05
março

O grupo Taboquinha precisa decidir o seu candidato e dar o pontapé inicial no processo eleitoral


O processo para a escolha dos candidatos a prefeito está cada vez mais acirrado. Os quatro pré-candidatos do lado Taboquinha procuram um consenso para passar segurança para o eleitor, que está ficando mais irritado e inseguro da situação, já que o Boca-preta tem candidato certo desde a última eleição (há 4 anos), restando apenas a escolha do vice que, com a recusa de Zezin Buxin, a vaga deve ser de Dimas Dantas, único candidato do grupo ao cargo.

 

Além de saber quem será o candidato Taboquinha, o eleitor preocupa-se também com quem pode ser o vice. Um dos quatro postulantes sendo o escolhido, os outros três aceitariam ser o vice ou outro nome pode surgir para essa vaga?

 

São inúmeras perguntas que os lideres do grupo ainda não podem responder, mas que nortearão toda a conduta dos envolvidos no processo eleitoral de ambos os lados. Ao povo só resta esperar para ver o que acontece.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores