11
setembro

“Minha conduta como homem e pai de família falam por mim”, diz prefeito Edson Vieira, após denúncias do MPPE


Na tarde desta quarta-feira (11) o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), falou, pela primeira, sobre as ações recentes que sofreu por parte do Ministério Público de Pernambuco (MPPE). As ações foram ajuizadas pelo promotor de justiça Jefson Romaniuc.

A primeira diz respeito ao suposto uso de água da Compesa de forma irregular. Baseado principalmente em denúncias de um motorista de carro pipa, o MPPE afirma que o prefeito e familiares dele, teriam se beneficiado com água que deveria ser colocada em prédios públicos. (Relembre)

O segundo caso, divulgado nessa terça-feira (10) pelo Blog, faz referência à extrapolação de gastos com pessoal. O órgão afirma que, por vários quadrimestres, o município ficou acima do que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal e que o prefeito não teria tomado medidas para mudar o cenário. (Veja aqui)

Edson Vieira assegura que o excesso de gastos na folha de pessoal, se deu em virtude da maior oferta de serviços para o município. Ele cita também a crise e falta de repasses do estado, como justificativas. Ainda segundo Edson, a administração tem tomado medidas e diminuído, em 2019, esses gastos.

“Terei a chance de provar”, afirma.

Já sobre a denúncia envolvendo a água da Compesa, o prefeito nega qualquer tipo de favorecimento, e questiona; “Sinceramente, será que preciso estar passando por isso?”

“Meu passado, minha vida fala por si. Minha conduta como homem e pai de família falam por mim”, disse, acrescentando que fica chateado, mas que também provará sua inocência.

A entrevista foi concedida ao programa Rádio Debate (Rádio Polo).

Saúde – Durante sua participação, o tucano também aproveitou para reforçar que tem cobrado o governo do estado, por mais vacinas contra sarampo.

Confira a edição desta quarta-feira na íntegra.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 





 

error: Copiando nosso texto?