21
maio

Acusado de praticar ameaças de morte contra o governador de São Paulo é preso em Santa Cruz


João Doria recebeu ameaça em mensagem postada na rede social da sua filha.

Uma ação em conjunto dos departamentos de Polícia Civil de Pernambuco e da Paraíba resultou na prisão do suspeito de ter feito ameaças de morte ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB) por meio de uma mensagem enviada a um dos filhos do casal nas redes sociais, no dia 9 de maio. O homem foi detido em casa, na cidade de  Santa Cruz do Capibaribe (PE).

Endereçada à primeira-dama do Estado, a mensagem dizia que o suspeito executaria o governador no dia 16 de maio pelo pagamento de R$ 3 milhões e que, para o cancelamento da ação criminosa, o casal Doria deveria pagar R$ 5 milhões. Ainda segundo o texto, integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital), facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios, teriam aprovado o assassinato.

Ameaça ao governador da Paraíba

O suspeito também era investigado pela polícia paraibana por ter praticado ameaça semelhante contra a família do ex-governador do Estado Ricardo Coutinho (PSB). Na ocasição, o acusado exigia a quantia de R$ 3 milhões para poupar a vida de um dos filhos do político.

Indiciamento

As investigações apontaram que o celular do suspeito foi utilizado na prática da ameaça feita ao governador paulista.  A policia também descobriu informações relativas ao dono da conta bancária utilizada para o depósito do valor que seria arrecadado com extorsão.

A namorada do homem preso mora ao lado da residência onde foi conectada a página do Instagram para a prática das extorsões. Para os policiais, os suspeitos estavam “furtando” o sinal de internet do vizinho.

.

Fonte: R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?