13
março

Resumão da Câmara


Com trocas de acusações, bancadas promovem mais uma noite quente de discursos

 

Na noite desta terça-feira (12), 16 dos 17 vereadores abordaram diversos assuntos, mas o destaque ficou por conta de várias denúncias feitas pela bancada de oposição sobre o caso da polêmica demissão dos agentes de endemias.

 

A ausência foi da vereadora Narah Leandro (PSB), que está em viagem, tratando de assuntos relacionados a sua candidatura para presidência da UVP Mulher.

 

Pelas informações e documentos apresentados, a oposição mostra um possível escândalo de indicações de apadrinhados políticos do atual governo. A bancada oposicionista pede uma CPI sobre o caso.

 

Já os vereadores de situação, muitos citados nas denúncias, negam e rebatem as afirmações. Confira cada um dos discursos da noite.

 

Junior Gomes (PSB) fala sobre reunião com Secretário de Defesa Social do estado

 

O vereador socialista abordou a reunião realizada na tarde de segunda-feira (11) com o Secretário de Defesa Social, Wilson Damásio.

 

Junior Gomes falou sobre as iniciativas que virão para o município, como o aumento do efetivo policial e a chegada de uma nova viatura da Patrulha do Bairro, já para abril.

 

Outros pontos falados pelo vereador foram a assinatura, no Diário Oficial, para que a 3ª CIPM seja transformada em Batalhão de Polícia e também a implantação de uma delegacia especializada em Homicídios para agilizar a solução de crimes e diminuir a violência.

 

“A gente sente que tomamos a atitude na hora correta”, destacou o vereador.

 

Helinho Aragão (PTB) cobra a construção de uma praça de alimentação para realocar barraqueiros

 

O vereador petebista continuou com o mesmo tema abordado em discurso anterior, sobre a sua preocupação com a retirada dos proprietários de barracas.

 

Para Helinho,  tal medida só deveria ser após a construção de uma Praça de Alimentação, com boxes padronizados e estrutura que favoreça os pequenos comerciantes.

 

Ao final, o vereador denunciou que a cidade passa por um “Escândalo da Dengue”. Segundo ele, isso se deve à falta de experiência dos agentes de endemias, recém-contratados pelo atual governo após a demissão da antiga equipe.

 

Dida de Nan (PSDB) reafirma seu apoio a Diogo Moraes

 

O vereador fez duras críticas a uma matéria publicada no blog Sulanca News, em que o vereador é citado como apoiador da possível candidatura de Dimas a deputado estadual, anunciada por Eduardo da Fonte (PP).

 

O líder do governo na Câmara expressou sua indignação, afirmando que só acompanhou a comitiva de Eduardo da Fonte na busca por recursos de suas emendas e por respeito ao parlamentar, o que não significa um apoio político.

 

“Respeitar é uma coisa e apoiar é outra”.

 

Dida também reafirmou que apoiará Diogo Moraes (PSB) para deputado estadual.

 

“Poderia até votar em Dimas. Eu votei para vice-prefeito e por que não votaria para deputado? Mas nós já temos o nosso deputado”.

 

Carlinhos da Cohab (PSL) denuncia manipulação dos dados sobre possíveis casos de dengue no município

 

Com palavras fortes, o vereador denunciou que existem 27 casos de suspeita de dengue em Santa Cruz do Capibaribe, e que esses casos não foram enviados para análise em Caruaru, o que, segundo o vereador, é uma tentativa do Secretário de Saúde, Marlos Ferreira, de esconder um possível surto.

 

“Estão brincando com a saúde, com vidas humanas”, enfatizou.

 

Carlinhos citou que esse aumento dos casos de dengue se deve à demissão da antiga equipe de Agentes de Endemias. Segundo ele, há inexperiência por parte dos atuais agentes, que seriam pessoas indicadas pelos vereadores da situação.

 

.

Ronaldo Pacas (PSDC) rebate Carlinhos e reafirma o trabalho positivo desempenhado pela nova equipe de Agentes de Endemias

 

O vereador abriu suas palavras rebatendo o discurso de seu adversário de bancada.

 

Ronaldo citou o trabalho desempenhado pela nova equipe de agentes, subindo de cinco mil visitas a domicílios durantes os meses de novembro e dezembro de 2012 para mais de 40 mil visitas já em janeiro e fevereiro.

 

“Desde abril de 2012 que não havia nenhum controle em relação a dengue. Não consta na secretaria de saúde, a não ser que apagaram os dados”, citando a formatação de computadores pela antiga gestão.

 

Ronaldo defendeu o Secretário de Saúde Marlos Ferreira, afirmando que acredita naquilo que foi apresentado.

 

.

Zé Minhoca (PSDB) ataca Carlinhos e fala que avanços na saúde incomodam a bancada de oposição

 

Com palavras dirigidas ao vereador Carlinhos da Cohab, o vereador tucano fez a defesa da nova equipe de agentes de endemias.

 

“De novembro a dezembro do ano passado, os agentes que seguiam vocês atenderam cinco mil domicílios. E os nossos, de janeiro até agora, atenderam quase 45 (mil). Para que manter o pessoal que seguia vocês? Para chegar nas eleições e servir como cabos eleitorais? De jeito nenhum; acabou!”, destacou.

 

Zé citou também o funcionamento de 18 PSF´s com dois médicos por semana, o que, segundo o vereador, incomoda os vereadores de oposição.

 

“Não foi visto isso com vocês em 12 anos. Isso é uma vergonha”, destacou.

 

Deomedes Brito (PT) denuncia que demissão de agentes de endemias feriu leis existentes no município

 

O vereador petebista afirmou que a demissão de agentes de endemias foi arbitrária, já que existe uma lei (Nº 11.350/2006) no município que impede tais demissões desde 2006.

 

“Inclusive, teve dois do tempo de Ernando, que continuou no governo José Augusto Maia (PTB), passou o governo de Toinho, até gente adversária, que nunca foram demitidos”.

 

Deomedes denunciou a existência de uma lista de indicados pelos vereadores situacionistas para as vagas de agentes. Ele citou que o nome do vereador Luciano Bezerra (PR) era o que mais aparecia na lista de indicações.

 

Ernesto Maia (PTB) afirma que vai pedir uma CPI sobre Escândalo da Dengue, que trata da demissão dos agentes de endemias

 

No discurso mais polêmico da noite, o vereador petebista fez uma série de denúncias graves sobre a contratação de mais de 60 agentes de endemias pelo atual governo.

 

Segundo Ernesto, essas demissões estariam em desacordo com uma lei do município (Lei 11.350/2006) e que a indicação desses agentes partiu de vereadores da bancada de situação, do prefeito e do vice.

 

O vereador apresentou cópias de documentos e afirmou que também que possui gravações telefônicas que comprovariam as denúncias. Ele disse que levará o caso ao Ministério Público.

 

“O mais interessante, para não fazer injustiça, é que não identificamos como vereadores que colocaram pessoas, Ronaldo Pacas e o vereador Zé Minhoca”.

 

Os nomes de Dida de Nan (PSDB), Pipoca (PMN), Junior Gomes (PSB), Zezim Buxim (PSDB), Vânio Vieira (PSDB), Afrânio (PDT) e Luciano Bezerra (PR) foram citados. Este último seria o que possui o maior número de indicações.

 

Galego de Mourinha (PTB) sai em defesa da Lei que garante manutenção de agentes demitidos

 

 

O vereador saiu em defesa da Lei 11.350/2006, que garante a manutenção dos empregos dos 22 agentes de endemias demitidos.

 

Galego afirmou discordar da forma como os mais de 60 novos agentes foram contratados, citando as denúncias de indicação de nomes por parte de vereadores.

 

Outra denúncia apresentada foi o fato de que a contratação dessas pessoas não atende o nível de escolaridade exigido, que é o ensino fundamental.

 

.

 

Zé Elias (PTB) fala sobre reunião que será realizada com o diretor da Compesa para combater a seca em Santa Cruz

 

O vereador petebista falou sobre a reunião que será realizada na manhã desta quarta-feira (13) com o diretor da Compesa do município.

 

Zé Elias também alertou que a quantidade de poços artesianos implantados ainda é insuficiente e cobrou a colocação de mais carros-pipa para Poço Fundo.

 

Zé Elias falou também sobre sua cobrança para que seja feita a cobertura do Calçadão do Moda Center, pedindo dos vereadores mais empenho para essa questão. Ele também mostrou-se contrário a retirada das barracas das calçadas da cidade sem que haja um local certo para realocá-los.

 

Sobre a polêmica envolvendo os agentes de endemias, Zé Elias afirmou.

 

“Se o prefeito fez certo, tudo bem, mas se fez errado, tem que se penalizar”.

 

Luciano Bezerra (PR) afirma que demissão de agentes foi por falta de desempenho

 

Com palavras fortes, o vereador Luciano Bezerra desafiou Ernesto Maia a provar as suas acusações sobre indicação de agentes de endemias por parte de membros de seu grupo político.

 

Luciano falou que tais papéis mostrados pelo vereador seriam de origem suspeita e completou: “Quem sabe um comando vermelho não esteja por trás?”, citando os arrombamentos a prédios públicos.

 

Sobre a demissão dos agentes de endemias, Luciano afirmou que isso ocorreu por falta de desempenho dos agentes. Segundo ele, as demissões estão previstas na mesma lei que garante a conservação dos empregos.

 

“Na verdade, ele quer aparecer para disputar as eleições de 2014”, disparou contra o vereador Ernesto.

 

Klemerson Pipoca (PMN) fala sobre requerimento que pede a criação do Plano Municipal de Juventude

 

O vereador de situação citou um de seus requerimentos para a criação do Plano Municipal de Juventude.

 

Segundo o vereador, esse plano visa à discussão de políticas publicas voltadas para os jovens, como a assistência médica em casos de gravidez na adolescência, discussão sobre o primeiro emprego, implantação de educação de boa qualidade e diminuição da violência.

 

“Para isso, que estou colocando essa ideia”, destacou.

 

Ao final, Pipoca falou sobre os trabalhos que serão desempenhados pelo novo Conselho Antidrogas e Conselho de Paz, citando que os resultados serão sentidos em, no mínimo, dois anos.

 

Zezin Buxin (PSDB) fala sobre levantamento feito para saber quantos poços estão em funcionamento no município

 

O vereador falou sobre um levantamento realizado pela atual gestão sobre a quantidade de poços que estariam sem funcionar no município.

 

Segundo o vereador, existem 115 poços, muitos deles com água própria para consumo, mas que faltariam as bombas para trazer essa água para o benefício das pessoas e dos animais.

 

Segundo o vereador, o levantamento será entregue a prefeitura para que possam ser tomadas as soluções necessárias.

 

Sobre as denúncias feitas pela oposição sobre a polêmica demissão dos agentes de endemias, Zezinho foi enfático:

 

“Já que as regras têm que ser cumpridas, as regras da lei e do trabalho, uma é cumprir metas que não foram cumpridas pelos agentes anteriores. Alguém usa o microfone, discrimina profissionais de inexperientes, mas que mostraram um trabalho a altura”.

 

Fernando Aragão (PTB) aconselha agentes demitidos a procurarem a justiça

 

Em seus sete minutos, o vereador desafiou Zezinho, afirmando que ele defendia os novos agentes porque ele teria ajudado a colocar alguns no atual governo.

 

“O senhor defende porque o senhor colocou um bocado lá dentro. O senhor tem que defender porque eles são inexperientes e precisam de uma grande chance”, ironizou Fernando.

 

O vereador também desafiou Luciano Bezerra (PR) para que assumisse os erros da atual gestão, citando também que as demissões foram feitas em descumprimento da Lei 11.350/2006, sem a realização de um concurso público e sem o anúncio prévio de 30 dias para demissões.

 

Fernando sugeriu que os demitidos procurassem o Ministério Público para buscarem seus direitos.

 

Afrânio Marques (PDT) afirma que caiu a quantidade de atendimentos no Hospital Municipal graças ao funcionamento dos PSF´s

 

No uso da tribuna, o vereador de situação falou sobre os avanços da saúde no atual governo.

 

Segundo o vereador, nos últimos 12 anos, dois médicos ficavam no Hospital e hoje esse número é de três. Já o número de atendimentos passava de 400, mas agora é cerca de 200, graças aos PSF´s.

 

O vereador citou que mais recursos, no valor de R$ 2 milhões vindos do governo do estado, além de emendas no valor de R$ 1,3 milhão vindas do deputado Federal Paulo Rubem (PDT), serão destinados ao município para a construção de mais outras policlínicas.

 

Os valores viabilizariam a instalação de três restantes, prometidas em campanha para até dois anos e meio.

 

Vânio Vieira (PSDB) fala sobre pedido feito a Eduardo da Fonte sobre verbas para calçamento de ruas na Palestina

 

No último discurso da noite, o vereador de situação saiu em defesa de Dimas Dantas (PP), quanto ao anúncio de que Eduardo da Fonte o quer como candidato a deputado estadual.

 

Segundo o vereador, a sua ida foi para conversar como deputado para viabilizar recursos para calçamentos no bairro da Palestina.

 

Vânio afirmou que Eduardo pediu para que fossem enviadas as metragens das ruas da Palestina, para que os recursos necessários possam ser destinados para as obras.

 

“A gente deve enviar até amanhã todas essas medidas e esperamos que a gente tenha uma resposta positiva sobre esses calçamentos”, citando também que pretende pedir recursos para viabilizar obras de saneamento no bairro.

6 Comentários

  1. Paulo Sérgio disse:

    falta só ernesto pedir uma cpi pro escandalo dos teclados, no governo passado

    1. Clodoaldo Barros de Queiroz disse:

      !? Risos…

  2. edjane disse:

    pense na palhaçada desses ilustres vereadores perdendo o tempo deles com agente de endemia. Se eles se sentem prejudicados procurem a justiça.E os digníssimos vereadores podiam fazer alguma coisa mais produtiva que tal.

  3. Bruno disse:

    Essa cpi claro que ele nunca vai pedir, pq tem envolvimento de sua Mãe.

  4. nanda disse:

    ernesto vc devia pedir cpi para esclarecer a acusação de armação de tentar acusa edson d suposta compra de voto q caiu por terra depois q a vitima acuso vc por comprar essa mentira por 5mil reais,tudo esta abafado mas quem te conhece q ti compre,bijoteria de pecima qualidade,tenho pena dos seus eleitores,não sabe a cobra q cria,zé pode ser oque for ,mas te conhece tanto q só ti proucura quando não tem jeito mesmo,e mesmo assim ele sabe q vc sonha em ser como ele ,e pode da o bote nele a qualquer momento q vc mal tem asseso a ele e ou não e pateta?

  5. sivaldo disse:

    Os mesmos agentes de endemias que hoje eles defendem tão vigorosamente foram desprezados pelos 2 últimos governos e agora vem ernesto com essa de pena eles estão nessa situação por causa do senhor ernesto e seu grupo politico que ai estive 12 anos e nada fez por eles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores