02
dezembro

Exclusivo


Rui Medeiros pede mandato de Ernesto Maia na justiça

 

 

Foto: Ney Lima - Arquivo

 

 

O suplente de vereador Rui Medeiros (PTB) protocolou uma ação no Tribunal Regional Eleitoral pedindo a cassação do mandato do vereador Ernesto Maia (PSL), que mudou de partido para concorrer às eleições de 2014.

 

A ação é embasada na chamada Lei de Fidelidade Partidária, que dá ao suplente o direito de exigir o mandato do titular em casos desse tipo.

 

O pedido será analisado pelo desembargador eleitoral Alfredo Hermes Barbosa de Aguiar Neto.

 

Em contato com o editor deste Blog, o vereador Ernesto Maia afirmou estar surpreso com a ação, mas disse que compreender ser um direito do colega de fazer o questionamento na Justiça Eleitoral.

 

 

 

 

 

Colunista Euzébio Pereira suspeita de manobra política

 

O colunista do Blog do Ney Lima, Euzébio Pereira levantou suspeitas sobre a ação movida por Rui Medeiros pedindo o mandato do vereador Ernesto. Confira o artigo:

 

 

INFIÉS PODEM PERDER O MANDATO:

SUPLENTE PEDE CASSAÇÃO DE ERNESTO MAIA

 

Semana passada o Ministério Público Federal pediu a cassação do mandato de treze deputados federais por infidelidade partidária. Entre os deputados que podem perder o mandato está o pernambucano Silvio Costa (saiu do PTB para o PSC).

 

A legislação permite que os parlamentares troquem de partido, mas apenas em determinadas situações, tais como no caso de criação de uma nova sigla ou no caso de comprovada perseguição interna no partido de origem.

 

Não sendo estas hipóteses, o partido abandonado, os suplentes ou o Ministério Público estão autorizados para requererem o mandato do “infiel”.

 

Aqui em nossa cidade tivemos alguns políticos, com mandato, que entraram no troca-troca partidário, a citar: José Augusto Maia (do PTB para o PROS), Fernando Aragão (do PTB para o PROS) e Ernesto Maia (do PTB para o PSL), onde apenas este último não tem justificativa legal para a mudança. Estaria enquadrado na infidelidade.

 

Com as reviravoltas da política, o suplente de vereador Rui Medeiros entrou com uma ação no Tribunal Regional Eleitoral requerendo a cassação do mandato de Ernesto Maia por infidelidade Partidária.

 

Confesso que fiquei surpreso (e um pouco confuso) com este pedido, uma vez que Rui Medeiros e Ernesto Maia são (ou eram) aliados bem próximos e, imagino, que Ernesto antes de mudar de partido, sabendo das implicações da legislação da infidelidade partidária, tenha tido uma conversa com o antigo partido e com os suplentes.

 

Por isso, outras possibilidades surgem: seria esta atitude apenas uma manobra para impedir que o Ministério Público pedisse a cassação de Ernesto Maia?

 

Até o momento, os fatos existentes são: a mudança partidária ilegal de Ernesto Maia e a ação por perda de cargo eletivo por desfiliação partidária nº 45361.2013.617.0000 proposta por Rui Medeiros. É esperar (e acompanhar) para ver qual será a decisão da justiça eleitoral.

4 Comentários

  1. Lidio Nunes disse:

    Cabra de Pêia em Santa Cruz se chama Ernesto Maia. Assim que Rui viu a noticia tremeu nas bases e foi logo desmentido. Agora eu botei fé! Ra ra raiii!

  2. ivo aragão leandro disse:

    isso é só mais uma de muitas coisas que estão na justiça contra político que nunca vai dá em nada. a impunidade reina, é isso. quem prevalesse é a impunidade.

  3. Lidio Nunes disse:

    Atencão segundo suplente, Rui arrêgou, vá atrás da sua vaga meu nobre, é sua chance de virar vereador.

  4. Ana Paula disse:

    Quem é vc meu caro lídio Nunes para falar de um homem sério como Rui medeiros, dizendo que após a notícia ele tratou de desmentir, pq a imprensa não o procurou para saber até essa história é verdadeira e vc que é tão corajoso dizendo que ele arregou ligue para ele e diga na cara de um homem que ele arregou e está com medo seu bosta, o nº dele é 92886500, quero ver até onde vai sua coragem em falar de um homem dessa forma seja homem e honre as calças que vc veste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores