08
junho

Ministério Público investiga transferência de pagamentos de servidores da prefeitura de Santa Cruz para o Coniape


Prática teria a intenção de burlar limites estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal

 

 

 

A prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, é alvo de mais um inquérito do Ministério Público de Pernambuco. O objetivo é apurar a transferência de servidores que antes recebiam seus vencimentos pelo Município e posteriormente passaram a ser pagos pelo Coniape (Consórcio Público Intermunicipal do Agreste Pernambucano e Fronteiras).

O órgão é presidido pelo prefeito Edson Vieira, que teria feito a transferência dos servidores para falsamente controlar o percentual de gastos com folha de pagamento, considerando que o município ficou acima do limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal em pelo menos três quadrimestres durante a atual gestão.

O MP apura ainda que a Prefeitura teria repassado quase R$ 1 milhão para o Coniape em relação saúde, no exercício de 2018, contrariando a precisão da Lei Orçamentária Anual, que era de R$ 370 mil.

Caso os indícios apontados pelo Ministério Público sejam confirmados, o Prefeito Edson Vieira poderá responder a mais uma ação por atos de improbidade administrativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?