20
janeiro

Prefeitura de Santa Cruz e comissão divulgam edital do Bolsa Universitária 2017

bolsauniversitaria
Imagem meramente ilustrativa

A Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe e a Comissão Permanente de Acompanhamento (CPA) divulgaram, nesta quinta-feira (19), o edital do programa de assistência estudantil Bolsa Universitária, para o ano de 2017.

O programa foi implantado pela administração no ano de 2013, por meio da Lei Municipal n° 2.164 e funciona como auxílio para estudantes universitários em situação de vulnerabilidade socioeconômica, contribuindo para a melhoria do seu desempenho acadêmico.

Os interessados poderão se inscrever de 23 a 27 de janeiro, das 9 às 13 horas, na Casa das Juventudes, situada à rua São Paulo n° 711, bairro Santa Tereza.

Baixe o edital no link a seguir e saiba como participar: http://bit.ly/2k7FcJs

20
janeiro

Insegurança – Mais uma residência é arrombada em Santa Cruz

Imagem meramente ilustrativa.

Imagem meramente ilustrativa

Mais uma residência foi arrombada em Santa Cruz do Capibaribe. De acordo com populares, o caso aconteceu na Rua Odete Feitosa de Araújo, no bairro Bela Vista.

Moradores relataram que a casa foi invadida pela madrugada, enquanto os proprietários não estavam. De acordo com as vítimas, foram levados vários eletrodomésticos como TV LCD, aparelho de som e outros objetos.

O caso só foi percebido na parte da manhã, com a chegada dos proprietários do imóvel, que foram prestar queixa do crime.

20
janeiro

ascap-comunicado-01-2017

 

 

oticas-cardeal-02-2017

20
janeiro

“Mendoncinha pode até ser o senador em uma chapa com Armando Monteiro”

Foto: Thonny Hill.

Foto: Thonny Hill (arquivo)

Em entrevista concedida no programa Rádio Debate, o ex-vereador Fernando Aragão (PTB) falou sobre sua ida a Belo Jardim, junto com o vereador Carlinhos da Cohab (PTB) e alguns de seus aliados, para falar com o ministro Mendonça Filho.

A reunião está marcada para esta sexta-feira (20) e desde o seu anúncio, em informação exclusiva obtida pelo blog, a mesma tem ganhando grande destaque na política local.

Especula-se que o tom principal seja o foco nas eleições 2018, já que Mendonça Filho estaria com intenções em reafirmar bases eleitorais no município. Sobre a reunião, o político destacou, segundo ele, a busca pelo destrave de obras.

“Temos programas que não estão sendo executados, quadras que estão paradas… Eu acho que temos que conversar com ele para ver o que está acontecendo. A minha ida é para conversar com o Ministro, porque como político, devemos falar com ele sobre isso” – pontuou.

.

Aliança para 2018?

Fernando também não deixou de destacar que a conversa pode render conjunturas para 2018:

“Estive na confraternização do PTB e Mendoncinha estava lá… Tinha Roberto Magalhães e uma série de políticos que estão pensado em ficar com Armando, que é o nosso candidato a governador. Não como vai se desenrolar isso até a definição de chapas, mas Mendoncinha pode até ser o senador em uma chapa com Armando Monteiro. É uma questão de se conversar, de se ter um entendimento. Vamos buscar obras para Santa Cruz e, independente do prefeito que estiver. Não faço Oposição a Santa Cruz, mas a um grupo político que estar no poder. Vamos fazer nosso papel de representantes e buscar obras para o povo” – frisou.

.

Disse que mantém acordo

Sobre o acordo que foi propagado de que a escolha para ser o candidato a Estadual pelo grupo, para as próximas eleições, seria do ex-deputado José Augusto Maia, ele foi enfático:

“Não estou indo para mudar de partido. Estou com Armando e Ricardo Teobaldo. Tenho um compromisso para Estadual com José Augusto Maia e espero que todo o nosso grupo tenha isso e que a gente possa ter representantes nas câmaras Estadual e Federal, no Senado e também no estado de Pernambuco” – disse.

.

E para não esquecer…

Vale ressaltar que Armando, Carlinhos e Fernando Aragão se posicionaram totalmente contrários ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), algo defendido por Mendonça Filho, este último chamado de “golpista” por alas contrárias.

Dependendo do teor da reunião, a reaproximação política pode marcar uma divisão profunda dentro do grupo de Oposição, inclusive com algumas surpresas.

20
janeiro

GIF-INSTITUCIONAL-DR-TIAGO

 

 

Seenor GIF 08 2015

20
janeiro

Carlinhos confirma apoio em Zé e Fernando, mas deixa em ‘aberto’ nome de federal  

Carlinhos da Cohab

Em meio à polêmica da semana, no grupo de oposição, o vereador Carlinhos da Cohab (PTB) fez questão de reafirmar seu apoio ao ex-deputado federal e ao ex-vereador, José Augusto Maia e Fernando Aragão, respectivamente, em possíveis candidaturas nos próximos anos. O vereador não crava, no entanto, apoio para Câmara Federal.

Carlinhos garantiu que não será empecilho para a oposição e caso todos os companheiros firmem compromisso com Teobaldo, ele também seguirá. Porém, frisa que Mendonça Filho (DEM), ‘tem a caneta na mão’, atualmente.

“Se todo o grupo decidir, vamos com ele. Até por que, Teobaldo tem mostrado que é um deputado querendo trazer alguma coisa para Santa Cruz. Isso demora. Trazer emendas parlamentares não é como uma ‘varinha mágica’ […] Eu estou procurando Mendonça por que ele tá com a caneta, pode chegar mais ligeiro. E não vejo problema nenhum”, disse e completou um pouco à frente “Mas, para isso (apoiar Teobaldo), tem que ver com Ernesto, com Deomedes, pra ver se também vão alinhado com Ricardo Teobaldo. Por que nosso compromisso, e estou assumindo em público, é que vamos estar com Zé Augusto para estadual e Fernando Aragão (prefeito), que deixou o gostinho de quero mais”.

O vereador sustenta que tratará, durante o encontro com Mendonça Filho, apenas possíveis benefícios para o município. Também confirmaram presença, na reunião, Galego de Mourinha e Fernando Aragão.

20
janeiro

acqualara-01-2017

.

.grupo-porfirio-12-2016

 

20
janeiro

Zé Augusto abre o jogo sobre possíveis alianças políticas em Santa Cruz do Capibaribe

“Todos deixaram que eu indicaria o deputado federal e seria o deputado estadual. Assim que foi firmado”, diz ex-deputado

Foto: Thonny Hill

Fotos: Arquivo Blog do Ney.

Em entrevista concedida na manhã desta sexta-feira (20), ao Programa Rádio Debate, da Rádio Polo FM, o ex-deputado federal José Augusto Maia (PTN), falou sobre as movimentações do grupo de oposição em Santa Cruz do Capibaribe.  Zé falou sobre possível aliança política entre taboquinhas e o deputado federal e Ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM). A aliança pode acontecer a partir de encontro em Belo Jardim, marcada para esta semana. Além de Carlinhos da Cohab (PTB) também deverão participar os ex-vereadores Galego de Mourinha e Fernando Aragão (PTB).

Segundo Zé, foi realizado um acordo com os vereadores antes da eleição de 2016, onde ele (Zé Augusto) disputaria para deputado estadual, com o apoio dos demais. Além disso, indicaria um federal para o grupo.

O ex-deputado federal também falou de como se posicionará caso ocorra uma aliança a nível estadual, entre Armando Monteiro (PTB) e Bruno Araújo (PSDB), com vistas ao pleito 2018.

Aquela união

Inicialmente, Zé Augusto fez um resumo dos conflitos internos, dos últimos anos. Garantiu que abriu mão, em muitas decisões e disse aguardar que os companheiros façam o mesmo.

“Fiz tudo, sacrifiquei até meu próprio filho pela união”, disse em relação à retirada do nome de Tallys Maia da chapa majoritária, em 2016, acrescentando em seguida que, durante o pleito teria respeitado áreas prioritárias, eleitoralmente, de cada candidato do grupo, mesmo tendo um filho candidato. “[…] Como Marlos, na Coahb, Deomedes, no Santos Agostinho, Capilé, Zome… […] Enfim, onde fui nessas áreas, fui para pedir por esses vereadores. Tudo fiz pela união”, disse.

Para Zé, ele teria autoridade de impor algumas decisões após ter conseguido uma votação expressiva para seu deputado em 2014, “enquanto que os vereadores conseguiram uma votação pífia com o seu representante”.

Acordo para estadual e federal

teobaldo

Zé sustenta que a tanto a decisão do nome para deputado estadual, quanto para Câmara Federal, seria dele. Isso já visto em consenso com os seus pares.

“Todos, todos eles deixaram que eu indicaria o deputado federal e seria o deputado estadual. Assim que foi firmado. Foi a união que fiz. Espero que Carlinhos faça o mesmo, que Galego faça o mesmo”, declarou. “Depois, a política passa… vou respeitar todos. Mas os acordos aconteceram”.

De acordo com Zé Augusto, o deputado federal Ricardo Teobaldo (PTN) cumpriu com todas as obrigações que se comprometeu, durante o último pleito e merece ser o nome representante da oposição, em Brasília

“Não” para Bruno Araújo

Bruno-Araújo

Acompanhando as movimentações a nível estadual, com uma possibilidade de junção entre os líderes políticos Armando Monteiro (PTB) e Bruno Araújo (PSDB), para as eleições 2018, Zé Augusto afirma que caso o candidato ao governo do estado, do petebista, seja Bruno Araújo, ele tá ‘fora’.

“Eu voto em Armando. Luto por ele. Se o candidato não for Armando e for Bruno, eu estou fora. Não apoio. Isso é uma questão histórica. Eu tenho um lado, não sou amigo do poder. Inclusive, não fui deputado por não aceitar propina e ser um homem”, falou.

“Agora, se alguém vai apoiar Armando, é um problema de quem vai apoiar. Se Mendocinha quiser apoiar, Bruno quiser… Armando eu apoio, mas se por ventura for Bruno eu tô de fora. Ele, ou qualquer outro que venha desse lado que eu nunca fui”, finalizou.

20
janeiro

zuzinha-12-2016

.

.

dom-pedro-i-11-2016

20
janeiro

O que foi pauta no Rádio Debate desta sexta-feira (20)

Rádio-Debate-Original

Programa destaca aproximação de políticos taboquinhas com Mendonça Filho e morte de ministro relator da Lava-jato

Nesta sexta-feira (20) foi veiculado, na Polo FM, mais uma edição do programa Rádio Debate.

No quinto programa do ano, dois assuntos foram destaque: a possibilidade de união de taboquinhas com o ministro Mendonça Filho (DEM) e também a morte do ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, relator da operação Lava-jato.

Quanto a polêmica reunião com o ministro envolvendo políticos taboquinhas, falaram o vereador Carlinhos da Cohab (PTB), o ex-vereador Fernando Aragão (PTB) e uma entrevista com o ex-deputado federal José Augusto Maia (PTN).

Já sobre a morte do ministro, foi debatido quem seria seu substituto e as consequências para a Operação Lava-jato, que apura escândalos de corrupção e propinas.

 

Ouça o programa na íntegra e fique por dentro dos principais assuntos da política:

20
janeiro

polo-fm-cidade-noticia

 

camboriu-verao-de-ofertas-ate-25-01

20
janeiro

“Em momento algum eu disse que estava com ele”, diz Birino sobre apoio a Edilson Tavares

birino-do-sao-joao-psdbO vereador Birino do São João (PSDB) quebrou o silêncio sobre a sua posição na câmara e desmentiu que tenha aderido à bancada governista na casa Legislativa de Toritama. O anúncio foi feito durante a sessão ordinária desta quinta-feira (19).

Birino foi um dos quatro vereadores eleitos no grupo da ex-candidata Lucinha Pereira (PSDB), que acabou votando em Arimateia de Carvalho (PSD) para presidência da câmara, o que simbolicamente sinalizava uma adesão ao governo.

Entretanto, Birino não desmentiu a informação até mesmo quando o chefe de gabinete da prefeitura, Sérgio Carvalho, afirmou através de uma rede social que “Toritama era a única cidade que não existia oposição na câmara de vereadores”, o parlamentar permaneceu em silêncio.

Em seu tempo na tribuna, o vereador rebateu as informações a respeito de sua posição e defendeu sua fidelidade ao grupo derrotado nas eleições, afirmando que será oposição ao prefeito Edilson Tavares.

“Eu quero dizer a população, que, em momento algum, eu disse que estava com ele (Edilson). Já estive com ele, mas não como apoio. Não estou me levantando contra prefeito, mas vou fazer oposição. O que eu tinha declarado apoio era apenas a Arimateia, não a prefeito” – argumentou.

Único nome na oposição da câmara, o vereador Birino fará seu segundo mandato como parlamentar e último remanescente do grupo liderado por Flávio Lima (PR) e Lucinha Pereira (PSDB).

Com informações de Evandro Lins, correspondente do blog em Toritama

20
janeiro

unopar-nova-01-2017

 

 

eab

20
janeiro

Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe inicia matrículas para cursinho pré-universitário 2017

.

A prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, através da Secretaria de Educação, vai iniciar na próxima segunda-feira (23), as pré-matrículas para estudantes interessados no cursinho pré-universitário 2017. As inscrições serão realizadas até 03 de fevereiro.

Os interessados devem procurar a Secretaria de Educação, situada na avenida 29 de Dezembro, 55, centro, das 8h às 12h e das 14h às 18h, munidos das  cópias de RG (Identidade), CPF, duas fotos 3×4, comprovante de residência, histórico escolar ou declaração da escola. As confirmações das matrículas vão de 06 a 17 de fevereiro. As aulas do primeiro bloco iniciam em 06 de março e terminam em 23 de junho.

Joselito Pedro, Secretário de Educação, falou sobre a oportunidade que o cursinho pré-vestibular oferece aos estudantes. “Sem sombra de dúvidas, o nosso cursinho pré-vestibular é uma ótima oportunidade para quem desejar ingressar em curso superior. Temos um dos melhores cursos de preparação universitário da região, sem falar que a nossa equipe de professores é de primeira linha”, disse o secretário.

“Nosso objetivo é ampliar o conhecimento dos alunos, atualizar suas informações, preparar estudantes para provas do ENEM, vestibulares e concursos públicos”, destacou Aloísio Mariano, coordenador.

O Cursinho pré-universitário 2017 vai funcionar na Escola Estadual de Referência Luiz Alves da Silva, das 19h às 22h. Serão 240 estudantes, divididos em 06 classes, com 40 alunos por turmas. A segunda fase do cursinho tem previsão para início em 17 de julho.

20
janeiro

bios-fera-volta-as-aulas-2017

 

 

avant-11-2016-02

20
janeiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Romenyck StiffenO plano – Em 30 de novembro de 2016, o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), lançou o Plano Municipal de Segurança, colocando o mesmo em prática em 1º de dezembro com a promessa de, em 30 dias, os resultados seriam divulgados.

Frustrou – Sinceramente, ouvi a entrevista do Tenente-coronel Sena na Polo FM, e fiquei frustrado. Esperava ouvir os números comparativos em relação à segurança entre o mês de dezembro de 2016 em relação aos meses anteriores do mesmo ano, o que não ocorreu.

20 dias – Se passaram 20 dias do prazo estabelecido pelo prefeito Edson Vieira em relação à divulgação dos resultados, mas até agora nada. Precisamos saber se o número de homicídios de dezembro de 2016 foi menor se comparamos com os meses anteriores, se os números de assaltos diminuíram, assim como outros números que precisam ser detalhados.

Investimento – A reflexão tem que ser feita, pois o prefeito afirmou, em entrevista ao programa Cidade Notícia em 1º de dezembro que, em um número baixo, estaria aumentando seu investimento na área de segurança em R$ 35 mil mensais.

A sensação – Apesar dos louváveis investimentos, consciente de que segurança é um dever do Estado, o Plano Municipal de Segurança surgiu para dar uma resposta à sociedade com promessa de uma tão propagada sensação de segurança. Contudo, arrastões continuaram, arrombamentos em igrejas e escolas também, assim como o considerável número de homicídios. Nesse contexto, só a comparação poderá mostrar se MELHOROU ou PIOROU.

E você? – Você leitor: está sentindo-se seguro após o Plano Municipal de Segurança? A sensação de segurança chegou até a sua rua, seu bairro, sua querida Santa Cruz do Capibaribe? Podemos ficar tranquilos com os investimentos do Plano Municipal de Segurança e principalmente, com os investimentos do Governo do Estado, em relação ao tema? Você sabe quais foram esses investimentos?

As informações aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

20
janeiro

via-motos-10-2016

 

 

moda-center-10-2016

20
janeiro

Fernando Aragão participará de conversa com Mendonça Filho

Fernando Aragão

O ex-vereador Fernando Aragão (PTB) deve participar do encontro com o Ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM). A informação foi repassada ao editor deste Blog por uma fonte e posteriormente confirmada pelo próprio Fernando em conversa com os colunistas Romenyck Stiffen e Lucinaldo Tenório. O encontro está previsto para acontecer neste sábado (21) em Belo Jardim, sendo encabeçado pelo vereador Carlinhos da Cohab (PTB).

No último sábado (14), o Blog do Ney Lima publicou com exclusividade informações sobre possíveis articulações envolvendo o Ministro Mendonça Filho. As conversas apontam para um “namoro político” visando a ampliação de bases para as eleições de 2018.

Durante o programa Oposição em Ação, vereadores tentaram descredibilizar a notícia, mas entraram em divergência quando Carlinhos da Cohab confirmou as conversas e estendeu o convite que foi negado pelo vereador petista Deomedes Brito. A orientação foi seguida pelo vereador Ernesto Maia, do mesmo partido.

Ao longo da semana o assunto ganhou contornos quando, em entrevista ao Blog, o empresário Cléber Moraes, ligado a Mendonça, revelou que o ex-vereador Galego de Mourinha também fará parte do encontro.

Apesar da clara pretensão política, o vereador Carlinhos da Cohab argumenta que a reunião tem como objetivo conseguir obras voltadas para Santa Cruz do Capibaribe. A mesma tese deverá ser sustentada pelo vereador Fernando Aragão.

20
janeiro

Luciano 08 2016

 

 

unipecas-ok-promocao

20
janeiro

Plantão – Padeiro é executado em Poço Fundo

plantão

Atualização às 8h35

Na manhã desta sexta-feira (20), Santa Cruz do Capibaribe registrou mais um homicídio. O crime aconteceu mais precisamente na Travessa João Souza Sobrinho, no Distrito de Poço Fundo.  A vítima foi identificada por Wallas Teixeira de Queiroz, conhecido por ‘Gavião’ de 24 anos.

.

indice.

O crime aconteceu por volta das 3h da madrugada, quando Wallas saia para trabalhar. O mesmo era padeiro. De acordo com familiares, ele não tinha passagens pela polícia, nem tinha conhecimento se ele teria envolvimento com drogas. Ainda não se sabe quantos elementos participaram da execução.

.

00000.

Aguarde mais informações a qualquer momento.

20
janeiro

escola-primeiro-mundo-11-2016-03

 

 

magda-2017-02

19
janeiro

Acidente entre caminhões deixa dois mortos

01Fotos: Gilson Fernandes

Matéria atualizada às 17h54

Na tarde desta quinta-feira (19) um grave acidente foi registrado na PE-160, mais precisamente na zona rural de Jataúba. De acordo com as informações colhidas no local, o acidente envolveu dois caminhões que bateram de frente, resultando em duas pessoas mortas e dois feridos.

As vítimas fatais foram identificadas: Jeferson Vinicius Ramos dos Santos (21 anos, motorista do caminhão pipa de cor branca) e Liliane Santos (de idade não informada, passageira no caminhão amarelo).

06
Jeferson e Liliane, vítimas fatais do grave acidente

img-20170119-wa0095

Jeferson morreu no local do acidente, lá Liliane foi socorrida pelo Samu, em estado grave, para a UPA 24h em Santa Cruz, mas morreu poucos minutos depois de dar entrada.

As identidades dos que ficaram feridos também foi divulgada: Manoel José dos Santos Neto (de 12 anos, que estava no caminhão pipa branco) e Leandro Santos da Silva (de 24 anos, motorista do caminhão amarelo). Os dois tiveram fraturas nas pernas, sendo socorridos e levados para o Hospital Municipal em Jataúba.

Um fato que chamou a atenção é que as quatro vítimas são residentes na cidade de Surubim. Ainda não há informações se os feridos já foram transferidos para outras unidades hospitalares.

