31
julho

Impasse


Fechamento de rua por igreja evangélica causa polêmica

 

Todos os domingos a Rua São Paulo está sendo obstruída por igreja evangélica

 

O blog do Ney Lima recebeu no último domingo (29/07), de seus leitores, fotos que mostram parte da Rua São Paulo, no Bairro Cruz Alta, sendo fechada, com a colocação de cones e fitas de isolamento.

 

Segundo eles, o pastor responsável pela Igreja Cristo Vive, teria falado que o fechamento de parte da rua teria sido motivado pelo fato de que os eventos políticos como passeatas e carreatas estariam atrapalhando os cultos realizados.

 

Impedidos de seguir, carros retornam no meio da rua

 

Para justificar sua atitude, o pastor teria afirmado que possuiria um ofício emitido pela prefeitura que, segundo ele em afirmação a esses moradores, o autorizaria a fazer tal procedimento de fechar parte da via pública.

 

Entramos em contato com as Secretarias de Obras, de Defesa Social e também com a Assessoria de Comunicação da prefeitura, onde todas afirmaram que desconhecem da existencia de tal ofício, que permitiria o fechamento de parte da rua pelopastor, alegado como uma das justificativas para realizar tal ato.

7 Comentários

  1. Admilson Gomes disse:

    Assuntos envolvendo religião geralmente causam polemicas, pois cada um tem sua opinião formada de berço, mas venhamos que algumas atitudes incomodam e invadem o direito das outras pessoas. Algumas entidades religiosas precisam acompanhar a modernidade das cidades e se adequarem ao perfil das pessoas. Quem não freqüenta a igreja não é obrigado a escutar os cultos de casa, por megafones instalados do lado de fora das igrejas. Quem mora proximo de alguma igreja, precisa ter acesso à sua garagem. E não é as 6:00hrs da manha de um domingo que a maioria das pessoas estarão de bom humor quando são acordadas para discutir religião…
    Cada um tem sua forma de ver a Deus e na minha forma de ver, não acredito que ele seja SURDO, portanto, não entendo o porque de tanto volume no som do culto.

  2. Gonçalves disse:

    AS IGREJAS SEJAM CATOLICAS OU EVANGELICAS,NÃO DEVEM ACHAR QUE POR ESTAREM PREGANDO A PALAVRA DE DEUS A QUAL EU ACREDITO MUITO E ATÉ ADMIRO CULTOS EM PRAÇAS,RUAS,ETC…NÃO PODEM USAR ESSE ARGUMENTO E DEIXAR DE LADO AS OPINIÕES E NESCECIDADES DE MORADORES VIZINHOS DE ONDE SÃO REALIZADOS TAÍS EVENTOS.

  3. Diego Barros disse:

    O problema é que alguns acham que a sua religião está acima de todos, quem está é Deus! Fica dificil para os movimentos políticos, já que em 70% das pricipais ruas tem igrejas evangélicas, que não são donos da verdade precisam ter seus direitos respeitados mas também precisam respeitar. Uma solução seria pelomenos no período de política as igrejas estabelecerem um horário pra seu cultos, assim depois desse horario as passeatas ocorreriam, exemplo: cultos das 5 ás 7h em todas, depois disso as passeatas poderiam passar onde fosse que não atrapalharia!

  4. Pensando Em Santa Cruz disse:

    Salões de culto hoje tem em toda esquina. Sinceramente, não entendo porque os evangélicos frequentam igreja A depois um fulano sair e cria um salão B, outro um C e assim você encontra culto em toda esquina. Será que esse esquartejamento das igrejas é porque está surgindo novas religiões ou é porque ser pastor é um bom negócio. Fechar uma rua só se for um evento e se for comunicado aos órgãos competentes com antecedência, agora querer fechar rua pra ninguém passar, aí é querer ser dono do pedaço! Eu fico impressionado com o barulho que algumas igrejas fazem em seus cultos. Chega ser assustador! Sem falar que é uma pertubação de sossego para que moras nas proximidades.

  5. Marcio jose vaqueiro disse:

    é complicado por demais esse assunto as pessoas tem seus direitos as igrejas tambem. tem que chega aum acordo entre ambos.
    si falando de baralho todos perdem. si di um lado faz baralho e em comoda os nao crentes pode assis si dizer do outro lado os crentes e catolicos praticante tambem sao prejudicados, todos finais de semanas com baralhos de som.festas

    , ex; festas de setembro, sao joao,e tantas outras festas que pertubam o socego de tantas pessoas. nem por isso fazemos um assombro tao grande como foi feito a esse respeito.
    as igrejas so tem contribuido para o bem de todos vamos respeita a tdos nos seus direitos que esta na contituiçao. de ir e vi. e de cutuar seja qual for a nossa crença.

  6. Gonçalves disse:

    MUITO BEM RESPEITAR “O DIREITO DE IR E VIR” DE NÓS E DOS OUTROS QUE ESSE DIREITO SEJA RESPEITADO E PRATICADO POR TODOS PARA A BOA CONVENCIA DE TODOS!:IGREJAS,PREFEITURA,FESTAS PAGÃS,CARRIATAS POLITICAS, ETC…

  7. Altemar Souza Almeida disse:

    concordo com a maioria das opniões, só não podemos incluir essa irresposabilidade dessa Igreja em destaque a todas igreja evangelicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores