31
maio

“Informações inverídicas” – Em nota, Luciano Bezerra rebate Ernesto Maia sobre CPI


O ex-vereador Luciano Bezerra (Novo) enviou nota ao Blog na manhã desta sexta-feira (31), onde rebate afirmativas do vereador Ernesto Maia (PT) sobre CPI que tramitou em 2016, na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe.

Durante seu discurso, nessa quinta-feira (30), Ernesto afirmou que a CPI que investigava como foram distribuídos os espaços no Calçadão Miguel Arraes de Alencar, simplesmente ‘não teve fim’ e não foi apresentado relatório final.

A CPI citada por Ernesto tinha como presidente Zé Minhoca (PSDB) e relatoria de Luciano Bezerra, responsável pelo parecer conclusivo. (AQUI)

Luciano afirma que as afirmativas de Ernesto são inverídicas e que ‘todos os documentos, áudios e atas são públicos e estão à disposição da sociedade na Câmara’.

Confira a nota de Luciano Bezerra, na íntegra:

Em atenção à imprensa e à sociedade, tendo em vista a repercussão do discurso do Vereador ERNESTO MAIA proferido na tribuna da Câmara de Vereadores na Sessão Ordinária de 30 de maio de 2019, e em especial a repercussão com a matéria publicada no Blog do Ney Lima com o título “Misteriosamente, a prefeitura tenta esconder quem são os donos, diz Ernesto Maia sobre boxes e lojas do Calçadão”, temos o dever de vir a público esclarecer o que se segue:

Em seu discurso, o Vereador ERNESTO MAIA, se referindo a CPI instituída através da Portaria 074/2015, que apurava supostas ilegalidades na concessão de lojas e “boxes” no “Calçadão Miguel Arraes de Alencar”, época em que o Sr. LUCIANO BEZERRA estava como Vereador e na ocasião era o relator da referida comissão parlamentar de inquérito – CPI, afirmou: “Ficamos aguardando que o relatório fosse entregue por Luciano, para entrar na justiça e mostrar que documentação não tinha sido entregue.”

A afirmação do Vereador ERNESTO MAIA conforme repercutida pelo Blog do Ney Lima é INVERÍDICA, aliás, não é primeira vez que o Vereador faz esse tipo AFIRMAÇÃO FALSA, pois em 22 de maio do corrente ano, o Diretor Administrativo da Câmara de Vereadores o Sr. CARLOS ALBERTO FERNANDES DA SILVA, expediu certidão que confirma a existência do relatório final da CPI nos seguintes termos: “IDENTIFICAMOS A EXISTÊNCIA DO RELATÓRIO FINAL EXARADO PELO ENTÃO RELATOR DA COMISSÃO – VEREADOR LUCIANO SILVA BEZERRA”.

Como se observa pelo documento de caráter público, o relatório final da CPI foi entregue, tendo o então Vereador LUCIANO BEZERRA, cumprido integralmente o seu dever perante a CPI e com a sociedade.

O Vereador ERNESTO MAIA ainda afirma em seu discurso na tribuna da Câmara de Vereadores, que “a Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe não entregou a documentação pedida pela CPI com a anuência do então relator LUCIANO BEZERRA.”

Mais uma vez ficará comprovado que as afirmações do  Vereador são  INVERÍDICAS, pois na Ata da reunião da CPI nº 005/2016, realizada em 19 de fevereiro de 2016, fica claro que o então Vereador LUCIANO BEZERRA não mediu esforços para que a documentação fosse entregue, inclusive durante a reunião da CPI, ligou por meio de viva voz, na presença do Vereador ERNESTO MAIA, para o Secretário responsável pela documentação, reforçando o pedido do Vereador ERNESTO.

Os documentos foram entregues pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico em duas oportunidades, a primeira em 04/03/2016, por meio do Ofício nº 10/2016, conforme se extrai da Ata da reunião da CPI nº 007/2016 e a segunda em 11/03/2016 por meio do Ofício nº 12/2016, conforme se extrai da Ata da reunião da CPI nº 008/2016.

Todos esses documentos, áudios e atas são públicos e estão à disposição da sociedade na Câmara de Vereadores de nossa cidade.

Esperamos que estes esclarecimentos venham restabelecer a VERDADE DOS FATOS.

Forte abraço! LUCIANO BEZERRA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores