03
janeiro

Point Gospel 05 2016 GIF

.

.

GIF-INSTITUCIONAL-SIGN

03
janeiro

“Se anularem, fazemos de novo; mas ninguém vai mudar seu voto” – afirmam vereadores após polêmica na Câmara de Taquaritinga

cats
Fotos: Thonny Hill e Janielson Santos

Na tarde desta segunda-feira (01) o programa Patrulha do Agreste, da Polo FM, recebeu vereadores do grupo Calabar, de Taquaritinga do Norte. Estiveram nos estúdios o Professor Jurandi (PTB) e também o novo presidente da Casa de Leis, Eraldo da Pedra Preta (PTN).

Os dois foram protagonistas de uma reviravolta política no legislativo daquele município, onde uma articulação feita nos bastidores colocou Eraldo na presidência e Jurandir na vice, graças a contribuição substancial de vereadores oposicionistas.

O nome de Eraldo desagradou o prefeito Lero (PSB), que tinha como preferido a presidência o vereador Geovanne (PR). No momento da eleição e pela falta de um consenso, cinco governistas se retiraram do plenário e alegaram que não haveria quórum suficiente para a votação, que seguiu e resultou na nova composição.

img_4838.

A articulação e a insatisfação dos colegas

img_4832De acordo com o professor Jurandir, a eleição de Eraldo a presidência seria um desejo da população que votou em seu grupo e, segundo ele, ficou sem entender o porquê da resistência dos demais vereadores de sua bancada quanto à escolha.

“Dialogamos o suficiente; procuramos e pedimos para que houvesse o bom-senso de se enxergar o óbvio, o que o povo da rua pedia em cada recanto de Taquaritinga que era a eleição de Eraldo para a presidência da Câmara, mas isso não foi ouvido. Não sei quais questões que moveram, de tal forma, tão forte os colegas que não se teve acordo ou apelo. Então caminhamos. Eraldo tinha o mérito de pleitear essa candidatura; pela vez, seria ele” – disse.

Ainda de acordo com o vereador, o posicionamento foi declarado ao prefeito Lero e que outros caminhos seriam buscados para colocar Eraldo no posto.

“Ele foi o mais votado, deu tudo pelo grupo, rompeu com o prefeito (Evilásio) para ficar com Lero. Ele tinha todo o histórico, fizeram enquetes com a população e o povo queria, era um clamor geral para que ele fosse eleito” – pontuou.

Questionado se os votos da Oposição o colocariam como um integrante de oposição ao atual governo, ele foi enfático, negando a possibilidade. Jurandir citou que o restante da bancada irá recorrer na justiça sobre o resultado da eleição, alegando ilegalidade no processo.

“Se anularem, fazemos de novo, mas ninguém vai mudar seu voto” – pontuou.

.

Panos quentes e acordo com a Oposição para conseguir os votos

img_4847Em entrevista, o novo presidente da Casa falou de seu sentimento em relação a atitude tomada pelos colegas de bancada, contrários ao seu projeto na Câmara.

“Estou de braços abertos, até porque todos ali são colegas. O que temos que fazer é trabalhar, mostrar altura do que Taquaritinga espera: uma câmara competente, com todos trabalhando e o povo vai ver. Não guardo mágoas de ninguém” – disse.

O presidente citou também que fará uma reunião com o prefeito Lero e o ex-prefeito Evilásio para ajustar posicionamentos na Casa de Leis. Questionado se continuaria com a mesma postura no grupo e o que foi prometido para a Oposição dar seus votos ao projeto, o mesmo citou:

“Não vejo motivos para sair do grupo. Na condição, procurei nosso grupo, os cinco vereadores porque já estava com Jurandir, um homem de palavra. Foram praticamente dois meses de conversa, pedindo votos e apoio e que não houve consenso para se aderir o voto a minha pessoa, já que tinha o candidato Geovanne. Para que eu pudesse ter os votos da Oposição e agradeço aos quatro, foi feita a negociação, de última hora, para que o primeiro e segundo secretário na Mesa Diretora (fossem da Oposição), como aconteceu há quatro anos” – pontuou.

.

Negociação para a próxima presidência?

Questionado se o acordo firmado não soaria como uma negociação para a próxima presidência ser de um nome da oposição no biênio 2019-2020, os dois vereadores negaram a existência de tal acordo.

03
janeiro

01-multmalhas-01-2017

 

 

dinamica-matriculas

03
janeiro

Violência que cresce – Número de homicídios em Santa Cruz do Capibaribe em 2016 é maior em relação a 2015

Homicidio1
Foto: Arquivo

Na tarde da última segunda-feira (02) foram divulgados diversos números relacionados ao aumento da violência, com destaque para os homicídios praticados em Santa Cruz do Capibaribe durante o ano de 2016.

Os números foram divulgados pelo investigador Marcelo Malhas, que integra o quadro de policiais civis no município.

De acordo com as informações, os números apontam um acréscimo de nove homicídios em relação ao ano de 2015. No ano passado, 54 pessoas foram assassinadas, número 20% maior em relação ao ano anterior, onde 45 pessoas morreram em decorrência da violência.

Dadas as proporções, os percentuais da violência foram maiores do que Caruaru por exemplo, que registrou um aumento de pouco mais de 6% em relação ao número de assassinatos.

.

Número de latrocínios também cresceu no município

Outros dados preocupantes também foram divulgados pelo policial. O primeiro deles está relacionado ao percentual de mortes esclarecidas pela polícia.

De acordo com ele, dos 54 crimes de assassinatos, cerca de 40% deles foram solucionados pela Delegacia de Homicídios; números que, para o policial, ainda são insuficientes. O mesmo apontou o motivo para esse percentual.

“Isso ainda é pouco; mas dado o número reduzido de policiais, a gente ainda considera isso um resultado positivo” – disse.

O segundo está em relação aos crimes de latrocínio, que é o roubo seguido de morte. De acordo com o policial, mesmo sem expressar percentuais, os números ultrapassaram os registrados no ano anterior.

Marcelo

Marcelo Malhas – Foto: Arquivo.

“Infelizmente, aconteceu alguns casos em 2016. Foram mais do que o ano passado. São crimes de muito difícil solução, já que não existe uma motivação prévia. Orientamos o pessoal que não reajam nesses roubos praticados por criminosos que não tem nada a perder e que, por muito pouco, atiram nas suas vítimas” – pontuou.

.

Violência que não escolhe idade:

Nas fotos abaixo, dois crimes de latrocínio que foram acompanhados pelo blog; o do idoso Edgar Henrique Ramos, de 81 anos, e do jovem Everson da Silva Batista, 20 anos (clique nas imagens para rever as matérias completas).

02

03.

Outra dificuldade: Delegacia de homicídios está sem delegado titular há quatro meses

Foto: Arquivo do Blog.

Delegacia de Santa Cruz – Foto: Arquivo do Blog.

Outro ponto preocupante de acordo com o policial é que Santa Cruz está sem delegado titular, 21ª Delegacia de Homicídios, que funciona no mesmo prédio, há cerca de quatro meses. De acordo com o policial, o município vem sendo atendido por um delegado sediado na cidade de Caruaru e isso tem causado problemas aos trabalhos de investigação.

“Isso dificulta muito, mas muito mesmo, o trabalho como um todo. No entanto, conseguimos uma taxa de resolução (de homicídios) de 40% e, diante de todo o sacrifício, é considerado um número bom” – pontuou.

No mesmo prédio funciona ainda a 4ª Delegacia Regional que tem à frente Dr. Julio Cesar Porto, a 128ª Circunscrição, que tem o delegado titular Dr. Victor Leite, além da delegacia de plantão, onde é feito o rodízio de acordo com a escala do dia.

.

O desabafo e indícios de sobrecarga de trabalho

O policial voltou a destacar a falta de um maior efetivo por parte da 21ª Delegacia de Homicídios e fez um desabafo perante a situação apresentada.

“Diante do quadro muito reduzido de policiais, diante de todas as dificuldades, isso é um número positivo. Imagine quatro policiais trabalhando com 54 homicídios, fora as tentativas e ainda agora o distrito de São Domingos, que está nas nossas costas. Quando se observa a dimensão desse trabalho, esse tanto de trabalho, e ainda se chega a uma taxa de elucidação dessa, pode se considerar isso um número positivo” – concluiu.

03
janeiro

cabo-otavio

 

 

01 verão Rota do Mar 2017

02
janeiro

Blog Magazine – Multmalhas apresenta sua nova e moderna loja para Santa Cruz e todo o Polo de Confecções

img_5064
Equipe Multmalhas aguarda a sua visita no novo endereço, que agora conta com muito conforto e grande estrutura – Fotos: Thonny Hill

A Multmalhas, uma das principais lojas de tecidos de Santa Cruz do Capibaribe e região, ficou ainda melhor para seus clientes e colaboradores. Foi aberta nesta segunda-feira (02) a nova loja da marca, que trouxe para o Polo de Confecções de Pernambuco um novo conceito de se comercializar os tecidos que são tendência em qualquer temporada.

A nova loja da Multmalhas, localizada a Avenida João Francisco Aragão (235 – Centro), conta agora com uma grande e moderna estrutura, contendo confortável sala de espera, ambientação temática, showroom e o melhor: mais de 50 opções em tecidos lisos e estampados.

img_4857

img_4862

img_4864

img_5025

img_5028

img_5039

img_5050

Entre eles os queridinhos Bengalini, Fio Torcido, Jacquard entre outros, além de rendas diferenciadas e Kloquê, fundamentais para quem quer ter sucesso de vendas com produtos diferenciados.

De acordo com o empresário Carlos Antônio da Costa Feitosa, a Multmalhas trouxe para o Polo as principais novidades em tecidos, em especial para quem trabalha no segmento de Moda Feminina.

Sobre a nova loja, o empresário disse:

img_4903

“A nossa loja foi pensada para oferecer o melhor para nosso cliente, de modo a que ele possa se sentir como se estivesse no conforto de sua casa. Trouxemos um mix com diversas opções em tecidos diferenciados e a mudança para este novo local representa um novo passo da nossa empresa, que tem mais de 15 anos de mercado. Evoluímos nossa marca pensando no nosso cliente e convido a todos para que venham visitar nosso espaço. Investimos em um conceito novo, motivador, regional e com elementos populares; tudo para deixar você ainda mais feliz. Fizemos tudo com muito carinho e cuidado, pensando em cada detalhe para todos” – frisou.

Confira de perto as novidades na Multmalhas em seu novo endereço, sempre com muitas novidades e preços incrivelmente baixos!

img_5010

img_4940

.

blog magazine

02
janeiro

00 peça Diogo Moraes 08 2016

 

 

maj-empreendimentos

02
janeiro

Prefeito reeleito reduz secretarias em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste

Número passou de 11 para 8; secretários foram nomeados nesta segunda. Edson Vieira (PSDB) disse que mudança foi para ‘cortar gastos’ no município.

O prefeito reeleito de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, reduziu de 11 para oito o número de secretarias do município. Edson Vieira (PSDB) teve o primeiro compromisso oficial no segundo mandato na manhã desta segunda-feira (2), que foi a nomeação dos novos secretários. Ele tomou posse no domingo (1º).

Vieira explicou que a redução foi para cortar os gastos. “Estamos ajustando alguns cargos de segundo escalão também, para que a gente possa estar junto, cortar gastos, cobrar mais do funcionário”, afirmou.

“O mais importante é que os secretários já estão sabendo do que queremos, já tem uma meta de 100 dias. Que é a meta primordial, que é cortar gastos e fazer mais com menos, porque é isto que está acontecendo no país”, disse o prefeito reeleito.

Edson Vieira foi eleito para o segundo mandato com 50,6% dos votos válidos.

 

 

Fonte: G1 Caruaru e Região / TV Asa Branca

 

 

02
janeiro

Boavistense Atacado

 

 

sport-company-181116

02
janeiro

“Momento de muita emoção”, diz Dida de Nan após posse

img_4619

Foto: Thonny Hill.

Após ser empossado como novo vice-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Dida de Na (PSB), concedeu entrevista à Rádio Polo FM, e falou da sua satisfação, em representar o povo, no poder executivo. Dida costuma relembrar as derrotas eleitorais para o mesmo cargo em 2004 e 2008, não tendo desistido do posto.

“Esse é um momento de muita emoção. Mas, ao mesmo tempo, muita responsabilidade. Sei que vamos enfrentar os desafios, que não são pouco, mas com muita fé em Deus, acredito que juntos unidos, câmara, prefeitura, secretários vamos fazer um bom trabalho e melhorar a vida no município de Santa Cruz do Capibaribe”, falou.

Assim como demais governistas, ele repudiou atitude de adversários em se retirar do plenário, após eleição que definiu a nova mesa diretora.

“Falta de respeito. Não deveria ter acontecido. Não é postura de vereador”, disse.

02
janeiro

JL Construção GIF

.

.

SAM-MARMORES 02 2016

02
janeiro

Câmara de Santa Cruz: Zé Minhoca revela nomes que chegaram na ‘reta final’ para escolha de presidente

img_0766

Foto: Janielson Santos.

Após eleição, na noite desse domingo (01), o novo presidente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, Zé Minhoca (PSDB), revelou que outros dois colegas da base governistas pleitearam o posto até a última reunião do grupo: Ronaldo Pacas (PR) e Dr. Nanau (PSDB).

De acordo com Zé Minhoca, o tempo de trabalho, sua ‘lealdade ao grupo’ e a boa relação com os demais parlamentares, foram fatores decisivos.

“De início éramos sete, mas estava tranquilo. Eu tinha um trunfo extraordinário nas mãos; minha história de 52 anos de luta, de lealdade ao partido”, falou e acrescentou em seguida “Quando pousar o olhar em Santa Cruz vai ver que tem um dedo de Zé Minhoca. Me orgulho de ter apresentado projetos impactantes e importantes para mina cidade”.

Segundo o tucano, os dois colegas foram ‘compreensíveis e sensíveis’ aos seus argumentos.

“Eles cederam, e tá aí a esmagadora votação que tivemos. Foi reflexo do trabalho e, principalmente, do meu relacionamento dentro dessa casa”, falou.

Desagrado

Mesmo se dizendo surpreso pelos votos favoráveis recebidos da oposição (apenas Deomedes e Carlinhos foram contrários), o tucano também se disse incomodado, quando os adversários se retiraram do plenário, após votação.

img_0807

Vereadores de oposição se retiram do plenário.

“Incomodou barbaridade. Foi constrangedor e não esperava que tivessem esse desrespeito, com os presentes. Poderia se manifestar de outra forma”, disse.

Por fim, Zé Minhoca disse estar consciente das suas funções e que o gabinete estará aberto para todos.

02
janeiro

cj-tecidos-10-2016

.

.

pharmapele-10-2016

02
janeiro

Com poucas caras novas, Edson Vieira apresenta nova equipe de governo em Santa Cruz

img_4741

Fotos: Thonny Hill

Na manhã desta segunda-feira (02) foi realizada, na prefeitura municipal de Santa Cruz do Capibaribe, a apresentação e nomeação do novo secretariado do Governo Edson Vieira.

Ao todo, foram apresentados os 27 nomes dos membros do primeiro e segundo escalão do governo, além das novas nomenclaturas de algumas secretarias, que receberam a adição de outras pastas em relação ao governo anterior.

De acordo com o prefeito Edson Vieira (PSDB), as mudanças têm como objetivo principal a redução de gastos na máquina pública, mudanças essas que, segundo a Secretaria Executiva de Comunicação, terão seus números em reais divulgados nas próximas semanas.

img_4765

Durante seu pronunciamento, o prefeito usou, em vários momentos, as palavras “confiança”, “cobrança” e “experiência” mostrando, segundo ele, como será a cara de seu novo governo. Em recente entrevista, o prefeito já adiantou que espera um balanço de cada pasta em até 100 dias.

Sobre seu novo secretariado, ele falou:

img_4747

“É preciso que esta equipe aqui tenha uma interação, que todos se ajudem. Somos um único corpo, um único governo e não se pode ter dois. É um só, que está sendo comandado por mim, por Dida (vice-prefeito), mas também por vocês. A partir do momento que demos a oportunidade de estarem aqui nessa posse, estou entregando a vocês a nossa confiança, um atestado de credibilidade do que a população espera para conosco. Estou feliz da responsabilidade que temos, já que agora estou mais maduro e experiente” – disse.

Após isso, foi realizada uma outra reunião, desta vez a portas fechadas e sem acesso por parte da imprensa. Outras nomeações devem ser realizadas nos próximos dias.

Confira um a um os nomes apresentados e nomeados:

Governo e Ação Social:

secretaria-01

Alessandra Vieira (Secretária), Francisco Ricardo (Secretário Executivo de Articulação Política) e Elizeu Júnior (Secretário Executivo de Governo).

Planejamento, Orçamento e Gestão:

secretaria-02

Priscilla Ferreira (Secretária), Rodrigo Bezerra (Secretário Executivo de Planejamento) e Klaine Melissa (Secretária Executiva de Administração).

Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente:

secretaria-03

Gilson Julião (Secretário), Fábio Aragão (Secretário Executivo de Mobilidade Urbana), Pedro Ramos (Secretário Executivo de Serviços Públicos) e Alex Ancelmo (Secretário Executivo de Obras).

Educação:

secretaria-04

Joselito Pedro (Secretário), Claudenice Dias (Secretária Executiva Administrativa) e Fátima Neves (Secretária Executiva Pedagógica).

Secretaria de Saúde e Secretaria da Receita Municipal

secretaria-05

Helder Breno Feitoza (Secretário de Saúde) e Roberto Soares (Secretário de Receita Municipal) 

Defesa Social:

secretaria-06

Tenente Coronel Sena (Secretário) e Sargento Junior (Secretário Executivo).

Desenvolvimento Econômico e Agricultura:

secretaria-07

Isaac Aragão (Secretário) e Lenildo Araújo (Secretário Executivo de Agricultura).

Gabinete do Prefeito:

secretaria-08

Gilberto Silva (Chefe de Gabinete), Geraldo Moura (Secretário Executivo de Comunicação) e Rubens Monteiro (Secretário Executivo de Esportes).

Procuradoria, Controladoria e Santa Cruz Prev

secretaria-09

Marcelo Diógenes, Bergue Alves e Elaine Silva (Diretora Presidente).

 

Diretoria de Cultura e Coordenadoria de Defesa Civil

cats

Alberto Grillo (Cultura) e Bartol Neves (DC).

 

02
janeiro

Sennor

.

.

01 otica cardeal 07 2016

 

 

02
janeiro

“Postura covarde de quem se diz representante do povo”, critica prefeito Edson Vieira

img_4687

Foto: Thonny Hill.

O prefeito Edson Vieira (PSDB) não poupou críticas a vereadores de oposição, após ato em que abandonaram sessão solene de posse, na Câmara de Vereadores. Para o tucano a atitude foi “covarde e mesquinha”.

Em entrevista à Rádio Polo FM, Edson destacou que já passou por situação contrária e deu posse ao seu principal adversário político, Jose Augusto Maia (PTN), em 2004.

“Falta de respeito, com padres e pastores que estavam presentes. Falta de respeito com o povo. São essas pessoas que querem, um dia, administrar Santa Cruz do Capibaribe?” questionou e continuou “Pessoas que não sabem conviver com o contraditório”.

Após votação que elegeu Zé Minhoca (PSDB), para presidência do Poder Legislativo Municipal, vereadores de oposição se retiraram do Plenário. Apenas Helinho Aragão (PTB), Capilé (PTN) e Augusto Maia (PTN) ouviram o pronunciamento do novo presidente. Nenhum oposicionista escutou as palavras do gestor empossado para o segundo mandato.

02
janeiro

grupo-porfirio-12-2016

.

.

GIF-INSTITUCIONAL-DR-TIAGO

02
janeiro

“Um voto de confiança”, diz Ernesto Maia após votar em Zé Minhoca, para presidência

img_0750

Foto: Janielson Santos.

Escolhido como líder da bancada de oposição para 2017, em Santa Cruz do Capibaribe, Ernesto Maia (PT), explicou, em entrevista à Rádio Polo FM, o voto favorável a chapa de situação para mesa diretora.  

A eleição aconteceu no início da noite deste domingo (01), após a posse dos eleitos. Zé Minhoca (PSDB), assume a presidência, enquanto Ronaldo Pacas (PR), será novamente o 1º Secretário e Klemerson Pipoca (PSDB) ficou com a 2ª Secretaria.

“Votei, principalmente, pela atitude de Zé minhoca de pedir, de cobrar informações da prefeitura municipal. Dando um voto de confiança, esperando que não decepcione. Não os vereadores, mas o povo de Santa Cruz do Capibaribe. Que continue nessa sua cobrança e mostre que a Câmara é um poder independente”, falou.

O vereador Zé Minhoca solicitou informações a respeito dos gastos no São João da Moda 2016. Da bancada de oposição, apenas Carlinhos da Cohab (PTB) e Deomedes Brito (PT), foram contrários à chapa.

Saída mais cedo  

Ernesto Maia também explicou a saída dos parlamentares, após a eleição da mesa. Para ele, existiu desrespeito por parte de alguns presentes na Casa José Vieira de Araújo.

“A falta de respeito de algumas pessoas, nessa reunião. Para evitar problemas, por bem, decidimos que após a eleição iríamos nos retirar sem problema nenhum”, declarou.

 

02
janeiro

dom-pedro-i-11-2016

.

.

Acqualara 09 2016

02
janeiro

Eraldo é eleito presidente da Câmara em Taquaritinga

eraldo

Foto: Alberes Xavier.

Com a contribuição decisiva de oposicionistas, o vereador Eraldo de Pedra Preta foi eleito, no fim da tarde desse domingo (01), presidente da Câmara de Vereadores de Taquaritinga do Norte. Jurandir Tavares, foi o único vereador eleito no palanque do prefeito Lero (PR) que acompanhou o colega.

A nova mesa diretora será composta ainda  pelo próprio Jurandir (vice-presidente), Dé Cumaru (1º Secretário) e Hélio de Novo (2º Secretário).

Durante os últimos dias, integrantes do grupo Calabar não se entenderam para um acordo. O ex-presidente da Casa, Geovane também estava na briga. Ontem, no entanto, os cinco situacionistas se retiraram do plenário e alegaram que não haveria quórum suficiente para votação.

Eraldo garante que existia um acordo verbal, entre Geovane e ele que, sendo eleitos, receberia o seu voto. Após a eleição em 2 de outubro, Eraldo disse não ter visto o mesmo empenho de antes, por parte do colega, nem do prefeito eleito Lero.

02
janeiro

camboriu-12-2016

.

.

zuzinha-12-2016

02
janeiro

Jovem é detido com moto furtada em Santa Cruz

detido-moto-furtada
Fotos cedidas pela GCM/Romut

No final da noite de domingo (01) mais um jovem foi detido em Santa Cruz do Capibaribe, desta vez com uma moto furtada.

De acordo com as informações fornecidas pela Guarda Civil Municipal (GCM), Jeferson das Neves Lima (18 anos) foi detido após uma operação de abordagem. Ainda segundo a GCM, uma mulher, de nome não informado, fez a denúncia de que sua moto (modelo cinquentinha) teria sido furtada durante uma festa realizada na Avenida Padre Zuzinha.

 

moto-furtada-01-2017

Após rondas, a moto foi avistada em posse de Jeferson, que foi detido em seguida. A moto foi reconhecida pela vítima e devolvida, após apresentação da documentação necessária. O caso parou na delegacia, onde o mesmo foi autuado em flagrante.

02
janeiro

eab

 

 

polo-fm-cidade-noticia

02
janeiro

Diogo Moraes participa da posse do aliado Edson Vieira

Fotos: Natan Liberato / Jefferson Lulu

Fotos: Natan Liberato / Jefferson Lulu

O deputado estadual e primeiro-secretário da Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE) Diogo Moraes (PSB) participou neste domingo (1) da sessão de posse do prefeito reeleito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), do vice-prefeito Dida de Nan (PSB) dos 17 vereadores que irão compor o Poder Legislativo local nos próximos 4 anos.

Além da sessão de posse na Câmara de Vereadores o parlamentar também esteve no Palácio Braz de Lira, para ato de entrega das chaves ao prefeito Edson Vieira. Na ocasião, Diogo falou da emoção de participar do ato.

“Hoje é um dia carregado de emoções. Neste momento, passa um filme que na minha cabeça e na de Edson. Um filme onde dois deputados se uniram, confiando em um homem que avalizou. Esse homem nos deixou cedo, partiu e deixou a aliança que é do povo de Santa Cruz. A parceria proporcionou aos confeccionistas a maior isenção fiscal para que nosso povo pudesse trabalhar”, disse Diogo.

O presidente recém-eleito da mesa diretora do Poder Legislativo, Zé Minhoca (PSDB) destacou em seu discurso a parceria de deputado e o prefeito. “Temos o deputado Diogo Moraes que tem tomado as providências necessárias junto ao Governo do Estado para que nossa cidade continue em desenvolvimento”, afirmou.

O deputado emocionado declarou que o dia era um dos mais felizes de sua vida.

“Hoje realizo o sonho de ver Edson reeleito. Trabalhamos por amar nosso povo. Não precisamos da política, mas ela é o meio essencial para transformar a vida do nosso povo. E daqui para frente será muito mais trabalho para que possamos fazer uma Santa Cruz justa e digna para o nosso povo para que possamos fazer uma Santa Cruz muito melhor para todos”, completou Diogo.

36ecaac0-5a9c-4dfa-b53b-42c59f747fe1

O vice-prefeito, Dida de Nan (PSB) lembrou em seu discurso de uma outra grande contribuição do deputado para a cidade.

“O trabalho vai continuar, o compromisso se torna mais sério. Tenho o prazer de dizer que deixei um marco como vereador na Vila de Poço Fundo. E agradeço ao deputado estadual Diogo Moraes que foi fundamental na conquista da telefonia móvel para a vila”, disse o socialista.

Em seu discurso, o prefeito Edson Vieira agradeceu a confiança da população pela reeleição.

84aca277-a2eb-4f9a-94dc-2ca928c365a5

“Esse é um momento de emoção, mas também de muita responsabilidade. Há quatro anos eu pedi uma chance e agora o povo me reconduziu para prefeito de Santa Cruz do Capibaribe. E agora temos o desafio de manter as conquistas e para isso é preciso que a partir de amanhã toda a equipe tenha o sentimento de que é preciso dar mais por Santa Cruz do Capibaribe” frisou o gestor.

A fala do gestor arrancou mais aplausos ainda quando o mesmo citou as obras conquistadas no primeiro mandato, a exemplo dos mais de 60 quilômetros de pavimentação realizados por sua gestão. O ponto alto do discurso foi o anúncio da autorização obtida do governador Paulo Câmara para elaboração do projeto da cobertura do Calçadão Miguel Arraes de Alencar. Edson Vieira informou que para o projeto já conta com emenda de R$500 mil reais do deputado estadual Diogo Moraes.

“Serão mais 4 anos avançado e consertando onde possamos ter errado. Agradeço a todos pela confiança do voto em Edson e Dida. E por ter confiado na bancada dos vereadores. Vamos juntos trabalhar muito mais”, garantiu o prefeito.

Informações da Assessoria.

02
janeiro

avant-11-2016

 

 

unopar

01
janeiro

Cobertura especial – Eleitos tomam posse e Câmara realiza votação da nova Mesa Diretora em Santa Cruz

img_4675

Fotos: Thonny Hill e Janielson Santos.

Na tarde deste domingo (01) foi realizada a cerimônia de posse do prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), de seu vice Dida de Nan (PSB) e também dos 17 vereadores eleitos e reeleitos nas últimas eleições municipais de 2016.

A cerimônia aconteceu na Câmara de Vereadores, que ficou lotada com a presença de políticos (entre eles o deputado estadual e primeiro secretário da Alepe, Diogo Moraes – PSB), autoridades das classes religiosa e empresarial, familiares e demais convidados, além da imprensa do município e região.

img_4408

O público que se dirigiu até a Câmara também pôde acompanhar, do lado de fora, a cerimônia, que foi transmitida através de telões. O evento também foi marcado pela eleição da nova Mesa Diretora do Legislativo Municipal para o biênio 2017/2018, onde apenas a chapa com membros da bancada governista, composta pelos vereadores Zé Minhoca (PSDB), Ronaldo Pacas (PR) e Klemerson Pipoca (PSDB), foi apresentada e empossada.

Protocolo seguido à risca – a cerimônia de posse

Durante a cerimônia, que foi presidida pelo vereador mais votado no município, Nailson Ramos (PMDB), todos os políticos eleitos e reeleitos cumpriram o protocolo, onde apresentaram seus diplomas e as suas declarações de bens, assim como fizeram o juramento e assinaram o livro na Casa de Leis, tomando assim, em definitivo, a posse dos seus cargos.

img_0655

O vereador Helinho Aragão (PTB) falou pela oposição, e destacou que buscará união entre as bancadas em benefício da população. Ele também criticou o prefeito por, segundo ele, não atender projetos importantes para a cidade.

“Vou trabalhar para que essa união de forças aconteça realmente. Vamos juntos, fortes por que quem vai ganhar é nossa terrinha querida Santa Cruz do Capibaribe”, falou.

Já a vereadora Jéssica Cavalcante (PTC) falou pela bancada de situação, fez agradecimentos aos companheiros e pesadas críticas aos adversários políticos.

img_0677

“Para todas as pessoas que duvidaram que eu e o prefeito Edson Vieira estaríamos tomando posse hoje, é mais quatro! Para todas as pessoas que durante a campanha para tentar desestabilizar o nosso prefeito, numa campanha derrotada, usaram o nome da sua mãe e de sua filha, pessoas que não militam na política, é mais quatro! Para pessoas, que durante quatro anos desejaram o quanto pior, melhor, é mais quatro!”

Após essa primeira etapa, a cerimônia foi suspensa por meia hora, dando vez as movimentações de bastidores, realizadas para a escolha de quem seria o novo presidente da Câmara, assim como o primeiro e segundo secretários.

Movimentações para a escolha da nova Mesa Diretora e mais uma polêmica

Durante a suspensão da cerimônia, corredores e salas foram os locais escolhidos para dar sequência à série de articulações não só entre as bancadas de Oposição e Situação, mas também com as principais lideranças dos dois grupos políticos.

Durante as articulações, ainda se notava um clima de indefinição, não quanto a eleição da chapa situacionista, mas sobre qual seria o resultado da votação. Entre as rodas de conversas e comentários do público, a maioria deles esperava que toda a bancada de Oposição votasse contra ou se abstivesse de votar na chapa situacionista, fatos que não aconteceram.

img_4298

Dos sete, cinco deles votaram favoráveis a nova chapa, fato que pegou muitos de surpresa. Apenas Deomedes Brito (PT) e Carlinhos da Cohab (PTB) votaram contra, fazendo referência a algumas posições polêmicas tomadas por Zé Minhoca, enquanto vereador.

Entre elas estavam o de solicitar, através de requerimento, a instauração de uma CPI e depois votar contra o mesmo requerimento, assim como a condução dos trabalhos enquanto presidia a CPI para apuração de denúncias relacionadas ao Calçadão Miguel Arraes de Alencar.

Já a votação favorável dos demais foi expressada pelo líder da bancada Ernesto Maia (PT), que colocou o pedido do mesmo para que o governo Vieira divulgasse as despesas e empenhos no São João da Moda 2016, uma exigência também da Oposição e que não foi atendida.

Com a votação nominal e aberta de todos os vereadores, a nova Mesa Diretora foi eleita e empossada, pelo placar de 15 votos favoráveis e 02 contrários. A polêmica aconteceu na hora do discurso do novo presidente, onde parte da bancada de Oposição se retirou do plenário. Ficaram apenas Helinho Aragão (PTB), Capilé (PTN) e Augusto Maia (PTN).

img_4505

Já o gesto protagonizado por Ernesto, Carlinhos, Marlos e Deomedes dividiu as opiniões do público, mas foi duramente criticado durante pronunciamentos de situacionistas.

img_0806

img_0807

Saída dos vereadores.

Palavra do presidente 

img_0789

Eleito presidente, Zé minhoca fez questão de repudiar a atitude de alguns oposicionistas de se retirar do plenário e exaltar a permanência de Helinho Aragão, Capilé e Augusto Maia.

Ele disse ter consciência da responsabilidade do cargo e do trabalho que inicia.

“Me sinto extremamente honrado em assumir a presidência dessa casa, referencia para Pernambuco e o Brasil. Estou ciente da enorme responsabilidade de dar continuidade e sequencia aos trabalhos dos ilustres colegas ex-presidentes Junior Gomes e Afrânio Marques.Horarei essa historia e continuarei dando minha contribuição pessoal, que não é nenhum favor, mas minha obrigação”.

União e parcerias

img_4630Diogo Moraes destacou a parceria com o prefeito e obras vinculadas ao governo do estado que tiveram a sua participação.

“Estamos num tempo em que precisamos de união. União que simboliza uma chapa vencedora”, disse e completou mais à frente “A união desta casa, com essa chapa vencedora, com as parcerias do governo estadual, federal, podemos dizer que hoje iniciasse um ano de dias melhores”.

Diogo ainda citou a obra de duplicação, obras hídricas e afirmou que “em quatro anos, o grupo mostrou o caminho de desenvolvimento” e que foi o grupo que mais fez e fará por Santa Cruz do Capibaribe”.

O desabafo

img_4619O vice-prefeito Dida de Nãn (PSB) disse chegar tranquilo ao posto. Ele falou sobre a passagem na Casa José Vieira de Araújo e, em tom de desabafo, relembrou as derrotas eleitorais em 2004 e 2008.

“Estou mudando de endereço, saindo da Câmara indo para prefeitura de Santa Cruz, mas consciente e tranquilo que fiz meu trabalho, aqui com muito trabalho respeito”, falou.

Sobre as eleições de insucesso falou. “Sobrou pra mim. Diziam ‘Isso é um pé frio’, mas eu estava consciente de tudo que aconteceu e sabia que não era minha culpa”.

Dida ainda afirmou que, durante o tempo no legislativo, oposicionistas tentaram lhe desestabilizar, e finalizou reafirmando que o prefeito terá alguém fiel ao seu lado.

Continuação

img_4582

Em seu discurso, o prefeito Edson Vieira (PSDB) agradeceu a amigos, familiares, secretários e militantes. Ele aproveitou para lamentar e criticar a postura de oposicionistas que deixaram a Câmara, antes do seu pronunciamento.

“Queria muito que a oposição tivesse aqui. Nem todos tem a grandeza de receber o resultado das urnas e encarar o desafio com responsabilidade de ser uma oposição. A Oposição faz arte da democracia, mas desde que seja exercida com responsabilidade, de uma maneira para contribuir com o município, com o estado e a união”, disse, enfatizando que em 2004 foi eleito vereador e ficou até o fim da sessão que deu posse ao adversário eleito prefeito à época, José Augusto Maia.

O gestor ainda relembrou os primeiros quatro anos de governo, disse estar bem mais experiente para o segundo mandato, e enfatizou a parceria com o deputado Diogo Moraes.

“Hoje tenho a consciência tranquila, que os desafios foram enfrentados com dedicação, respeito e amor. Tivemos acertos e erros. Precisa ser humilde para reconhecer os erros e encarar desafios”, falou.

A praça de alimentação, o calçadão Miguel Arraes de Alencar e as pavimentações realizadas, em cerca de 60km na cidade, estiveram entre os destaques das obras.

“Um prefeito que não se acovardou, apesar da crise e receio que existia, cobrou dos secretários, escutou o povo e buscou oportunidades”, falou.

A entrega simbólica das chaves da Prefeitura

 

img_4669
img_4680

Com o término da cerimônia na Câmara, grande parte do público que acompanhou do lado de fora, assim como os vereadores situacionistas e secretários de governo, se dirigiram à prefeitura, para acompanhar a entrega simbólica das chaves.

A entrega foi marcada por fortes discursos políticos, não só exaltando obras realizadas na gestão anterior e as metas do novo governo, mas também de críticas a Oposição, em especial ao se retirar da cerimônia antes dos pronunciamentos de Diogo Moraes e do próprio Edson Vieira.

Coube ao presidente da Câmara, Zé Minhoca, passar as chaves ao prefeito, que seguiu com comitiva e parte da população para apresentar as instalações da nova prefeitura, assim como seu gabinete e o do seu vice.

31
dezembro

Mensagem da Avant Comunicação e Mídia

ano-novo-2017

31
dezembro

Mensagem da Pharmapele

arte-de-ano-novo-para-o-blog

31
dezembro

Mensagem Deputado Diogo Moraes

Nesta noite encerramos um ciclo e iniciamos um novo. Serão 365 novas oportunidades. De sermos melhores com o próximo, de nos dedicar ao máximo nos projetos que nos envolvemos. Que 2017 nos traga paz, saúde, sucesso e muitas alegrias. Que Deus nos abençoe. Feliz Ano Novo para todos! 

.

Um forte abraço, Diogo.

diogo

 

 

31
dezembro

Menor é executado e outro fica ferido à bala em Vertentes

Homicídio

O município de Vertentes registrou um crime de morte e uma tentativa de homicídio, durante as primeiras horas deste sábado (31). O caso aconteceu na Rua Osvaldo Figueira Leite, Centro da cidade.

De acordo com informações de testemunhas, um grupo de jovens voltava de uma festa, quando foram surpreendidos por dois elementos em uma moto, que chegaram atirando.

No local foi executado Rafael Fidelino de Lucena, 16 anos. Os disparos atingiram a vítima nas mãos, pernas, costas e cabeça.

Outro adolescente de 13 anos também ficou ferido com três tiros. Não foi informado onde o atingiram especificamente. Ele foi socorrido por uma Unidade do Samu, para um hospital local e, em seguida, para o Hospital Regional do Agreste (HRA), em Caruaru.

As outras pessoas conseguiram fugir ilesas.

O corpo de Rafael foi encaminhado para o IML de Caruaru e a polícia investiga o caso.

 

Página 10 de 1.531« Primeira...91011...2030...Última »

Notícias Anteriores