12
abril

E agora, de quem será o filho?


Deputado estadual Edson Vieira e prefeito Toinho do Pará entram em conflito acerca do destino de recursos conseguidos para asfaltar e recapear ruas e avenidas de Santa Cruz do Capibaribe.

 

 

Em entrevistas concedidas à Rádio Comunidade FM, o prefeito Toinho do Pará (no dia 10/04) e o deputado estadual Edson Vieira (no dia 11/04) entraram em conflito sobre o destino de verbas conseguidas por eles, por meio de emendas, para o asfaltamento e o recapeamento de algumas ruas e avenidas da cidade.

 

Segundo o prefeito, as verbas viriam de emendas conseguidas pelo deputado federal Eduardo da Fonte (PP/PE), no período de 2009, e liberadas agora, contemplando as seguintes ruas e avenidas: Avenidas Cesário Aragão e Teonilo Silvestre e as ruas Cabo Otávio Aragão, Treze de Maio, Av. Jatobá e também a Praça da Bandeira, no trecho do entorno do Banco do Brasil (ponto de Moto-taxi) até a PE-160, próximo ao novo semáforo. “Faz tempo que eu publiquei isso. É uma emenda do deputado Eduardo Dafonte, ainda de 2009, e graças a Deus, agora aconteceu. Dois milhões de reais de dentro do ministério e 200 mil reais da prefeitura, porque tem uma contrapartida de 10%, que sou eu que estou colocando”, disse o prefeito.

 

Para o deputado estadual Edson Vieira, existe também, por meio de emendas, 1 milhão para o recapeamento de algumas avenidas. São elas: Cabo Otávio Aragão, Cesário Aragão, Teonilo Silvestre e Joaquim Nabuco. Tais recursos viriam de emendas parlamentares conseguidas por ele e por Diogo Morais (PSB).

 

As divergências entram no asfaltamento de ruas e avenidas que coincidem em ambas as emendas, mais precisamente a Rua Cabo Otávio Aragão e avenidas Cesário Aragão e Teonilo Silvestre. Edson Vieira aproveitou para cutucar o prefeito. “Eu espero que ele diga a população a data que vai sair, qual o mês que vai sair. Nós vamos pegar a nossa emenda e vamos lá ao DER (Departamento de Estradas e Rodagem), na secretaria de transportes e vamos com certeza, relocar para outras localidades, para outras avenidas. Se a Cabo Otávio, se a Cesário, se a Teonilo não saírem, é culpa, exclusivamente, da gestão municipal”, afirmou o deputado.

 

Outra fala do deputado chamou bastante a atenção. “Eu fico com uma pulga atrás da orelha e com um pé atrás, é porque nós temos exemplos aí. Se você me diz agora que é desde 2009 e 2010, que foi um ano eleitoral, ninguém falou nisso (das emendas). Agora que é um ano em que está terminando o governo de Toinho do Pará, ele está falando. Se nós formos ver, se tirarmos o exemplo de coisas que foram prometidas e não foram executadas, eu acho pouco provável que essas ruas sejam asfaltadas”, disse Edson.

 

Agora é esperar, e cabe a população cobrar tais melhorias. O Blog do Ney Lima continuará sempre atento a essas questões de interesse público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores