30
julho

Fernando Aragão é absolvido após ser acusado de suposta propaganda eleitoral antecipada


O juiz eleitoral de Santa Cruz do Capibaribe, Vanilson Guimarães de Santana Júnior, decidiu absolver o ex-vereador e pré-candidato a prefeito pelo grupo Taboquinha, Fernando Aragão, da acusação de propaganda antecipada.

A denúncia foi apresentada pelo Partido da Mulher Brasileira do Partido da Mulher Brasileira (PMB), no último dia 16 de julho e alegava que o ex-vereador estaria fazendo propaganda eleitoral antecipada por meio de vídeos e mensagens em redes sociais, e que estariam induzindo o eleitor no sentido de ser a melhor opção como candidato a prefeito em 2020.

Ainda de acordo com a denúncia, Fernando ainda mantinha em sua página pessoal no Facebook, fotografia com o número de seu partido utilizado durante a campanha eleitoral de 2016, quando concorreu ao cargo de prefeito. Foi citado também que a página possuía vídeos com o título “Ainda há esperança”, e com isso estaria criando um estado mental e o colocando como a pessoa capaz de ser o escolhido como gestor na próxima eleição.

Analisando os autos, o juiz afirma que o conteúdo não configura propaganda eleitoral antecipada. E ressalta que o vídeo em questão tece apenas críticas à administração municipal atual e completa que em nenhum momento há pedido explícito de voto.

O partido que apresentou a denúncia poderá recorrer da decisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores