31
janeiro

Cobertura do Ypiranga


Ypiranga vence a primeira no Pernambucano

Jogadores se ajoelham após vitória, em jogo sem brilho técnico. Fotos: Elivaldo Araújo.

 

Na noite desta quarta-feira (30), no Estádio Otávio Limeira Alves, o Ypiranga conseguiu a sua primeira vitória.

 

Em uma partida com poucas emoções, as duas equipes não mostraram um bom futebol ao publico presente.

 

1º TEMPO

 

Com atraso de 4 minutos por falta de médico, o primeiro tempo começou com poucas movimentações das equipes. Os erros no meio campo e o grande número grande de faltas por parte das equipes, demonstravam a falta de criatividade e de jogadas ofensivas.

 

 

O primeiro lance surgiu aos 13 minutos em uma jogada Anderson Peixe, batendo de esquerda para fora do gol da equipe de Caruaru. Dois minutos depois, foi à vez do Porto com Joelson e bateu pra fora, passando do lado esquerdo do goleiro Jailson. Aos 23 minutos, Carlinhos Gravatá toca para Paulo Krauss, que chuta fraquinho para a fácil defesa de Emanuel.

 

Aos 27, Paulo Krauss recebe de Anderson Peixe, que bate forte e Emanoel manda para escanteio, em seguida Hugo cabeceia fraquinho.

 

O último lance de perigo acontece aos 44, com uma falta batida por Vagner Rosa, passando longe da meta de Jailson.

 

2° TEMPO

 

O segundo tempo inicia com constantes ataques da Máquina. No primeiro lance, o lateral Diogo recebe e bate forte para a defesa do goleiro do Porto. Aos 5 minutos, em  cobrança de falta o zagueiro Bruno Fonseca assusta o goleiro Emanoel.

 

O Porto acorda aos 8 minutos. No erro de passe no meio campo, o atacante Talles parte para cima da defesa e toca para Taciano, que chuta prensado.

 

O lance que garantiu a vitória do Ypiranga surgiu aos 12 minutos. Em jogada individual, o meia alviazulino Torres invade a área e é puxado pela camisa pelo zagueiro Wallace, o arbitro não vê, mas o bandeirinha marcou o pênalti.

 

Na cobrança aos 14 minutos, o lateral Diogo bate alto no lado esquerdo, sem chances para Emanoel, fazendo Ypiranga 1×0.

Goleiro de um lado, bola do outro e Máquina garante a vitória.

 

Aos 24 minutos, um lance duvidoso resultou na anulação de um gol do Porto. Jeferson Recife recebe na direta e cruza por baixo e Joelson marca, mas o gol é invalidado, para reclamação geral da equipe caruaruense.

 

Lance polêmico da partida.

 

Com a entrada de Assis, o Ypiranga ganha movimentação e velocidade entre meio e ataque.

 

O último lance de perigo da partida foi aos 32minutos para o Porto, com um chute forte no travessão de Vagner Rosa.

 

Com a vitória o Ypiranga ocupa a 5ª colocação, no próximo domingo a máquina enfrentará o líder Serra Talhada, às 16h, no Sertão.

 

 

Ficha da Partida:

Ypiranga 1 x 0 Porto
Estádio: Otávio Limeira Alves
Árbitro: Alexsandro Rodrigues
Auxiliares: Bruno Alcântara e Bruno Chaves

Público: 5.735

Renda: R$ 37.489,00

 

YPIRANGA:

Jailson, Diogo, Hugo, Bruno Fonseca e Anderson Peixe; Jeferson Piauí, Dácio, Guilherme (Léo Oliveira) e Torres (Thiago Chrispim); Paulo Krauss e Carlinhos Gravatá (Assis). Técnico: Edson Miolo.

 

PORTO:

Emanuel, Henrique, Wallace, Jaécio e Jackson, Cosme, Vagner Rosa, Taciano (Jefinho) e Tiago Orobó (Jeferson Recife); Talles (Lalá) e Joelson. Técnico: Adelmo Soares.

 

Cartões Amarelos: Bruno Fonseca e Guilherme (Ypiranga); Wallace, Jaécio, Cosme, Vagner Rosa e Joelson (Porto).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores