“Vamos conversar e ver se vale a pena continuar no PROS” afirma Fernando Aragão sobre futuro político no partido

 

 

Na tarde desta sexta-feira (13) o vereador Fernando Aragão (PROS) participou do programa Estúdio 1. O parlamentar comentou sobre as decisões tomadas pelo partido, em relação a destituição do deputado federal José Augusto Maia do comando do PROS e abordou que as conversas decidirão os rumos do partido.

 

“A coisa está recente para tentar responder algo, pois a gente ainda não teve oportunidade de sentar com ele (José Augusto Maia), para que possamos ter a um posicionamento correto e saber o que poderemos fazer, é uma situação complicada, isso aconteceu em um momento em que estava sendo montadas as estratégias políticas, correndo atrás para ver se conseguiria a reeleição em uma coligação bem menor e de repente a coisa muda, não é nenhuma situação fácil de resolver”, citou.

 

O vereador comentou sobre o futuro político dos que fazem parte do PROS em Santa Cruz do Capibaribe.

 

 

“Acho que devido a esse compromisso quebrado, e quando o Presidente Nacional convidou Zé Augusto, sabia perfeitamente que ele teria um compromisso firmado com Armando Monteiro (PTB), e acho que de repente no segundo tempo, a quinze dias para findar as convenções partidas, vem uma determinação lá de cima e tira esse poder que nós tínhamos de fazer essa coligação com Armando. Agora fica difícil de continuar num grupo político, onde a gente não tem a confiança do que possa acontecer no futuro, mas vamos conversar e ver se vale a pena continua no PROS ou se migra para outro”, destacou.

 

Fernando foi questionado sobre a possibilidade de uma das candidaturas postas para deputado estadual (Ernesto Maia ou Toinho do Pará) se lançar a federal.

“A ideia não é de se deixar de lado, é uma das possibilidades e se tiver uma oportunidade de conversação seria muito bom e uma única candidatura fortaleceria bastante o grupo, e vamos ver se poderemos colocar isso na mesa para a discussão”, pontuou.

 

No mesmo questionamento, o parlamentar negou definitivamente a indicação do seu nome e destacou Tallys Maia (PROS), porém afirmou que a dificuldade seria a mesma de José Augusto Maia.

“O Polo das Confecções precisa de mais representantes” afirma Fábio Florentino, pré-candidato a federal por Toritama.

 

.

O advogado e vereador Fábio Florentino (PT), concedeu entrevista nesta sexta-feira (13) ao Blog do Ney Lima.

 

O vereador falou de sua candidatura, que já foi confirmada pelo seu partido e frisou a importância do Polo das Confecções em ter mais representantes, tanto em Recife como em Brasília.

“Nós vivemos em um momento ímpar, onde o desejo da população de Toritama é ter um representante seu, tanto na Assembleia Legislativa, como na Câmara dos deputados. Esse momento é singular, pois já temos uma votação considerável na cidade de eleitores, temos 26 mil eleitores e se a população engajar nesse projeto é possível viabilizar sim a vitória, não só aqui, mais se cada cidadão de Toritama buscar mais um voto fora terão êxito. Eu já faço parte há 12 anos da Associação dos Sulanqueiros de Toritama, onde existem vários representantes da região, nós temos mais de 2.000 associados.  O povo de Toritama e da região tem que pensar no polo de confecções, é preciso que se tenha outros deputados  que representem também o polo das confecções para trazer recursos para região, porque hoje não podemos pensar só em Toritama, temos que pensar coletivo, são 13 cidades que compõe o arranjo produtivo local e esperamos até aumentar, porque a confecções é o que traz desenvolvimento para todos nos”, completou.

 

Fabio Florentino ainda falou da possível candidatura do ex-vereador Doutor do São João que aceitou o pedido de Toinho do Pará para ser candidato a deputado federal em Toritama.

 

“Eu acho que é importante que a população tenha opções para votar, pois vivemos em uma democracia e quanto mais candidatos, com certeza quem sai ganhando é a população, porque vai ter mais opções de escolher o melhor representante. Eu sou a favor que se tenha outras candidaturas e que, se realmente se confirmar essa candidatura do Doutor, vamos aguardar”, concluiu.

 

Fábio Florentino apoia o senador Armando Monteiro (PTB) para o Governo do Estado, João Paulo (PT) para o senado e Tereza Leitão (PT) a deputada estadual.

 

Com  informações de Evandro Bala, correspondente do Blog do Ney Lima em Toritama.

José Augusto Maia chora ao falar sobre destituição do comando do PROS e possibilidade de desistir da candidatura

 

Foto: Ney Lima (arquivo)

 

Em entrevista concedida na manhã desta sexta-feira (13), no programa Rádio Debate, o deputado federal José Augusto Maia (PROS) falou sobre os novos fatos políticos interferem diretamente em seu projeto de reeleição.

 

Durante a entrevista, José Augusto falou sobre os bastidores que culminaram na sua destituição da presidência estadual do PROS, do apoio da legenda a Paulo Câmara e não conseguiu conter a emoção, chorando por duas vezes, admitindo que enfrenta a situação mais difícil de sua trajetória política, agora com futuro incerto.

 

Confira os principais momentos da entrevista:

 

Bastidores que culminaram na destituição e no apoio da legenda a Paulo Câmara

 

 

O deputado relatou que participou de uma reunião, em Recife, com o presidente nacional do partido, Eurípedes Gomes de Macedo Júnior, com líderes da legenda e com Gilson Lima (agora novo presidente do PROS no estado e apontado como articulador da aliança), onde foi cogitada a possibilidade de apoiar Paulo Câmara.

 

Zé afirmou que pediu para que o partido esperasse até o dia 18 de junho para afirmar tal decisão, data em o deputado será julgado sobre o caso das contas rejeitadas de 2006 e que, após a reunião, esse acordo teria sido firmado.

 

Depois de sair da reunião, Zé afirmou que foi surpreendido com a decisão da Executiva Nacional do partido em destitui-lo da presidência estadual e que a legenda iria fechar, de vez, com Paulo Câmara.

 

“Eu não acreditava que existisse algo tão estarrecedor… Gente tão fraca como foi esse presidente do partido. Eu ainda estou passado com isso. Conversei ontem com Armando e ele me disse que me acalmasse. Toda a equipe e deputados do PTB foram me abraçar, meus filhos… Ficamos para conversar ainda hoje, e essa semana, sobre quais atitudes vamos tomar. Temos que conversar muito, mas é um momento difícil, muito difícil”, frisou.

 

 

Revolta com Eduardo Campos

 

 

José Augusto Maia relatou que tudo teria sido orquestrado por uma equipe ligada ao ex-governador e candidato a presidência, Eduardo Campos (PSB).

 

“Essa equipe desse Eduardo Campos… Tem tantos contra mim e isso não existe, a perseguição é muito grande. Esse cara deveria se preocupar com sua candidatura dele para Presidente da República, o seu candidato a Governo do Estado… Eles querem me acabar, me destruir”, frisou.

Em outro ponto da entrevista José Augusto desabafou: “Esse Eduardo Campos pensa que é o dono do mundo ou ele pensa que é Deus”.

 

Inviabilização da candidatura, dada à necessidade de se obter de 90 a 100 mil votos

 

 

O deputado foi questionado se a mudança nos rumos da legenda não inviabilizaria de vez o seu projeto de reeleição, dada a necessidade de se obter uma quantidade de votos superior até mesmo as suas estimativas.

 

Foi também levantada à possibilidade de o deputado desistir de seu projeto eleitoral para se articular com o grupo Taboquinha, com Armando Monteiro em nível de estado, para que ele ficasse em uma posição de articulação política dentro da campanha de Armando.

 

 

“Tenho que parar para pensar, tenho que parar… Isso é algo que eu não esperava acontecer”, logo após o deputado interrompeu as suas falas e não conseguiu conter as lágrimas.

 

 

Possibilidade de colocar alguém da família para dar continuidade ao seu projeto eleitoral

 

 

Ainda emocionado, o deputado não descartou a possibilidade de colocar alguém da sua família, sem especificar quem, para dar continuidade ao seu projeto eleitoral.

 

José Augusto citou que a opinião de seus familiares terá o principal peso para essa decisão de continuar, ou não, na vida pública.

 

“Não sei, está ruim demais… Esse momento é de parar, de pensar, de pedir a Deus para iluminar o rumo que tenho que tomar. Só não quero abandonar meu povo. Não, de jeito nenhum! Santa Cruz não merece”, completando que está “em estado de choque” com a situação, não contendo as lágrimas pela segunda vez.

 

Ouça a entrevista completa clicando aqui >> Entrevista José Augusto Maia

Educandário Antônio Burgos em clima de Copa do Mundo

 

 

Com muita diversão e alegria no Educandário Antônio Burgos. Alunos, pais, professores e demais funcionários estão comemorando juntos os brilhantes resultados do I semestre e início da Copa do Mundo 2014.

 

No início da manhã desta quinta-feira (12) foi servido um delicioso café da manhã para os funcionários. Logo após, todos se preparam para receber os alunos em clima de muita animação. Os alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental I fizeram a festa no pátio da escola.

 

 

Os alunos do Fundamental II e Médio participaram da II etapa da Mini Copa Esportiva Pele Bronzeada.

 

 

É nesse clima contagiante que o Educandário Antônio Burgos está encerrando as atividades do I semestre já se organizando para um II semestre recheado de grandes realizações.


Informações da Assessoria.

Veja transmissão ao vivo da plenária com Dilma, Lula, Armando e João


.
Os blogs e sites de Pernambuco poderão transmitir ao vivo o ato político do PT e do PTB junto com os partidos aliados, que acontece nesta sexta-feira (13), a partir das 19h, na Blue Angel Recepções, na Madalena.

 

A plenária contará com a participação da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula, além do senador Armando Monteiro, pré-candidato ao governo do Estado, e do deputado federal João Paulo, pré-candidato ao Senado.

 

O encontro fecha a agenda pública de Dilma e Lula no Estado, após a inauguração da Via Mangue, do Terminal Integrado Cosme e Damião e da formatura de alunos do Pronatec.

 

O evento também poderá ser acompanhado na página do senador Armando Monteiro no Facebook (www.facebook.com/armandomonteironeto), assim como no hotsite www.vocs.tv/tv14.

 

Informações da Assessoria.

Moto roubada é encontrada pela Guarda Municipal no Bairro Santo Agostinho

Foto: Divulgação.

Na manhã desta sexta-feira (13) a equipe da Guarda Municipal Civil encontraram uma moto abandonada no Bairro Santo Agostinho.

 

De acordo com informações, se tratava de uma moto POP-100 de cor preta e placa KFX-3418. Ao ser consultado pelo Infoseg, o veículo foi furtado em outubro de 2012 na cidade do Cabo de Santo Augustinho (PE).

 

A moto estava completamente depenada e foi conduzida para a delegacia de Santa Cruz do Capibaribe.

Homem é conduzido á delegacia por posse ilegal de arma de fogo na zona rural de Jataúba

 

Na tarde desta quinta-feira (12), o efetivo do GATI juntamente com a equipe do Serviço Reservado, receberam denúncias sobre um possível tráfico de drogas no Sítio Jundiá, zona rural de Jataúba.

 

Chagando ao local, não foi constatado o tráfico, porém ao realizar abordagens na residência do acusado, foram encontradas duas espingardas de fabricação caseira sem numeração, contendo 120 gramas de pólvora e 305 gramas de chumbo.

 

O acusado pela posse ilegal da arma, Djailson José da Silva (29 anos) foi conduzido á delegacia de polícia de Jataúba, juntamente com a arma de fogo, que ficaram a disposição do delegado de plantão.

Em entrevista Diogo ressalta ações para Pão de Açúcar

.

Com um conjunto de ações que vêm sendo implementadas nos últimos anos, o deputado estadual Diogo Moraes (PSB) relatou em visita à rádio Filadelfia FM nesta quinta-feira (12) os benefícios diretos que o distrito de Pão de Açúcar vem obtendo, através de uma parceria firmada com o poder público municipal.

 

Entre os pontos destacados, o socialista apontou a transformação da 3ª CIPM no 24º Batalhão, o apoio aos eventos culturais nos distritos e na sede, bem como, a estrutura hídrica da Adutora do Agreste, que beneficiará diretamente toda a região e será fundamental para o seu desenvolvimento evitando o racionamento de água, após a transposição do Rio São Francisco.

 

“Era uma parte que só estava programada para a 3ª etapa de toda a obra, entretanto, a partir de uma articulação com o governo do estado, foi possível trazer agora”, explicou Diogo.

 

Quanto à duplicação da PE-160, agendada para ter início em julho, o deputado disse que a obra já está com dinheiro garantido, projeto licitado e processos ambientais em andamento.

 

“Uma obra que permitirá que o distrito Pão de Açúcar cresça ainda mais, fruto da nossa intervenção no governo do estado. Isso devido a um trabalho diário de cobrança à Secretaria de Transportes, DER e na Casa Civil. A empresa que venceu a licitação já locou imóveis na cidade para sua estrutura de escritórios”, explicou o deputado que também ressaltou o asfaltamento da Avenida José Juventino que melhorou a mobilidade urbana do distrito.

 

Também participaram da entrevista o vice-prefeito Lero (PDT), o vereador Geovane (PSB) e o líder do governo na Câmara Gilson Carlos (PTN).

 

Informações da Assessoria.

É Hoje!!!

“A pessoa que entra em uma reunião, para gravar qualquer tipo de conversa, não merece o respeito ou consideração”, afirma Edson Vieira

Fotos: Elivaldo Araújo.

Em entrevista concedida no programa Manhã da Polo desta quinta-feira (12), o prefeito Edson Vieira (PSDB) falou sobre a repercussão da polêmica gravação revelada pelo vereador Vânio Vieira (PSDB).

 

A gravação mostra o trecho de uma reunião em que o prefeito pressiona o vereador situacionista Afrânio Marques (PDT) para dar celeridade ao projeto de implantação do regime da Previdência Própria Municipal, projeto que aprovado pelos vereadores na última sessão ordinária do semestre ocorrida nesta segunda-feira (09).

 

Durante a entrevista, o prefeito citou que o caso já foi esclarecido tanto por Afrânio como pelos demais vereadores que participaram dessa reunião e que, segundo ele, é normal qualquer prefeito pedir celeridade de um projeto e fez declarações duras quanto a atitude tomada pelo vereador.

.

.

Vânio não é mais digno de confiança, afirma Edson

 

Já sobre o seu posicionamento em relação à atitude tomada por Vânio, o prefeito citou que o vereador premeditou gravar a reunião e não é mais digno de qualquer confiança.

 

 “O porquê de um parlamentar entrar em uma reunião já com a intenção de gravar e de ficar, talvez, de ficar com uma gravação para estar fazendo chantagem ou não… Se isso é legal, se um parlamentar está usando de uma coerência grande em usar, ou entrar em uma reunião para gravar uma conversa, essa pessoa não merece o respeito ou consideração, independente de qualquer coisa e de ninguém, porque eu acredito que hoje, ninguém em sã consciência, tem condições de conversar algo ou se discutir algo com a pessoa que faz isso”.

 

Vânio foi orientado por alguém, acredita prefeito

 

Indagado se o vereador teria sido orientado por alguém para agir dessa forma, o prefeito foi taxativo.

 

“Eu acredito que ele pessoa ter sido orientado e se não foi, acho que foi de uma infelicidade, de uma indelicadeza muito grande porque eu não acredito, que nenhum cidadão, queira discutir algo ou contar algo a essa pessoa que ele possa estar gravando. O que tinha de gravar, eu acho que não mais fará mais isso, pelo menos em nossas reuniões”.

Possibilidade de acionar Vânio na Justiça

 

Já questionado se o caso poderia parar na Justiça, Edson citou que não vai declarar mais nada sobre o assunto e voltou a lamentar a atitude de Vânio.

Reaproximação com o vereador

 

Sobre esse ponto, Edson descartou tal possibilidade e reafirmou que o vereador tucano não tem mais credibilidade ou confiança para que tal reaproximação possa acontecer.

.

 

 Armando recebe propostas de pessoas com necessidades especiais

 

;

Oito entidades em defesa do direito das pessoas portadoras de necessidades especiais entregaram, nesta quinta-feira (12), um documento com diversas propostas para o segmento ao pré-candidato ao governo de Pernambuco, o senador Armando Monteiro Neto (PTB). O objetivo é que as iniciativas apresentadas pelas instituições se incorporem ao futuro programa de governo do petebista e se transformem em políticas públicas. Em sua fala, Armando prometeu fazer um governo inclusivo. O evento ocorreu no Instituto dos Cegos do Recife, no bairro das Graças, e contou com a participação do pré-candidato ao Senado, o deputado federal João Paulo (PT), e demais lideranças.

 
O documento entregue ao pré-candidato Armando Monteiro reúne cerca de 50 propostas e propõe atuações em diversas frentes de trabalho. As propostas foram colhidas após 11 reuniões envolvendo integrantes das entidades, sob a coordenação do Conselho Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência.

 
Uma das propostas contidas no documento é a regulamentação da Lei estadual 12.045, de 2001, que prevê a gratuidade aos portadores de necessidades especiais no transporte intermunicipal. Segundo o presidente da Associação Pernambucana dos Cegos (Apec), Antônio Muniz, a legislação já foi aprovada pela Assembleia Legislativa, porém não foi regulamentada pelo governo do Estado. Outra iniciativa apresentada pelas entidades ao pré-candidato Armando Monteiro é a oferta de uma educação inclusiva na rede estadual de ensino.

 
Segundo Antônio Muniz, o documento apresentado é um sentimento das pessoas com necessidades especiais. O presidente da Apec salientou que a maioria das propostas não foram incorporadas pelo atual governo. “Foram oito anos de abandono pelo atual governo do Estado. Essas propostas já não são novidades, mas o governo não as incorporou”, disse o dirigente.
 

 
Na reunião, o pré-candidato Armando Monteiro se comprometeu em assegurar a participação de representantes do segmento na futura estrutura de governo. O petebista frisou que as propostas apresentadas pelas entidades serão analisadas e incorporadas ao programa de governo.

 
“Uma democracia só existe quando se enraíza na sociedade e vai além das instituições formais e seja inclusiva. Precisamos ter a compreensão de que vamos ter uma melhor democracia no Brasil quando formos capazes de promover uma sociedade mais justa, mais democrática e fraterna e com o governo podendo expressar isso”, afirmou Armando. O pré-candidato do PTB ressaltou que a apresentação das propostas pelas entidades foi importante porque vai nortear as prioridades do futuro governo para o segmento.
 
Para a assistente social Jayze Santos, 50 anos, o primeiro passo para um governo inclusivo é a gestão estar aberta a ouvir as propostas do segmento. “O governo tem que ouvir a população para conhecer as suas demandas. Somente assim poderá construir políticas públicas voltadas para o segmento”, disse Jayze, que não enxerga desde os 13 anos. Já o portador de necessidade visual José Diniz, 53 anos, considerou que há um pacote de propostas já aprovadas na esfera estadual que precisam ser regulamentadas. Porém, segundo Diniz, as iniciativas não saíram do papel. Ele lembra que em Pernambuco, o segmento de pessoas com algum tipo de necessidade especial representa 27% da população.

 

Informações da Assessoria.

Notícias Anteriores


 

error: Copiando nosso texto?