Nas imagens registradas por Arnaldo Viturino, calçadas de estabelecimentos comerciais obstruídas

 

 

Avenida Jatobá, esquina com Rua do Rio

 

 

Avenida Jatobá, esquina com Rua Col Luiz Alves

Em entrevista ao Blog do Ney Lima, Neidinha de Dedé Sanfoneiro falou que não irá mais participar das homenagens dos festejos juninos.

Segundo ela, o motivo para sua desistência seria o fato da homenagem desse ano, ter sido dividida. Neidinha afirmou que:

“Eu tinha um sonho de ser homenageada pelo São João de Santa Cruz. Não tenho nada contra Bento. Ele é um menino de minha casa e gosto muito dele e não é egoísmo meu porque eu queria que (a homenagem) fosse só pra mim. Mas porque eu e Bento? Nunca foi homenageado duas pessoas no São João de Santa Cruz. Se chegou a minha vez, porque vai ser dividida com outra pessoa?”.

Segundo Neidinha, ela irá esperar por outra oportunidade para ser homenageada. Sobre isso, ela afirmou:

“Eu aguardo minha vez. Se alguém se lembrar de mim um dia, que seja Neidinha de Dedé Sanfoneiro ou Neidinha e Dedé Sanfoneiro. Não tenho nada contra Bento”, finalizou.

Neidinha também destacou que, segundo ela, Bento da Zabumba também estaria chateado com essa situação da homenagem dividida:

“Eu acredito que ele não está se sentindo confortável. Ele deve estar sentindo o mesmo que eu estou sentindo”, desabafou.

Decisão da Prefeitura de homenagear duas pessoas não tem respaldo da Câmara

O Blog do Ney Lima levantou que, de acordo com o Projeto de Lei, de número 1.812/2009, de autoria do vereador Ernesto Maia (PTB), não poderia haver homenagem, nos festejos juninos, para duas pessoas em vida, podendo sim, a homenagem ser realizada para uma personalidade viva e outra já falecida. De acordo com o Artigo 2°, está escrito que “Os dois homenageados serão um em vida e o outro em memória”.

Confira o documento, na íntegra:

 

Em entrevista concedida a Rádio Comunidade FM, o deputado federal José Augusto Maia (PTB) criticou a forma como foi abordada, pelo Blog do Ney Lima, a sua participação no evento de assinatura da ordem de serviço pelo governador Eduardo Campos (PSB), que liberou 41 milhões de reais para a construção de um novo hospital, na cidade de Caruaru.

 

Sobre esse assunto, o deputado declarou que foi mal interpretado, afirmando que “Esse programa do Governo do Estado é um programa de parceria com o governo federal, onde Pernambuco será dividida em quatro áreas”.

 

Segundo o deputado, essas quatro áreas, na qual o estado foi dividido, cujo projeto é intitulado de Investimento em Assistência em Obstetrícia e partos de alto risco ou alta complexidade, proporcionará a construção de maternidades.

 

Inicialmente, seriam beneficiadas as cidades de Caruaru e Jaboatão, depois Serra Talhada e Petrolina. Ainda para o deputado, o que está sendo construído em Caruaru não é um hospital e sim uma maternidade, onde afirmou: “Não é um hospital a mais em Caruaru, é uma maternidade que vai atender todo o raio do agreste, dos três agrestes pernambucanos e Caruaru foi a escolhida por ser a maior cidade dos agrestes”.

 

O deputado também falou que haverá uma central de regulação, que funcionará 24 horas, onde mulheres com gestação de alto risco daqui da cidade, que necessitem de cirurgias, poderão ser encaminhadas para essa qualquer hospital que ofereça esses serviços.

 

Sobre os criticados aplausos no ato da assinatura da ordem de serviço, o deputado afirmou: “Eu quero dizer que não fui ali simplesmente aplaudir o governador porque estava fazendo um hospital a mais em Caruaru e não estava fazendo em Santa cruz do Capibaribe. Eu quero deixar bem claro que tudo o que esse governo fizer de bom, eu vou aplaudir”, finalizou.

 

Resposta do Blog

Mesmo respeitando as críticas do deputado, o Blog do Ney Lima sustenta sua posição em relação ao tema.

Processo eleitoral terá 6068 eleitores a mais que em 2008

 

A Capital da Sulanca apresentou crescimento, na quantidade de eleitores, para esse ano.

 

Segundo dados obtidos no site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE), em 2010, Santa Cruz tinha um total de 50.042 eleitores.

 

Em informações fornecidas por Ariadnny Vasconcelos, Chefe do Cartório Eleitoral, após o fim das inscrições de títulos eleitorais, Santa Cruz atingiu o total de 53.447 eleitores aptos para votar nas próximas eleições.

 

Isso representa um crescimento de 6,8% em relação ao pleito anterior, em que se realizaram as eleições nacionais para Presidente, Governador, Senador e Deputados Federais e Estaduais.

 

Na ultima eleição para prefeito, realizada em 2008, a cidade possuia 47. 379 eleitores aptos a votar.

 

Comparando 2008 e 2012, a taxa de eleitores cresceu 12,8%.

 

Comparado com a diferença de votos entre os candidatos, nas eleições de 2008, Toinho ganhou com 2.991 votos de vantagem em relação a Edson Vieira, sendo que a cidade ganhou, em 4 anos, 6068 votos a mais, o que irá representar mais trabalho e empenho para os candidatos em 2012.

 

 

Do Blog Diário da Sulanca

 

O juiz Tito Lívio Monteiro, da Primeira Vara Cível de Santa Cruz, convocou o deputado federal para uma audiência preliminar no próximo dia 05 de junho sobre a Ação Cível de Improbidade Administrativa. José Augusto é réu no “Caso da Merenda” junto com o vice-prefeito José Elias, o empresário e filho do vice-prefeito, José Alexsandro de Araújo e os membros da comissão de licitação: Severino Manoel de França, Gislaine Ramos de Araújo, Josemar Clemente da Silva, Roberto José Lima Aragão e Helder Viegas Monteiro de Carvalho.

 

Com a proximidade das convenções dos partidos, o processo eleitoral de Santa Cruz já está ganhando mais corpo. A Chapa de oposição já está definida, mas a de situação ainda não.

 

Pelo grupo taboquinha, pesquisas foram feitas, mas o resultado quantitativo e qualitativo que tanto foi falado nelas não teve nenhum efeito, pois no fim, deu o que já se esperava: o nome do deputado federal José Augusto Maia como candidato a prefeito.

 

A pergunta que não quer calar, para a situação atual dos taboquinhas é: “E agora José… Será que vai?”

 

Conforme citado ontem em mais uma reunião ordinária da Câmara de vereadores, não só pelo nome do presidente da casa, mas também de outros vereadores, o Deputado federal terá uma grande batalha pela frente para oficializar sua candidatura.

 

Esse desafio irá começar no próximo dia 05, quando passará por uma audiência judicial sobre o processo do escandalo das merendas escolares e também das contas rejeitadas, o que o qualifica como não apto a concorrer no próximo processo eleitoral, por Improbidade Administrativa.

 

Agora é esperar se realmente o nome de Zé será levado adiante, pois há muita especulação de que ele também poderia ser utilizado como trampolim político para indicação de outro nome na chapa. Caso o deputado não possa concorrer, será que os pré-candidatos de antes terão a mesma força e manterão a unidade de grupo, tão citada por eles? Só resta ao eleitor esperar e ver.

Confira as melhores frases ditas pelos vereadores em mais uma reunião da Câmara Municipal:

 

“Depois de sete anos e meio ele resolveu fiscalizar. Na questão da merenda, qual foi a posição dele nessa casa? Ficou no papel de fiscalizador ou ficou ao lado de quem desviou os recursos públicos? Na questão dos calçamentos dessa cidade, qual foi a posição do vereador Ernesto Maia? Ficou ao lado do povo ou ao lado de quem desviou o dinheiro público?” – Vereador Afrânio marques, dirigindo a palavra a Ernesto Maia sobre sua função de fiscalizar o governo de seu tio, o ex-prefeito José Augusto Maia.

 

“O deputado federal, que diz ser pré-candidato, deve ter uma qualidade melhor do que essas criaturas que estão dizendo que são pré-candidatos. O deputado federal, que vai ser ouvido dia 05, tem uma vasta quantidade de processos na justiça, uma vasta quantidade de contas rejeitadas, mas tem mais qualidade do que essas quatro criaturas que disseram que eram pré-candidatos” – Vereador Junior Gomes, se dirigindo aos 4 pré-candidatos, falando sobre a audiencia que terá José Augusto Maia respondendo a processos de desvio de dinheiro público.

 

“A justiça tem uma venda bem grande, não enxerga. O que acontece é que, quando for julgar, tirar a venda, ai tá uma penalidade a uma pessoa que comprou voto, que deu jegue, comprou jegue, rinchou jegue… Esse é bom, esse é novo, é o moderno. Vai rinchar jegue pra caramba nessa prefeitura, se é que ele chega”. – Vereador Fernando Aragão, falando da morosidade da justiça em julgar as acusações contra o deputado Edson Vieira.

 

“Há vários meses, Santa Cruz não dispõe de um equipamento para fazer essa contagem. Várias cirurgias já foram adiadas, pois os médicos não podem fazer uma cirurgia, se esse aparelho está quebrado”. – Vereador Dimas Dantas, falando sobre a falta de equipamentos para realização de exames de sangue.

 

“Quero dizer que, quando o vereador Junior Gomes falou do meu índice de rejeição, eu acho que Junior está meio esquecido que o campeão de rejeição aqui em santa cruz do Capibaribe é Edson Vieira, que perdeu todas as eleições que disputou”. – Vereador Ernesto Maia, rebatendo as acusações de que tem forte rejeição popular.

 

“Cinco pessoas que foram beneficiadas, na região da Magana, eram quatro pessoas ligadas ao deputado estadual Edson Vieira e Diogo e um ligado ao nosso grupo”. – Vereador Deomedes Brito, falando sobre possivel beneficiamento de agricultores, partidários do grupo de oposição.

 

“Ainda bem que tem gente morando lá. O lugar só não caiu porque tem aquelas pessoas”. Vereador Zezim Buxin, referindo-se a denuncia de que o posto de saúde da Magana estaria sendo usado como residência.

 

“O senhor chega nessa questão das horas-máquina sabe pra quê, população de Santa Cruz do Capibaribe, pra desviar o verdadeiro foco. Há três semanas atrás, o deputado foi condenado a devolver quase 500 mil reais que foi desviado dos cofres públicos da prefeitura, dentro do processo da merenda escolar. Pra desviar o foco de um Ficha-suja é difícil”. – Vereador Francisco Ricardo, dirigindo a palavra a Ernesto Maia sobre o projeto Terra-pronta, do governo estadual.

 

“Eu já disse, a respeito do hospital, quem vai responder aos senhores e a justiça e é ela quem vai resolver. O Ministério Público deve responder aos senhores se é justo, se está superfaturado… Isso a justiça vai responder”.  – Vereador Doutor Nanau dirigindo-se a Junior Gomes, quando indagado sobre um prédio e uma ambulancia, que foram alugados a prefeitura para construção de um laboratório de exames e transporte de doentes, cujos serviços não estaço em  funcionamento.

 

Quer conferir mais, leia o post “Resumão da Câmara”, logo abaixo.

 

Em mais uma sessão, realizada ontem (15/05) na Câmara Municipal de vereadores, discursaram nove dos dez vereadores. Em pauta, foram levantadas diversas questões como o projeto Terra Pronta, a Candidatura de José Augusto Maia pelos Taboquinhas, a impossibilidade dessa candidatura devido a lei do “Ficha Limpa” e também a Audiência a ser realizada no próximo dia 05, no quando o deputado federal estará respondendo sobre Improbidade Administrativa, sob a acusação de desvio de recursos públicos no caso da Merenda escolar.

 

Confira agora o resumo dos discursos de cada um dos vereadores:

 

1) Afrânio Marques (PSDB)

 

Abrindo a noite de discursos da câmara municipal de vereadores, o vereador falou sobre sua presença na festa da COHAB e no forró do EJC. Afrânio elogiou a festa do EJC, citando que os jovens se divertiram sem o consumo de álcool “Foi uma festa muito boa e isso me chamou atenção, pois não havia bebida alcoólica e que a alegria é uma questão natural”, afirmou.

 

O vereador falou também de seu encontro com o secretário de infraestrutura Fabiano Glicério, sobre a sua cobrança na delimitação das áreas públicas em santa cruz do Capibaribe. O vereador citou também que, segundo Fabiano Glicério, a demarcação das áreas públicas irá começar a partir de amanhã, começando em frente à escola Albert Einstein.

 

Afrânio, no seu discurso, falou também sobre uma audiência convocada pelo Juiz Tito Lívio para o dia 06 de junho, cuja pauta será, segundo o vereador “para tratar exatamente dos escândalos da merenda”, referindo-se ao processo que José Augusto Maia responde na Justiça. Afrânio também questionou sobre os trabalhos desempenhados pelo Conselho Municipal de Saúde sobre as denuncias de cirurgias plásticas feitas em caráter estético e não corretivo.

 

Afrânio falou também sobre as dificuldades da criação do Conselho da Juventude, citando que “Desde 2001, tentamos colocar o Conselho de Juventude em prática, para que realmente tenha políticas públicas para a Juventude”.

Afrânio também dirigiu seu discurso para o vereador Ernesto Maia, focando o tema da reunião, que contou com a presença de Edson Vieira e Diogo Morais, sobre o destino das Horas Máquina que seriam destinadas para os agricultores.

 

Afrânio cobrou de Ernesto Maia documentos que fala sobre a folha de pagamento de algumas secretarias e das atas de ampliação do Moda Center. Na ocasião do discurso, Afrânio atacou também a secretária de educação Socorro Maia, onde afirmou: “Quando vossa excelência trouxer a questão da relação da lista da folha de pagamento, onde sua mãe recebe quase nove mil reais, é a marajá do município. Quando vossa excelência trouxer as atas da ampliação do Moda Center e o nome de sua empresa, ai eu darei um aparte a vossa excelência”.

 

O vereador continuou atacando o vereador Ernesto Maia sobre a sua condição de fiscalizador, afirmando que “Depois de sete anos e meio ele resolveu fiscalizar. Na questão da merenda, qual foi a posição dele nessa casa? Ficou no papel de fiscalizador ou ficou ao lado de quem desviou os recursos públicos? Na questão dos calçamentos dessa cidade, qual foi a posição do vereador Ernesto Maia? Ficou ao lado do povo ou ao lado de quem desviou o dinheiro público?”.

 

Ainda segundo o vereador, a tentativa de alguns políticos em querer dar continuidade no governo “É para favorecimento próprio”. Na mesma fala, ele atacou José augusto maia dizendo: “Se a prefeitura está pobre, mas, com certeza, o tio de Ernesto está muito Rico”.

 

2) Junior Gomes (PSB)

O vereador começou seu discurso parabenizando o refeito pelos homenageados no São João desse ano, enfatizando a contribuição dos mesmos para a cultura da cidade e região. O vereador falou também sobre a escolha do candidato dos taboquinhas nas eleições, citando que isso seria uma manobra para inviabilizar uma possível candidatura de Toinho a reeleição. Sobre isso, o vereador afirmou: “A cada vez que o prefeito tenta tomar um folegozinho, ai vem o deputado federal e diz aos quatro cantos da cidade que é candidato a prefeito do grupo taboquinha”.

 

Junior Gomes falou também sobre os trabalhos feitos pelos 4 pré-candidatos do grupo a cabeça da majoritária e seus gastos com divulgação, reuniões, panfletos e eventos em prol de suas possíveis candidaturas. Na mesma fala, falou também da pesquisa realizada pelo grupo taboquinha, que apontaria quem deveria ser o pré-candidato e, segundo ele, da forte rejeição popular de Ernesto Maia. Citou também que a pesquisa não seria definida pelo povo, onde afirmou: “O fato é que não teve pesquisa coisa nenhuma. Aliás, até teve, mas o resultado é do jeito, como diz Fernando Aragão, que o chefe quer”.

 

Ainda na mesma fala, Junior Gomes falou sobre os aspectos da pesquisa e disparou para os pré-candidatos sobre o nome de José Augusto Maia para as eleições: “O deputado federal, que diz ser pré-candidato, deve ter uma qualidade melhor do que essas criaturas que estão dizendo que são pré-candidatos. O deputado federal, que vai ser ouvido dia 05, tem uma vasta quantidade de processos na justiça, uma vasta quantidade de contas rejeitadas, mas tem mais qualidade do que essas quatro criaturas que disseram que eram pré-candidatos”, finalizou o vereador.

 

Junior também disparou que os vereadores Fernando Aragão e Doutor Nanau seriam capachos do deputado federal José Augusto Maia, onde disparou: “Está mais do que provado: são capachos mesmo. São capachos de primeira linha. Como diz no dicionário, é um tapete que a gente pisa, é um tapete sujo, que a gente vai lá e limpa os pés”, finalizou.

 

Junior citou que a tentativa de José Augusto Maia ser candidato a prefeito, seria uma manobra para acalmar a pressão exercida no grupo taboquinha e que, nas próximas convenções, ele renunciaria a candidatura e indicaria alguém no seu lugar e para o vereador, “essa estratégia seria um tiro no pé”.

 

 

3) Fernando Aragão (PTB)

 

Fernando iniciou seu discurso rebatendo o vereador Junior Gomes de que ele seria um capacho de José Augusto, afirmando que “Eu tenho certeza que disse aqui que era capacho do trabalho. Agora se o senhor quer colocar o nome de Zé, o problema é seu!”.

 

Na mesma fala, Fernando continuou seu ataque: “Eu não precisei ficar de galho em galho, pulando daqui para acolá… Votar contra o governador, esculhambar contra o governador… Andar com burro, com bonecos, querendo aparecer, querendo ser um palhaço para o povo de Santa Cruz do Capibaribe, em nome de partido”, referindo-se, segundo o vereador, a vontade de Junior Gomes querer concorrer como vice-prefeito junto com Edson Vieira.

 

Ainda continuando seus ataques, Fernando Aragão colocou em xeque a possibilidade de Junior Gomes voltar a câmara nas próximas eleições, onde afirmou: “Com o discurso ridículo que o senhor tem, o senhor não voltará a essa casa. O senhor se cuide, eu tenho quatro mandatos. O senhor vai ter que rebolar muito e, se não gastar, não chega”, finalizou.

 

Fernando Aragão também aproveitou para falar da justiça brasileira, se referindo ao caso de Edson Vieira ser também acusado de compra de votos. Nisso, Fernando disparou “A justiça tem uma venda bem grande, não enxerga. O que acontece é que, quando for julgar, tirar a venda, ai tá uma penalidade a uma pessoa que comprou voto, que deu jegue, comprou jegue, rinchou jegue… Esse é bom, esse é novo, é o moderno. Vai rinchar jegue pra caramba nessa prefeitura, se é que ele chega”.

 

4) Dimas Dantas (PP)

 

Dimas falou no seu discurso as denuncias sobre a falta de aparelhos que fazem exames de hemograma completo, que deveriam ser feitos aqui em Santa Cruz. Dimas citou como exemplo de que, uma pessoa que tenha um caso de dengue e que necessite fazer a contagem de plaquetas no sangue, santa cruz não poderia realizar tal exame, onde afirmou que “Há vários meses, Santa Cruz não dispõe de um equipamento para fazer essa contagem. Várias cirurgias já foram adiadas, pois os médicos não podem fazer uma cirurgia, se esse aparelho está quebrado”.

 

Dimas também falou da sua presença na Associação da Magana, sobre a questão das horas-máquina para o projeto Terra-Pronta e de que haveria favorecimento de algumas pessoas no projeto. Segundo o vereador, “Essa questão não tem sido tratado como deveria”. Dimas concordou também com o pedido de Ernesto Maia sobre a criação de uma CPI para essa questão, afirmando que “Concordo com o vereador Ernesto que se deve criar uma CPI, de modo a passar a limpo essas questões”, finalizou.

 

 

5) Ernesto Maia (PTB)

Ernesto começou rebatendo as afirmações de Afrânio, falando de sua trajetória como confeccionista e como criador da CDL e da ASCAP. O vereador também indagou Afrânio se seria um crime ser vereador e ter uma empresa. Na mesma fala, atacou também Edson Vieira e também Diogo Moraes sobre quais seriam suas atividades comerciais.

 

Ernesto também citou que o vereador Afrânio, em meio de denuncia, estava prestando serviço a Câmara por meio da gráfica da qual é proprietário, onde Francisco Ricardo desmentiu Ernesto afirmando que “Na minha gestão, como presidente, não foi encontrado nada”.

 

Ernesto falou que recebeu uma informação de uma denuncia e solicitou, verbalmente, que Francisco Ricardo lhe repassasse quais as empresas que prestaram serviços de gráficas na sua gestão, afirmando que “A denuncia que chegou agora é muito mais grave, mas vamos apurar direitinho. Quero a relação dessa lista (das gráficas) que o senhor vai me passar e ai sim, se for verdade, vai ter muita diferença”.

 

Ernesto também questionou Afrânio sobre o questionamento do mesmo sobre o salário que sua mãe, a atua secretária de educação, receberia da prefeitura e também da folha salarial da Secretaria. Para Ernesto, é necessário a manutenção, em sigilo financeiro, do nome das pessoas e quanto elas ganham, mas poderia dizer como é o calculo dos salários.

 

Segundo Ernesto, segundo a procuradoria do município, “Qualquer pessoa que divulgue está apto a receber um processo, justamente por quebra desse sigilo financeiro”. Ernesto defendeu sua mãe, dizendo que ela funcionária concursada e que receberia um salário de Secretária de 4500 reais e 2884 reais como concursada como professora e as vantagens salariais comuns a funcionários públicos.

 

Para Ernesto, Afrânio também ficaria próximo desse salário de Socorro Maia, denunciado por ele, próximo a 9000 reais, caso estivesse trabalhando como professor na rede publica de ensino. Ernesto denunciou que o professor Afrânio, quando era professor, colocava pessoas para dar aula em seu lugar e pagava a eles menos e depois ficaria com a diferença quando recebia seu salário e que essa iniciativa teria acabado graça a gestão de Eduardo Campos.

 

Ernesto questionou as falas de Junior Gomes sobre a atuação dos conselhos aqui da cidade e também sobre o seu suposto índice de rejeição. Sobre isso, Ernesto disparou contra Junior a seguinte frase: “Quero dizer que, quando o vereador Junior Gomes falou do meu índice de rejeição, eu acho que Junior está meio esquecido que o campeão de rejeição aqui em santa cruz do Capibaribe é Edson Vieira, que perdeu todas as eleições que disputou”.

