13
maio

“A gente aguarda até o momento uma ação mais efetiva do estado”, afirmou a Secretária de Saúde de Santa Cruz em relação a COVID-19

Imagem: Igor Araújo

Na noite desta terça-feira (12) a Secretária de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe, Pollyane Siqueira, em participação no Programa Independente, falou sobre as ações da pasta no município em relação ao enfrentamento ao novo coronavírus e destacou que a prefeitura espera uma ação mais efetiva do estado, entendendo a dificuldade enfrentada por Pernambuco.

“A gente aguarda até o momento uma ação mais efetiva, inclusive a gente vem conversando e também entende a dificuldade do estado. O laboratório central faz os testes, existe uma sobrecarga do estado, nós não estávamos preparados. Desde o primeiro caso em fevereiro, houve uma mobilização dos três poderes pra se organizar para receber essa demanda que iria acontecer com a questão do coronavírus, mas a gente entende também que precisa ter uma ação mais efetiva do estado, a questão econômica e da saúde precisa ter essa ação mais efetiva”, afirmou.

A Secretária afirmou que o município, através do Ministério de Saúde, conseguiu 600 testes e adquiriu mais 400, além de destacar que existe um processo em andamento para aquisição de novos testes. De acordo com Pollyane Siqueira, até o momento da aquisição pelo município, os disponibilizados pelo Ministério da Saúde realizados na cidade seguiram um protocolo, em que os testes eram destinados para pacientes idosos com sintomas e profissionais de saúde e segurança. Enquanto os testes adquiridos pelo município seriam destinados para a população que não se enquadra nesses perfis.

“A partir de domingo os números do Boletim também vai ser atualizado com os resultados dos testes. Porque não é apenas o teste, é o teste e o critério clínico que o médico avalia e notifica, vai concluir e esse dado vai para o boletim municipal”, destacou.

Existe um novo protocolo em construção na Secretaria de Saúde de Santa Cruz, de acordo com a secretária as pessoas que tiveram contato com outra que testou positivo para a COVID-19, a partir de uma consulta médica, poderá ser considerada positivo se apresentar os sintomas. As pessoas que realizaram o teste e foram confirmadas com a doença através da rede privada de saúde, é necessário uma validação junto ao LACEN para que a confirmação entre nos dados do estado, Pollyane destacou que é importante procurar a Vigilância Epidemiológica do município para esta validação.

A entrevista completa com a Secretária de Saúde Pollyane Siqueira ao Programa Independente está disponível no Podcast Programa Independente, através do Spotify clicando AQUI.

11
maio

Mais de 58% da população de Santa Cruz não está cumprindo isolamento social, aponta dados de geolocalização dos celulares

 

 

A média de pessoas que cumprem o isolamento social na cidade de Santa Cruz do Capibaribe está abaixo da média do estado de Pernambuco e muito menor que a média ideal para as cidades brasileiras, que seria de 70% da população em isolamento. Nesta segunda-feira (11), dados obtidos a partir da geolocalização dos celulares apontam que em Santa Cruz do Capibaribe, apenas 41,5% da população está cumprindo o isolamento social. Em Pernambuco, o índice de pessoas que estão em isolamento é de 49,7%.

No ranking das 185 cidades pernambucanas, Santa Cruz do Capibaribe está na 117ª colocação, nesta segunda-feira (11).

 

 

Outras cidades da região

 

 

As cidades ao entorno de Santa Cruz do Capibaribe também estão com  deficit quando ao cumprimento do isolamento social. Entre as 185 cidades do estado, Toritama ocupa a 60ª colocação, com 44,7% de taxa de isolamento. Taquaritinga do Norte está em 104ª, com 42,5%. Jataúba ocupa a posição 97ª, com 42,7% na taxa de isolamento e Brejo da Madre de Deus tem o pior índice na região, 39,2%, estando na 148ª colocação no ranking do estado.

 

09
maio

Helena Maria de Souza foi a primeira vítima fatal do novo coronavírus em Santa Cruz do Capibaribe

 

 

Helena Maria contava com 94 anos. Ela era residente no Bairro Bela Vista em Santa Cruz do Capibaribe. Dona Helena fazia parte das Testemunhas de Jeová na mesma cidade. Ela enfrentava outros problemas de saúde, tendo tido algumas internações hospitalares.

 

O corpo de Helena se encontra no hospital de campanha onde há a presença de familiares. O sepultamento ocorrerá em alguns minutos, ainda nesta noite, no cemitério São Judas Tadeu. Estão sendo tomadas as medidas de isolamento.

09
maio

URGENTE- Idosa diagnosticada com coronavírus morre no hospital de campanha de Santa Cruz

É a primeira morte por Covid-19 registrada no município

 

 

 

 

Uma paciente de 94 anos que estava internada no hospital de campanha de Santa Cruz do Capibaribe faleceu, vítima da Covid-19, no final da tarde deste sábado (09). A informação foi confirmada ao Blog pelo prefeito Edson Vieira.

A paciente foi identificada como sendo Helena Maria de Souza, e residia no Bairro Bela Vista.

07
maio

Urgente: Sancionada lei que torna obrigatório o uso de máscaras em Santa Cruz do Capibaribe

O prefeito Edson Vieira (PSDB) sancionou na noite desta quinta-feira (07) a lei 3.157/2020, editada neste mesmo dia pela Câmara de Vereadores, que torna obrigatório o uso de máscara de proteção facial em espaços públicos e em estabelecimentos públicos e privados. A medida vale para circulação nas ruas e praças, por exemplo.

Nas empresas, o uso será obrigatório para todas as pessoas, cabendo em empreendimento o fornecimento aos seus colaboradores. As empresas não deverão admitir a entrada de clientes sem o uso de máscara.

O valor e a forma de aplicação de multas ainda não foi divulgado e caberá a Prefeitura do Município regulamentar através de decreto.

O projeto de lei é de autoria do vereador e presidente da Câmara, José Augusto Maia Júnior, seguindo as recomendações do Ministério Público de Pernambuco.

Confira a cópia integral da nova lei, clicando AQUI

07
maio

Secretaria Municipal de Saúde de Jataúba capacita técnicos sobre coleta de material para exame da Covid-19

A secretaria municipal de saúde de Jataúba capacitou nesta quarta-feira (06), profissionais de saúde do município para coleta de material biológico para exame de diagnóstico da COVID-19. A capacitação foi ministrada por uma técnica indicada pela IV GERES.

Os técnicos capacitamos irão realizar coletas exclusivamente nos profissionais de saúde com suspeita da doença. Durante a capacitação foram apresentadas todas as etapas do processo que deve ser seguido para a coleta, armazenamento e o transporte da amostra de casos suspeitos e confirmados da COVID-19. O treinamento também tratou da importância do uso correto dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

A técnica que realizou a capacitação, explicou como deve ocorrer o procedimento, “serão coletadas as amostras por meio de três swabs, onde eles serão colocados num líquido adequado, a fim de que o vírus não morra nem crie micro-organismos, em seguida será cadastrado e enviará o material para referência do estado, onde será feito o exame de PCR em Tempo Real (qPCR) para detecção do vírus causador da Covid-19”, explicou Fabiana (técnica de referência e profissional que capacitou a equipe). Segundo a profissional, o procedimento consiste na coleta de material pelo método swab, por meio de hastes flexíveis de algodão, onde são colhidas secreções nasofaríngeas (narinas direita e esquerda) e orofaríngeas (boca).

Informações da Assessoria

05
maio

Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe realiza barreiras sanitárias

Com as constantes chegadas de transportadoras (ônibus e vans) ao Moda Center e Calçadão Miguel Arraes, a Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe tomou algumas medidas como forma de proteção à disseminação do Novo Coronavírus (Covid-19) na cidade.

Para isso, a gestão instalou barreiras sanitárias nas entradas e saídas do município, bem como no acesso ao Calçadão Miguel Arraes de Alencar. A ação acontece através das Secretarias de Saúde, Defesa Social, Mobilidade Urbana e Desenvolvimento Econômico. Mais de 45 profissionais entre Agentes Comunitários de Saúde (ACS), Guardas Civis Municipais (GCM) e Agentes de Trânsito, atuam nos pontos de controle.

 

O papel dos Agentes Comunitários de Saúde consiste na distribuição de máscaras e aplicação de álcool em gel, além de conscientizar condutores e passageiros sobre medidas de proteção com a entrega de panfletos que indicam formas de se prevenir.

Os Agentes de Trânsito e a Guarda Civil Municipal fazem o mapeamento das excussões que terão acesso ao Moda Center e ao Calçadão Miguel Arraes de Alencar, e atuam na organização do trânsito e nas abordagens que acontecem nas proximidades das feiras.

As barreiras sanitárias ocorrerão nos dias destinados às feiras do Polo de Confecções enquanto durar a pandemia e o cumprimento dos decretos federais, estaduais e municipais.

A Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe tem adotado dezenas de medidas que visam o combate ao Novo Coronavírus, como suspensão das aulas em toda rede de ensino, fechamento de lojas e todo comércio que não sejam de primeira necessidade e na suspensão de taxas, alvarás e IPTU.

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?