;

02

03

04

05

07

08.

Já os corpos vão ser conduzidos para o IML, na cidade de Recife, já que o mesmo em Caruaru está passando por reformas estruturais. Também participaram do resgate equipes do Samu, do Corpo de Bombeiros e também Guardas Civis Municipais de Jataúba.

19
janeiro

03-esa-12-2016

 

 

makipecas-02-2017

19
janeiro

Escola Dinâmica adere ao Sistema de Ensino SAE Digital

sae-digital-escola-dinamica.

A Escola Dinâmica contará com mais uma grande novidade para o ano letivo de 2017, a instituição que busca sempre estar à frente na qualidade do ensino, aderiu ao Sistema de Ensino SAE Digital, que está há mais de quinze anos no mercado.

A plataforma de aprendizagem adaptativa do SAE Digital alia tecnologia educacional de ponta aos livros didáticos de forma interativa, convidando o aluno a navegar em busca do aprimoramento e do conhecimento.

Esse ambiente virtual também organiza diariamente os conteúdos das disciplinas ministradas e incentiva os pais a acompanharem, de forma privada e segura, o desenvolvimento escolar dos alunos.

A experiência com os materiais didáticos SAE Digital vai além do impresso. Alunos e professores contam com uma versão digital, disponível para smartphones, tablets e computadores, na qual estão inseridos os objetos digitais. Essa ferramenta inovadora permite visualizar animações, imagens, vídeos e slideshows, e fixar o conteúdo por meio de diversos exercícios. Ao todo são 14 formas de interação disponíveis para auxiliar o trabalho do professor e tornar mais dinâmico o aprendizado.

O SAE – Sistema de Apoio ao Ensino – é a soma das experiências acumuladas dos mais eficientes espaços de aprendizagem do país e do exterior. Dessa forma, o Sistema reafirma seu propósito de aproximar a prática da sala de aula com as principais tendências educacionais do mundo contemporâneo, a fim de oferecer, de forma sistêmica e sistematizada, não só a reflexão pedagógica, mas as melhores soluções tecnológicas de ensino-aprendizagem.

Professores da Escola Dinâmica já estão recebendo treinamento para utilizar o sistema. O SAE Digital será apresentado aos pais e alunos após o início das aulas, que acontece no dia 30 de janeiro.

Assista ao vídeo e saiba mais:

19
janeiro

zoom-clipp-store-2017

 

 

ANUNCIO MAKITAL

19
janeiro

Diário de Pernambuco destaca a força de Santa Cruz do Capibaribe no Polo de Confecções

Santa Cruz é sinônimo de polo têxtil

Cidade do Agreste responde por 30% da produção no estado e tem marcas espalhadas pelo país

moda-center_.

Santa Cruz do Capibaribe, cidade onde nasceu a feira da sulanca, vive o auge da sua influência no cenário de confecções brasileiro. As marcas locais se espalharam pelo país, principalmente no Nordeste, Norte e Centro-Oeste. O que pouca gente sabe, até mesmo entre os pernambucanos, é que, sozinha, Santa Cruz responde por 30% de tudo o que é produzido no Polo Têxtil de Pernambuco, o que representa RS 2,4 bilhões por ano do Produto Interno Bruto (PIB) do estado.

Considerando que o nosso polo é o segundo maior do país, perdendo apenas para São Paulo, é fácil chegar à conclusão de que Santa Cruz do Capibaribe é a maior cidade produtora de confecções em malha de todo Norte e Nordeste brasileiro e caminha para chegar, em 2020, à maior produção de malha do Brasil, segundo dados da própria prefeitura. Nem a seca afeta a produção local, já que a maioria das fábricas de Santa Cruz não depende de água para lavagem do jeans, como a vizinha Toritama.

A cidade é quase um oásis produtivo em meio ao deserto do Agreste pernambucano. Até a feira da sulanca, que ficou conhecida em todo o país, foi a primeira a se modernizar. Há dez anos se transformou no Moda Center Santa Cruz, hoje, o maior centro atacadista de confecções do Brasil. Uma em cada cinco cidades pernambucanas possui empreendedores no espaço, que reúne 11 mil boxes, de 54 localidades produtoras. A gestão é feita pelos próprios feirantes, com recursos do pagamento de taxas mensais.

Em sua trajetória, o Moda Center vem registrando um aumento de 10% nas vendas por ano. Índice repetido no ano passado e uma estimativa de crescimento entre 8% e 10% este ano também, independentemente da retração econômica. O espaço já recebeu, inclusive, mais de 140 mil pessoas espalhadas em 120 mil metros quadrados de área construída em apenas dois dias de feira. Ao todo, são 150 mil empregos diretos gerados no local. Agora, a feira e suas principais marcas olham para o futuro e encaram a crise econômica com investimentos e inovação.

“Já dominamos o mercado C, D e E. Em 2017, queremos consolidar nossa atuação no mercado B e, para isso, precisamos de formalização, automação e profissionalização das empresas locais. Estes são os maiores desafios de Santa Cruz e de todas as cidades do polo têxtil”, afirma Allan Carneiro, síndico do espaço. Segundo ele, a formalização está sendo agilizada com a sala do empreendedor, montada em parceria com o Sebrae dentro do shopping. “Em três anos, já tivemos mais de 1,2 mil inscrições na categoria microempreendedor individual.”

Apesar disso, grande parte dos comerciantes de Santa Cruz continua na ilegalidade. O que desfavorece o crescimento das marcas pois, com a formalização, as empresas conseguem recursos para investir no negócio, em linhas de crédito do Banco do Nordeste e do BNDES, e contratar mão de obra qualificada. Vale ressaltar que quase 80% de toda a mão de obra capacitada recebe treinamento na escola do Senai no município.

Já a automação, o desafio número dois, precisa de investimentos dos empreendedores locais em máquinas e softwares e mão de obra especializada. E tudo isso depende muito da formalização, uma vez que os investimentos são altos e, para tal, os empresários precisam de crédito. Por fim, Santa Cruz enfrenta ainda a necessidade de profissionalizar as fábricas, para atender com produtos adequados a uma exigente classe B e encarar o aumento nas vendas do varejo, que chega a 30% da produção. “Acreditamos que a tendência do Moda Center é vender mais para o consumidor final, continuando também com seus clientes de atacado”, diz Allan Carneiro. “Com a crise, as pessoas estão correndo atrás de preços baixos para manter o consumo e é justamente isso que oferecemos”, reforça.

Rota do Mar de olho no Nordeste

Com uma produção de 130 mil peças por mês, comercialização em todos os estados brasileiros e vendas expressivas em Portugal, Panamá e África do Sul, não dá para imaginar que a trajetória da Rota do Mar começou com a venda de picolés. Esse foi o primeiro “empreendimento” de Arnaldo Xavier, ainda criança, criador e presidente da marca. Hoje, a Rota emprega 800 pessoas, tem uma fábrica de 22 mil metros quadrados, seis outras unidades produtivas, cinco grandes lojas em Santa Cruz. do Capibaribe, Toritama e Caruaru e deverá iniciar no próximo ano um plano ambicioso de abrir mais 30 unidades em todo o Nordeste até 2022.

“Queremos ampliar nossa atuação no varejo e chegar a locais onde já temos uma grande demanda, como a Paraíba. Ao mesmo tempo, chegar também onde nunca estivemos e, por isso, devemos iniciar nossas vendas online em 2017”, revela Xavier. O site já está pronto e foi resultado de um investimento de RS 300 mil. Será um dos primeiros projetos, nesta escala, de comércio digital de todo o polo. Os planos são reflexo de investimentos realizados no ano passado. Em 2016, a Rota aportou mais de RS 3,5 milhões em tecnologia e maquinário.

Para Xavier, porém, isso não é o bastante. O empresário quer mais. Ainda neste mês, deve começar a montar sua própria fábrica de energia solar, com um investimento de RS 500 mil deverá suprir a necessidade do setor de estamparia da indústria. “Este ano (2016), vamos fechar sem perdas, mas sem crescimento. É uma boa marca. E, com estes investimentos, estamos garantindo o crescimento de 2017. Pelo menos, 10%”, completa.

A qualidade de visionário Arnaldo Xavier já provou que tem. Ainda em seu início, após vender picolé e ajudar a mãe na confecção dela, aos 19 anos ele costurou uma bermuda para si próprio. Satisfeito com a peça, se juntou à sua mãe para confeccionar mais roupas. Ela fazia a parte feminina e ele, a masculina. O negócio foi crescendo e percebeu que o estacionamento dos clientes da antiga Feira da Sulanca, na cidade, chegava cada vez mais perto da casa da sua mãe. “Foi quando eu propus para ela transformarmos a sala em uma loja. Duas semanas depois, os ônibus de turistas já estavam parando na nossa porta. Éramos o primeiro negócio que eles viam e, em pouco tempo, a casa toda estava ocupada por nosso estoque”, relata.

A marca Rota do Mar só surgiu em 1996 e, com esse nome, o empresário definiu o perfil da empresa: roupas para o clima ensolarado de Pernambuco e com um toque de praia. Nestes 20 anos, porém, nem tudo foram flores. “Já quebrei duas vezes. Mas posso afirmar que o bom empreendedor é resiliente.” Hoje, a Rota do Mar, responsável por cerca de 20, de toda a produção de Santa Cruz do Capibaribe.

Descoberta do mercado infantil

Com peças entre R$ 8,90 e R$ 29,90, a Zuzinha Kids, criada em 1998, começou nos fundos de uma casa comum do centro de Santa Cruz, quando o pai de Allan Carneiro trocou a produção de redes pelas confecções. Allan ajudava costurando, quando chegava da escola. Foi quando ele percebeu que ninguém estava fazendo moda infantil na cidade de forma especializada e nasceu aí a ideia de um negócio neste perfil. Hoje, a marca tem 30 funcionários e 30 colaboradores terceirizados, toda a produção é informatizada e o resultado são mais de 20 mil peças por mês entre bermudas, camisas e shorts infantis. Há clientes em todos os estados do Nordeste e em São Paulo e, no futuro, destinos internacionais como Cabo Verde já estão na programação.

“Acho que, para crescer fora do país temos que atender muito bem o mercado daqui. Queremos a produção cada vez mais automatizada, queremos eficiência no uso dos materiais e também estamos trabalhando as formas de comercialização para atender melhor nosso cliente que vem aqui. Depois disso, podemos pensar em exportar”, reforça Allan.

Ele ressalta ainda que as peças mais vendidas são camisas polos, camisas simples, moletons, bermudas e calçados, nesta ordem. “A roupa infantil tem um diferencial que é a exigência por conforto máximo. Por isso, o tecido, a modelagem, o desenho e as costuras recebem tratamento especial para não agredir o corpo das crianças. Esse cuidado, faz a diferença. Só trabalhamos, por exemplo, com 100% algodão e tudo passa por uma vistoria completa no final”, completa.

Em 2017, a marca pretende ampliar a produção e trabalhar com novos canais de venda. “O maior desafio da roupa infantil é que temos por obrigação agradar a criança e a mãe, então também devemos reforçar nosso time interno e ampliar nossa carteia de produtos. As peças infantis têm que ser lúdicas e a mãe tem que achar vantagem. Acho que a produção de Santa Cruz agrega muito a esse mercado, porque é algo que as pessoas podem investir o dinheiro, que é barato. Criança muda muito de tamanho e perde muita roupa, então o preço faz a diferença da escolha”, explica o empresário.

Allan revela ainda que, este ano, investiu R$ 350 mil em máquinas novas, buscando sempre modernizar a fábrica. “Automatizando a produção, o que também é um desafio para o polo, a gente diminui os erros e, consequentemente, o desperdício”, completa. Ele reforça, contudo, que, apesar de ser o coração do Polo Têxtil de Pernambuco, falta mão de obra qualificada em Santa Cruz. “Hoje, o que nos salva é a escola do Senai. Os meninos aprendem a mexer nos programas mais modernos, a trabalhar com softwares de desenho. A profissionalização nos poupa tempo e dinheiro e todo o polo precisa disso para melhorar a produção.”

Conheça o Polo em Santa Cruz

moda-center_CURIOSIDADES

A primeira produção de Santa Cruz do Capibaribe foi de alpercatas e colchas com retalhos de tecido, em 1930;

As confecções da cidade começaram quase por acaso, quando um fabricante de colchas recebeu retalhos maiores que vinham, na época (1930) do Recife, Olinda e Camaragibe. Ele resolveu fazer shorts dos retalhos e deu início à primeira produção de roupas da cidade;

O termo sulanca foi criado na cidade de Santa Cruz do Capibaribe para identificar as peças produzidas com helanca vinda do Sul do país (Sul + helanca = sulanca), maioria nas fábricas de confecções, em 1950;

As chamadas feiras da sulanca tiveram início também em Santa Cruz, em 1960, quando as ruas Siqueira Campos e Avenida João Francisco Aragão começaram a abrigar bancos de madeira com peças de fabricantes locais. O nome na época, era de Feira de Capibaribe.

NÚMEROS

O Brasil é o 5º maior produtor de têxtil do mundo, perdendo apenas para China, Índia, Estados Unidos e Paquistão;

O Polo Têxtil de Pernambuco é o segundo maior do país, perdendo apenas para o Polo Têxtil de São Paulo;

Todas as 187 cidades do estado produzem e comercializam no polo;

O Polo arrecada U$ 8 bilhões por ano, agrega 32 mil unidades produtivas e recebe até oito milhões de visitantes por ano;

O Agreste pernambucano corresponde a 77% da produção de todo o polo sendo: 38,1% de Santa Cruz do Capibaribe, 24,1% de Caruaru e 14,8% de Toritama;

Os principais estilos comercializados são moda praia, fitness, bike, jeans, social, feminina, masculina, vestidos de noiva, enxovais, cama, mesa, banho, plus size, surf wear, moda íntima e infantil.

De carona no nome e na moda

Um erro de etiqueta deu à marca Camboriú, uma das mais vendidas do Polo Têxtil de Pernambuco, o nome que tem hoje. A encomenda era para Verão e Cia e a fabriqueta de etiquetas só tinha Camboriú no dia da entrega. O nome ficou e pegou. A ideia de fabricar moda praia começou em 1993, quando Edjane Araújo, que era secretária, e seu marido, José Cláudio Barbosa de Araújo, que já trabalhava com tecidos, mudaram-se de Afogados da Ingazeira para Santa Cruz do Capibaribe. Lá, envolveram-se com as confecções, como praticamente todos da cidade.

Hoje, a Camboriú vende para todo o Brasil, foi uma das pioneiras do polo em vendas online, produz cerca de 35 mil peças por mês, tem 80 funcionários e foi a primeira marca do estado a se especializar em “moda bike”, para ciclistas, e apresentar coleções com este tema. Além de tudo, a marca também trabalha com franquias, sendo uma das únicas do polo a entrar neste modelo de negócio.

“Começamos fazendo moda infantil, lingerie, moda feminina. Eu era auxiliar de produção. Aí fabricamos pela primeira vez sungas. A demanda foi grande, porque estava perto do verão e resolvemos focar em moda praia e fitness’’, resume Edjane. A ampliação do mercado e a elevação do desenho das peças foi fruto de um quadro montado a muito custo e no decorrer de vários anos. “Quando começamos, a mão de obra era primária, as pessoas faziam o básico. Hoje, temos um designer e um estilista e, ainda assim, sempre estamos buscando pessoas formadas junto ao Senai ou que tenham algum curso técnico feito em outras cidades”, revela.

Uma prova dos bons resultados dessa preocupação com o time é a aceitação da marca no Brasil, com vendas expressivas na Bahia, Sergipe, Piauí, Alagoas, Paraíba, Maranhão e forte presença no Rio de Janeiro, estado onde biquíni é quase cartão-postal. Para conquistar mais vendas no Sudeste e Sul do país, recentemente a Camboriú lançou uma loja online, que está em formato soft open (ainda sendo testada) e foi resultado de um investimento de R$ 15 mil.

A marca também investiu mais R$ 15 mil em novas máquinas no ano passado, uma preparação para crescer em 2017. “Não vamos crescer e nem ter perdas em 2016, mas estamos positivos quanto aos próximos anos. A reação vai ser lenta, mas vai acontecer e queremos estar preparados”. Camboriú tem lojas físicas em Caruaru e Santa Cruz e começa, a trabalhar com franquias.

Força no atacado de confecções para público C, D e E

Com uma das maiores produções de malhas do Nordeste, a Joggofi nasceu no início da década de 1990, quando José Gomes Filho (Jo Ggo Fi), que era do interior de São Bento-PB, chegou a Santa Cruz. Antes, ele trabalhava como contínuo em um banco, mas percebeu potencial para confecções assim que chegou na nova cidade e logo envolveu toda a família no trabalho. Eram calcinhas, bermudas, blusas e camisas.

Hoje, a produção da empresa chega a 110 mil peças por mês, as calcinhas saíram da carteia de vendas e deram lugar a camisetas, vestidos e regatas, tudo de malha. Agora, a marca abastece todos os nove estados do Nordeste com produtos voltados ao público C. D e E. A fábrica atual tem mais de mil metros quadrados e 60 funcionários. Uma nova unidade fabril já está a caminho com cinco mil metros quadrados. A fábrica nova irá abrir 200 vagas de trabalho e aumentará a produção da empresa em 100%. Ainda este ano, a Joggofi projeta seu próprio parque de energia solar. O forte da Joggofi ainda é o atacado, sendo este o destino de 99% da produção, que é revendida em toda a região.

Monnika Marikinha, filha do criador da Joggofi, diretora operacional da marca, é um exemplo de como o polo está tentando se profissionalizar. Ela aposta em continuar o legado da família e está se preparando para isso. “Não é só ir todos os dias para a fábrica. Tem que saber costurar, entender todas as etapas da produção e distribuição e ainda se preparar formalmente e continuar com os treinamentos”.

A diretora ressalta também que as redes sociais são o novo campo de expansão do polo. “A gente tem vendido massivamente através do WhatsApp. Os clientes querem todo dia foto de roupa nova, então essa tecnologia está mudando as operações dentro das empresas daqui. Lançar coleção, por exemplo, está ficando ultrapassado porque, no WhatsApp, todos os dias podem ser mostrados modelos novos. É uma nova fase para todo o polo têxtil.”

Fonte: Diário de Pernambuco

19
janeiro

dinamica-matriculas

 

 

GIF-INSTITUCIONAL-SIGN

19
janeiro

Cobrança de anuidade de CNH é falsa, alerta ministério

Imagem divulgação.

O Ministério das Cidades divulgou nota à imprensa para esclarecer que é falsa a informação que os portadores de Carteira Nacional de Habitação (CNH) precisam pagar anuidade. Segundo o órgão, a mensagem pode ser um golpe contra a população.

A mensagem falsa que circula diz que nesta quarta, dia 18 de janeiro – em pleno recesso do Congresso Nacional – foi aprovado um projeto de lei que regulamenta a cobrança anual de uma taxa de R$ 298,47 a todos os portadores da carteira de motorista a partir do dia 1º de fevereiro.

A cobrança seria enviada pelos Correios. Diz a falsa mensagem que o objetivo da taxa seria “auxiliar o governo federal, na extinção da atual crise econômica vivida no país”.

O ministério alerta para o golpe e para que a população não pague qualquer taxa enviada pelos Correios.

19
janeiro

pedalada-adora-scc-01-2017

 

 

rota-do-mar-oferta-de-empregos

19
janeiro

Motociclista fica gravemente ferido em mais um acidente na PE-160

acidente-moto.

No começo da tarde desta quinta-feira (19), mais um grave acidente foi registrado na PR-160, desta vez nas proximidades de um motel, sentido distrito de Pão de Açúcar (de Taquaritinga do Norte).

De acordo com informações de populares, um veículo pick-up Strada, que seguia no sentido Pão de Açúcar, teria feito um contorno na rodovia quando foi atingido em cheio, na lateral, por um motociclista.

.

acidente-03

Os nomes dos envolvidos não foram revelados, mas se sabe que o motociclista ficou gravemente ferido. Segundo populares, uma das pernas do motociclista foi fraturada, além de diversas escoriações. O Samu foi acionado e realizou os socorros ainda no local.

O quadro de saúde do motociclista não foi divulgado. Esse acidente aconteceu quase que ao mesmo tempo de outro na mesma rodovia, onde próximo a cidade de Jataúba, dois caminhões bateram de frente.

Página 3 de 1.535« Primeira...234...1020...Última »

Notícias Anteriores