19
fevereiro

Resumório – A Coluna do Professor Tenório


​RESUMÓRIO

 

NOVELA TABOQUINHA CAPÍTULO ENÉSIMO  – Muito já se falou sobre os últimos acontecimentos da eterna novela Taboquinha. Agora é a vez do Resumório tratar do assunto de forma mais irreverente e não adianta ficar “brabinho”, porque é pior. 

BRINCADEIRA – As redes sociais foram bombardeadas com vídeos de uma brincadeira de mau gosto, realizada por estudantes nas escolas  do país. Acertadamente, várias escolas fizeram vídeos de conscientização para acabar com a brincadeira da rasteira que compromete a integridade física dos estudantes e põe em risco suas vidas. Os políticos não cansam de brincar de dar rasteiras em adversários e até em aliados. O problema é antigo e, nesse caso, não tem campanha de conscientização que resolva.

TABOFOLIA – Quando se falava em Tabofolia nas redes sociais eu pensava que era o resgate das comemorações carnavalescas nos tempos áureos do taboquismo, mas parece que é uma alusão à forma como o grupo vem conduzindo o processo de composição da chapa, com muita folia mesmo.

O ASFALTO VAI TREMER – Nesses ditos tempos áureos do taboquismo, era muito comum uma frase nas campanhas que dizia “o asfalto vai tremer” e a cidade quase não tinha asfalto. Com o prefeito Edson Vieira asfaltando um ´magote´ de ruas e avenidas não é possível que não façam uma música sobre os asfaltos, porque frase era no tempo que só tínhamos uns dois ou três “paletós pretos”.

FALOU E NÃO FALOU – O vereador e agora pré-candidato Helinho Aragão quebrou o “voto de silêncio” com a imprensa e falou sobre sua possível pré-candidatura. Na verdade, falou que recebeu o convite de integrantes do grupo e não disse que sim nem que não. Pediu um pouco mais de paciência, pois em março ele dará a resposta definitiva.

O ALVO – Mesmo sem a resposta final, a ala taboquinha que o convidou já o tratou automaticamente como pré-candidato e como o homem da união. Pela reação de aliados de Fernando Aragão, que praticamente colocaram um alvo no peito de Helinho e começaram a disparar críticas, o prego foi batido. Mas como a ponta não foi virada, muita gente ainda pode pisar e se ferir nessa história. Muita água ainda vai passar por baixo da ponte. E olhe que ainda estamos sem a ponte.

DISNEY E EUROPA – O ministro da economia, Paulo Guedes, foi duramente criticado, com razão, depois que falou sobre empregada doméstica indo à Disney com o dólar baixo. Desconheço alguma empregada doméstica que tenha ido visitar o Mickey custeando as despesas com seu salário, mas em Santa Cruz teve assessor da câmara de vereadores na Europa, acredito que tembém não foi com o salário de pouco mais de mil e cem reais. Para ser justo com ele e com a câmara, recebi a informação de que ele foi exonerado e não esteve lá enquanto vinculado à casa de lei.

EXONERADO – Por falar em exoneração de servidor da câmara de Santa Cruz, houve outra exoneração que deu o que falar. Foi a de um indicado do vereador Carlinhos da Cohab. Como o parlamentar preferiu abordar o assunto na tribuna da câmara de forma não direta, apenas com analogias e recado, sem tocar no nome dos envolvidos, seguirei a mesma linha.

PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DAS DORES – Nitidamente, Carlinhos da Cohab ficou doído com a exoneração de seu indicado. Precisava defender seu leal escudeiro, mas não quis entrar no mérito das razões que levaram à exoneração. Uma coisa é certa, o assessor poderia ter reivindicado ser julgado pela comissão de ética da câmara, lá as penas são literalmente uma pena, de tão leves.

ESPERANÇA RENOVADA – Após trinta e seis anos de espera, estão fazendo o saneamento da Rua 5. E o serviço vem com um combo, saneamento + asfaltamento. O pessoal da Rua do bar de Marcos, lá na Palestina, que há anos espera pelo calçamento, pode renovar as esperanças, pois tudo é possível.

.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 





 

error: Copiando nosso texto?