10
abril

Bate Papo


 

Na semana passada, o Blog do Ney Lima promoveu mais um desafio para os internautas. Os mesmos deveriam comentar sobre quem era a pessoa presente  na foto, da década de 80. O vencedor do desafio será sorteado amanhã (11/04) no “Programa Opinião”, da Rádio Comunidade FM.

 

Em bate papo descontraído, o ex-candidato a vereador pelo PMDB, Álvaro José de Lima, mais conhecido como “Vavá”, falou um pouco sobre sua história e também sobre seu envolvimento com a política na Capital da Sulanca. Acompanhe os melhores momentos da entrevista:

 

Vavá, vendo essa foto de 30 anos atrás, como é que você se sente?

É muito gratificante ver uma fotografia de 30 anos atrás. É muito bom ver uma foto dessas quando a gente começou a fazer a política de Santa Cruz. Começamos a entrar na terceira via contra Severino Monteiro e Augustinho Rufino e fizemos uma terceira via junto com Marluce Aragão, Pedro Filho, Nivaldo Ramos, eu como vereador… Começamos naquela época aqui pelo PMDB e começamos um trabalho criando o PMDB junto com Doutor Neves, José Augusto Maia, Doutor Adilson e outras lideranças que ainda hoje existem aqui em Santa Cruz.

 

Como era fazer política naquela época em relação a hoje?

Naquela época a política era atrasada. O compromisso que o candidato tinha com o povo era um compromisso sério, era uma política mais dura, mais rígida e hoje não. Qualquer um pode ser candidato e não se leva a serio a política. Antigamente era uma política fiscalizada pelo governo federal, estadual e municipal. Hoje, se deixa muito a desejar.

 

Você acha que a responsabilidade dos políticos era maior, menor ou igual a dos políticos de hoje?

Naquela época, a responsabilidade era maior que a de hoje.

 

Hoje, sabe-se que a Câmara Municipal de Vereadores terá um aumento de vagas, passando para um total de 17. Qual a sua opinião sobre essa mudança?

Eu acho positiva, apesar de ser um gasto a mais para a população. Vários candidatos que perderam, ultimamente, por conta de haver poucas vagas e perder por 30 ou 40 votos. Foi melhor esse aumento de vagas. Há 30 anos, eu fui candidato pelo PMDB a vereador, influenciado por um grupo de amigos meus. Na época eu tive um pouco mais de 100 votos e perdi. Tive mais votos, mas tinha um tal de “voto camarão” que tinha que casar com o voto do governo e eu tinha uma coligação que não dava para ser eleito na época. Tinha candidatos com menos votos e entraram e eu, com mais votos não entrei. Hoje, fazer política é mais fácil porque naquela época não tinha dinheiro pra gente gastar. O que tínhamos era a amizade e fazer comícios através do discurso que dávamos. Hoje, tem ajuda de um jeito ou de outro, é mais fácil conseguir o voto.

 

Comparando 30 anos atrás com agora, o que mudou na pessoa do Vavá?

Mudei muito. Na época era funcionário da Jopedi, na época de Zezé do Mercadão. Era subgerente e passei 12 anos trabalhando com ele. De lá para cá, coloquei loja de carros, de máquinas e hoje estou com esse material de construção. Graças a Deus mudou para melhor e só tenho o que agradecer ao povo de Santa Cruz, onde só tenho amigos.

 

Infelizmente muitos políticos desonram a profissão, envolvidos com corrupção e outros crimes. Na sua opinião, como deve ser o perfil de um político para mudar essa imagem deles hoje em dia?

Os candidatos deveriam ter mais compromisso com o povo, só que o povo se esquece, eles vão na promessa. Quando o candidato está lá na posição dele, eles têm muitas regalias para que venham a fazer corrupção. O candidato tem que ser honesto e pensar na população. Tinham que ter mais qualidade de vida, de educação e de honestidade.

 

Que recado você deixa aos nossos leitores que viram a sua foto e comentaram?

Quero agradecer de todas as formas. Teve gente que disse nome, apelido e disse tudo por me conhecer na foto. Achei muito gratificante e agradeço a todos.

Um Comentário

  1. adriano disse:

    quem ganhou o tife do ovo?bota ai o resultado….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores