“Puxadinhos” invadem calçadas

 

Construções invadem as calçadas na Rua Vigilina Pereira

 

Poucos meses após a conclusão dos trabalhos da CPI dos Terrenos na Câmara de Vereadores, os casos de invasão de área comum continuam em Santa Cruz do Capibaribe. Na Rua Vigilina Pereira, Bairro São Cristóvão, flagramos uma casa sendo expandida para a calçada. O “puxadinho” diminuiu o espaço de circulação em 70%.

 

Vizinhos questionam o problema, mas outras casas na rua também avançam à calçada.

 

Falta pulso firme por parte do Poder Público.

O vereador Fernando Aragão, em entrevista na Pólo FM, reafirmou que em pesquisa qualitativa realizada para saber quem deveria ser o candidato do grupo Taboquinha foi o melhor colocado e, consequentemente, reconhecido pela população e teceu inúmeras críticas ao deputado Edson Vieira.

 

No entanto, são muitos “SE”s para definir o candidato do grupo. Se a pesquisa for divulgada no próximo dia 10 e trouxer o mesmo resultado Fernando será mesmo o escolhido? Se a pesquisa tiver um resultado diferente como resolverão?

 

SE Aragão for o candidato do grupo, Tallys Maia será o vice? SE não for Aragão, Ernesto Maia poderá ser o candidato, tendo como vice Deomedes Brito? SE Nanau não for escolhido com o candidato à prefeito aceitaria a vaga de vice? SE Tallys Maia é cotado como vice, por ser representante da juventude, como fica Helinho Aragão, primeiro postulante ao cargo?

 

Por outro lado, nos boca-preta a situação continua a mesma, SE Zezin Buxin não aceitar, o melhor nome é realmente Dimas Dantas ou pode-se optar pela inexperiência política de Narah Leandro?

 

Os “SE”s da política santacruzense devem serão resolvidos nos próximos dias, porém, a discussão de projeto político para o desenvolvimento da cidade e bem-estar do povo só deve ser debatido em meados de junho. Quando são “obrigados” a estabelecer um plano de governo OU se prepararem para os famosos debates entre prefeituráveis.

A Revista Costura Perfeita, recentemente, lançou um concurso para escolher uma música que represente as costureiras, o “Hino da Costureira” e, Santa Cruz do Capibaribe, está representada através de uma composição da jovem Anne Karolyne, em parceria com Mecias.

 

Anne contou para o Blog do Ney Lima que, quando soube do concurso tinha apenas uma semana para compor e gravar uma música, porém, aceitou o desafio e fez algumas pesquisas, com costureiras da cidade “fiz uma entrevista com algumas costureiras que foram se consultar no Posto Ambulatorial do Moda Center. Coletei informações através de um questionário, e a palavra delas foi minha principal fonte de inspiração”, conta a compositora.

 

A letra foi composta em um dia, e logo em seguida feita a melodia, adequada a tonalidade dos dois amigos e gravada em um estúdio. “Cantamos juntos, e ele (Messias) tocou o violão e fez o backing vocal”, lembra Anne. Que também criou um vídeo de divulgação. Em uma semana exposta no site youtube.com, a musica teve mais de 800 acessos: CLICK E ASSISTA

 

Anne afirmou ainda que “foi muito gratificante realizar esta produção. Sou neta de costureira e moro na cidade onde encontramos o maior número de costureiras do Brasil: Santa Cruz do Capibaribe, a capital das confecções. Saber que este hino homenageia tão dedicadas profissionais, me dá muita alegria, pois todo profissional que se doa e se esforça no que faz merece reconhecimento”, ressalta.

 

O resultado do concurso Hino da Costureira será divulgado na revista Costura Perfeita, na edição de Maio/Junho.

O caso do atropelamento da pequena Agda rendeu um debate acirrado na sociedade já que os responsáveis pelo SAMU e o líderes dos Bombeiros Civis não se entendem.

 

A menina foi socorrida pelos bombeiros, que estavam próximo ao acidente. No local, sofreu uma parada respiratória e foi rapidamente levada para o hospital, em um carro de passeio. De acordo com as informações, quando o SAMU chegou ao local, a criança já havia sido removida.

 

O chefe de equipe do SAMU, Marcos Aurélio, procurou a nossa equipe e criticou a ação dos bombeiros, dizendo que “a melhor opção da população é esperar o SAMU chamar”, ressaltando que  “os bombeiros civis não tem material apropriado para fazer a remoção”. O socorrista disse ainda que o problema que a criança tinha pode ter sido agravado pelo transporte dos bombeiros, lembrando que “o SAMU tem profissionais treinados para tender qualquer situação de emergência com equipamentos apropriados” e que, “quando o SAMU chegou no local, a criança já tinha sido socorrida”. Escute na integra: MarcosAurelioSAMU

O processo para a escolha dos candidatos a prefeito está cada vez mais acirrado. Os quatro pré-candidatos do lado Taboquinha procuram um consenso para passar segurança para o eleitor, que está ficando mais irritado e inseguro da situação, já que o Boca-preta tem candidato certo desde a última eleição (há 4 anos), restando apenas a escolha do vice que, com a recusa de Zezin Buxin, a vaga deve ser de Dimas Dantas, único candidato do grupo ao cargo.

 

Além de saber quem será o candidato Taboquinha, o eleitor preocupa-se também com quem pode ser o vice. Um dos quatro postulantes sendo o escolhido, os outros três aceitariam ser o vice ou outro nome pode surgir para essa vaga?

 

São inúmeras perguntas que os lideres do grupo ainda não podem responder, mas que nortearão toda a conduta dos envolvidos no processo eleitoral de ambos os lados. Ao povo só resta esperar para ver o que acontece.

A pequena Agda Nunes, 7 anos

 

A garotinha Agda Nunes da Silva (7 anos), atropelada na tarde onde ontem enquanto atravessava a PE-160 no bairro Palestina, não resistiu e morreu na madrugada de hoje. A informação foi confirmada pelo tio da garota em contato com nossa equipe. O parente identificado por Adenildo , agradeceu aos bombeiros civis que atuaram no caso.

Desde a última sexta-feira, aconteceram casos de violências que chamaram a atenção da população de Santa Cruz do Capibaribe. A cidade, que há algum tempo deixou de ser tranquila, está assustando os moradores.

 

Há poucos dias, tem crescido os casos de assaltos e homicídios no município. Neste fim de semana, foram registradas várias brigas em bares, tiroteio, morte por bala perdida e o atropelamento de uma criança em que o culpado fugiu sem prestar socorro.

 

Na sexta-feira (2), à noite, houve uma briga em um bar que terminou com um homem com o rosto desfigurado por gargalo de garrafa. A polícia chegou na hora e o agressor foi preso. Na mesma noite, em outro bar, ocorreu uma briga generalizada.

 

Na madrugada do domingo (4), o bombeiro civil Marcelo José da Silva, 33 anos, foi assassinado quando ia para o trabalho, próximo ao Cabana Clube.

 

Marcelo foi atingido por uma bala perdida, chegando a ser socorrido, mas morreu no hospital. o crime aconteceu na avenida bela vista e estavam no veiculo com o bombeiro, a esposa, os dois filhos e um irmão.

 

Além do bombeiro, Michael Ferreira de França, 18 anos, que trocou tiro com dois rapazes em uma moto, também foi baleado, atingido nas pernas. Ele está internado no hospital regional de Campina Grande-PB. A polícia está investigando o caso e já tem suspeitos do crime.

 

Já no domingo à tarde, a pequena Agda Nunes da Silva, 7 anos, foi atropelada na PE-160, no bairro Palestina. De acordo com testemunhas, ela atravessava a estrada quando foi atropelada por uma caminhonete. O motorista fugiu sem prestar socorro.

 

Agda teve uma parada respiratória e foi socorrida pelos bombeiros civis que estavam no velório de Marcelo Silva.

 

O salvamento da criança gerou um desconforto entre bombeiros e responsáveis pelo Sistema de Atendimento Móvel Urgente. O SAMU alega que os bombeiros não podiam ter removido a vítima do local do acidente.

 

De acordo com médico que acompanhou o caso, em acidentes, quanto mais rápido o socorro, há mais chances de sobrevivência. A criança foi removida para o Hospital da Restauração, no Recife, em estado grave.

Possibilidade de Zé Augusto Maia ser candidato ainda existe

 

A demora na definição do candidato a prefeito do Grupo Taboquinha pode ter um motivo, José Augusto Maia.

 

Um confidente do grupo revelou ao editor deste blog que, mesmo com a aprovação da Lei da Ficha Limpa, a possibilidade de José Augusto Maia ser candidato a prefeito ainda está de pé.

 

De acordo com a fonte, a estratégia dos advogados, desta vez, seria impetrar um recurso diretamente no Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, pedindo revisão das contas que foram rejeitadas.

 

Uma candidatura de José Augusto Maia seria a solução para que o grupo político partisse unido para as eleições e transformasse o pleito em um verdadeiro clássico, já que a disputa se daria entre os dois maiores líderes políticos da cidade.

 

Pré-candidatura de Ernando Silvestre ainda é duvidosa

 

Pré-candidato oculto 

Muito tem-se especulado sobre uma possível participação do ex-prefeito Ernando Silvestre no pleito majoritário nas eleições desse ano.

Os dois grupos políticos afirmam que estão em negociação com Silvestre e que já está praticamente fechada a ordem da chapa.


Porém, achismos à parte, a única coisa que se tem certeza é de que o ex-prefeito tem sido visto com a ex-vereadora e postulante a 
uma vaga na Câmara dos Vereadores, Zilda Moraes.

 

 

 

                                          

Não deu pra entender

A ex-vereadora Zilda Moraes afirmou, durante entrevista ao Programa Espaço Aberto da Rádio Comunidade, que a ausência do pré-candidato a prefeito nas movimentações políticas da cidade tem sido uma estratégia política por parte do ex-prefeito. “Ernando é sábio. Eu conversei com ele recentemente e ele disse que existe o momento certo para cada coisa”.

A reunião da Câmara de Vereadores, nesta quinta-feira (01), deu o tom do que serão os discursos nesses meses pré-campanha eleitoral, quando ainda não se tem uma definição de quem são os candidatos e que cargos pleiteiam.

 

Em um resumo simples, o vereador Deomedes Brito pediu que os colegas parlamentares se preocupassem mais com a população do que com a eleição de outubro, o que não foi ouvido pelos edis.

 

Zezin Buxin rebateu as críticas de Fernando Aragão, esclarecendo o seu trabalho junto aos pacientes que leva à cidade de Campina Grande (PB).

 

Já Fernando Aragão, por sua vez, criticou contundentemente Zezin, Junior Gomes e a postura dos deputados estaduais Edson Vieira e Diogo Moraes, que, de acordo com Aragão divulgam como conquistas suas, projetos já realizados em Santa Cruz do Capibaribe desde o primeiro ano do governo Eduardo Campos, cobrando obras e ações efetivas para o município.

 

Em seu discurso, Ernesto Maia relembrou a trajetória política dos vereadores da situação e do deputado federal José Augusto Maia, chegando a comparar a trajetória política desde com a do estadual Edson Vieira.

 

Defendendo Vieira, o presidente da Casa, Francisco Ricardo, lembrou que o deputado não exerceu nenhum cargo o executivo e enumerou algumas ações do deputado. Enfatizou o nome de Fernando Aragão como um bom nome da situação e lançando Tallys Maia, filho de José Augusto Maia, como possível candidato à vice-prefeito e posteriormente, deputado estadual.

 

Por sua vez, Junior Gomes rebateu criticas de Aragão, falou sobre o encontro de conselheiros tutelares no município e de projetos apresentados, como a copia da Lei da Ficha Limpa da capital pernambucana.

 

Dr. Nanau, no uso da tribuna, falou sobre as cirurgias plásticas que teriam acontecido no Hospital Municipal e criticou Gomes.

 

Dimas Danas, por sua vez, aproveitou o seu discurso para se mostrar um possível candidato à vice-prefeito de Edson Vieira.

 

Afranio Marques cobrou eficácia à secretaria de Educação, afirmando que crianças ainda estão se aulas e que outros teriam dividido pouca merenda para muitos alunos.

 

Encerrando os discursos, Galego de Mourinha também cobrou mais discursos voltados para o povo e menos questões eleitorais no uso da tribuna.

 

Numa noite de troca de acusações rotineira o público chamou mais atenção que o normal. Em muitos momentos o presidente da Casa, Francisco Ricardo, teve que impor respeito através de ameaças contundentes contra os baderneiros e, até mesmo sugerir que a sessão seria encerrada ou transmitida apenas pelas emissoras de rádio, sem a presença do publico.

O Conselheiro Tutelar e ex-vereador, Clóvis Gonsalves Dias, o Tody, teve o seu veículo furtado na noite de ontem enquanto assistia à partida entre Ypiranga e Santa Cruz pala série A do Campeonato Pernambucano.

 

O veículo Fiat Uno teria sido estacionado nas proximidades do Parque Florestal. Tody prestou queixa na delegacia ainda na noite de ontem.

Um balanço do processo eleitoral

 

Faltando pouco mais de três meses para o início do processo eleitoral, o clima em Santa Cruz do Capibaribe é de incerteza.

 

No grupo de oposição, a dúvida está na definição do vice, visto que o deputado Edson Vieira já foi definido na disputa pelo cargo de prefeito. Os possíveis nomes para a composição são os dos vereadores Dimas Dantas e Junior Gomes, sendo que o primeiro é o mais cotado pelos eleitores. Destaca-se ainda a conselheira tutelar Narah Leandro, sendo a preferida pela ala que comanda o PSB local.

 

No grupo de situação, o embróglio é grande. O vice prefeito Zé Elias e os vereadores Ernesto Maia, Fernando Aragão e Dr. Nanau travam uma disputa que deverá ser decidida nas próximas semanas.

 

Uma pesquisa qualitativa e quantitativa será usada pelo PTB para a definição. Enquanto os vereadores Dr. Nanau e Ernesto Maia disputam uma possível liderança quantitativa, Fernando Aragão obtém vantagens qualitativas. Zé Elias tem poucas chances de emplacar o nome em razão da má aprovação popular do governo municipal atual.

 

Na corrida por fora, cogita-se uma candidatura independente do PV, partido liderado pelo advogado Manassés Simões.

 

O ex-prefeito Ernando Silvestre (DEM) anunciou o lançamento de uma pré-candidatura a prefeito, mas não tem realizado movimentações políticas na cidade.

 

O BLOG DO NEY LIMA passa a acompanhar o processo de formação para as eleições de 2012.

20
novembro

03
setembro

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?