27
fevereiro

Vereadores debatem criação de Comissão para regularizar bairros em Santa Cruz


Fotos: Janielson Santos.

Momento de discussão mais ‘quente’ na manhã dessa terça-feira (26) em sessão ordinária na Câmara de Santa Cruz do Capibaribe, envolveu dois vereadores do campo de oposição: Carlinhos da Cohab e Capilé.

Carlinhos solicitou, em requerimento, a criação de uma nova Comissão Temporária Especial, com o objetivo de discutir a regularização e a criação de novos Bairros na cidade.

No entanto, uma comissão com a mesma intenção já foi criada nessa legislatura, tendo como autor e presidente, Zé Minhoca (PSDB). Pelo regimento interno da Câmara, isso inviabiliza que outro vereador solicite a criação da mesma. Além disso, o tucano já protocolou um requerimento, antes do oposicionista.

O vereador Capilé contestou Carlinhos justamente com o argumento regimental, apontando ainda que o requerimento de Carlinhos tinha apenas a assinatura dele e não de 1/3 dos parlamenteares, como exige o regimento.

Após palavras ríspidas, entre os dois, o presidente Augusto Maia precisou intervir e pedir respeito aos colegas.

Preguiça

Sobre a Comissão anterior, Carlinhos considerou como um trabalho ‘preguiçoso’. Comissões temporárias têm 90 dias de duração, podendo ser prorrogadas. No entanto, o vereador Zé Minhoca não pediu mais tempo, para que os trabalhos fossem finalizados.

Não faltou empenho

Integrante da Comissão anterior, Irmão Val também rebateu Carlinhos e garantiu que não faltou dedicação. “Não houve preguiçoso, incompetente, nem irresponsável”, disse e acrescentou que houve convocação dos Correios, Compesa e Celpe, entre outras entidades, durante os trabalhos.

Atividade

A assessoria do vereador Zé Minhoca garante que a primeira Comissão avançou bastante na organização do mapa da cidade e disse que dará continuidade com a criação do novo grupo de trabalho. Zé Minhoca faltou à sessão desta terça.

Sem interrupção 

O vereador Joab Gomes sugeriu que a Comissão tenha o perfil permanente, entendendo que o problema na formação de bairros é histórico e que novas demandas surgem constantemente, com a criação de loteamentos e crescimento do município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores