17
maio

Grupo de comerciantes do Calçadão vão a Câmara mostrar insatisfação e também cobrar CPI


Atualização às 18h

Na tarde desta quinta-feira (17) um grupo de pessoas, alegando serem comerciantes que atuam no Calçadão Miguel Arraes, se fizeram presentes a sessão da Câmara.

O objetivo, segundo eles, é expor problemas existentes no espaço comercial, em especial da parte cujo telhado desabou, mais uma vez, em um dos setores.

Segundo o grupo, a ideia era usar da tribuna para promover, além da cobrança de uma ação maior da Casa quanto a fiscalização do espaço e também endossar o pedido público de CPI para apurar supostas irregularidades no empreendimento. Os populares também cobraram uma prestação mais adequada de serviços de manutenção e limpeza do local.

Um dos representantes chegou a requerer o uso da tribuna, mas teve o espaço vetado pelo presidente da Câmara, Zé Minhoca, citando que o tema não constava da pauta de discussão de projetos de lei e requerimentos na Casa.

Durante a sessão, vários deles chegaram a vaiar discursos de vereadores que faziam defesa a gestão municipal sobre o problema. No final da sessão, uma comissão formada com 12 membros se reuniu com os vereadores para discutir a pauta de reivindicações e os problemas no gigante comercial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Notícias Anteriores