27
setembro

Repercussão – Jovem que ostenta morte de animal silvestre após caçada é apresentado na delegacia


Nesta quarta-feira (27) foi apresentado para prestar depoimento, na delegacia de Santa Cruz do Capibaribe, o jovem suspeito de matar e ostentar, em redes sociais, um gato do mato.

O vídeo que exibe o animal silvestre morto, classificado como vulnerável quanto a possibilidade de extinção, veio a público na última segunda-feira (25) e ganhou grande repercussão na região.

De acordo com as informações, a equipe Malhas da Lei (composta por policiais civis e militares) tomou conhecimento do vídeo, onde Marcos Queiroz da Silva (conhecido por Lampião) demostra ter cassado o animal silvestre em uma caçada. Marcos relata que matou o animal na Serra do Pico, que faz parte da zona rural de Santa Cruz do Capibaribe.

Com a abertura de investigação, foi determinado pelo delegado Dr. Julio Cesar Porto a realização de diligência para identificar o caçador, sendo que ele foi localizado e conduzido à delegacia. Ainda de acordo com as informações, foi instaurado um inquérito policial para apurar os fatos. Na delegacia, Marcos negou que tivesse matado o animal silvestre, alegando que teria encontrado o animal já morto na PE 160, próximo do lugar onde mora.

O vídeo, segundo ele em depoimento à polícia, teria sido feito para que ele pudesse “se engrandecer perante os amigos”. Ele foi ouvido e liberado. Relembre o conteúdo do vídeo.

 

Um Comentário

  1. Boi disse:

    Deveria segurar ele também pelas pernas!! Idiota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?