01
julho

Direito de resposta


Diretora do Materno Infantil fala sobre polêmico caso de mau atendimento denunciado pelo radialista Isac Moura

 

Foto: Facebook.

Na manhã desta segunda-feira (01), a diretora do Hospital Materno Infantil Fernanda Gomes falou sobre o polêmico caso denunciado pelo radialista Isac Moura, de que sua esposa teria sido vítima de mau atendimento prestado por aquela unidade hospitalar.

 

De acordo com o radialista, em nota e fotografias enviadas a imprensa, sua esposa estava com uma gravidez de risco e necessitando ser transferida para outra unidade hospitalar.

 

A transferência, segundo ele, não teria acontecido porque a ambulância daquela unidade estaria sendo priorizada para transportar lençóis sujos do hospital segundo Isac.

 

O radialista também afirmou que a diretora teria lhe prestado um “atendimento diferenciado”, fato criticado pelo profissional de comunicação.

 

Confira a resposta, na íntegra, dada por Fernanda Gomes:

 

Nota resposta – Hospital Materno Infantil

  .

No dia 20 de junho de 2013, realmente a Sra. Cibele Moura deu entrada para ser atendida no Hospital Materno Infantil, acompanhada de seu esposo o Sr. Isac Moura e a Sra. Nete Vieira (diretora da AME).

 

A senhora Cibele, foi atendida pela enfermeira obstetra do plantão, onde foi confirmada a hipertensão e realmente a mesma não poderia aguardar para realizar a cirurgia cesariana que estava marcada para o dia 21 de junho e a partir daí a médica realizou a ligação para solicitar a senha de transferência.

 

Gostaria de frisar que conheço o Sr. Isac Moura desde minha infância, poderia dizer inclusive que é uma pessoa que teve um vinculo de amizade com minha família. Porém o fato de ser uma pessoa a qual tenho conhecimento e proximidade, não quer dizer que terá um atendimento diferenciado dos outros pacientes.

 

Não é da minha índole, e muito menos do meu princípio de gestão, oferecer a quem quer que seja um atendimento diferenciado. Pois acredito que a saúde oferecida aos cidadãos deve ser única e sem diferenças.

 

Recordo-me inclusive que ao encontrar o Sr. Isac Moura no corredor, o cumprimentei como faço com todos os pacientes que encontro no corredor do hospital, perguntei inclusive se estava precisando de algo. O mesmo respondeu que estava aguardando sua esposa ser avaliada pela enfermeira e desde então me coloquei a disposição para qualquer necessidade.

 

Após examinada, a Sr. Cibele foi liberada para ir em sua residência para pegar seu pertences pessoais e retornar a unidade para ser transferida. Porém mesmo assim propus que a mesma ficasse em repouso no hospital enquanto o Sr. Isac providenciasse o que fosse necessário para a viagem. Pois o meu propósito era que ela não se cansasse. Enquanto isso foi providenciado tudo o que é necessário para uma transferência segura.

 

Como o número de atendimento em nossa unidade aumentou consideravelmente. Nesse mesmo dia foram realizados 05 (cinco) partos normais naquela manhã e teríamos mais 03 (três) partos para serem realizados, além dos atendimentos na emergência pediátrica, com isso precisávamos de mais lençóis e mais materiais caso contrário os atendimentos poderiam sofrer interferência com a falta de tais materiais.

 

Solicitei que o motorista fosse buscar o material e voltasse para seguir em transferência, pois todos os carros que dispomos estavam em viagem e não chegariam a tempo, e a senhora Cibele estava devidamente acomodada. O Sr. Izac fez um questionamento sobre o motivo pelo qual sua esposa ainda não havia ido.

 

Mediante o respaldo técnico de que sua senhora poderia aguardar por um breve período, optei por não deixar o serviço de nosso hospital parar. Até porque haviam mais três mulheres em trabalho de parto e a qualquer momento e poderiam chegar uma outras urgências na unidade.

 

Estou a 06 (meses) a frente da Direção do Hospital Materno Infantil. Assumi o hospital sem medicamento, sem lençóis, cheio de baratas, ratos e muito lixo. Não existia ambulância no hospital para transferência, a ambulância como muitos viram ficava na área externa com todos os pneus furados, exposta a sol e chuva e era pago o valor de R$ 5.000 (cinco) reais pelo aluguel da mesma. A comida que existia no hospital estava sendo comprada pelos próprios funcionários.

 

Hoje no hospital:

 

São realizados cerca de 5500 por mês atendimentos pediátricos enquanto que em dezembro de 2012 foram realizados 500; São realizados uma média de 50 partos por mês, antes eram realizados 20; Contamos com 06 leitos de observação pediátrica, 08 leitos de internamento pediátrico com ar condicionado, as crianças e acompanhantes recebem 06 refeições diárias, inclusive os paciente que estão em observação; Hoje não existem mais baratas, nem ratos.

 

Apesar da estrutura do prédio ser muito antiga, o hospital é limpo diariamente 24hs por dia. Temos uma ambulância exclusiva 24hs para uso do hospital; assumi a responsabilidade do RX no mês de Abril, implantei o serviço de hora marcada para os RX ambulatoriais, onde o paciente não precisam esperar horas, com isso consegui aumentar de pouco mais de 400 Rx por mês para 1300 RX por mês.

 

Hoje temos 02 (dois) médicos de plantão 24hs na unidade e o principal: Independente do conhecimento politico ou grau de parentesco que existir. Desde o dia 01 de janeiro de 2013 até o dia em que responder pela direção do Hospital Materno Infantil o compromisso com o povo que assumi será mantido: oferecer uma saúde MELHOR e IGUAL para TODOS.

 

Entendo que o Sr. Izac Moura, estava ansioso com a chegada de sua criança e preocupado com a sua esposa, pois tem toda razão. Mas colocar em dúvida o meu comprometimento com o povo, realmente é questionável. Recordo ainda que quando sua senhora estava de saída para ser transferida, O SR. IZAC MOURA, CHEGOU ATÉ MIM E PEDIU DESCULPAS PESSOALMENTE PELA SUA EXALTAÇÃO.

 

Sabemos que somos seres humanos sujeitos a erros e que a cada dia podemos e devemos tentar melhorar. Assumi um compromisso com o povo e com a equipe de profissionais que fazem o Hospital Materno Infantil. Por esta razão adotei um modelo de gestão diferenciado, pois estou sempre nos corredores do hospital fiscalizando e conversando com as pessoas que lá estão sendo atendidas, porque é com o povo que definimos como eu e minha equipe devemos trabalhar. Tenho certeza que ainda há muito a se fazer para melhorar e vamos continuar trabalhando para isso.

.

Fernanda Gomes

Diretora do Materno Infantil de Santa Cruz

24 Comentários

  1. Solange Freitas disse:

    Tá sem denúncias. Se tem comprometimento realmente com a saúde pública o melhor a fazer é entregar o cargo, pois a saude de santa cruz agradece. Uma boa sugestão seria Nete Vieira, que tá fazendo um exclente trabalho muito diferente de vc que todo mes é denunciada.

    1. Bernadete Machado LIma disse:

      Sem duvida acredito sim que Nete Vieira faria um otimo trabalho no materno… Questiono aqui pq o Srº Isac que se diz ” Radialista” veio fazer essa denuncia depois de tanto tempo? pois ele que tem em mãos um microfone poderia ter feito essa denuncia no dia seguinte, estranho fato de ter denunciado apos quase 10 dias. Que por coincidência ou não essa denuncia so foi feita apos essa pequena historia que lhes conto agora… E começo repetindo a minha primeira frase A SRª Nete Vieira realmente faria um otimo trabalho no materno pois tem uma “amizade forte” com um Tecnico do RX e um belo dia estava uma fila enorme de pacientes que esperava o atendimento para ser batido um RX mais ninguem encontrava o tal Tecnico pra fazer seu serviço depois de muito ser procurado onde encontrava-se ele dentro do carro da Srª Nete que segundo ele estava “trocando os pneus”, diante do fato foi chado sua atenção e advertido pela diretora por conta de sua postura inadqueda dentro do seu local de trabalho. e por coincidencia ou obra do destino não sei, no outro dia – colo em dedstaque um paragrafo desta reportagem (No dia 20 de junho de 2013, realmente a Sra. Cibele Moura deu entrada para ser atendida no Hospital Materno Infantil, acompanhada de seu esposo o Sr. Isac Moura e a Sra. Nete Vieira (diretora da AME).)Acontece essa denuncia agora repito A SRª Nete vieira realmente afirmo isso com toda certeza realmente faria um otimo trabalho a frente do Materno!!! So não sei quais das duas funçoes ela desenvolveria melhor.

  2. sandra disse:

    Tudo bem! Mas ela não explicou o transporte de lençois sujos em uma ambulância onde pessoas podem serem contaminadas. Isso não pode ficar impune, queremos uma resposta plausível para o transporte de lençois sujos em ambulância onde as pessoas são carregadas.

  3. josé mote disse:

    Seria muito bom ela passar a população os valores de despesas com essa unidade de saúde, já que se fala tanto do passsado a verdade é quer a maquiagem é grande sobre essa administração sera que é tudo isso mesmo minha senhora vc ainda não viu também governos passados como o de AUGOSTINHO, ERNANDO SILVESTRE, ARAGÃOZINHO…agora falar de zé e toinho parece facil, eu nunca vi pense no povo doce, rsrsrsrsrrsr… a senhora errou e pronto (ACEITE QUE DOI MENOS).

  4. Selis disse:

    Parabéns Fernanda! Sua versão esta mais convincente do que o que foi dito anteriormente neste Blog, estranhei a colocação que foi feita a seu respeito, até porque não é esse tipo de comportamento que costumo ver de você. Parabéns por ter feito esse pronunciamento e sei que estão querendo puxar seu tapete e isso é normal, até porque inveja é o sentimento mais miserável que o ser humano pode ter e quanto AirMac Moura sei que ele como imprensa sai na vantagem, porém nem tudo que ele diz poderá ser tido como verdadeiro, até porque sabemos como somos quando vamos ao medico até mesmo particular, queremos as vezes até exigir prioridades imagine no setor publico.

  5. Leandra disse:

    Agora entendi porque a senhorita Fernanda Gomes corria tanto pra cima e pra baixo nas passeatas de Edson Vieira, até andar numa carroça de burro ela andou. Nem todo mundo tem competência pra fazer o que escolhe né “doutora”?

  6. MariadasGraças disse:

    ESTA SRA DEVE ENTREGAR O CARGO, NADA JUSTIFICA TRANSPORTAR LIXO CONTAMINADO NUMA AMBULANCIA, AS FOTOS DENUNCIAM TUDO, O MINISTERIO PUBLICA DEVERIA ENTRAR COM AÇÃO NESTE CASO, IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

    1. PAULOJOSE disse:

      ISSO AÊ, CONCORDO COMO CIDADDAO QUE VOTEI EM EDSON VIEIRA: “ESTA SRA DEVE ENTREGAR O CARGO, NADA JUSTIFICA TRANSPORTAR LIXO CONTAMINADO NUMA AMBULANCIA, AS FOTOS DENUNCIAM TUDO, O MINISTERIO PUBLICO DEVERIA ENTRAR COM AÇÃO NESTE CASO, IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

    2. Grayce disse:

      E pq é enfermeira e não sabe os riscos de contaminação ou melhor deve ser inferneira kkk

  7. linda disse:

    Parabens Fernanda seu trabalho é muito bonito e feito com grande responsabilidade por este motivo provoca tanta inveja nas pessoas incompetentes e que quer aproveitar de cargos para crescer na vida tirando proveitos de pessoas que busca tratamentos médicos.É por este e outros motivos que vc que fez parte da equipe da UTI NEO do hospital RG de Palmares e estamos solidarios a vc. Quem está fazendo isto só tem um nome: INVEJA. Mas lembre as pessoas só atiram pedra em árvores que da frutos. O importante é o seu trabalho e sua competencia.

  8. Maria de Lourdes disse:

    Engraçado, pq só agora a “enfermeira” Fernanda percebeu que o materno era sujo e tinha baratas, se não o fez quando era agente comunitário de saúde, que, por sinal, era seu cargo na gestão passada? E pq não atende com privilégios se submeteu-se ao ridículo para ser privilegiada pelo prefeito atual? Deve ser pq pula de galho em galho, pq já lhe ví de “vermelho”, subindo e descendo as ladeiras da palestina. Acho que sua maior competência é como babona de político, afinal so esta nesse cargo por isso, mas há quem pense tem tem outros motivos mais, digamos,”pessoais” pra isso. Fato: vc só consegue por babação mesmo, nem que pra isso, a cada política , vc e seus familiares se submetam ao ridículo de se mostrarem sem personalidade, sem carater, sem determinação, bajuladores profissionais, daqueles que jogam no time que paga mais.

  9. Silvaneide Costa disse:

    Conheci o trabalho de Fernanda a frente da UNIDADE DE NEONATOLOGIA DO Hospital de Palmares,e não tenho dúvida da sua capacidade de gestão.Optou por deixar o cargo em final de dezembro para assumir o compromisso de tentar resgatar o Hospital Materno Infantil,oferecendo ao povo um atendimento de qualidade.Tenho 25 de serviços prestados em hospitais de grande porte e posso dizer com firmeza que,apesar da pouca idade Fernanda surpreende a todos com sua determinação,atitude,destreza para resolver os problemas de uma forma q todos fiquem bem.Acho q estão querendo puxar seu tapete fernanda,mas não desanime,continue firme nas suas ações,toda função do porte da que vc ocupa tem ônus e bônus.Seja FORTE!!!!!

    1. sandra disse:

      vc parece que nunca passou num hospital de grande porte, pq etá dando apoio a um erro deste,talvez vc trabalhou em um grande chiqueiro.

      1. Silvaneide Costa disse:

        Senhora Sandra, em momento algum disse que algo estava certo ou errad,apenas acho muito pouco provável a forma como dizem q ocorreram os fatos;quanto a vc,não a conheço,mas pelo nível do seu debate,dá pra se ter uma vaga ideia do tamanho da sua COMPETÊNCIA como PESSOA.Passar bem.

  10. Selma Maria disse:

    Achei muito estranha a versão desse senhor;conheço o trabalho de Fernanda,sei q seria incapaz de qualquer atitude q viesse provocar transtorno aos pacientes e ou acompanhantes,conheço sua forma de abordagem,sempre calma,demonstrando muita tranquilidade e capacidade para resolução dos problemas de maneira rápida e precisa, sempre respeitando os princípios doutrinários do SUS:UNIVERSALIDADE,EQUIDADE E INTEGRALIDADE.Força Fernanda,não desanime jamais.

  11. ednaldo disse:

    Pense numa diretora bonita.É inveja mata e pretenções a cargos elevados enchem os olhos de inveja de muita gente. E só estamos a seis meses de administração imagine o que vem a seguir?

    1. Lucrécia disse:

      AAAA Ednaldo agora vc esclaresceu tudo, boniteza é mais importante que competência neste governo né? Outra, vc é da adminisração né???

      1. ednaldo disse:

        sou não, dona Lucrécia.

  12. Lucrécia disse:

    A SAÚDE pede socorro, principlamente nesse materno. Como pode Edson Vieira acontecer tanto absurdo neste lugar?

  13. linda disse:

    Dona Maria de Lourdes não sei que é a senhora mas vou lhe pedir uma coisa deixe minha familia fora disso pois acredito que a senhora tem familia e filhos se minha filha está na direção do materno não é por babá politico e sim por que estou e graduada para assumir a funçaõ que está assumido. E a senhora está mal informanda Fernanda foi agente de saúde no bairro são Cristovão e não na Palestina e foi ela quem pediu demisão porque foi convidada para assumir a coordenação da UTI do regional de PALMARES se quiser saber mas mim procure e vc vai conhecer melhor a familia de Fernanda moro na rua Assemb 449 Eu acho que vc deve pensar bem antes de falar por familia é sagrado ou vc não sabe o que isto procure saber a verdade para poder falar não cite minha familia em seus comentários pois vc não tem esse dereito somos honestos e trabalhadores contribuimos com o desenvolvimento de nossa querida Santa Cruz.Mas uma vez vou lhe pedir não coloque minha familia nos seus comentarios. Limite se apenas em falar sobre o materno infantil que um dereito seu como cidadã desta cidade que adotei para cria e educar meus filhos. Respeite minha familia quem tem telhado de vidro não atira pedra no do vizinho ou o seu telhado e de cristal amiga? Mas uma vez lhe informo sou a mãe de Fernanda quer saber mas moro na rua da assemb 449 com familia não se meche.

