Imagem: Mapa reprodução Liberdade FM.

Números divulgados pela Secretaria de Defesa Social (SDS-PE) na manhã desta sexta-feira (15), apontam redução nos crimes de morte no estado em fevereiro de 2019, quando comparados com fevereiro do ano passado. Segundo a pasta, foram contabilizadas 275 mortes. Número 33,9% menor do que os 416 casos em fevereiro de 2018.

Em fevereiro de 19 foram 10 mulheres assassinadas, o que, segundo o órgão, representa o mês de fevereiro menos violento desde 2004.

De uma forma geral, o índice de fevereiro deste ano foi o menor dos últimos 44 meses, superior apenas a junho de 2015.

Prisões – Os dados também mostram que 80 pessoas acusadas de homicídio, foram presas em flagrante.

Homicídio zero – Na lista apresentada, em 96 municípios do estado não houve crime de morte no mês analisado. Entre as cidades, estão Jataúba e Vertentes.

Confira os fatos que foram notícias em 15 de março nos últimos anos

Há 2 anos, perseguição e troca de tiros deixavam dois feridos em Santa Cruz

Em 15 de março de 2017, duas pessoas deram entrada na UPA 24h em Santa Cruz, feridos com disparos de arma de fogo. Os dois estavam em perseguição a um motoqueiro, quando este teria efetuado os disparos.

Veja AQUI. 

 

 

.

Há 3 anos, passageiro de Toyota falecia durante grave acidente na PE-90

Em 15 de março de 2016, acontecia um acidente na PE-90, entre os municípios de Toritama e Vertentes. O motorista de um Toyota Bandeirante teria perdido o controle do veículo, devido às chuvas e acabou capotando. No ocorrido, um dos passageiros acabou falecendo no local.

Veja AQUI. 

 

 

.

Há 3 anos, ex-presidiário era morto após troca de tiros com a polícia em Santa Cruz

Em 15 de março de 2016, um elemento era morto a tiros após confronto com a polícia no bairro Santo Agostinho em Santa Cruz do Capibaribe. A vítima foi José Wallason Alves dos Santos, era conhecido por “Wallas”.

Veja AQUI. 

 

 

Há 5 anos, motoqueiro falecia após ser vítima de acidente na PE-160

Em 15 de março de 2014, um acidente na PE-160 resultava em um jovem morto. O fato aconteceu nas proximidades do distrito de Poço Fundo, pertencente ao município de Santa Cruz do Capibaribe.

Veja AQUI. 

Foto: Walter Miro.

 

 

Chamou atenção o protesto do vereador Joab do Oscarzão, durante discurso de Capilé, na tarde desta quinta-feira (14), na 6ª Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe.

O vereador Joab simplesmente virou a cadeira e deu as costas ao colega que usava a tribuna.

Capilé acusa as bancadas de terem feito um ‘acordo’ no intuito de aprovar projetos ‘sem maiores desgastes’. Além disso, disse que houve uma tentativa de chantagem para que ele votasse favorável a projeto que aumenta cargos na Casa. O Projeto é de autoria da Mesa Diretora.

Ao usar a mesma tribuna pouco tempo depois, Joab criticou Capilé de forma intensa, afirmando que o mesmo estaria ‘sem rumo’ e que parece não saber do peso da responsabilidade de ser vereador no município.

Fotos: Janielson Santos.

Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe aprovaram, em definitivo, Projeto de Lei que concede ‘títulos honoríficos’ a evangélicos, com significativos e reconhecidos feitos no município.

De autoria do vereador Toinho do Pará (PSB), o ‘Dia Municipal de Condecoração Evangélica’ obteve 12 votos favoráveis e dois contrários, em sessão na tarde desta quinta-feira (14).

“Pessoas que têm se doado, levantado a autoestima e resgatado vidas em prol da religião seguida por Jesus Cristo”, disse o autor.

A pauta rende discussões desde o ano passado. Para alguns vereadores, a ‘medalha Padre Zuzinha’ já é uma honraria destinada para esse fim e abrange todos os credos.

Se posicionaram contra a medida os vereadores Irmão Val e Joab do Oscarzão. Os dois disseram terem consultado líderes e pessoas da igreja evangélica, recomendando pela negativa.

Irmão Val pediu respeito por sua decisão e justificou ainda usando termos bíblicos, afirmando que a pregação do evangelho não deve ser feita na espera de qualquer tipo de vantagem.

“A própria bíblia diz que cada um receberá de Deus seu galardão, conforme seu trabalho”, falou.

“Entendo a boa intenção do vereador Toinho do Pará […] Também consultei algumas pessoas e me aconselharam que a medalha Padre Zuzinha já cobria tudo isso. Não vêm mal algum que um evangélico, que também é cristão como católico, receba a medalha Padre Zuzinha”, disse Joab.

Não estiveram presentes à sessão os vereadores Helinho Aragão e Jéssyca Cavalcanti.

Fotos: Janielson Santos.

Cobrando a celeridade de uma ‘Comissão de ética’ na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, o vereador Irmão Val fez questão de citar o oposicionista Carlinhos da Cohab, durante o uso da tribuna, na tarde desta quinta-feira (14), em sessão ordinária.

“Infelizmente, usa umas expressões que não condizem com um vereador”, criticou e acrescentou pouco tempo depois que não seria intimidado com ofensas.

Irmão Val declarou que o oposicionista tem todo direito de fazer denúncias, mas considera que termos usados contra vereadores e público não estão à altura de um parlamentar.

“Homens e mulheres que precisam ser respeitados em sua integridade moral e física nessa Casa”, finalizou.

Na bronca

Outro que também fez questão de criticar a postura de Carlinhos, foi o vereador Zezin Buxim. Ele disse que também foi vítima durante as ultimas sessões.

 

 

Foto: Jabson Nunes.

Na noite desta quinta-feira (14) a polícia militar recebeu denúncias de que estaria ocorrendo uma venda de drogas em uma barbearia, localizada na Rua Belarmina Pereira, Bairro Cruz Alta, em Santa Cruz do Capibaribe.

O efetivo seguiu até o estabelecimento e abordou o proprietário Eliabe Gomes da Silva (31 anos), que ao ser questionado sobre as drogas. Ele confessou que vendia cocaína em sua barbearia, sendo que a droga estaria escondida em um copo na última gaveta da bancada.

Durante as buscas, o efetivo conseguiu encontrar dezessete petecas de cocaína. Eliabe foi detido e conduzido junto com as drogas para a delegacia de polícia local.

 

 

Foto: Janielson Santos.

Durante seu discurso na tribuna, na tarde desta quinta-feira (14), o presidente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, Augusto Maia, tratou de refutar qualquer tipo de tentativa de chantagem ou pressão, para mudar voto do vereador Capilé.

Augusto Maia reafirmou que cada voto é pessoal e que não tem interferência na decisão de seus pares.

Um pouco antes, Capilé afirmou que foi alvo de pressão para votar favorável a projeto que aumentará cargos na Casa, sob ameaças de demissões de funcionárias, que foram militantes durante sua campanha eleitoral.

“Em nenhum momento fui até ele, estou tranquilo em relação a isso”, disse Augusto garantindo que o contato com Capilé tem sido apenas de rápidos e formais cumprimentos.

Para Augusto, desde o rompimento de Capilé com os ‘taboquinhas’, ele estaria tentando atrapalhar o grupo.

“Tá mais preocupado em fazer média, do que trabalhar para o povo”, disse.

 

 

Foto: Janielson Santos.

Às vésperas de iniciar os trabalhos na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Calçadão Miguel Arraes de Alencar, o vereador Carlinhos da Cohab usou boa parte do seu tempo na tribuna, para apontar supostas falhas na execução do plano de trabalho, estabelecido para o empreendimento.

Durante a 6ª Sessão Ordinária, na tarde desta quinta-feira (14), o vereador levou à tribuna um relatório detalhado, produzido ainda em 2018 pela Secretaria de Planejamento e Gestão (SEPLAG) com supostas incoerências na obra.

O relatório aponta que foi usado 74% dos valores enviados e que pouco mais de R$ R$ 3 milhões e 400 mil não foram executados. O vereador classificou como “uma roubalheira”.

“Na planilha do Calçadão tem quase 10 mil metros de chapa de aço. Sabem quanto de chapa tem lá? Não tem um metro”, disse Carlinhos que prosseguiu afirmando, com os dados do estado, que a ‘metragem executada com alvenaria, não condiz com a metragem paga’ e que foi direcionado verba para colocação de pedras de mármore nos banheiros, mas que também não foi executado.

Trabalho – Durante a sessão, o presidente Augusto Maia informou que a primeira reunião dos trabalhos da CPI, deve acontecer na próxima semana.

Investimento – O Calçadão foi construído através de convênio e custou R$14.136.069,19 (quatorze milhões, cento e trinta e seis mil, sessenta e nove reais e dezenove centavos) aos cofres públicos, sendo que mais de R$ 13 milhões foram pagos pelo Governo do Estado e o restante, mais de R$ 837 mil, se refere a contrapartida da prefeitura.

Dúvidas – As suspeitas sobre um suposto superfaturamento se fortaleceram após dois incidentes, onde parte do teto do Setor Azul cedeu.

 

 

A Secretaria de Defesa Social (SDS) de Pernambuco divulgou obalanço de roubos no Estado no mês de fevereiro deste ano. De acordo com os dados, no mês foram registradas 6.320 ocorrências dos chamados Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs), que incluem assaltos a coletivos, agências bancárias, cargas roubadas, dentre outros.

O número representa a maior queda registrada desde abril de 2015, quando foram contabilizados 6.126 casos. Se comparados com fevereiro de 2018, quando 8.473 ocorrências foram registradas, a redução é de 25,41%. Ainda de acordo com a SDS, o acumulado do primeiro bimestre aponta uma diferença de 4.059 casos a menos em relação ao mesmo período do ano passado, o que sinaliza uma redução dos CVPs.

O Agreste liderou o ranking dentre as reduções, com -37,15%, de 1.661 registros em fevereiro de 2018 para 1.044 no último. No Sertão a queda foi de 27,99%, de 493 para 355. A Região Metropolitana, com exceção do Recife, apresentou redução de 22,44% (de 2.576 para 1.998), enquanto a capital pernambucana passou de 2.998 para 2.331 casos (-22,25%).

Celulares

Em fevereiro deste ano, 494 celulares foram recuperados através do programa Alerta Celular. Se comparados os registros de roubo neste mês com o mesmo período de 2018, a queda no número de roubos foi de 24,4%. O percentual representa a diferença dos 3.267 aparelhos furtados em 2018 para os 2.470 neste ano.

Ônibus

Ao todo, 63 assaltos a transporte coletivo foram registrados. No ano passado, foram 75 casos. Entre 1º de janeiro até o final de fevereiro, 28 praticantes de investidas contra ônibus foram presos pela Força-Tarefa Coletivos.

Agências bancárias

As investidas a bancos, caixas eletrônicos e carros de transporte de valores apresentou diferença de 67%. Em 2018 foram seis casos contra os dois no segundo mês deste ano. A Força-Tarefa Bancos prenderam nos dois primeiros meses do ano 11 pessoas com atuação em quadrilhas especializadas neste tipo de crime.

/

Fonte: Folha de Pernambuco.

 

 

Capilé vota contra criação de novos cargos na Câmara, diz que houve acordo entre bancadas e afirma que foi pressionado

Fotos: Janielson Santos.

Durante sessão ordinária na tarde desta quinta-feira (14), o vereador Capilé assegurou que foi ‘chantageado’ para votar favorável a um Projeto de Lei da Mesa Diretora. Em tom pesado em direção ao presidente Augusto Maia, Capilé ainda expôs um suposto acordo entre as bancadas de Situação e Oposição, para aprovação de projetos ‘sem maiores desgastes’.

“Meu voto é contra. Nem Vossa Excelência (Augusto) nem nenhum outro vereador vai manipular o vereador Capilé. Nenhum vai poder chantagear o vereador Capilé”, disse, ao declarar seu voto contrário ao Projeto de Lei 021/2019, que cria nove novos cargos na Casa.

Capilé garantiu que foi pressionado para votar favorável, sob ameaças de demissões de funcionárias da Casa, militantes durante sua campanha eleitoral.

“Com exceção do vereador Capilé, Vossa Excelência pode demitir qualquer um”, disse, acrescentado que seria o próprio presidente o único responsável também por cada contratação.

“O meu mandato pertence ao povo de Santa Cruz do Capibaribe e não é por chantagem que vou mudar meu voto. Não tente pressionar o vereador Capilé”, repetiu, completando que ‘caso as funcionárias sejam demitidas, estará provado a chantagem’.

Durante o uso da tribuna, Capilé ressaltou que realizou a indicação das servidoras, garantindo, porém, que as três indicadas ‘cumprem devidamente suas funções’. Depois, voltou a bater pesado no presidente. “Não cedi às suas chantagens”.

Nem eu, nem você – Segundo Capilé, o acordo entre as bancadas visava a celeridade na aprovação de projetos com interesses de cada grupo: Aliados ao prefeito Edson Vieira não pediriam ‘vistas’ (dispositivo para examinar melhor determinado projeto, adiando, portanto, sua votação) no projeto que aumenta cargos na Câmara, enquanto a oposição aprovaria projetos do Poder Executivo, enviados em ‘Regime de Urgência’.

Interesse governista – Os dois projetos enviados pelo prefeito Edson Vieira à Câmara, dizem respeito à abertura de Crédito Especial e outro dispõe sobre benefícios fiscais ao contribuinte, a exemplo do IPTU. Os dois foram aprovados com 13 votos, apenas com a negativa de Capilé. Os vereadores Helinho Aragão e Jéssyca Cavalcanti, faltaram.

Mais gente – O Projeto de Lei 021/2019, que cria nove novos cargos foi aprovado com 8 votos favoráveis. Capilé e a bancada de situação votaram contrários. Não houve pedido de vistas. Após a sessão ordinária, foi aberta uma reunião extraordinária onde o PL foi aprovado novamente, pelo mesmo número, em segunda e ultima votação.

Sem conversa – Augusto Maia garante que não houve qualquer tentativa de chantagem. O presidente da Câmara afirmou ainda que não trocou mais que cumprimentos com Capilé, durante os últimos meses.

‘Cristal quebrado’ – Fortes aliados nos dois primeiros anos de mandato, os vereadores Capilé e Augusto cortaram relações políticas após a eleição para presidência da Mesa Diretora, em dezembro de 2018. Capilé considera-se traído após articulações que levaram Augusto ao posto.

Capilé e Augusto Maia, em dezembro de 2018, data da votação para presidência da Casa. Arquivo: Blog do Ney Lima.

‘Sem cor’ – Já no início de 2019, Capilé afirmou que não militaria mais no grupo ‘taboquinha’ nem ingressaria no ‘boca-preta’. Ele mantém conversas com empresários e ex-vereadores na pretensão de um terceiro grupo político, eleitoralmente viável, visando 2020.

 

 

PROGRAMA MODA CENTER NO AR


DATA: 14/03/2019

PARTICIPANTES: José Gomes Filho (Síndico) e George Pinto (Gerente Geral)

Sugestões, críticas ou elogios, envie agora uma mensagem para o WhatsApp do Moda Center:

Ontem (13), em Recife na Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE), O síndico do Moda Center participou da reunião de apresentação do novo presidente da AD Diper, Roberto Abreu, na ocasião também estavam presentes representantes das cidades de Toritama e Caruaru.

O Moda Center realizou uma vistoria em todos os setores do parque e recolheu um alto número de gambiarras que estavam instaladas de forma inadequada nos boxes, oferecendo risco de choque elétrico para os condôminos e clientes do empreendimento. A revista também acontecerá nos demais módulos, inicialmente removendo as gambiarras que oferecem risco iminente. As demais terão como prazo máximo para a adequação até o próximo dia 30 de março. Após essa data, nenhuma gambiarra deverá representar riscos no interior do parque, sob pena de multa para a unidade comercial.

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, na tarde de hoje o Moda Center Santa Cruz realizará uma roda de conversa com as colaboradoras com o seguinte tema: Ser mulher na contemporaneidade. A facilitadora será a Técnica da Coordenadoria da Mulher, Tereza Ávila.

A gerência financeira do Moda Center informa que na última segunda-feira (11), os boletos da taxa de condomínio com vencimento para 15/03 foram entregues nos estabelecimentos comerciais. O condômino também dispõe da opção de baixar o boleto no site: www.modacentersantacruz.com.br, clicando no botão “imprima seu boleto” e inserindo o código de patrimônio e o número do CPF ou CNPJ. Pague seu boleto em dia e usufrua do benefício do desconto de pontualidade. O pagamento em dia também ajuda o Moda Center a desenvolver as ações de melhorias em prol da coletividade.

Na noite de ontem, aconteceu a Reunião Ordinária da Diretoria Executiva do Moda Center Santa Cruz. Vários projetos importantes foram debatidos, além das ações cotidianas realizadas no centro de compras.

O Museu da Sulanca; um espaço projetado para contar a história da economia confeccionista da nossa região, desde o seu surgimento. Você pode colaborar com doações de máquinas, equipamentos e utensílios antigos, assim como fotografias e documentos que, após análise, poderão ser expostos no museu. O nome do doador ou da família doadora também será exposto junto com a peça ofertada. O Museu da Moda funciona no Centro de Eventos e Moda de Pernambuco. Excursões e escolas devem agendar a visita pelo número: (81) 3759-1000.

ANIVERSARIANTES DA SEMANA

Gerência de Operações e Segurança

11 – Emily Larissa Ramos de Oliveira – Atendente

15 – Windson Luiz Melo da Silva – Operador de Circuito Interno

Gerência de Logística:

10 – Maria Frassinette dos Santos Bezerra – Zeladora

11 – Sandro Adriano de Souza – Supervisor de Serviços Gerais

11 – Maria Aparecida Araújo da Conceição – Zeladora

11 – Edson Carlos da Silva – Zelador

12 – Joâo Barbosa Leite – Zelador

13 – Macel Farias de Oliveira – Auxiliar de Pedreiro

13 – Isaias Manoel da Silva – Zelador

14 – Elaine da Silva – Zeladora

14 – Josefa Aparecida Alves da Silva – Zeladora

15 – Luiz Carlos Ferreira Lopes – Zelador

Gerência de Comunicação e Marketing

12 – Neilton Gomes Bezerra Filho – Analista Comercial

;

Informações da assessoria.

 

 

Hospital de Toritama – Foto: Arquivo

Na madrugada desta quinta-feira (14) uma tentativa de homicídio foi registrada no município de Toritama. De acordo com informações da polícia, um adolescente de 17 anos foi esfaqueado na região cervical.

O fato aconteceu na rua Santo Amaro, bairro Cohab, onde o jovem foi atingido por pelo menos três golpes. Após o crime, a vítima foi socorrida por uma ambulância do Hospital Nossa Senhora de Fátima, onde foi atendido, e em seguida transferido para o Hospital Regional do Agreste em Caruaru.

Tanto a autoria, quanto a motivação do crime são desconhecidas pela polícia. O estado de saúde do adolescente não foi divulgado.

;

Com informações de Evandro Lins, correspondente do blog em Toritama

 

 

 

 

O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira, anunciou nesta quarta-feira (13), em suas redes sociais, que conseguiu para o município R$ 4.468.740,00 (Quatro milhões, quatrocentos e sessenta e oito mil, setecentos e quarenta reais), através de emendas parlamentares individuais do Orçamento da União de 2019.

De acordo com o gestor, desses recursos, o ex-deputado federal Bruno Araújo destinou R$ 1.510.387,00 (Um milhão, quinhentos e dez mil, trezentos e oitenta e sete reais), o deputado federal Fernando Coelho Filho alocou R$ 1.458.353,00 (Um milhão, quatrocentos e cinquenta e oito mil, trezentos e cinquenta e três reais), o ex-senador Armando Monteiro Neto direcionou R$ 700.000,00 (Setecentos mil reais), o deputado federal João Fernando Coutinho enviou 100.000,00 (Cem mil reais) e mais R$ 700.000,00 (Setecentos mil reais) foram conquistados direto com o Ministério da Cidadania, na Secretaria Especial do Esporte.

Edson Vieira explicou como se deu a conquista dos recursos federais. “Conseguimos essas emendas parlamentares e os recursos diretos através de nosso empenho em Brasília, e com a colaboração de amigos compromissados com o desenvolvimento de Santa Cruz do Capibaribe. Esses investimentos vão nos ajudar, e muito, a melhorar a vida da nossa população”, contou o prefeito.

Os mais de R$ 4 milhões de reais conquistados pela administração municipal da Capital da Moda serão destinados à manutenção e compra de equipamentos para a saúde pública, apoio e incentivo à realização dos eventos esportivos da gestão, melhorias na infraestrutura do município e compra de maquinário para auxiliar os trabalhos desenvolvidos na zona rural, tanto pela prefeitura quanto por produtores rurais.

/

Informações da assessoria.

 

 

Rádio Debate aborda a polêmica liberação de armas de fogo do Brasil

O programa Rádio Debate desta quinta-feira (14) abordou as novas informações sobre a tragédia ocorrida em Suzano (SP), onde dois assassinos entraram uma escola estadual e promoveram um massacre e deixando pelo menos dez vítimas.

As declarações de Ciro Gomes foram destaques durante o programa. O deputado estadual Tony Gel concedeu uma entrevista por telefone.

Ouça o programa completo:

 

 

 

Notícias Anteriores