12
março

Feirantes bloqueiam BR-104 em protesto contra impedimento de feira aos domingos em Toritama


Com informações de Evandro Lins

Matéria atualizada às 20h06

Inconformados com o impedimento de funcionamento da feira aos domingos, alguns comerciantes de Toritama interditaram a BR-104 nos dois sentidos, no início da noite deste domingo (12). Os manifestantes atearam fogo em pneus e usaram objetos na pista, evitando a passagem de veículos.

Aos gritos de “queremos trabalhar”, eles pedem que a prefeitura da cidade volte atrás da decisão de regular o funcionamento da feira.

O controle de horário de funcionamento dos centros comerciais, na Capital do Jeans, teve início no início deste ano.

Em contato com o Blog, o prefeito Edilson Tavares (PMDB) argumentou que “algumas pessoas não querem seguir regras”, acrescentando que “querem começar a hora que bem entendem”.

Edilson explicou ainda que “esse horário foi fruto de diálogo com os feirantes, inclusive com os representantes do UAI”.

“Ninguém aguentava mais um feira sem dia nem hora”, sustenta o gestor.

 

Além de atearem fogo em pneus, os manifestantes também utilizaram as grades de proteção da feira, para interditar a rodovia.

Policiais do BEPI chegaram ao local por volta das 19h20. Poucos minutos depois a pista foi liberada e carros estão fazendo a passagem normalmente.

O Corpo de Bombeiros também compareceu ao local para controlar o fogo e evitar possíveis novos incêndios.

Os correspondentes do Blog do Ney Lima estão no local. Em instantes essa matéria será atualizada com mais informações.

4 Comentários

  1. edson otavio da silva disse:

    O povo tem q aprender respeitar o horário,pq se nas outras cidades respeitam pq n aqui Toritama

  2. Wiliana Maria disse:

    O povo de Toritama ta agostumado com coisa Erada , quando chega alguém pra fazer diferente não quer , VC ta certo Edílson , vai em frente com seus propósito , em otras cidades tem hora certa de fera , pq aqui não ….

  3. Márcia Aragao disse:

    Ney, você está precisando rever suas fontes em outras cidades. A história não é essa. Não foi O Uai que fez isso na pista. Matéria tendenciosa e que insistentemente quer prejudicar um estabelecimento comercial.

  4. Tony Neto disse:

    Quero informar que a reportagem acima não relata a verdadeira realidade dos fatos, pois a iniciativa da manifestação e o bloqueio da BR 104 foi executado pelos AMBULANTES que estavam trabalhando no domingo, fora do horário indicado pela prefeitura, e que estas pessoas não trabalham no UAI, e não pelos comerciais do empreendimento, como fala o título da reportagem. Ocorre que a manifestação se deu porque os ambulantes reivindicam um local para trabalho. No entanto, houve uma reunião entre os representantes da prefeitura e do parque das feiras, da polícia militar, três ambulantes e Tony Neto(Presidente da Asape – Associação dos sulnqueiros do agreste de Pernambuco) onde ficou determinado que a Asape Associação dos sulanqueiros do agreste de Pernambuco ia fazer o cadastro de todos os ambulantes e arrumar um local adequado para que eles possam trabalhar diginamente, dentro dos parâmetros estabelecidos pela legislação municipal.

    Ass. Tony Neto – Presidente da Asape – Associação dos Sulanqueiros do Agreste de Pernambuco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores