04
dezembro

“Não era possível entregar essa presidência a Edson Vieira” – afirma Fernando Aragão


Em entrevista concedida ao Blog, o ex-vereador Fernando Aragão fez seu balanço sobre mais uma eleição de Mesa Diretora na Câmara.

Voltando a citar que essa questão ‘se decide nos últimos minutos’, citou que as articulações no fim acabaram beneficiando seu grupo e colocando a frente quatro membros de oposição a frente do prefeito Edson Vieira.

Fernando também foi questionado sobre o clima de pressão nos bastidores, que resultaram na retirada de Ernesto Maia da chapa e fechando a composição que fora eleita.

“Augusto passou por um momento que talvez nem esperasse, fez uma amizade muito forte com Capilé e com Helinho, só que na hora do ‘vamos ver’, os vereadores acharam por bem colocar o nome de Augusto, que aceitou de fato não trazer ninguém do outro lado e fazer composição com a maioria, que eram os oito de Diogo” – disse.

Para Fernando, mesmo com ‘percas e ganhos’, o grupo taboquinha estaria à frente da Câmara e pontuou:

“Vamos começar a trabalhar para ver as coisas erradas que tem dentro dessa prefeitura” – concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?