20
junho

As curtinhas do Romenyck Stiffen


O QUE TEM DE NOVO?

DESTAQUE – O deputado estadual Diogo Moraes (PSB) vem sendo o principal destaque nesse período de pré-campanha. Seu poder de articulação e aglutinação de pessoas lhe rendem fortes espaços na mídia da região.

O GRUPO – Em Santa Cruz do Capibaribe, o deputado está montando um grupo robusto com lideranças não governamentais, governamentais, suplentes de vereadores e vereadores. Na câmara de vereadores, por exemplo, essa bancada já é maior que a do prefeito Edson Vieira (PSDB) e do ex-prefeito José Augusto Maia (Avante).

VAI CRESCER – Informações de bastidores apontam que esse grupo ainda crescerá muito até as eleições. Mais suplentes que disputaram eleições pelos grupos Boca Preta e Taboquinha irão aderir ao projeto de reeleição de Moraes, assim como mais vereadores. Essas mesmas informações apontam que Diogo fará uma maioria absoluta na Câmara em menos de um mês, superando o número de vereadores em apoios à Zé e Alessandra juntos.

O QUE TEM DE NOVO? – Que um novo grupo está se montando, isso é uma verdade. Contudo, apesar de ser robusta eleitoralmente, a linha de frente não representa necessariamente o novo, ou seja: uma renovação de nomes.

FIGURINHAS CARIMBADAS – Observamos figurinhas carimbadas, dos dois grupos políticos, nessa linha de frente do projeto de reeleição de Diogo. Vejamos: o deputado pertence a uma família que faz parte da política há exatamente três décadas, aglutinou ao seu lado nomes como o ex-prefeito Aragãozinho, o ex-vereador Galego de Mourinha, os vereadores Junior Gomes (PSB), Deomedes Brito (PT), Ronaldo Pacas (PR), Marlos da Cohab (Podemos), Toinho do Pará (PSB), Zé Minhoca (PSDB) e Joab do Oscarzão (PSD).

SUSTENTAÇÃO – A sustentação de um grupo tão robusto não é fácil. Diogo terá como desafios o de chegar bem na ALEPE e torcer muito pela reeleição do governador Paulo Câmara (PSB), comportando, assim, tanta gente em um projeto que vise perpassar 2018.

NECESSÁRIO – Mesmo não transparecendo uma renovação de nomes em nossa política ao olhar para essa linha de frente, é necessário, para o nosso município, a formação de um grupo com essa robustez tentando quebrar, no mínimo, a polarização das duas lideranças políticas que se rivalizam nas duas últimas décadas em nossa cidade.

.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade do seu idealizador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores