22
agosto

Eleições 2016 – Cobertura completa!


Eleições 2016 - GIF

.

Segurança e saúde pública são os pontos principais em comício de Fernando Aragão no bairro Nova Santa Cruz

cleiton e Fernando
Fotos: Elivaldo Araújo.

Na noite deste domingo (21) aconteceu o comício do grupo de oposição em Santa Cruz do Capibaribe. O evento político foi realizado no Bairro Nova Santa Cruz, em frente ao Colégio Dr. Adilson Bezerra, onde discursaram diversos candidatos a vereador, além dos candidatos a majoritária Fernando Aragão (PTB) e Cleiton Barboza (PTN) discursaram para o público presente.

IMG_9267IMG_9365

Tallys Maia fala sobre a recuperação de José Augusto Maia após problemas de saúde

IMG_9397

 

O comício deste domingo, teve a ausência do ex-deputado federal José Augusto Maia (PTN), que foi representado pelo filho, Tallys Maia. Em seu discurso, o mesmo falou da recuperação do seu pai e aproveitou para lançar uma música composta e cantada por José Augusto e que deverá fazer parte da campanha política.

“Infelizmente ele teve um problema de saúde e não pode estar presente, tá se recuperando, o médico pediu algumas horas de repouso, mas graças á Deus, ele tá bem, mas a partir dessa semana, ele estará junto com todos vocês e Fernando Aragão. Muitos disseram que Zé Augusto não estaria com Fernando nesta eleição e que iria fazer corpo mole, como vocês estão vendo, essa música é uma grande demonstração que ele estará sim junto com Fernando e Cleiton, pois ele sempre teve lado e sempre foi desse palanque, assumiu o compromisso e vai até o final” – completou.

Cleiton Barboza faz criticas á Dida de Nan e fala sobre saúde pública

Cleiton

Em seguida, foi a vez da fala do candidato a vice-prefeito, Cleiton Barboza, que fez duras críticas ao candidato a vice-prefeito da situação, Dida de Nan (PSB).

“Quando recebi o convite de ser vice, olhei ao meu Deus, pois faço menção ao Senhor e a palavra dele me disse ‘Cleiton não quero outra coisa de você se não que, pratique a justiça e que ande dia após dia ao meu lado’, diferente do vice de lá que disse que o povo de Santa Cruz não gosta de trabalhar. Eu respeito cada um santa-cruzense, porque eu vim de baixo, sou sulanqueiro e não tenho vergonha, pois quando eu sair daqui do comício, eu vou pra Caruaru passar a madrugada lá, sabe por que Dida de Nan? Porque eu não vivo de política, eu vivo da minha confecção.” – relatou.

O candidato a vice-prefeito falou sobre o momento em que o município passou, segundo ele, por diversos problemas na saúde.

“Não podemos aceitar quando muitas famílias adoeceram, quantos velhinhos morreram pela irresponsabilidade desse prefeito, eu queria saber se ele dorme em paz. Vocês lembram quando o exército era pra vim pra cá e tomar conta das pessoas que estavam doentes e morrendo, por conta da Dengue, ele negou e não quis não, porque disse que não tinha dinheiro para bancar o exército, isso é um ato irresponsável” – frisou.

“Estamos na era do desenvolvimento e é preciso que Santa Cruz entre neste sistema” – afirma Fernando Aragão sobre marcações para consultas médicas

Fernando

O momento mais esperado da noite foi o discurso do candidato a prefeito, Fernando Aragão, o mesmo falou sobre um planejamento para a segurança pública do município e ressaltou um sistema de parceira.

“Estamos elaborando um plano de segurança para Santa Cruz, que possamos resolver esse problema, nossa meta é colocar o policiamento na rua, contratar os policiais que ficam de folga no Estado, colocá-los na Prefeitura e criar os ‘Vigilantes da paz’, onde iremos devolver a vocês, a segurança no município, iremos comprar carros, motos e criar um conjunto de forças junto com a guarda civil, policia militar, conversar com juiz, promotor, criar um conselho de segurança e fazer com que isso se resolva” – afirmou.

IMG_9513

Outro ponto em destaque durante a sua fala, foi em torno de um projeto computadorizado para a saúde pública, no intuito de evitar que os pacientes se dirijam de madrugada para enfrentar filas.

“Já estamos estudando um programa pela internet para que você agende a sua consulta e que não precise ir lá, 3h ou 4h da manhã para marcar uma consulta, gente, estamos na era do desenvolvimento e é preciso que Santa Cruz entre neste sistema, para que o próprio desenvolvimento que o Brasil tem, seja instalado aqui no município. Vamos também formar um programa de saúde, onde o doente crônico e idosos tenham de fato um remédio na sua casa, para que ele não precise de filas e assim possamos ter uma saúde plena” – detalhou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores