirmações feitas por deputados, em 2011, sobre emendas para o São João de Santa Cruz do Capibaribe.

 

Confira a nota de Eduardo Alves:

 

“A programação do São João deste ano de santa cruz do Capibaribe deve ser estouro de bom! Até porque este ano é de eleição, e vocês lembram que os deputados de nossa cidade, principalmente o Dep. Federal José Augusto Maia, falou em entrevista a minha pessoa aqui na rádio, ano passado, que não tinha como empenhar recursos federais para o São João do ano passado, pois tinha acabado de assumir, mas que já tinha empenhado recursos pra o São João e Festa de São Miguel deste ano! Alguém acredita?”

 

Eduardo Alves – Radialista

28
abril

O Adeus ao “Dedo de Ouro”

Santa Cruz perde Biu Marcelino

.

O São João em Santa Cruz do Capibaribe não terá o mesmo brilho. Por volta de 1 hora da manhã de hoje, no Hospital Jesus Pequenino, na cidade de Bezerros, teve fim uma história de mais de 80 anos de vida dedicados à ARTE.

Severino José Mariano (Biu Marcelino), nasceu no sítio Bandeira, município de Brejo da Madre de Deus, no primeiro dia do ano (01 de janeiro) de 1920.

Biu Marcelino era pai de 17 filhos e residia em São Domingos na Rua Francisco Barbosa Xavier.

No meio artístico, Biu Marcelino foi lançado ainda adolescente. Nessa fase, tocava seu fole de oito baixos em festinhas de casamentos e eventos diversos.

Em Santa Cruz do Capibaribe, ele começou tocando na Rua do Alto, no famoso forró do Gogó da Ema, ou simplesmente “A Ema”. Por muitos anos, a Ema gemeu ao som do fole de seu Biu.

No final dos anos 70, ele começou a tocar nas quadrilhas juninas de Santa Cruz do Capibaribe. Seu desempenho e seus arranjos inconfundíveis o tornaram a sensação dos Festejos Juninos da Região por aproximadamente três décadas.

Os marcadores de quadrilhas eram unânimes quanto ao entrosamento com Biu Marcelino durante as apresentações o que lhe rendeu o codinome de Dedo de Ouro. Um dos marcadores chegou a afirmar que “Quadrilha Junina sem Biu Marcelino tocando é feito namoro sem cheiro ou manga sem caroço”.

Biu Marcelino foi homenageado no São João de 2008, em Santa Cruz do Capibaribe.

Ouça abaixo uma gravação feita no Estúdio Silvio José, com o inconfundível fole de BIU:

 

28
abril

Adrik lança catálogo de inverno

A AVANT COMUNICAÇÃO E MÍDIA realizou a produção de toda a campanha de inverno da marca ADRIK, empresa de moda feminina com sede da cidade de Surubim – PE.

 

Parte da produção fotográfica foi feita no estúdio da AVANT e outra parte no Hotel Portal Gravatá, com um belíssimo cenário natural.

 

 

Direção e fotografia: Ney Lima / Modelo: Gabriela Coredeiro / Cabelo e maquiagem: Joaquim Junior / Produção: Rebeka / Suporte: Elivaldo Araújo / Assistência e diagramação: Wilker Truta / Tratamento de imagem: Saulo Sousa

 

 

A produção resultou no lançamento do catálogo de inverno da empresa. As fotos estão disponíveis no site: www.adrikmodas.com.br – Mais uma produção da AVANT COMUNICAÇÃO E MÍDIA

 

27
abril

Construindo vidas

 

Crianças beneficiadas com trabalho desenvolvido pela creche.

 

A creche Terezinha Figueiroa, situada no bairro Nova morada, foi inaugurada em 08 de Fevereiro de 2012 e conta com uma estrutura que é padrão de creches do Pró-Infância, atendendo a mais de 240 crianças de dois meses a quatro anos de idade.

 

A diretora Monica Miriam afirmou ao Blog do Ney Lima que “a creche é um sonho para os pais da comunidade Nova Morada, que não tinham condições de pagar a alguém para cuidar de seus filhos, aqui eles encontram um ambiente seguro, e as crianças são tratadas com amor e carinho e a creche não atende apenas os bairros vizinhos, mas também vêm crianças dos bairros Rio Verde, Centro, Palestina e Vila de são domingos”.

 

Vista Frontal da Creche. Foto: Elivaldo Araújo.

A creche tem a disposição da população  um berçário, dois maternalzinho, dois maternal I, dois maternal II, dois Pré-I, além de um Pré-II, a estrutura da creche é totalmente adequada a estatura das crianças, dispõe de um parque para o momento da recreação, um espaço onde as crianças realizam suas refeições (maternal II, Pré-I, Pré-II), e consta também com uma sala de computação, trinta e oito banheiros, além de dois banheiros para deficientes.

 

Personagens infantis fazem parte da decoração do local. Foto: Elivaldo Araújo.

 

A diretora Mônica Miriam, afirmou que “em breve a creche receberá a cobertura do mini auditório, pois já que o horário de funcionamento é das 7h 30 min às 17h 30 min, fica impossível realizar trabalhos no auditório, devido ao sol.”

 

O que também chama atenção na creche são os desenhos na parede da Turma da Mônica e Sitio do Pica pau Amarelo, uma homenagem a Literatura Infantil Brasileira.

 

No próximo dia 1º de maio (Dia do Trabalhador), a prefeitura inaugurará mais uma creche, desta vez no distrito de Poço Fundo e que atenderá as famílias da comunidade.

 

27
abril

Deputado participa de audiência

Deputado participa de audiencia com Presidente da OAB. Foto: Assessoria de imprensa.

 

O deputado federal José Augusto Maia (PTB-PE), membro titular da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), destinada a investigar o tráfico de pessoas no Brasil, bem como suas causas, consequências e responsáveis, participou na manhã desta última quarta-feira (25/04) de audiência com o Dr. Ophir Cavalcante, Presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

 

Segundo José Augusto Maia, o tráfico de pessoas atingiu níveis alarmantes: “Precisamos, através dos trabalhos desta importante CPI garantir os direitos fundamentais dos cidadãos, pois o Brasil, além de ter se tornado exportador de pessoas, também já e importador, conforme vários casos constatados de trabalho escravo e prostituição de pessoas, principalmente vindas da América do Sul. O Congresso Nacional tem o dever e a obrigação de garantir esses direitos inerentes a cada pessoa, além de proteger o ser humano dessas práticas hediondas”, afirmou.

 

José Augusto Maia destacou também a importância do papel da Ordem dos Advogados do Brasil sobre esse assunto, afirmando que “A participação da OAB é muito importante, pois se trata da instituição defensora dos direitos do cidadão, e com sua ajuda podemos elaborar uma legislação mais rígida e severa para que possamos acabar de uma vez por todas com essas práticas delituosas. Se ao final do meu mandato como Deputado Federal, deixar um legado, uma legislação nacional sobre essa matéria, tenho certeza que contribui de forma positiva para com a Sociedade e honrei cada voto que me foi dado”.

 

De acordo com o presidente da OAB, a implantação desta CPI e o trabalho dos seus membros mostra que as instituições públicas estão funcionando e “A OAB se coloca à disposição da CPI, que através da equipe poderá elaborar estudos e apontamentos técnicos que servirão de arcabouço para criação de uma nova legislação no tocante à proteção das pessoas”.

27
abril

Políticos barrados

Condôminos do Moda Center barram fichas-sujas e ocupantes de cargos eletivos

 

 

Diretoria do Moda Center na Assembléia realizada ontem

Foi aprovada, por unanimidade, em assembleia realizada ontem (26), a inclusão de três incisos que tratam dos pré-requisitos para ocupação de cargos na diretoria do Moda Center Santa Cruz.

 

Dentre as alterações, ficam impedidas de concorrer, a qualquer cargo de diretor, pessoas que tiveram condenações por decisão de órgão colegiado (com mais de um juiz), mesmo que ainda exista a possibilidade de recursos.

 

As alterações também preveem que qualquer ocupante de cargo eletivo tenha que renunciar as suas funções com três

Dr. Jan Grunberg - Advogado do Moda Center

meses de antecedência das eleições para diretoria do parque.

 

Com a aprovação na assembleia, as mudanças já entram em vigor passando a valer para as eleições deste ano no Moda Center.

 

Confira o texto aprovado na íntegra:

 

Fica alterado o art. 8º , do título IV, da Convenção Condominial, para a inclusão dos §§ 10, 11 e 12, com a seguinte redação:

 

“ § 10 – ficam inelegíveis para exercer qualquer função ou cargo no corpo administrativo do condomínio, previsto no caput do presente artigo, aqueles que estiverem exercendo qualquer cargo eletivo, na condição de agente político, até 03 (três) meses antes da data da respectiva eleição; “

 

“ § 11 – ficam também inelegíveis para o exercício de qualquer função ou cargo, no corpo administrativo do condomínio:

 

I – os que tenham contra a sua pessoa representação julgada procedente pela Justiça Eleitoral, em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão colegiado, em processo de apuração de abuso de poder econômico ou político, para as eleições na qual concorrem, bem como as que se realizarem nos oito anos seguintes;

 

II –  os que tenham sido condenados, em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado, desde a condenação até o transcurso de oito anos após o cumprimento da pena, pelos crimes:

 

a)      Contra a economia popular, a fé pública, a administração pública e o patrimônio público;

b)      Contra o patrimônio privado, o sistema financeiro, o mercado de capitais e os previstos na lei que regula a falência e a recuperação judicial e extrajudicial;

c)       Contra o meio ambiente e a saúde pública;

d)      Eleitorais, para os quais a lei comine pena privativa de liberdade;

e)      De abuso de autoridade, nos casos em que houver condenação à perda do cargo ou à inabilitação para o exercício da função pública;

f)       De lavagem ou ocultação de bens, direitos e valores;

g)      De tráfico de entorpecentes e drogas afins, racismo, tortura, terrorismo e hediondos;

h)      De redução à condição análoga de escravo;

i)        Contra a vida e a dignidade sexual;

j)        E todos os crimes praticados por organização criminosa, quadrilha ou bando.

 

III – os que forem declarados indignos do oficialato, ou com ele incompatíveis, pelo prazo de oito anos;

 

IV – os que tiverem suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa, e por decisão irrecorrível do órgão competente, salvo se esta houver sido suspensa ou anulada pelo Poder Judiciário, para as eleições condominiais que se realizarem nos oito anos seguintes, contados a partir da data da decisão;

 

V – os detentores de cargo na administração pública direta, indireta ou fundacional, que beneficiarem a si ou a terceiros, pelo abuso do poder econômico ou político, que forem condenados em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado, para a eleição na qual concorrem ou tenham sido diplomados, bem como para as que se realizarem nos 8 (oito) anos seguintes;
VI – os que forem condenados, em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão colegiado da Justiça Eleitoral, por corrupção eleitoral, por captação ilícita de sufrágio, por doação, captação ou gastos ilícitos de recursos de campanha ou por conduta vedada aos agentes públicos em campanhas eleitorais que impliquem cassação do registro ou do diploma, pelo prazo de 8 (oito) anos a contar da eleição;

VII –  os que forem condenados à suspensão dos direitos políticos, em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado, por ato doloso de improbidade administrativa que importe lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito, desde a condenação ou o trânsito em julgado até o transcurso do prazo de 8 (oito) anos após o cumprimento da pena;

VIII –  os que forem excluídos do exercício da profissão, por decisão sancionatória do órgão profissional competente, em decorrência de infração ético-profissional, pelo prazo de 8 (oito) anos, salvo se o ato houver sido anulado ou suspenso pelo Poder Judiciário;

IX –  os que forem demitidos do serviço público em decorrência de processo administrativo ou judicial, pelo prazo de 8 (oito) anos, contado da decisão, salvo se o ato houver sido suspenso ou anulado pelo Poder Judiciário;

X –  a pessoa física e os dirigentes de pessoas jurídicas responsáveis por doações eleitorais tidas por ilegais por decisão transitada em julgado ou proferida por órgão colegiado da Justiça Eleitoral, pelo prazo de 8 (oito) anos após a decisão;

 

XI – os magistrados e os membros do Ministério Público que forem aposentados compulsoriamente por decisão sancionatória, que tenham perdido o cargo por sentença ou que tenham pedido exoneração ou aposentadoria voluntária na pendência de processo administrativo disciplinar, pelo prazo de 8 (oito) anos;

 

“§ 12 –  A inelegibilidade prevista nos parágrafos anteriores, deste artigo,  não se aplica aos crimes culposos e àqueles definidos em lei como de menor potencial ofensivo, nem aos crimes de ação penal privada.”

