30
novembro

Surto de virose – Caem atendimentos em Santa Cruz


Atendimentos a pacientes com suspeita de virose começam a cair, diz secretário de saúde

 

Fila de espera por atendimento já é bem menor nesta segunda-feira - Fotos: Thonny Hill

Fila de espera por atendimento já é bem menor nesta segunda-feira – Fotos: Thonny Hill

Em participação no programa Rádio Debate da manhã desta segunda-feira (30), o secretário de saúde de Santa Cruz do Capibaribe, Breno Feitoza, trouxe novos números sobre os atendimentos registrados no Hospital Municipal.

 

Até pouco tempo atrás, a unidade hospitalar já registrou uma média de 600 atendimentos por dia, a grande maioria deles de pessoas com sintomas associados ao surto de virose que assola mais de 100 municípios no estado.

 

“Para se ter uma ideia, os números estão caindo para pouco mais de 400 atendimentos. Teve um dia que tivemos 311” – disse.

 

IMG_7971

.

Município continua em estado de alerta, diz secretário

 

Ainda de acordo com o secretário, mesmo com a diminuição, o município continua em estado de alerta e que as políticas de prevenção adotadas com apoio dos governos Federal e Estadual, além do papel da população em combater também os focos do mosquito Aedes aegypti devem continuar.

 

“Quero chamar a atenção de toda a sociedade de Santa Cruz. Os noticiários nacionais, sobretudo no Nordeste e ainda mais em Pernambuco, tem mostrado a necessidade da participação social nessa luta. 80% dos focos estão dentro das residências e se a população não fizer sua parte, não vamos vencer a luta contra o mosquito” – disse.

 

Também no final da manhã desta segunda-feira, nossa equipe visitou o Hospital Municipal e o que se viu foi uma quantidade pequena de pessoas na fila de espera, mas a maioria delas ainda continua a chegar com sintomas da doença.

 

Confira os números que foram divulgados pela Assessoria da Prefeitura, com a quantidade de atendimentos registrados de de 01 a 29 de novembro na unidade de saúde.

.

20151130080112

Um Comentário

  1. Sérgio disse:

    Diminuiu no Hospital Municipal, mas e os postos de Saúde, como eles estão secretario?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores