11
setembro

Resumório! – A coluna do professor Tenório


​RESUMÓRIO

,

ELE VEIO – Depois de um bom tempo e depois de ser chamado pela vereadora Jéssyca de líder por teleconferência, o deputado Diogo Moraes esteve em Santa Cruz do Capibaribe. Foi uma passagem rápida para participar de uma audiência pública, mas deu para conversar com o grupo Taboquinha. A julgar por uma foto em que todos aparecem sorrindo, a conversa foi muito agradável, ou a história foi daquelas que vence concurso de piadas. E olhe que não é muito comum uma foto com Zé Augusto, Fernando Aragão e Ernesto Maia sorrindo, todos juntos e shallow now.

CONVITES – Aconteceu, na tarde da última terça-feira, uma audiência pública para discutir a lei sancionada pelo Governo Federal que endurece punições aos transportes alternativos irregulares e as implicações na nossa região. Acredito que só não foi quem não pôde ou quem não quis, porque foram feitos milhões de convites. Só nas redes sociais eu vi uns dez, de deputados, de deputada, de prefeito, de pré-candidato a prefeito, de militantes, de funcionários públicos e até de xeleleu. Políticos de Santa Cruz e região estiveram presentes na audiência pública. Quando eles querem e se unem, as coisas se resolvem mais facilmente.

PATERNIDADE – Sobre a audiência pública, por um instante, houve dúvida quanto à paternidade da iniciativa. Houve também aposta sobre quem seriam os integrantes da mesa. Ficou claro que todos defendem a causa, resta saber quem será o parlamentar a colocar a mão na massa e enviar primeiro algum projeto de lei para ALEPE, regularizando a situação dos transportes alternativos no  estado.

CAMPANHA – O Ministério Público recomendou que o município de Santa Cruz realize uma ampla divulgação sobre a campanha de vacinação contra o sarampo. O MPPE só esqueceu de um detalhe, não tem como fazer  ampla campanha sem ter vacina. A quantidade recebida é insuficiente para a demanda e só está dando praticamente para doses de bloqueio.

A IMPORTÂNCIA – Vai ser agora que saberemos a importância de se ter dois deputados estaduais e lideranças políticas da sala e cozinha de governador, pois todos já solicitaram que Santa Cruz receba mais vacinas contra o sarampo. Até agora nada de resposta positiva, mas não é possível que uma cidade que recebe tantos turistas de diversas regiões, com mais de 100 casos notificados e um confirmado não mereça uma atenção normal do governo, no que diz respeito à saúde. Falo atenção normal mesmo, porque atenção especial faz tempo que não temos.

SEM VACINA – Como se não bastasse sermos os sem ponte, sem aterro sanitário, sem matadouro e sem água, agora somos também os sem vacina. Impressiona a quantidade de políticos nos representando, tentando, lutando, querendo e não conseguindo resolver boa parte de nossos problemas.

DOSE DUPLA – Em menos de uma semana, o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira, terá de se defender de duas broncas na justiça. A primeira foi a polêmica sobre abastecimento de água em sua casa e na casa de familiares com carros pipa destinados a prédios público. A segunda foi por exceder os gastos com a folha de pagamento de servidores. Tem um conhecido meme que diz: “dá em nada e se der é pouca coisa”. Não sei se aplica às ações do Ministério Público contra o prefeito, mas a verdade é que a coleção de denúncias e ações cresce mais do que o número de cabeleireiros, pizzarias e farmácias na cidade.

VIROU NOTÍCIA – Eu adoraria ter tempo para fazer um levantamento de quantos municípios do porte de Santa Cruz do Capibaribe, a entrega de vinte e cinco fardamentos vira notícia com ato de entrega e discurso.  Já vi esse mesmo filme com pijaminhas para creche, fardamento para guarda municipal e agora para os profissionais que trabalham no SAMU. É muito importante e necessária a entrega do material de trabalho, mas ato de entrega e discurso de autoridades é provinciano demais. E tem prefeito que ainda acha bacana se vestir de gari.

.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

.

As opiniões e informações aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 





 

error: Copiando nosso texto?