 

 

6) Deomedes Brito (PT)

 

Abriu seu discurso falando sobre o funcionamento do conselho rural da cidade, de suas reuniões e destinação de recursos para os produtores rurais. Deomedes também denunciou que houve o favorecimento de horas-maquinas, no projeto Terra Pronta, a alguns produtores rurais da Magana, onde afirmou: “Cinco pessoas que foram beneficiadas, na região da Magana, eram quatro pessoas ligadas ao deputado estadual Edson Vieira e Diogo e um ligado ao nosso grupo”.

 

Deomedes citou que as reuniões foram feitas somente com os deputados e os vereadores de oposição e que não teve a participação das outras associações de agricultores, citando o Pará, Poço Fundo e outras e que esses recursos já estariam destinados previamente.

 

Francisco Ricardo pediu a palavra e rebateu as acusações de Deomedes, citando que não houve a premeditação dos recursos, onde afirmou que “Eu acho que o senhor precisa ter cuidado para não tentar adivinhar o que os outros pensam. É complicado a gente ter bola de cristal e adivinhar o que o senhor está pensando. Como o senhor sabe que já foram lá (na reunião), estando certos do que já iam fazer?”.

 

Deomedes também rebateu as palavras do Vereador Francisco Ricardo, dizendo que não se pode haver reuniões como essa, somente uma ala política, já que se trata de recursos vindos do estado.

 

7) Zezin Buxin (PSDB)

 

O vereador falou, em seu discurso, na falta de sinalização nas obras que ainda estão inacabadas na cidade, citando o grande número de acidentes e outros problemas, afirmando que há falta de competência por parte dos responsáveis. O vereador afirmou  “A gente vem brigando, ao longo do tempo, preocupados com o básico e nada acontece. Não tem como justificar a falta dessa sinalização dentro do município”.

 

O vereador também falou sobre o projeto Terra Pronta, rebatendo as acusações de que o projeto, na forma como foi dividido as horas máquinas para os agricultores da Magana, estaria sendo tendencioso a determinado grupo político. Zezinho também citou o não funcionamento do posto de saúde daquela localidade e que pessoas estariam morando no local. Afirmou também que “Ainda bem que tem gente morando lá. O lugar só não caiu porque tem aquelas pessoas”.

 

Zezinho também cobrou que essas divisões das horas máquinas sejam apuradas, de forma mostrar que, havendo erros, “nós teremos a capacidade de afirmar que está errado ou discordar dos erros”, finalizou.

 

8 ) Francisco Ricardo (PSDB)

 

O vereador focou seu discurso na denuncia sobre a academia das cidades na vila da cohab, onde houve o furto de materiais usados pelos frequentadores como dominós, jogos de damas e redes. Falou também da ausência de médicos e que também da ausência de um funcionário desde o dia 21/10/11, que não comparece. Francisco Ricardo pediu para que Ernesto, a quem chamou de “Responsável Maior daquela academia”, que ele apresentasse o funcionário que não comparece desde o ano passado.

 

Outra questão focada pelo vereador foi a questão das 2 mil horas máquinas conseguidas por Santa Cruz. Na mesma fala, Francisco Ricardo que não houve favorecimento de pessoas por conta de grupo político e dirigiu sua palavra ao vereador Ernesto Maia, onde afirmou: “Quem gosta de beneficiar os correligionários são vossas excelências! Tem 1200 funcionários contratados nas quais, a palavra de Galego de Mourinha, 70% são vagabundos e recebem dinheiro sem trabalhar”.

 

Francisco Ricardo abordou o tema da Audiência que será realizada no próximo dia 05 de junho, na qual o deputado federal José Augusto Maia responde pelo processo de desvio de recursos públicos e Improbidade Administrativa. Sobre isso, o vereador afirmou: “O senhor chega nessa questão das horas-máquina sabe pra quê, população de Santa Cruz do Capibaribe, pra desviar o verdadeiro foco. Há três semanas atrás, o deputado foi condenado a devolver quase 500 mil reais que foi desviado dos cofres públicos da prefeitura, dentro do processo da merenda escolar. Pra desviar o foco de um Ficha-suja é difícil”.

 

Francisco Ricardo questionou a legalidade da candidatura de José Augusto Maia, onde afirmou “O deputado tá correndo pra ver se é candidato. Ia se lançar sábado, mas não deu certo ainda onde ele tá tentando… Pode até ser que seja tudo é possível, mas a população de Santa Cruz vai saber”.

 

Francisco citou as contas rejeitadas, especialmente quanto ao pagamento de salários de funcionários do ultimo mês do seu mandato e que não pagou, comprovado nas contas.

 

Francisco Ricardo também citou a pesquisa quantitativa e qualitativa, supostamente realizada pelo grupo taboquinha e falou que os resultados apontavam, como melhor candidato, Fernando Aragão.

 

O vereador também defendeu o prefeito Toinho do Pará sobre as recentes denuncias, feitas contra ele, no caso da Bernardo Vidal Consultoria, afirmando que “Se hoje existe uma pessoa aqui em santa cruz e o que estão fazendo com ela, chama-se o prefeito Toinho do Pará. Isso foi desde o início. O prefeito Toinho, na prestação de contas de 2010, tá sendo rejeitada pra devolver 550 mil, de uma assessoria jurídica montada pelo ex-prefeito na atual prefeitura, porque os cargos principais na prefeitura continuaram como no ex-prefeito. Haja visto a Secretária de Educação, que está a 12 anos lá e está muito bem, fazendo o que quer”, finalizou.

 

9) Doutor Nanau (PTB)

 

Nanau iniciou seu discurso parabenizando os homenageados do São João desse ano, falando de suas contribuições para a cultura não só de Santa Crua, mas de toda região. Nanau também falou sobre os avanços da saúde e cobrou, tanto dos vereadores da oposição e da situação um maior empenho para conseguir iniciativas do governo do estado para a melhoria da saúde, que estavam beneficiando Caruaru e não aqui.

 

Na ocasião, Junior Gomes fez o uso da palavra e indagou o vereador sobre o aluguel de um imóvel e de uma ambulância, de sua propriedade, para a realização de exames laboratoriais e condução de doentes, respectivamente. Junior Gomes perguntou para Nanau se ele achava certo que um laboratório e uma ambulância que, segundo o vereador, não fazem exames e não funcionam. Nanau afirmou: “Eu já disse, a respeito do hospital, quem vai responder aos senhores e a justiça e é ela quem vai resolver. O Ministério Público deve responder aos senhores se é justo, se está superfaturado… Isso a justiça vai responder”.

 

Ao final dos debates, houve uma grande discussão entre os vereadores sobre um requerimento enviado ao Presidente da Câmara, pela Bancada de Situação, sobre a reunião só teve a participação da Associação de Produtores Rurais, sobre a divisão das horas-máquina aos agricultores e que também pedia a lista dos beneficiados no projeto, reunião em que também estavam presentes o vereador Francisco Ricardo e os deputados Edson Vieira e Diogo Morais.

 

A confusão começou quando, na leitura do requerimento, Francisco Ricardo entendeu que o requerimento acusava diretamente a oposição, cuja alegação de que não houve o contato dos representantes da situação e demais associações na reunião e que fizeram sozinhos a divisão das horas-máquina, beneficiando, segundo o requerimento, partidários de Diogo Morais e Edson Vieira.

 

O requerimento, que naturalmente é votado e aprovado, não foi aceito, sob a alegação de que o mesmo deveria ser redigido novamente, de modo a retirar as possíveis acusações que estavam escritas.

 

 

 

O humorista paraibano Nairon Barreto, popularmente conhecido por Zé Lezin, estará se apresentando este mês em Santa Cruz do Capibaribe. O humorista apresentará o novo show “em ano de eleição”. Qualquer semelhança com a política local será mera conhecidencia.

 

Governador anuncia mais um hospital para Caruaru

 

O Governo do Estado lançou, nesta segunda-feira (14/05), o Plano de Investimento em Assistência Obstétrica de Alto Risco. Serão investidos 81 milhões de reais no projeto que comtempla vários municípios. A maior parte de investimento, cerca de 41 milhões de reais, no entanto, será utilizada na construção do Hospital da Mulher, que será construído em Caruaru. A unidade contará com 160 leitos, sendo 36 de Alto Risco e outros 30 de UTI Adulto e Neonatal.

 

Caruaru merece as ações que estão sendo anunciadas e executadas pelo Governo do Estado. Porém, Santa Cruz do Capibaribe que, junto com distrito de São Domingos de Brejo da Madre de Deus, conta com mais de 100 mil habitantes, há anos clama por uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

 

 

 

Deputado federal eleito com votos de Santa Cruz do Capibaribe aplaude

José Augusto Maia aplaude anúncio de mais um hospital para Caruaru

 

Enquanto a cidade de Caruaru é contemplada com várias obras, as ações voltadas para a Saúde em Santa Cruz do Capibaribe, durante o Governo de Eduardo Campos, simplesmente não aconteceram.

 

Mas na cerimônia de ontem, no Salão das Bandeiras, no Palácio do Campo das Princesas, o deputado federal, eleito com os votos de Santa Cruz do Capibaribe, José Augusto Maia (PTB), aplaudiu o anúncio do novo hospital para Caruaru. Desta forma, o governador parece não saber sobre a insatisfação da população de Santa Cruz do Capibaribe.

 

Na campanha eleitoral passada, José Augusto Maia prometeu lutar por um hospital regional para Santa Cruz.

 

 

União dos deputados estaduais em Santa Cruz não gerou ações para a Saúde

 

Deputados estaduais se uniram, mas não conseguiram obras para a Saúde

 

A união dos deputados estaduais Diogo Moraes (PSB) e Edson Vieira (PSDB), anunciada em setembro de 2011, parece não gerar os efeitos anunciados.  Oito meses após a união, percebe-se que, na Saúde, nenhuma nova obra foi anunciada.

 

Vale lembrar que nas campanhas políticas que elegeram os dois deputados, em 2010, a luta por um hospital microrregional para Santa Cruz do Capibaribe, foi amplamente prometida.

Uma esmolinha pelo amor de Deus

 

Caruaru vive um momento muito especial no que diz respeito a crescimento com infraestrutura. A cidade recebe em todas as áreas investimentos pesados do Governo do Estado e ainda recebe investimentos do setor privado, conseguidos pelo governo. Para vocês terem uma ideia, na última semana, a cidade foi comtemplada com duas fábricas,  investimentos orçados em bilhões de reais.

 

A população daquela cidade merece os investimentos que estão sendo feitos e os políticos têm demostrado força para captar cada vez mais recursos. Enquanto Caruaru se deleita numa mesa farta, nós desta terra, também importante para o Polo de Confecções, temos que nos contentar com as poucas migalhas que caem da mesa do Governo do Estado. A nossa cidade carece de investimentos em todas as áreas mas o nosso governador não tem olhado para nós com o mesmo carinho com que olha para caruaru.

 

Os políticos de Santa Cruz se contentam apenas em discutir se o governador sobe no palanque vermelho ou azul ou se vem para participar ativamente ou não da campanha política. Os embates aqui são para saber quem é mais próximo do governador. Com as duas alas partidárias ao seu favor (mesmo já tendo dado várias demonstrações de que é contra o grupo de situação), Eduardo não se sente pressionado a fazer nada por nossa terra. Os três deputados não se pronunciam para cobrar do governo e, assim, nossa população segue pedindo… ♫♫…uma esmolinha pelo amor de Deus…♫♫, Eduardo Campos.

 

Ralph Lagos

Vem aí…. O mesmo Zé! 

 

 

Afirmações de José Augusto confirmam pré-candidatura

 

As últimas afirmações do deputado federal José Augusto Maia (PTB)  demonstram a sua quase inquestionável disposição para disputar a eleição deste ano. No último sábado (12), em seu programa semanal, na rádio Polo FM, Zé Augusto foi taxativo quando disse aos quatro pré-candidatos que seu nome estaria na disputa.

 

A reação dos eleitores do Grupo Taboquinha foi quase que instantânea. Nas redes sociais, nas ruas, o nome de José Augusto Maia foi citado com muita comemoração. Qualquer impossibilidade ou desistência de José Augusto será semelhante a um “balde de água fria” derramado na cabeça dos eleitores.

 

Classe política duvidosa

 

Em conversa com alguns vereadores e pré-candidatos a vereador, dos dois grupos políticos, o Blog do Ney Lima constatou que a maior parte está duvidando que José Augusto seja mesmo candidato a prefeito, já que o mesmo tem contas rejeitadas pela Câmara.

 

E onde fica a lei?

 

O Grupo Taboquinha tem dado aula para o Brasil de como se faz manobras políticas. Elas ocorreram tanto na campanha do próprio José Augusto a deputado federal quanto na disputa pela presidência da Câmara de Vereadores.  Algumas manobras deram certo, outras não.

 

Resta saber qual manobra vai se tentar para obtenção do registro da candidatura a prefeito de José Augusto.

 

A difícil escolha do vice

 

Caso Ernando Silvestre não aceite a proposta de ser candidato a vice de José Augusto, outra novela vai começar. A escolha do vice terá o mesmo peso da escolha do pré-candidato a prefeito. Caso José Augusto Maia sustente a candidatura e vença a eleição, o vice assumirá a prefeitura após um ano e meio, para que José Augusto tente voltar à Câmara Federal.

 

Blog do Ney Lima apontou o caminho

 

Desde o final do ano passado, o editor deste blog vem apontando a possibilidade de José Augusto Maia ser candidato a prefeito.

 

Nas entrevistas coletivas dos pré-candidatos, ocorridas em dezembro do ano passado, nossas perguntas foram direcionadas neste sentido.

 

Em março deste ano, quando consultado pelo colega Marcondes Moreno, do Blog Sulanca News, o editor deste blog afirmou que o candidato seria José Augusto Maia.

 

 

No início de abril, destacamos as articulações secretas que poderiam resultar em uma pré-candidatura temporária de José Augusto a prefeito.

 

 

 

Na semana passada, de forma sutil, o Blog do Ney Lima antecipou que José Augusto se anunciaria pré-candidato a prefeito, e revelamos detalhes das negociações que estão ocorrendo para a escolha do pré-candidato a vice.

 

 

Continue acessando o Blog do Ney Lima. Neste ano eleitoral, continuaremos realizando uma ampla cobertura dos fatos. Revelando detalhes dos bastidores da política e expondo a realidade da forma que precisa ser dita!

Algumas atrações do São João 2012 em Santa Cruz do Capibaribe

  • Dia 12/06  Forró dos Plays

  • Dia 23/06 Capim com Mel

  • Dia 24/06  Gatinha Manhosa

  • Dia 29/06  Léo Magalhães


    Brevemente, a prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe estará divulgando a programação completa do São João 2012.

 

Foto: Arquivo de Nenem

 

O Blog do Ney Lima promoveu mais um desafio para os seus leitores, em que eles deveriam dizer quem era o candidato da foto acima. O candidato é Klynger Dantas, irmão do pré-candidato a vice prefeito Dimas Dantas.

 

Klynger concorreu, para vereador, na eleição realizada no ano de 1993. O prefeito eleito naquela eleição foi Raimundo Francelino Aragão Filho.

 

Com um total de 67 pessoas opinando no desafio, o vencedor foi o leitor Aldair Tibúrcio. Ele ganhou um kit oferecido pela Visual Wave.

 

Parabéns Aldair, você pode buscar seu prêmio na Rádio Comunidade FM! Em breve, o Blog lançará mais um desafio aos leitores. Fiquem ligados!

 

Aldair Tibúrcio foi o Vencedor do Desafio do Blog.

O prefeito Toinho do Pará (PTB) definiu os homenageados do São João 2012 em Santa Cruz do Capibaribe.

Neidinha de Dedé e Bento da Zabumba foram os escolhidos para representar o São João de todos os santa-cruzenses.

Duas justas homenagens! 

Do Blog de Inaldo Sampaio

 

Adiado de novo o lançamento do candidato do PTB à prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe 

 

Por falta de consenso no partido, foi adiado novamente para a “próxima quarta-feira” o lançamento do candidato do PTB à prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe.

 

Há cerca de quatro meses, o deputado federal e principal líder do partido na cidade, José Augusto Maia, diz que o candidato será anunciado na “próxima quarta-feira”. Mas até agora, nada.

 

Nesta sexta-feira, em contato com o Blog, o deputado disse que já foi iniciada a “contagem regressiva” para a definição do candidato, que será ele próprio.

 

Porque, segundo as pesquisas em poder do partido, qualquer um dos quatro que estão postulando a candidatura (o vice José Elias, o bioquímico Dr. Nanau e os vereadores Fernando Aragão e Ernesto Maia) perderia, num confronto direto, para o candidato da oposição Édson Vieira (PSDB).

 

Em mais uma parceria de sucesso com o Sebrae, a Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe (Ascap) está concluindo nesta sexta-feira (11), o curso “Desenvolvimento de Equipes”. O público, que compareceu em grande número, é formado por empresários, líderes e profissionais com responsabilidades sobre gestão de talentos humanos.

 

O curso, nesta edição, ministrado pela instrutora Áurea Malta, baseia-se no conhecimento de aspectos essenciais que envolvem a formação e o desenvolvimento de equipes, tendo como base a confiança, a comunicação transparente, o compartilhamento de funções, dentre outras atribuições e responsabilidades que determinam o sucesso de uma empresa.

 

“Muitas vezes as pessoas não dão a devida importância, mas é fundamental conhecer e colocar em prática esses conceitos para que tenhamos resultados positivos no trabalho em equipe”, disse Marcos Antônio, proprietário da empresa Azul do Mar, fabricante de moda praia.

 

A parceria entre o Sebrae e a Ascap tem contribuído de forma significativa para o desenvolvimento sustentável das empresas de Santa Cruz do Capibaribe, especialmente as de pequeno porte, que qualificam seus profissionais em vários cursos de capacitação desenvolvidos na entidade.

 

Devido ao grande sucesso e aos resultados positivos que a primeira edição do Uniagreste obteve em 2011, o Moda Center Santa Cruz entra na parceria mais uma vez, em prol da qualificação profissional dos empreendedores e colaboradores da nossa região.

O I Uniagreste teve mais de 600 participantes e a expectativa do Senai para este ano é que esse quantitativo seja superado. Em 2012, os cursos acontecerão de segunda à sexta, com um horário mais acessível e, além do material didático e da certificação, será servido um lanche para todos os participantes.

 

É importante que o aluno, caso tenha tomado conhecimento do Uniagreste por meio das notícias enviadas pelo Moda Center, declare isso no ato da inscrição. Desta forma, ele estará fortalecendo ainda mais a parceria do maior centro de confecções da América Latina com uma das maiores instituições do Brasil em Educação profissional.

 

A segunda edição do projeto Uniagreste será executada pelo SENAI Santa Cruz e CESAC (Centro de Ensino Superior Santa Cruz). Além do Moda Center Santa Cruz, outras empresas e instituições fazem parte da parceria.

 

O II Uniagreste promoverá cursos em diversas áreas, repetindo os que foram sucesso de público em 2011, mas também trazendo novas capacitações. Dentre elas, podemos destacar: “Motivação e Criatividade em Vendas”, “Redução do Desperdício na Indústria de Confecções”, “Segurança no Trabalho”, “Customização de Peças do Vestuário”, “Design de Serviços” e muito mais. Em breve divulgaremos a programação completa.

Hoje venho reverenciar a todas as mães, sobretudo, as batalhadoras pela vida, que com sua força e garra, dedicam suas vidas aos seus filhos. O amor de mãe é único, e de certa forma, contempla a todos. Neste dia venho homenagear a todas elas, reconhecendo sua importância na formação de cidadãos.

 

Vereador Deomedes Brito

Continuam os embates políticos em torno da distribuição de ações de combate à seca

 

Na noite de ontem (12), uma reunião no sítio Magana contou com as presenças dos vereadores Deomedes Brito (PTB), Ernesto Maia (PTB), Dimas Dantas (PP) e Zezin Buxim (PSDB).

 

As discursões começaram quando o vereador Deomedes citou a denúncia de que estaria havendo favorecimento político na indicação de poços artesianos e horas/máquinas para pequenos produtores.

 

O vereador Ernesto Maia, que fez a denúncia contra dos deputados estaduais Diogo Moraes (PSB) e Edson Vieira (PSDB), na tribuna da Câmara, na última terça-feira (08), reforçou a fala de Deomedes cobrando explicações do vereador Dimas Dantas (do grupo político dos deputados).

 

As denúncias continuaram quando um popular disse conhecer uma pessoa que teria sido beneficiada com 100 horas/máquinas. Porém, questionado pelo vereador Dimas Dantas a revelar o nome da pessoa, o popular que fez a denúncia negou-se a falar, justificando que não iria “entregar ninguém”.

 

Ernesto Maia afirmou aos agricultores que, na Câmara, vai apresentar requerimento pedindo a relação das pessoas beneficiadas.

Do Blog Sulanca News


O deputado federal José Augusto Maia (PTB-PE) admitiu na manhã deste sábado, pela primeira vez, a possibilidade de sair candidato a prefeito de Santa Cruz do Capibaribe na eleição municipal deste ano.

 

Segundo José Augusto, que participou do programa “Polo em Debate”, na Polo FM, a decisão ainda não foi tomada em torno do nome que representará o bloco situacionista na disputa eleitoral, no entanto, dadas algumas circunstancias o seu nome passa a ser cotado para disputar a eleição.

 

O deputado fez questão de frisar que sua candidatura não foi lançada, mas que de agora em diante, o grupo poderá trabalhar com esta possibilidade. Ele disse ainda que na próxima semana se reunirá com os suplentes de deputado federal, que numa eventual vitória sua nas urnas poderiam assumir seu mandato. “Tenho que sentir firmeza na palavra daqueles que, numa eventual saída minha da Câmara assumam meu mandato. Tenho que sentir dos mesmos, compromisso com a cidade de Santa Cruz do Capibaribe e cidades do Polo de Confecções, que hoje têm um representante em Brasília”.

 

De acordo com José Augusto Maia, na próxima quinta ou sexta-feira ele anunciará a data, quando será divulgado o nome que concorrerá na eleição deste ano, como candidato a prefeito do grupo taboquinha de Santa Cruz do Capibaribe.

Página 2.044 de 2.054« Primeira...1020...2.0432.0442.045...2.050...Última »

Notícias Anteriores