28
maio

Resumo da Câmara


 Ida a Brasília a busca de soluções para enfrentamento a seca e denúncia sobre licitação de coffee-breaks predominam discursos

Fotos: Thonny Hill e arquivo.

Na tarde de quinta-feira (28) foi realizada mais uma rodada de uso da tribuna por parte dos vereadores e dois temas ganharam destaque.

 

O primeiro deles foi a ida de representantes do governo e da Comissão de Convivência com a Seca (composta por vereadores das duas bancadas) a capital federal na busca por soluções de enfrentamento a seca.

 

Na maioria dos discursos, foi expressada a insatisfação com o resultado das reuniões, em especial a ausência de recursos para agilizar obras que estão em andamento como a adutora do agreste e a transposição, além de medidas emergenciais.

 

Já o segundo tema foi as denuncias de superfaturamento de valores previstos para serem pagos na licitação de fornecimento de coffee-breaks a eventos promovidos pela prefeitura.

 

O tema rendeu bons embates, em especial entre os vereadores Ernesto Maia (PSL) e Luciano Bezerra (PR).

 

Ernesto citou que vai pedir uma CPI sobre o caso e Luciano afirmou que os vereadores teriam se passado por advogados para intimidar funcionários da prefeitura a ceder informações, apresentando, inclusive, um ofício que provaria tais acusações.

 

Não discursaram os vereadores Zé Elias (PTB) e Carlinhos da Cohab (PSL), alegando compromissos particulares), assim como Helinho Aragão, que alegou sua ausência por problemas de saúde.

 

Confira o que disse cada um dos vereadores na tribuna mais movimentada da região.

 

Klemerson Pipoca mostra frustração com Governo Federal e Compesa sobre ausência no combate a seca em Santa Cruz do Capibaribe

.

No seu discurso, o vereador do PMN falou sobre a visita da Comissão de Convivência com a Seca (na qual preside) ao Ministério da Integração Nacional, em Brasília.

 

A comissão, que possui vereadores das duas bancadas, esteve na Capital Federal buscando soluções que amenizem a seca no município.

 

Pipoca destacou sua insatisfação com a reunião, destacando a falta de recursos a curto e médio prazo pelo Governo Federal, para que o problema seja amenizado e criticou a demora na conclusão de obras que estão em andamento a passos lentos a exemplo da Transposição, a Adutora do Agreste e o Sistema Camevô.

 

“Fico triste, mas digo à população que vamos ficar em cima, nós vamos ficar cobrando.”, disse.

 

Pipoca também destacou uma visita ao senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) para a busca de recursos e fez críticas a Compesa, destacando que ela não possui um projeto que viabilize a destinação de verbas para execução de obras que possam amenizar os efeitos da estiagem.

 

Zezin Buxin destaca encontro com senador Fernando Bezerra e de sua cobrança para construção do açude das porteiras

.

O vereador destacou o problema da seca na região. Mais uma vez, o vereador voltou a defender a ideia da construção de reservatórios de pequeno e médio porte para que haja mais oferta de água para a região.

 

Em seguida, o vereador destacou a reunião da Comissão da Convivência com a Seca (no qual ele faz parte) no Ministério Nacional, assim como a reunião da mesma com o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB).

 

O vereador aproveitou para falar de uma pauta de reivindicações, que inclui a viabilidade para a construção da Barragem das porteiras.

 

“Fernando me disse que uma das suas prioridades seria lutar para a construção desse açude. Desejo que ele leve essa prioridade a sério. A viagem foi proveitosa, mas vamos insistir sempre.”, disse.

 

.

Zé Minhoca destaca insatisfação após reunião com o Ministério da Integração na busca de soluções de enfrentamento a seca

.

No seu discurso, o vereador iniciou fazendo diversas críticas ao Governo Federal. O assunto foram os estádios construídos para a Copa do Mundo 2014.

 

O vereador falou sobre alguns dos estádios que se tornaram verdadeiros “elefantes brancos” e criticou que o dinheiro desses investimentos deveriam ter sido destinados a outras áreas como hospitais e escolas.

 

Para endossar suas palavras, Zé Minhoca (PSDB) falou sobre a visita ao Ministério Nacional e mostrou insatisfação pela falta de investimentos do Governo Federal para a construção de obras que viabilizem a diminuição dos efeitos da estiagem.

 

“Fui contra e sou contra. Não é que eu seja um adivinho, mas eu não sou cego. Eu disse que não havia futuro em fazer um evento daqueles. Eu percebi que, dali (do governo e do ministério), não tem nada de recursos. É só não e não.” e completou: “Dinheiro para fazer aquilo tinha, mas para fazer uma obra que ajudaria a matar a nossa sede, não tem dinheiro.”, disse.

 

Fernando Aragão reafirma necessidade de cobrança de soluções de combate a seca junto ao Governo Federal

.

No seu discurso, o vereador Fernando Aragão (PROS) concordou com a frustração do vereador Zé Minhoca (PSDB) em relação ao resultado da reunião da Comissão de Convivência com a Seca no Ministério da Integração Nacional.

 

Fernando citou que, mesmo com a frustração, retrucou o vereador e os colegas para que as cobranças por medidas que amenizem os efeitos da estiagem continuem a ser feitas pelos vereadores.

 

O vereador citou que reuniões com a Compesa e com o Governo Federal devem continuar para que se possa buscar soluções para o grave problema que assola Santa Cruz e região.

 

“Toda vez que eu tiver oportunidade de brigar, eu vou. Quando eu não achar que há possibilidade de lutar, eu renuncio ao meu mandato nesta casa.”

 

.

Afrânio Marques destaca visita a Brasília e mostra insatisfação pela falta de recursos e obras que amenizem os efeitos da seca

.

O presidente da Câmara destacou a visita a Brasília, junto com os demais vereadores que integram a Comissão de Convivência com a Seca e representantes do governo municipal na busca de soluções para os efeitos da estiagem.

 

Afrânio destacou a questão da transposição, citando que não acha que ela será a solução definitiva para o problema, mas que haja alternativas como a construção da barragem das porteiras e também de adutoras.

 

“Entendemos que essas idas nossas acelera o processo, mas não nos iludimos de que existe soluções imediatas, lamentavelmente.”, disse.

 

Em seguida, o vereador falou sobre a reunião com o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) para que se possa, junto a ele, conseguir recursos que diminuam o custo para que as obras de transposição Rio Camevô, previsto em R$ 60 milhões, possam ser abatidas.

 

O vereador também falou de sua insatisfação com os resultados da reunião no Ministério da Integração, onde ouviu a notícia que água da transposição e de outras obras só chegariam ao município, no mínimo, em cinco anos e destacou a possibilidade de colapso no abastecimento local.

 

“O que percebemos é que as alternativas não são imediatas. Percebemos que, com a evaporação das águas de Jucazinho, que estão em 6%, estamos prestes a voltar ao tempo antigo do carro pipa e das latas assim que essa barragem chegar a 3% e entrar em colapso. Não podemos parar nossa luta, pois é a partir dela que poderemos conseguir alguma coisa.”, frisou.

 

Galego de Mourinha critica grande quantidade de aluguéis praticados na gestão Vieira

.

No seu discurso, o vereador Galego de Mourinha (PTB) falou sobre dois requerimentos de sua autoria, que solicitam informações sobre a quantidade de imóveis alugados e também de veículos alugados ao município.

 

Galego citou que, até o momento, não obteve resposta da Prefeitura e criticou a grande quantidade, segundo ele, de alugueis presentes tanto na cidade como em seus distritos.

 

Em seguida, o vereador falou sobre o problema crônico em relação ao aparelho de raio-x. De acordo com ele, Santa Cruz arrecadou mais de R$ 11 milhões no mês de abril e não adquiriu uma nova máquina, já que a antiga apresenta problemas a vários anos.

 

“No governo de Edson, vai ser arrecadado três vezes mais em relação ao governo de Toinho, mas vai deixar a prefeitura ainda mais quebrada do que ele encontrou.”, concluiu.

.

Ronaldo Pacas afirma que Oposição faz denúncias sem provas contra o Governo Vieira

.

No principal ponto do discurso do vereador, o tema seca foi pauta por mais uma vez.

 

Ronaldo Pacas (PSDC) destacou a atitude tomada por colegas de oposição e situação, que integram a Comissão de Convivência com a Seca, em ir até Brasília para a busca de soluções que amenizem os efeitos da estiagem.

 

O vereador destacou também uma série de solicitações que foram atendidas pela atual gestão, entre elas a construção de mais algumas praças, recuperação de calçamentos na Palestina e aproveitou para fazer críticas a Oposição quanto as recentes denúncias.

 

“Quando a gente critica, cabe a gente mostrar o ônus da prova.”, disse.

 

Francisco Ricardo faz duras críticas a Compesa e afirma que ela está roubando a população

.

Iniciando o seu discurso, Francisco Ricardo (PSDB) fez duras críticas ao vereador Galego de Mourinha (PTB).

 

O vereador fez a defesa ao governo e relembrou o resultado de uma auditoria realizada no início da atual gestão, que apontou dívidas de mais de R$ 50 milhões que foram herdadas pelo atual governo e disse:

“Galego, o senhor fala demais. O senhor vem com um discurso de candidato a vice-prefeito de José Augusto Maia e de quem abandonou um projeto já presente na Oposição.”, disse.

 

Em seguida, o vereador fez duras críticas a Compesa, citando que a empresa responsável estaria roubando a população, seja pela demora na entrega de carros pipa que foram solicitados a falta de investimentos na rede de distribuição de água local.

 

“A Compesa está roubando o povo de Santa Cruz. Digam-me quando foi algum investimento que ela fez aqui?!” e completou que “Esses problemas já ocorrem há tempos e, se olhar nos anais de meus discursos, venho dizendo isso há quase 10 anos.”.

 

.

Ernesto Maia afirma que vai pedir CPI para apurar denúncias no fornecimento de coffee-breaks

.

O vereador deu destaque a denuncia sobre suposta fraude em protocolos da Câmara, caso relacionado a polêmica em torno da licitação sobre o fornecimento de coffee-breaks.

 

Ernesto afirmou que os vereadores estiveram na prefeitura para solicitar cópias da licitação e foram informados através de ofício assinado pelo controlador do município Josebergue João Alves que as cópias da documentação já teriam sido disponibilizadas a Câmara de Vereadores no último dia 12 de maio.

 

Posteriormente, ele disse que os vereadores foram até a Câmara e solicitaram cópias dos ofícios e protocolos correspondentes ao período informado pela prefeitura, mas que os vereadores receberam o extrato constando a numeração e data dos protocolos e perceberam que a ordem das datas é diferente da ordem numérica.

 

O vereador afirmou que, em posse dos documentos da licitação, teria sido constatado que uma das empresas que participaram do pregão não teria endereço, dando a entender um suposto esquema para favorecer correligionários do Prefeito.

 

“Já existem indícios para convocar uma CPI nesta Casa para discutir a questão dos bolos.”, disse.

 

Luciano Bezerra afirma que Ernesto e Carlinhos se apresentaram como advogados para obter informações de licitação dos coffee breaks

.

No seu discurso, o vereador Luciano Bezerra (PR) falou sobre a denúncia feita sobre o fornecimento de coffee-breaks.

 

O vereador partiu para o ataque contra o oposicionista Ernesto Maia (PSL) citando que, tanto ele como Carlinhos da Cohab (PSL) teriam se passado como advogados para conseguir informações sobre a licitação polêmica.

 

 “Fiquei surpreso com o ofício que os vereadores encaminharam para controladoria, não sabia que os nobres colegas eram advogados. Isso sim é uma conduta ilegal. É por isso que Ernesto não tem moral alguma para falar de fraude quando ele e o vereador Carlinhos, tentam se passar por advogados para obterem informações nos órgãos públicos. Quero deixar um aviso para todos os servidores públicos, não se intimidem quando os Vereadores chegarem se passando por advogados.”, disse.

.

Dida de Nan destaca insatisfação com reunião no Ministério da Integração na busca de soluções para o enfrentamento a seca

.

No seu discurso, o vereador destacou trabalhos que serão executados na zona rural. Dida de Nan (PSDB) usou como exemplo a recuperação prevista da estrada vicinal que dá acesso ao sítio carrapicho e também a instalação de vestiários em campos de várzea, melhorando as competições.

 

Em seguida, Dida aproveitou para rebater as afirmações feitas por galego de Mourinha (PTB), que disse que o prefeito Edson Vieira (PSDB) deixaria a prefeitura em piores condições em relação ao que foi apontado em auditoria feita após o fim do governo Toinho do Pará (PHS).

 

 “Vendo esse trabalho e ver o vereador Galego de Mourinha vir a esta Tribuna criticar essa gestão exitosa, isso não pode acontecer porque o povo está vendo o trabalho que é desenvolvido.”, disse.

 

No fim, o vereador destacou sua ida a Brasília juntamente com os demais membros da Comissão de Convivência com a seca (no qual faz parte) e que nenhuma novidade foi apresentada, mas apostou nos poços artesianos como alternativas para enfrentamento a seca.

 

Narah Leandro destaca projeto para implantação de uma Central de Feiras em Santa Cruz do Capibaribe

.

No seu discurso, a vereadora fez duras críticas a Oposição. Narah Leandro (PSB) destacou ações que foram realizadas pela atual gestão no bairro da Cohab, criticando a Oposição de que só haviam ações naquele bairro somente feitas pelo atual governo.

 

Em seguida, a vereadora falou sobre a insegurança no Loteamento Polis Pacas, citando cobranças as polícias civil e militar para que a presença policial, assim como as investigações, sejam feitas com mais efetividade.

 

Continuando, Narah destacou outras ações do governo como a criação da Praça de Alimentação, além do anuncio da inauguração de uma central de feiras e mercados.

 

“Esses feirantes terão uma atenção especial do Governo Vieira. Um projeto de R$ 800 mil que vai integrar feira de carnes (a exemplo da feira na Avenida Padre Zuzinha) e frutas e também o Mercado de Farinha.”, disse.

 

Por fim, a vereadora voltou a fazer críticas a Oposição, citando que as denúncias feitas estão vindo somente por criticar e que a bancada não teria propostas para o município.

 .

.

Deomedes Brito destaca solicitação para que prefeitura informe quantidade e valores de carros agregados ao município

.

No principal ponto de seu discurso, o vereador Deomedes Brito (PT) falou sobre sua solicitação para que a prefeitura faça a divulgação da quantidade e os valores de veículos que estão agregados ao governo municipal.

 

Os veículos prestam serviços em diversas áreas e, segundo ele, existe uma desconfiança de que carros, avaliados em cerca de R$ 20 mil, estariam sendo agregados a frota municipal a valores de R$ 3 mil por mês.

 

“Eu ainda não tenho todas as informações, mas vou me aprofundar nesse assunto. Com o valor desses pagamentos, poderia se comprar veículos novos para o município.”, disse.

 

Vânio Vieira diz que respostas da prefeitura e situação sobre as denúncias no fornecimento de coffee-breaks são ridículas

.

Último a discursar, o vereador Vânio Vieira (PSDB) deu destaque a denúncia de suposto superfaturamento no fornecimento de coffee-breaks a prefeitura.

 

De acordo com o vereador, as respostas de defesa dada pelos vereadores de situação e representantes do governo e prefeito frente ao caso seriam ridículas e destacando que, segundo ele, houve fraudes nesse processo de licitação.

 

Vânio também aproveitou para falar sobre manobras que foram feitas pelos vereadores para impedir que outras CPIs fossem instaladas, dando a entender que, caso houvesse outro pedido, o mesmo esquema seria realizado.

 

Vânio também falou sobre a denúncia de Ernesto Maia sobre suposta fraude em protocolos da Câmara e direcionou fortes críticas ao presidente Afrânio Marques (PDT).

“A mesma coisa está acontecendo com a gestão do professor Afrânio porque isso foi um drible. Essa diferença nessas datas (dos protocolos) não foi coincidência de ter acontecido. Foi justamente para driblar o Ministério Público para ver se consegue uma defesa para o governo das irregularidades que existem.”, disse.

.

Um Comentário

  1. Francisco Júnior disse:

    Muita conversa pra coisa alguma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores