Foto: Jabson Nunes (Arquivo).

Um motorista de uma caminhonete F-350, carregada com biscoitos e doces, foi roubado na noite dessa terça-feira (11). O motorista e um colega foram feitos reféns e deixados na zona rural de Taquaritinga do Norte.

Os homens informaram à polícia que saíram de Caruaru com destino a Coxixola-PB e foram abordados na estrada da Vila do Pará (zona rural de Santa Cruz), nas proximidades de Barra de São Miguel-PB.

Ao menos dois bandidos participaram da ação criminosa. A dupla de vítimas teve os olhos vedados e foi obrigada a ficar de bruços na carroceria de outro carro.

O motorista e o ajudante informaram que foram deixados na zona rural de Taquaritinga do Norte. Eles procuraram uma residência nas proximidades e receberam ajuda da Guarda Civil local.

O carro roubado e a carga não foram encontrados até o momento. O caso foi registrado na delegacia de Santa Cruz.

Os alunos do ‘3º ano A’ em grupos criaram suas próprias fábulas e personagens, mostrando através de apresentações o que foi enfatizado durante a aula.

A aula teve como objetivo, reforçar o gênero textual ‘fábulas’, que são narrativas curtas que apresentam quase sempre animais ou seres imaginários, como personagens, os quais costumam apresentar alegoricamente características dos seres humanos, provocando sempre uma reflexão sobre os valores, conceitos e comportamentos dos indivíduos.

Assessoria. 

 

Campanha foi intensificada em Taquaritinga do Norte. Foto: Assessoria.

O Presidente da CDL Santa Cruz do Capibaribe, Bruno Bezerra, externou em nota sua preocupação com o número de casos de sarampo o Agreste de Pernambuco. Ele fez um apelo para o governador e prefeitos se unam em defesa da causa e falou o quanto isso pode prejudicar também na economia.

A Secretaria Estadual de Saúde confirmou, esta semana, que houve um aumento de casos confirmados de sarampo, chegando a 14 pessoas.

Confira:

O Polo de Confecções de Pernambuco recebe semanalmente milhares de visitantes de todos os estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Como se não bastasse a falta d’água, falta de segurança e uma crise econômica nacional, com efeitos negativos no setor têxtil e de confecção, agora temos um aumento significativo nos casos suspeitos de sarampo em Pernambuco, sobretudo, na região Agreste, berço do Polo de Confecções, atividade econômica que mais gera emprego e renda na região.

Faço aqui um apelo ao Governador Paulo Câmara e aos prefeitos do Agreste para que possam, urgentemente, unir esforços no sentido de viabilizar ações ainda mais expressivas para reverter essa preocupante situação do sarampo no agreste do Estado.

A população do Agreste precisa e merece essa união de esforços em defesa da vida em primeiro lugar, mas também em defesa da nossa atividade econômica, pois do jeito que vai, logo teremos uma diminuição do fluxo de clientes nas feiras de confecções em função do risco que o sarampo representa.

Bruno Bezerra (Presidente da CDL Santa Cruz do Capibaribe-PE)

 

 

‘Autoresponsabilidade’ é tema de desfile da EAB

A equipe gestora da Escola Antônio Burgos (EAB), juntamente com os professores, pais e alunos, participaram no ultimo sábado (07) do tradicional desfile cívico em alusão a semana da pátria.

Nessa edição do evento, a EAB trouxe a temática ‘hábitos para transformar o mundo’ com o objetivo de promover, junto a toda comunidade, uma reflexão sobre o poder da autoresponsabilidade.

Foi um momento belíssimo, cheio de significados e aprendizagem.

Assessoria.

Confira os fatos que foram notícias em 11 de setembro, nos últimos anos

.

há 1 ano, Marrom Nunes, sobrinho de ex-prefeito de Santa Cruz morria em acidente no Piauí

Em 11 de setembro de 2018, um caminhoneiro que residia em Santa Cruz do Capibaribe morreu em um acidente com o veículo que dirigia. Marrom Nunes teria perdido o controle do caminhão, que acabou capotando e ficando com os pneus para cima.

Relembre a notícia completa clicando AQUI.

 

 

,

Há 2 anos, comerciante de pássaros era assassinado em frente de sua residência em Santa Cruz

Em 11 de setembro de 2017, era registrado um homicídio em Santa Cruz do Capibaribe. O crime aconteceu na Rua Henrique Dias (bairro São Cristóvão), Luiz Ferreira do Nascimento, conhecido por “Luiz das Cobras”, que foi assassinado com disparos de arma de fogo.

Relembre a notícia completa clicando AQUI.

 

;

Há 4 anos, comerciante natural de Brejo morria em acidente na PE-062, em Goiânia

Em 11 de setembro de 2015, um acidente na PE-062, no município de Goiânia (PE) terminava com a morte do comerciante natural da cidade de Brejo da Madre de Deus. José Herivaldo da Silva, que seguia pela rodovia quando bateu de frente em um caminhão carregado com britas.

Relembre a notícia completa clicando AQUI.

 

Há 7 anos, bancada de advogados deixava campanha de José Augusto Maia

Em 11 de setembro de 2012, um grupo de advogados santa-cruzenses que representava a coligação Frente Trabalhista Popular, do ex-candidato a prefeito, José Augusto Maia, protocolava o pedido de afastamento do setor jurídico da Coligação.

Relembre a notícia completa clicando AQUI.

 

 

É o segundo processo em menos de uma semana

O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), terá que responder a um processo por atos de improbidade administrativa. Nesta terça-feira (10), o promotor de justiça Jefson Romaniuc, ajuizou uma ação onde acusa o prefeito de ter “dolosamente” excedido os gastos com a folha de pagamento.

A ação tem como base um relatório do Tribunal de Contas de Pernambuco que apresentou um relatório em que a Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, em sucessivos quadrimestres, extrapolou os limites de gastos com pessoal além do que prevê a Lei de Responsabilidade Fiscal.

O relatório coleciona dados apuados entre os anos de 2013 e 2019. O promotor sustenta que o prefeito “não adotou nenhuma medida administrativa para eliminar o excesso de gastos com pessoal”.

O prefeito Edson Vieira ainda não foi comunicado oficialmente sobre a ação. O juiz irá analisar o conteúdo do processo.

 

 

Fotos: Jabson Nunes.

A regulamentação do transporte alternativo em Pernambuco foi tema de Audiência Pública promovida pela Comissão de Desenvolvimento Econômico e Turismo da Assembleia Legislativa (Alepe), realizada no Celebre em Santa Cruz do Capibaribe na tarde desta terça-feira (10).

Na ocasião, além da categoria, estiveram presentes Luiz Siqueira, representante da Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal, representantes de diversas entidades e segmentos da sociedade civil. O encontro contou também com os deputados estaduais Diogo Moraes (PSB), Delegado Erick Lessa (PP) e Alessandra Vieira (PSDB).

A audiência foi iniciativa da Comissão de Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa de Pernambuco, após o Governo Federal determinar que o transporte alternativo passa a ser considerado como infração gravíssima, com multa e perda de sete pontos na carteira nacional de habilitação (CNH), e a lei já entra em vigor no próximo dia 9 de outubro.

Durante o evento, Juarez Marcolino, presidente do Sindicato de Transportes Alternativos, cobrou a regulamentação em Pernambuco, citando que outros estados já fizeram.

“A lei era municipalizada, nós todos temos alvarás de município. Nós não somos ilegais, temos alvará. A gente tem a placa vermelha que o próprio Detran concede”, destacou.

Já o representante da Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal (EPTI), Luiz Siqueira, fez uma fala sobre o transporte alternativo no Estado.

“A gente tem que ver todas as situações que serão abrangidas. Nesse cenário estaremos buscando conhecer essa realidade”, garantiu. 

Na ocasião, estiveram presentes ainda o superintendente Regional da PRF em Pernambuco, Alexandre Rodrigues, o tenente coronel Reginaldo, comandante do BPRv, o coordenador da 27ª CIRETRAN – Santa Cruz do Capibaribe, Diego Aragão e ainda a vice-presidente da Amupe, Ana Célia, além do prefeito Edson Vieira (PSDB) e outros gestores e vereadores da região.

 

 

Condenação a 37 anos de prisão contra o ex-prefeito de Belo Jardim é destaque do Rádio Debate

O programa Rádio Debate desta terça-feira (10) abordou os bastidores em torno de uma possível CPI em Brejo da Madre de Deus.

Outro ponto em destaque foi sobre a condenação de 37 anos de prisão do ex-prefeito de Belo Jardim, João Mendonça.

Ouça o programa na íntegra:

 

 

 

MORISMO VERSUS BOLSONARISMO

.

A análise política e a compreensão de fenômenos sociais requerem explicação baseada na causalidade. O raciocínio causal é simples. Por exemplo: A gera B. Entretanto, geralmente, um fenômeno não pode ser explicado por equação social simples. B é consequência de A, em razão de que D e C estão presentes. Neste caso, estou diante de uma equação social complexa.

Morismo (M) e bolsonarismo (B) são dois fenômenos sociais. Ambos são produtos da Lava Jato (LJ). LJ, M e B criaram o antilulismo. Morismo e bolsonarismo foram fenômenos aliados. Portanto, não concorrentes. Mas hoje são concorrentes. Ambos não cabem no mesmo espaço ou a presença deles em um mesmo ambiente enfraquece um ou outro. Não existe possibilidade de ambos serem fortes em um mesmo espaço.

O morismo e o bolsonarismo são adversários do lulismo ou da esquerda. Na eleição presidencial vindoura, lulismo e esquerda estarão presentes no 2° turno da disputa presidencial. Nesse caso, quem será o adversário da esquerda? Pode ser o morismo ou o bolsonarismo. Ambos não podem estar no 2° turno, pois são concorrentes. Portanto, alguém tem que ceder, cooperar ou morrer.

O confronto ente morismo/bolsonarismo versus lulismo/esquerda impede, neste instante, o surgimento de um candidato do centro. A queda de popularidade do bolsonarismo ressuscita o lulismo e a esquerda. Mas também oferta mais robustez eleitoral ao morismo. Tenho a hipótese de que o fortalecimento de um candidato de centro só ocorrerá caso o morismo e o bolsonarismo morram. Vejam a morte de ambos como remoto. Por isto, afirmo, que é fortemente possível, uma disputa entre morismo ou bolsonarismo versus lulismo/esquerda em 2022.

Mas quem vencerá: morismo ou bolsonarismo? A última pesquisa do Datafolha revela que Sergio Moro tem aprovação de 54% dos eleitores e o presidente Jair Bolsonaro, 29%. Conclusão: o ministro tem mais popularidade do que o presidente. Mas isto significa que se a eleição fosse hoje, Sérgio Moro venceria Jair Bolsonaro? Não sei. Entretanto, é verossímil acreditar que Sérgio Moro é o adversário de Jair Bolsonaro.

Segundo o Datafolha, os eleitores de Moro são os eleitores de Bolsonaro. Isto é: ambos estão disputando os mesmos eleitores. Como ministro da Justiça, Moro tem sofrido ataques do presidente. Bolsonaro sabe que para ser reeleito, Moro precisa ir para algum lugar. Obviamente, este lugar, não pode ser a próxima disputa presidencial. Mas, se o morismo desaparecer ou não desejar disputar eleição, o dorismo surgirá?

.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

 

 

Acontecerá no próximo dia 18 de setembro, uma audiência pública em Santa Cruz do Capibaribe para debater a questão do trabalho infantil. O evento será realizado no plenário da Câmara Municipal, e terá como tema “Combate ao trabalho infantil e Lei da Aprendizagem”.

A audiência pública foi confirmada na tarde desta terça-feira (10) após encontro promovido pelo vereador Ronaldo Pacas, com o gestor do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem (PRCTIEA), o desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-PE) Paulo Alcantara e a juíza Andrea Keust.

;

Foto e Informações: Léo Machado.

 

 

O deputado estadual Romero Albuquerque (PP) apresentou a Indicação de número 002157/2019, para que solicite ao prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), no sentido de destinação de taxa voluntária no importe de R$ 1,00 recolhida no IPTU (Imposto Sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana) para proteção animal e ambiental.

“Venho fazer um pedido para que haja incorporação de taxa voluntária de um real, recolhida no IPTU daquele município, para que seja destinado exclusivamente ao Fundo Municipal de Recursos para o Meio Ambiente” – disse.

A Indicação foi apresentada na sala de reuniões da Assembleia Legislativa do Estado (Alepe), e que segundo o deputado, ‘a medida ampliará de forma efetiva os recursos para implantação de políticas públicas de assistência aos animais em situação de rua, vítimas de maus-tratos e preservação do meio ambiente em Pernambuco’.

Vela destacar que a Câmara Municipal de Salvador aprovou em 22 de maio deste ano, o Projeto de Lei que também destina exclusivamente ao Fundo Municipal de Recursos para o Meio Ambiente a incorporação de taxa voluntária de R$1,00, recolhida no IPTU daquele município.

 

 

O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe Edson Vieira, entregou na manhã da última sexta-feira (06), 25 kits de fardamentos (bota e macacão), para os profissionais que trabalham no SAMU da Capital da Moda.

Na oportunidade, o prefeito Edson esteve acompanhado do secretário de Saúde Nanau Marques, dos vereadores Zezim Buxim e Irmão Val, além de profissionais da saúde e colaboradores do SAMU.

No ato, o prefeito falou do trabalho desenvolvido na saúde pública do município. “Infelizmente não recebemos aporte financeiro do Estado, porém não estamos parados, continuamos com a nossa missão que é proporcionar uma boa saúde pública a população. A entrega desse fardamento qualifica o pessoal do SAMU, pois esses profissionais desenvolvem um trabalho muito importante, salvam vidas aqui em nossa cidade e em toda região”, disse o prefeito.

“Agradeço ao suporte que a prefeitura nos dá para desenvolvermos um trabalho a contento em Santa Cruz do Capibaribe. As demandas da pasta de saúde são grandes, porém com a colaboração de todos, estamos fazendo o melhor para nosso povo”, contou Nanau Marques, secretário municipal de saúde.

Lenice Cordeiro, coordenadora municipal do SAMU, destacou o trabalho dos profissionais em Santa Cruz do Capibaribe. “Atuamos 24 horas por dia e estamos prontos para atender a qualquer chamado. Agradecemos o carinho e respeito que a população tem com o SAMU e o suporte que a gestão oferta, pois nosso intuito é trabalhar da melhor forma possível e salvar vidas”, frisou a coordenadora.

Atualmente, o SAMU de Santa Cruz do Capibaribe, conta com 25 profissionais, (médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e condutores socorristas). Trabalha em sistema de plantão (24 horas) por dia. A unidade possui três viaturas, uma Unidade de Suporte Básica, outra Unidade de Suporte Avançada (UTI Móvel) e a motolância.

Em caso de algum acidente ou outra ocorrência, a unidade avançada do SAMU em Santa Cruz do Capibaribe atende pelo número de telefone 192.

/

Informações da assessoria.

 

 

Na tarde desta terça-feira (10), o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou à Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe no prazo de cinco dias úteis, uma ampla divulgação das campanhas de vacinação contra o sarampo a serem realizadas no município.

Segundo o MPPE, a veiculação tem como objetivo convocar a população para a vacinação nas unidades de saúde local, bem como para mobilizar o público e conscientizar sobre a importância da imunização contra o sarampo.

O MPPE reforça que a divulgação seja realizada alternativamente pelos meios de comunicação impressos, televisivos, radiofônicos, digitais, redes sociais, bem como por meio de cartazes e folders em órgãos públicos municipais com capacidade de atingir públicos-alvo da vacinação, especialmente em órgãos com grande fluxo de atendimento ao público.

Ainda de acordo com a recomendação, seja realizado urgentemente reforço das equipes responsáveis pela vacinação nos postos/salas de vacinação, além da ampliação nos horários para que um maior atendimento à população.

Já em um prazo máximo de 30 dias úteis, o MPPE recomenda que a Prefeitura realize busca ativa nas regiões de difícil acesso do município, para que o público-alvo seja conscientizado da necessidade de imunização contra o sarampo.

E que notifique oficialmente as creches, berçários, centros de educação e escolas do município, principalmente as de ensino infantil, para que seja verificado se os alunos matriculados em tais estabelecimentos estão com a caderneta de vacinação regular.

Além das medidas urgentes, o MPPE recomenda ainda que a gestão municipal cumpra, anualmente, as metas de coberturas vacinais de imunização contra o sarampo traçadas pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde, entre outras.

O MPPE recomenda ainda que o prefeito Edson Vieira (PSDB) e o secretário de saúde, Dr. Nanau, devem informar ao representante do Ministério Público, no prazo de até 20 dias, sobre o acatamento ou não das recomendações.

“Além da execução das campanhas de vacinação, são necessárias outras medidas para intensificar a orientação à população de Santa Cruz sobre os riscos do sarampo, a fim de captar crianças ainda não vacinadas ou que não obtiveram resposta imunológica satisfatória à vacinação, minimizando o risco de adoecimento dessas crianças” – disse o promotor Lúcio Carlos Malta Cabral.

Confira a recomendação completa clicando AQUI

Vale destacar que semanalmente o município de Santa Cruz do Capibaribe recebe cerca de 40 mil compradores vindo de várias partes do Brasil, para realizar compras no município, o que poderia gerar um alto risco para vendedores e clientes, além da população em geral.

Nesta segunda-feira (09), em boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde do Estado (SES-PE) mostra que subiu para 14 o número de casos confirmados de sarampo em Pernambuco. Ao todo já são 457 casos suspeitos da doença. Do total, 86 já foram descartados, 357 estão em investigação e 14 foram confirmados.

O levantamento inclui todas as ocorrências levadas ao Estado até a última sexta-feira (6). Dos casos confirmados, 3 são moradores do Recife, 3 de Caruaru, 1 de Frei Miguelinho, 1 de Santa Cruz do Capibaribe, 1 de Vertentes e 5 de Taquaritinga do Norte, incluindo uma morte, a de um bebê de 7 meses.

 

 

Aumento foi de 70% no plantio de espécies como, caibeira, flamboyant, gameleira, pajeú, oitis, entre outras

.

A cidade de Santa Cruz do Capibaribe está ficando mais arborizada graças ao trabalho de cumpridores de penas alternativas, encaminhados para prestação de serviços à comunidade. O grupo trabalha na Secretaria de Desenvolvimento Urbano, uma das instituições cadastradas a Gerência de Penas Alternativas e Integração Social (Gepais), órgão da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH).

A Gepais fiscaliza a execução da medida ou pena alternativa e acompanha seus cumpridores e as instituições responsáveis pelo recebimento desse público no processo penal alternativo. Na área ambiental do município são 16 cumpridores, que realizam plantio de árvores no projeto “Cidade mais Verde”.

Mais de 100 já foram plantadas num período de quatro anos, são das espécies: Caibeira, Pajeú, Tamboril, Flamboyant, Tamarindo, Oitis, Ipê, Pata de Vaca, Aroeira e Gameleira, além de algumas árvores frutíferas. Um aumento de 70% no número de plantio de mudas.

“Esse tipo de parceria é motivo de comemoração para a GEPAIS. Promover a execução das penas e medidas alternativas de forma humanizada, gerando frutos para a sociedade e, principalmente para o próprio cumpridor é o garanh maior da Política Estadual de Alternativas Penais”, explica Raquel Brandão, gerente da Gepais.

Além da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, os cumpridores estão distribuídos em escolas, delegacia, batalhão, Secretaria de Saúde, conselhos de assistência social, entre outras entidades.

/

Fonte: Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH-PE)

 

 

Fotos: Divulgação.

Neste próximo sábado (14) e domingo (15), o estacionamento do Rota do Mar Complex será o local para o desfile de máquinas para aqueles que são apaixonados pelas quatro rodas. No espaço, será realizado o 7º Encontro de Fuscas e Carros Antigos, iniciativa promovida pelo clube santa-cruzense Fusca Forever e Antigos Carros.

Estão confirmadas as presenças de fusqueiros e também de proprietários de carros antigos de várias cidades da região e também de outros estados do Nordeste. No sábado, terá show com a artista santa-cruzense Paula Voices.

O evento terá início a partir das 15h no sábado, e às 8h no domingo. Segundo os organizadores, a entrada para o público em geral será de dois quilos de alimentos não perecíveis, que serão revertidos para famílias carentes da região.

Notícias Anteriores