    1. Maria de lourdes disse:

      Sra Linda.
      Quando falei q ela subia e descia as ladeiras da palestina era pedindo voto pra outro candidato, do outro lado, e não como agente de saude.E não falei nada demais da sua família, so que são bajuladores profissionais e que a cada política sobem no palanque de quem tem a maior oferta.Prova é tanta que ja foram do outro lado também. Só estou achando estranho é a senhora se dizer mãe de fernanda e se identificar como “linda” e escrever com tantos erros de português, já que, pelo que me falaram, a senhora é professora. Não denegrí sua imagem nem da sua família, só não acho bonito quem não tem ideologia política e so veem o lado financeiro de cada eleição. Quanto a ter filhos, quando eu os tiver, pode ter certeza que ensinarei a eles outros valores. Mas isso é coisa de interior, acho q estranho isso por não estar acostumada, afinal não são só vcs que são assim, infelizmente aqui é prática comum, a cada política os eleitores/babões se superam.
      Minhas desculpas a sua famíla se se ofenderam com o que postei, mas é o meu pensamento como cidadã livre que sou. Fiquem na paz.

      1. Bernadete Machado LIma disse:

        Vc escreve bem, gramatica correta, palavras bonitas. Então coloque aqui sua ideologia polica e expresse seus pensamentos, sem envolver familia, questione Fernanda Gomes como diretora do Materno e enfermeira e não seus familiares. Democracia vestir, votar, gritar por quem quiser e achar melhor. existe tb pessoas que melhoram e aprimoram sua ideias ou seja mudan de ideia isso pode ser chamado de evoluição. Vc parece tão bem informada e da capital faça e apresente um projeto para esse povo do interior mostrando como seria uma idealogia politica correta.

        1. maria de lourde disse:

          Primeiramente Sra. Bernadete parabéns pelo texto, muito bem escrito. Bem, minha ideologia seria que as pessoas pensassem como coletividade e não vendo apenas o próprio lado financeiro. Fico triste com essa “pulação” de lado, com essas “vendas” de votos pelo simples fato de ser do lado “A’, “B” ou por dinheiro. Isso escraviza, diminui o homem, acaba com integridade moral de uma pessoa. Não coloquei aqui nenhuma afirmação inverídica sobre a família de ninguém, apenas falei o que todo mundo sabe e que, infelizmente, aqui, como eles, tem muitos outros. Questionar a srta. Fernanda como diretora não me compete, nisso eu apenas faço parte como cidadã, já que é de competência da sociedade. Como enfermeira está um pouco complicado, já que ela não exerce a sua profissão aqui na cidade, só exerceu em outra. Obrigada pela idéia do projeto, mas acho que ideologia a gente não coloca no papel, cada um tem a sua, e todas estão certas e erradas, depende do pensamento da outra pessoa que está vendo. Me desculpe se passei um pensamento meio pejorativo quando falei em “interior”, muito pelo contrário, amo tudo isso e tento mesmo me adaptar, mas jamais mudando meus conceitos. Moro aqui por opção, por adoção, por amor e se pudesse fazer algo pra ver essa terra melhor eu faria, mas infelizmente não posso, por que aqui infelizmente quem pensa como coletivo ainda é uma minoria e a maioria sempre vence.

  14. lfatima disse:

    Dona Maria de Lourdes não sei que é a senhora mas vou lhe pedir uma coisa deixe minha familia fora disso pois acredito que a senhora tem familia e filhos se minha filha está na direção do materno não é por babá politico e sim por que estou e graduada para assumir a funçaõ que está assumido. E a senhora está mal informanda Fernanda foi agente de saúde no bairro são Cristovão e não na Palestina e foi ela quem pediu demisão porque foi convidada para assumir a coordenação da UTI do regional de PALMARES se quiser saber mas mim procure e vc vai conhecer melhor a familia de Fernanda moro na rua Assemb 449 Eu acho que vc deve pensar bem antes de falar por familia é sagrado ou vc não sabe o que isto procure saber a verdade para poder falar não cite minha familia em seus comentários pois vc não tem esse dereito somos honestos e trabalhadores contribuimos com o desenvolvimento de nossa querida Santa Cruz.Mas uma vez vou lhe pedir não coloque minha familia nos seus comentarios. Limite se apenas em falar sobre o materno infantil que um dereito seu como cidadã desta cidade que adotei para cria e educar meus filhos. Respeite minha familia quem tem telhado de vidro não atira pedra no do vizinho ou o seu telhado e de cristal amiga? Mas uma vez lhe informo sou a mãe de Fernanda quer saber mas moro na rua da assemb 449 com familia não se meche.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?