14
março

“Em nenhum momento fui até ele, estou tranquilo”, responde Augusto sobre suposta chantagem a Capilé


Foto: Janielson Santos.

Durante seu discurso na tribuna, na tarde desta quinta-feira (14), o presidente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, Augusto Maia, tratou de refutar qualquer tipo de tentativa de chantagem ou pressão, para mudar voto do vereador Capilé.

Augusto Maia reafirmou que cada voto é pessoal e que não tem interferência na decisão de seus pares.

Um pouco antes, Capilé afirmou que foi alvo de pressão para votar favorável a projeto que aumentará cargos na Casa, sob ameaças de demissões de funcionárias, que foram militantes durante sua campanha eleitoral.

“Em nenhum momento fui até ele, estou tranquilo em relação a isso”, disse Augusto garantindo que o contato com Capilé tem sido apenas de rápidos e formais cumprimentos.

Para Augusto, desde o rompimento de Capilé com os ‘taboquinhas’, ele estaria tentando atrapalhar o grupo.

“Tá mais preocupado em fazer média, do que trabalhar para o povo”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores