09
agosto

Santa Cruz – Uso de dinheiro público em evento de premiações de gestores, esquenta reunião


Imagens: Arquivo.

Situacionistas e oposicionistas discordaram e bateram boca, na manhã desta quinta-feira (09), na Câmara de Vereadores de Santa Cruz, quando o assunto foi a polêmica premiação do prefeito Edson Vieira (PSDB), da ex-secretária de Assistência Social, Alessandra Vieira e do Secretário de Educação, Joselito Pedro, pela União Brasileira de Divulgação (UBD).

A UBD (sediada em Pernambuco) e o Instituto Tiradentes de Minas Gerais, são investigados por venda de títulos, em vários estados, sem qualquer critério. Em reportagem do Fantástico da Rede Globo, a empresa foi flagrada premiando um jumento, após o pagamento.

Em Pernambuco, diversas prefeituras e Câmara de Vereadores pagaram, com dinheiro público, as premiações. No portal ‘Tome Contas’ do Tribunal de Contas do Estado (TCE) consta pagamentos das prefeituras de Santa Cruz e Taquaritinga do Norte, além das Câmaras de Brejo, Toritama e Taquaritinga, entre as envolvidas.

Para os situacionistas, os administradores foram enganados pela empresa que, segundo eles, merece ser penalizada.

A vereadora Jéssyca alegou que a UBD enviou um material de divulgação para prefeitura, com a programação de seminários a ser realizado no evento. A quantia seria para pagar os gastos com o evento, como acontece em outros casos. “Essa empresa deve ser punida e pagar, porque ela engana as pessoas”, disse ela.

A oposição não aceitou as alegações; “Deveria ter vergonha na cara e admitir, igual Lero fez. A empresa é culpada tanto quanto o prefeito”, disse Capilé.

Vereador Joab criticou pesadamente o prefeito e o Secretário Joselito Pedro.

Joab do Oscarzão foi ainda mais incisivo, afirmando que a UBDD é uma quadrilha instalada em Pernambuco há 18 anos “mantida pelos prefeitos corruptos, igual Edson Viera”, disse, complementando que “Não existe inocente na política” e que o secretário “posaria de bom moço na cidade”.

Ministério Público – o vereador Carlinhos da Cohab afirmou que protocolou denúncia contra o prefeito no Ministério Público do estado e que, na próxima semana, fará o mesmo a nível Federal, pelo uso de dinheiro público, considerado por ele de forma irregular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Notícias Anteriores