27
abril

Reportagem Especial: O medo da Seca

Leito de riacho seco mostra a dificuldade de se conseguir água na época de seca. Foto: Thonny Hill

O Blog do Ney Lima vai mostrar uma série de reportagens abordando o drama enfrentado pelos nossos agricultores nesse longo período de estiagem. Coletamos diversos depoimentos daqueles que residem em nossa zona rural, onde abordaremos as dificuldades por eles enfrentadas, os maiores períodos de estiagem vivenciados, as experiências de vida e costumes para prever tempos de fartura e também iniciativas que amenizam o sofrimento dos sertanejos. Iniciaremos essa série mostrando um pouco da geografia do município e também das principais dificuldades enfrentadas por eles, na zona rural:

 

Santa Cruz do Capibaribe, município localizado a 193 quilômetros da capital Recife, está inserida no agreste pernambucano. Possui como bioma predominante a caatinga, apresentando uma vegetação composta, predominantemente, de árvores de pequeno e médio porte, com caules retorcidos e raízes profundas. Suas folhas caem nos períodos de seca, o que evidencia a paisagem predominantemente acinzentada.

 

“Tenho 06 reis e um saco de farelo dura só dois dias. A coisa esse ano tá meio desmantelada", afirma José Pinheiro sobre sua dificuldade de manter os poucos animais. Foto: Arnaldo Viturino .

A cidade possui também alta concentração de cactáceas a exemplo da coroa de frade, o xique-xique e o mandacaru. Apresenta também diversos animais como lagartos, pássaros e cobras, muitos deles só encontrados nesse tipo de bioma. Possui solo arenoso e pedregoso, com pouca incidência de chuvas durante o ano. O município é integrante do Polo de Confecções do estado. Possui uma população de 87.582 pessoas sendo um pouco mais de 2 mil residentes na zona rural.

 

A dificuldade de viver na zona rural é uma constante para os agricultores de Santa Cruz do Capibaribe, especialmente para promover o plantio de grãos. Para a maioria deles, a chuva e os poços artesianos são os principais fornecedores de água para a viabilização das plantações. Pouco podem aproveitar do Rio Capibaribe, já que o mesmo se encontra seco em muitos trechos e também represado em diversos pontos. Os barreiros existentes, em sua maioria, não acumulam água suficiente para o ano inteiro, o que os fazem depender principalmente do abastecimento com caminhões pipas, poços artesianos e cisternas de placas.

Cisternas de Placas são alternativas de armazenamento de água para consumo de residencias. Foto: Thonny Hill

 

Para muitos desses agricultores entrevistados, a chuva esse ano já chegou muito tarde, o que inviabilizou o plantio de feijão e de milho, típico da época. É o caso de Genivan José Quixabeira. Com 45 anos e residente no Sítio Porteira, esse agricultor passa pelas mesmas dificuldades enfrentadas por muitos de seus vizinhos que vivem na zona rural. O medo da seca e suas privações são evidentes, onde afirma que “A seca aqui é muito difícil. Quem tem poço, quem tem resto de água nos açudes, vai se virando. A água de beber, se coloca nas cisternas. A chuva tá chegando muito tarde e nesses tempos nós já temos, pra os bichos, o “roedor” e agora é tudo seco. Os mais velhos dizem que pode ter água pra encher açude, mas pra lucro, não”.

A seca aqui é muito difícil. Quem tem poço, quem tem resto de água nos açudes, vai se virando", afirmou Genivan José sobre a seca nos dias de hoje. Foto: Arnaldo Viturino.

 

Além de oferecer alimento, as plantações representam fonte de renda para esses agricultores, que vendem o excedente dos produtos principalmente nas feiras livres ou estocam as sementes para o próximo plantio. Para muitos, o leite, a criação de cabras e de algumas cabeças de gado ajudam no orçamento familiar, mas alertam também que está bastante caro manter os rebanhos.

 

Plantio de palmas é uma das poucas alternativas viáveis para alimentação de animais na falta das chuvas. Foto: Thonny Hill

Algumas das dificuldades para alimentar os animais está no preço de produtos usados como ração. A falta de capim devido às poucas chuvas e o preço da saca de farelo dificultam a manutenção dos animais. É o caso do agricultor José Pinheiro Neto, residente em Cacimba de Baixo, que chega a pagar até 50 reais por uma saca, onde afirma: “Tenho 06 reis (cabeças de gado) e um saco de farelo dura só dois dias. A coisa esse ano tá meio desmantelada. Nós temos a palma pra dar aos bichinhos, se não fosse essa palma e esse capim, a situação era pior. Tem muita gente que não tem a palma, farelo compra caro. Mas quem espera em Deus, sempre alcança”.

 

Mesmo com dificuldades, os sertanejos buscam a sobrevivência e também permanecer nas suas propriedades. Para isso, muitos deles procuram empregos nos fabricos da cidade e os com melhores condições financeiras investem em pequenas facções de costura. É o caso da agricultora Inácia Aparecida da Silva, 45 anos, onde ela afirma “A sulanca pra mim ajuda em tudo. Nós costuramos pra os outros, fazendo shorts, mas está fraco pra trabalho. Faz três meses que não costuro muito, tá parado” afirmou.

 

Na próxima reportagem, falaremos sobre os costumes e também sobre as experiências de vida dos sertanejos, especialmente na maneira de interpretar os sinais da natureza como forma de prever tempos de seca e fartura.

 

Crianças felizes em meio às adversidades provocadas pela seca. Foto: Arnaldo Viturino.

 

 

26
abril

Prazo para declaração de Imposto de Renda está no fim

Prazo para entregar a declaração é até 30 de Abril. Foto: Internet

É hora de ficar em dia com o Leão!

 

Está chegado ao fim o prazo para Declaração do Imposto de Renda para Pessoa Física (IRPF). Quem ganhou a partir de R$ 23.499,15 durante o ano de 2011 é obrigado a fazer a declaração anual do imposto.

 

Nesses ganhos, estão incluídos aluguéis, salários, aposentadorias, prêmios acima de 40 mil reais entre outros. Portanto, quem se enquadra nesse perfil deve fazer a declaração até esse próximo dia 30 de abril, até 23h e 59 min..

 

Quem não declarar o imposto, está sujeito a uma multa inicial de R$ 165.64, podendo chegar até 20% do valor devido. Segundo a Receita Federal, foram recebidas até o momento 16,95 milhões de declarações, ainda restando mais de 8 milhões para serem enviadas a Receita Federal.

 

Para declarar o Imposto de Renda, o contribuinte pode usar duas maneiras: Baixar o programa pelo site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br) ou fazê-la também em disquete. A declaração pode ser enviada pela internet ou pelo Banco do Brasil, em horário de expediente, caso seja feita em disquete.

 

As restituições para os contribuintes começam a partir de junho e vão até dezembro, divididas em seis lotes.

 

Não deixe para última hora, evite multas e prejuizos financeiros!

26
abril

Seminário Empretec em Santa Cruz do Capibaribe

Encontro de empretecos CDL

 

Os empresários de Santa Cruz do Capibaribe terão oportunidade de obter um aprendizado dentro do Seminário Empretec. Mais uma vez, o SEBRAE, em parceria com a CDL da cidade, realizará o Empretec na Capital das Confecções. Você que deseja participar de um Programa de aperfeiçoamento das características empreendedoras individuais, Empretec, desenvolvido pela Organização das Nações Unidas (Onu), basta procurar a CDL Santa Cruz do Capibaribe, pegar seu questionário e preencher para participar.

 

O seminário visa estimular a criação e o desenvolvimento empresarial. O aperfeiçoamento das características empreendedoras é um fator determinante para o sucesso empresarial. Conhecer seu comportamento, identificar oportunidades e assumir riscos calculados são alguns dos aspectos abordados no programa EMPRETEC.

 

EMPRETEC objetiva aperfeiçoar e potencializar as características empreendedoras e a capacidade individual de empresários e futuros empreendedores, incentivando a criação e o desenvolvimento de empresas.

 

EMPRETEC é desenvolvido em fases sucessivas, harmônicas e complementares:
1ª fase: Inscrição e seleção de participantes, pelo preenchimento de formulários que permitem avaliar características do comportamento empreendedor do candidato, seus dados pessoais e proposta empresarial. Essa fase é completada por entrevistas conduzidas por selecionadores especializados.
2ª fase: Participação em “Workshops” intensivos com 06 dias de duração e dedicação exclusiva, que unem aspectos da conduta empresarial a exercícios práticos que aperfeiçoam as habilidades do empreendedor para a criação e a condução de negócios. Assistência técnica na elaboração, ajustamento e execução de planos de negócios envolvendo aspectos de mercado, tecnologia, informação, administração e finanças.

 

Você que deseja participar do Empretec precisa seguir o cronograma seguinte:
Serviço:
Pegar e entregar os questionários na CDL até O Dia: 02/05/2012
SEMINÁRIO:21 á 26/05/2012 8:00 ÁS 18:00 hs
LOCAL: CDL SCC – INFORMAÇÕES 3731-2850 com EDQUELE consultora de eventos
INVESTIMENTO: R$ 400,00. Esse valor pode ser parcelado em 4 vezes no cartão de 2 vezes no cheque.

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?