30
novembro

Será que agora vai?


Consulta Pública afirma que Implantação de Sistema de Tratamento de Esgoto vai contemplar 30% da população

 

Consulta Pública levou, para o público presete, a discussão sobre a implantação da Estação de Tratamentop de Esgoto no município. Fotos: Elivaldo Araújo.

Foi realizado nesta quinta-feira (29/11), na câmara de vereadores uma consulta pública, apresentação e discussão sobre o projeto que será implantado um sistema de esgotamento sanitário para coletar e fazer o tratamento dos efluentes de uma área correspondente a 40% da cidade (cerca de 30% da população). O evento teve inicio às 9h.

 

Klênio Costa, gerente de estudos e projetos de esgoto da Compesa, fala sobre o projeto.

A apresentação contou com a participação do gerente de estudos e projetos de esgoto da Compesa de Pernambuco, Klênio Costa, e também contou com a participação de políticos, estudantes, secretários, empresários, funcionários públicos e da sociedade, que ocuparam quase todas as dependências do plenário.

 

O sistema contará com oito mil ligações domiciliares. O sistema de esgotamento sanitário será composto por rede coletora, estações elevatórias e emissários, além de uma Estação de Tratamento de Esgoto com capacidade para tratar uma vazão média afluente de 166 litros/segundo. O destino final do esgoto, já devidamente tratado e submetido a um processo de cloração, será o rio Capibaribe.

 

Ao final da apresentação do projeto, foi aberto um espaço para a população fazer questionamento sobre o projeto.

 

A obra será financiada pelo Projeto de Sustentabilidade Hídrica (PSHPE), coordenado pela secretaria de Recursos Hídricos e Energéticos de Pernambuco (SRHE), com recursos de um empréstimo contratado junto ao Banco Mundial (Bird).

 

O projeto foi concebido através da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) que também vai fazer o acompanhamento e fiscalização da obra.

 

Mapa da visão geral do projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores