12
Janeiro

Em PB e PE – Governadores autorizam licitação para adutora Alto Capibaribe


Assinaturas aconteceram na Barra de São Miguel e Santa Cruz – Fotos: Thonny Hill

Durante essa sexta-feira (12) as cidades de Barra de São Miguel (PB) e Santa cruz do Capibaribe (PE) foram as protagonistas de eventos políticos que marcaram as assinaturas para o lançamento da licitação de uma obra com promessa de beneficiar várias cidades.

Trata-se da Adutora do Alto Capibaribe, sistema com investimentos previstos em mais de R$ 80 milhões e que tem a promessa de trazer, via tubulações de engate rápido, água do Rio Paraíba para as cidades de Barra de São Miguel e também as pernambucanas Santa Cruz, Toritama, Jataúba, Taquaritinga, Vertentes, Frei Miguelinho, Santa Maria do Cambucá e Vertente do Lério.

Na Paraíba – Prefeitos de cidades paraibanas como Boqueirão, Cabaceiras, Umbuzeiro entre outros, além dos pernambucanos Dida de Nan (vice em Santa Cruz) e Antônio de Roque (prefeito de Jataúba) estiveram presentes.

Nas duas cidades, estiveram presentes políticos das cidades citadas, a exemplo de vereadores, prefeitos, secretários de governo e também das empresas Compesa e Cagepa, estas últimas que viabilizam o abastecimento de água em seus respectivos estados.

Entre as autoridades políticas, se destacaram as participações dos governadores Ricardo Coutinho (PSB-PB) e Paulo Câmara (PSB-PE), além do deputado estadual Diogo Moraes (PSB) e também do prefeito Edson Vieira (PSDB), que participou em Santa Cruz.

,

Além das assinaturas, chamaram a atenção, em ambos eventos, os fortes discursos com tom eleitoral, já visando as próximas eleições e deram um prazo de 90 dias para que seja apresentada a empresa vencedora para realização da assinatura da Ordem de Serviço.

 

.

“É um dia histórico” – afirma Diogo Moraes

Durante seu pronunciamento na Paraíba, Diogo Moraes destacou a “irmandade” segundo ele, que existe entre os dois estados, tanto no compartilhamento de recursos econômicos através do Polo de Confecções, como também dos problemas enfrentados com a seca por anos consecutivos.

“São cidades irmãs que, como Caraúbas, São Domingos da Paraíba, Sumé, Jataúba e Santa Cruz, compartilham dos mesmos problemas causados por essa seca, as mesmas dificuldades e essa mesma luta. É por isso que hoje, dia 12 de janeiro, é um dia histórico que, na visão desses grandes governadores, provam sua capacidade de enxergar e defender os mais pobres” – frisou.

 .

Paulo Câmara destaca união dos estados e críticas ao Governo Federal

Em seus pronunciamentos, tanto em Barra de São Miguel como em Santa Cruz, o governador Paulo Câmara destacou a união entre os dois estados que, segundo ele, vai viabilizar água para milhares de pessoas. Já na Paraíba, ele fez críticas ao Governo Federal que, para o mesmo, está dificultando a liberação de recursos e retomada de obras.

“Vamos mostrar ao Brasil que dá para se juntar, se sentar na mesa e ver alternativas que possam melhorar a vida do povo, mas infelizmente o Governo Federal, da forma como está governando, tem dado as costas para o povo. Não tem se preocupado em fazer obras que são prioritárias como essa de abastecimento de água. É só ver o atraso na transposição que só agora está tendo serventia, mas está tendo ainda mais atraso nas obras complementares, que são essas adutoras. Não podemos esperar isso e esse boicote de recursos públicos é um crime” – disse.

.

Ricardo Coutinho também destaca união e elogia gestão de Paulo Câmara

Durante seu pronunciamento em Santa Cruz, o governador Ricardo Coutinho também fez críticas ao Governo Federal, destacando o aumento no déficit das contas públicas e as dificuldades, segundo ele, para o repasse de recursos.

Além disso, Coutinho também fez menção ao trabalho desempenhado, segundo ele, por Paulo Câmara a frente de Pernambuco, fazendo menção também ao ex-governador Eduardo Campos (PSB).

“Quando eu assumi a Paraíba, olhei para Eduardo e, antes dele sair do governo, ele inaugurou o asfalto até a Paraíba, em Jataúba, e eu até o Congo. Hoje estamos nos reencontrando e essa adutora será tão importante porque ela vai servir também a paraíba. Mais do que isso: ela é um passo a mais na relação de dois povos que são praticamente irmãos. Temos a mesma cultura, história muito parecida e comungamos das mesmas ideias políticas e é essa política que colocará água nos negócios e nas casas dessa região. A política comandada por Paulo Câmara e por nós” – frisou.

.

Edson Vieira destaca atuação de Bruno Araújo e empenho do presidente da Compesa

Durante seu pronunciamento em Santa Cruz, o prefeito Edson Vieira citou que o evento que fez o lançamento da licitação para a adutora seria “o maior exemplo entre parcerias” dos dois estados. O prefeito também aproveitou para agradecer aos governadores, destacar a atuação de Bruno Araújo a frente do Ministério das Cidades e pontuar, segundo ele, o trabalho desempenhado pela Compesa para o andamento do projeto.

“Governador (Paulo Câmara), o senhor deu aqui a autorização para a licitação dessa obra, que tem 18 meses para sua conclusão, mas me lembro também quando o senhor convocava, para ir ao palácio e fazer audiências públicas, Roberto Tavares e outros prefeitos para viabilizar um estudo para essa adutora. Isso foi possível graças à parceria de todos, da União, dos municípios e, graças a suas idas a Brasília ao Ministério das Cidades e aos trabalhos de Roberto Tavares na Compesa, que mostrou que ela tinha viabilidade de contrair esse empréstimo, liberado pelo ministério e que teve capacidade de captar esses 300 milhões do FGTS, que estavam parados. Graças ao dever de cada um, ao dever feito pela Compesa, podemos celebrar esse convênio que tem União, estados e municípios” – frisou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Anteriores