22
maio

Surgem novos relatos de moradores de Santa Cruz do Capibaribe sintomáticos para COVID-19 que não estão sendo testados


Duas irmãs desenvolveram os sintomas e afirmam que esperam por visita epidemiológica há três dias, uma delas é asmática

Após a denúncia realizada durante o Programa Independente na noite desta quinta-feira (21), de uma senhora de 59 anos, com histórico de problemas cardíacos, que não conseguiu realizar o exame de COVID-19 na rede pública de Santa Cruz, surgiram novos relatos de moradores da cidade, que estão com sintomas da COVID-19 e que até o momento não realizaram o exame.

Em todo Brasil os testes para covid-19 não tem sido suficientes para atender a população, sendo priorizados os pacientes dos grupos de risco. Ocorre que dentre os relatos recebidos pelo Blog, algumas pessoas que alegam não conseguir realizar os testes estão em grupos de risco.

Asmática com sintomas da covid-19 reclama de não ter sido testada

Duas irmãs, que residem no bairro São José 2, entraram em contato com a nossa redação para relatarem que estão passando pela mesma situação denunciada anteriormente. De acordo com as irmãs, elas deram entrada na UPA de Santa Cruz na última terça-feira (19), com sintomas há 9 dias, realizaram um raio-x na unidade hospitalar e foram recomendadas a retornarem para suas residências, que uma equipe da Secretaria de Saúde entraria em contato para realizar os testes rápidos, mas que até o momento não foi feito.

A irmã mais velha, de 27 anos, que é asmática, relatou que teve febre nos primeiros dias, dor na garganta, perda de olfato e paladar, dor de cabeça, falta de ar, diarreia, vômito e após a realização de um raio-x foi constatado que a mesma estava com infiltração no pulmão, o que a médica informou ser um sintoma da doença.

A outra irmã de 23 anos, relatou sintomas de tosse seca, dor na garganta, falta de paladar e perda de olfato. As duas afirmaram que a médica notificou as mesmas e que uma equipe epidemiológica iria entrar em contato para fazer o teste rápido, já que pelo tempo que elas estavam com os sintomas, o teste rápido detectaria.

Na terça-feira elas foram medicadas e nesta sexta-feira (22), as duas completam 12 dias com os sintomas, aguardando o contato da equipe da Secretaria de Saúde. Segundo as mesmas, desde o primeiro dia de sintomas elas permaneceram em isolamento domiciliar.

Repercussão

Sobre os relatos encaminhados ao Blog do Ney Lima e ao Programa Independente de pessoas com sintomas da covid-19 que não estão sendo testados em Santa Cruz, o promotor de justiça Ariano Aguiar afirmou que está apurando as informações e cobrando da Secretaria de Saúde do Município providências em ralação aos testes.

A redação do Blog do Ney Lima enviou a assessoria de imprensa da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe os dados das duas irmãs citadas nesta reportagem e aguarda um posicionamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?