30
junho

O desabafo


“Homem não é caça pra ser caçado”, desabafa Odon

 

Fotos: Elivaldo Araújo

Após a sessão ocorrida nesta terça-feira (30), na Câmara de Vereadores de Toritama, onde se pretendia cassar o mandato do prefeito Odon, parte da população que lotou a frente da Casa de Lei seguiu para a residência do prefeito.

 

Em meio a diversas pessoas que cumprimentavam Odon pela vitória, o prefeito falou com o Blog do Ney Lima e em tom de desabafo disse que “Homem não é caça pra ser caçado”.

 

O prefeito explicou que fez sua defesa na Câmara e que estava feliz em ter sido absolvido pelos vereadores.

 

Sobre as acusações envolvendo compra de rosas supostamente superfaturadas pela Secretaria da Mulher, Odon afirmou que nenhum prefeito conhece a cidade toda e não pode tomar conta de tudo.

 

 

 

 

O prefeito fora acusado de cometer improbidade administrativa após ter feito, sem licitação, a compra de R$ 10 mil em buquês de rosas que foram distribuídas no Dia das Mães, sendo que, de acordo com as denúncias de vereadores, a dispensa de licitação só podia ser feita com valores de até R$ 8 mil ou se o município estiver em situação de calamidade pública.

 

Além dessa denúncia, as rosas que foram compradas teriam custado R$ 4,00 cada sendo que, de acordo com os vereadores, o preço médio de cada uma no mercado é de R$ 0,50.

 

Na sessão de hoje, para que o prefeito fosse cassado, seriam necessários os votos favoráveis de 09 dos 13 vereadores, o que equivalia a dois terços, mas o objetivo da oposição não foi alcançado graças a uma surpresa: a abstenção ao voto por três vereadores.

 

O pedido de cassação obteve 07 dos 09 votos necessários e o processo acabou sendo arquivado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores