29
junho

Artigo


A histórica injustiça contra Fernando Aragão

 

 

Novelas políticas como a “Taboquinha”, que se arrastam por vários meses, acabam revelando uma realidade desses novos tempos, “a total desconsideração de valores que são deixados à margem das discursões nos momentos das escolhas”.

 

Atualmente nos grupos políticos, parece predominar a força do “quem oferece mais” diante das credenciais de quem sempre ofereceu.

 

Hoje, parece valer mais a pena mudar de grupo político, para poder ser considerado como “algo novo”, do que permanecer fiel.

 

Prova disso, é a recusa por parte de Fernando Aragão do convite feito, em 2011, para compor a chapa majoritária da oposição, numa aliança que poderia sacudir ainda mais a política local, fato que hoje é pouco lembrado.

 

Sacrifícios pessoais, recusa de propostas, fidelidade ao grupo, sustentação de bases, são qualidades bastante observadas na prática da boa política, mas deixadas de lado no momento de algumas decisões.

 

Fernando Aragão está desmotivado e diante da constante ausência de reconhecimento, poderá deixar de vez a política. Não nos próximos anos, mas nos próximos dias.

 

Ney Lima

3 Comentários

  1. Jânio disse:

    concordo em quase todos os sentidos que é uma injustiça com o vereador Fernando aragão que tem trabalho prestado a cidade, no entanto, o vereador fernando aragão por si só deixou que chegasse a essa situação por não ter peso em decisões finais na cúpula do partido, porém, ainda acho que o vereador merecia no mínimo ser cotado para vice de Tallys o mesmo o contrário, então tá provado que Zé Maia não considera ninguém inclusive seu “PARCEIRO” de muitos anos, para o Dep. Zé Maia ser bom pra ele é qunado está lhe sustentação para colocá-lo no poder, mas, para deixar que algum correligionário seu cresça no grupo isso ele não admite jamais, a prova é que o seu sobrinho o Vereador Ernesto Maia foi rifado da disputa por o próprio Tio o Dep. Zé Maia, claro em 2008 ele tinha que colocar alguém por que não podia ser candidato novamente, caso ele podesse ele seria novamente, e ao colocar toinho do pará fez de tudo para que sua administração fosse um caos para que naturalmente toinho não conseguisse ser o candidato a reeleição para também morrer politicamente, vejam a situação que se encontra a cidade hoje, e vejam quantos mandatos o Dep. Zé Maia esteve a frente, em 92 ele foi vice de Aragãozinho e muitos lembram como foi a administração bem como as brigas entre Zé Maia e Aragãozinho chegando ao ponto de ser até expulsso da prefeitura o então vice daquela época Zé Maia, é só olhar essas coisas que a população vai abrindo os olhos, e fico entristecido com a situação do vereador Fernando caso ele venha mesmo a sair da político santa cruz perde uma grande figura política.

    e a vida continua…

  2. Pensando Em Santa Cruz disse:

    É nisso que dá ser fiel à manda chuva de esquema de corrupção!

  3. Voz Povo disse:

    Politico que não e fiel ao povo e sim advogado de grupo politico deveria ser extinto!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?