13
setembro

‘Setembro Amarelo’ – IABV realiza palestras nesse sábado

A Igreja Apostólica Batista Viva (IABV) de Santa Cruz do Capibaribe realizará, nesse sábado (14), palestras sobre a conscientização de prevenção ao suicídio. Na ocasião, estarão presentes Jeysiel Marcos (Psicólogo clínico) e Dr. Carlos Henrique (Terapeuta da família).

Iniciada em 2015, o ‘Setembro Amarelo’ é uma campanha nacional de prevenção ao suicídio, sendo uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina e da Associação Brasileira de Psiquiatria.

A IABV fica localizada na Rua Capitão Pedrosa, 306, no bairro São Cristóvão.

11
setembro

“Se não tem vacinas, como vou divulgar?” – questionou Dr. Nanau sobre recomendação do MPPE

O MPPE recomendou que o município realize uma ampla divulgação sobre campanha de vacinação contra o sarampo

.

O secretário de saúde de Santa Cruz do Capibaribe, Dr. Nanau, participou na tarde desta quarta-feira (11) do programa Rádio Debate, onde ele falou sobre a recomendação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) para que o município faça uma ampla divulgação das campanhas de vacinação contra o sarampo a serem realizadas na cidade.

Dr. Nanau afirmou que teria participado na terça-feira (10) de uma reunião na IV região da Saúde do Estado, que fica localizada em Caruaru, onde junto com outros secretários de saúde de outras cidades foram em busca de mais vacinas, porém ele revelou que não vê avanço nos pedidos.

“A gente não vê avanço de maneira alguma, pois fomos em busca de vacinas e só dizem que não há vacinas. E que a Secretaria Estadual pede ao Ministério da Saúde, que diz que está tendo dificuldades” – relatou.

Sobre a recomendação do MPPE para que a Prefeitura faça uma ampla divulgação da campanha, Dr. Nanau revelou que ‘não tenho o que divulgar, pois se não tem vacinas, como vou divulgar?

O secretário deu o exemplo do município de Taquaritinga do Norte de ter recebido cerca de 30 mil vacinas, e completou que a resposta recebida pelo envio das vacinas à Dália da Serra, foi devido à morte de uma criança.

“Não é contra Taquaritinga, mas foram encaminhadas 30 mil e aqui (Santa Cruz) só conseguimos 3 mil e é uma disparidade muito grande por causa da população que temos. Mas o argumento deles é que teve um óbito, então eu perguntei ‘será que a gente vai ter que esperar ter um óbito para poder conseguir as vacinas’” – frisou.

Após o encontro, Dr. Nanau revelou que ainda conseguiu 500 vacinas, porém 200 delas são para bloqueio (destinado para aquelas pessoas que estejam em local que há suspeita com sarampo), sendo que as 300 vacinas restantes foram distribuídas para os 21 postos de saúde do município, totalizando 14 vacinas para cada.

O secretário destacou que já estaria se articulando com o prefeito Edson Vieira (PSDB) e a deputada estadual Alessandra Vieira (PSDB), para tentar marcar uma reunião como secretário de saúde estadual, André Longo, com o objetivo de tentar sensibilizar o Estado e enviar mais vacinas para a Capital da Moda. Dr. Nanau completou que Santa Cruz do Capibaribe atualmente conta com 116 casos suspeitos, sendo 1 confirmado e aguardando o resultado de 90 .

Durante a reunião em Caruaru, ficou definido que o Dia D da vacinação em Pernambuco acontecerá no próximo dia 21 de setembro, quando apenas crianças de 6 meses a 5 anos de idade serão vacinadas.

11
setembro

Aumento de casos de sarampo preocupa presidente da CDL de Santa Cruz

 

Campanha foi intensificada em Taquaritinga do Norte. Foto: Assessoria.

O Presidente da CDL Santa Cruz do Capibaribe, Bruno Bezerra, externou em nota sua preocupação com o número de casos de sarampo o Agreste de Pernambuco. Ele fez um apelo para o governador e prefeitos se unam em defesa da causa e falou o quanto isso pode prejudicar também na economia.

A Secretaria Estadual de Saúde confirmou, esta semana, que houve um aumento de casos confirmados de sarampo, chegando a 14 pessoas.

Confira:

O Polo de Confecções de Pernambuco recebe semanalmente milhares de visitantes de todos os estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Como se não bastasse a falta d’água, falta de segurança e uma crise econômica nacional, com efeitos negativos no setor têxtil e de confecção, agora temos um aumento significativo nos casos suspeitos de sarampo em Pernambuco, sobretudo, na região Agreste, berço do Polo de Confecções, atividade econômica que mais gera emprego e renda na região.

Faço aqui um apelo ao Governador Paulo Câmara e aos prefeitos do Agreste para que possam, urgentemente, unir esforços no sentido de viabilizar ações ainda mais expressivas para reverter essa preocupante situação do sarampo no agreste do Estado.

A população do Agreste precisa e merece essa união de esforços em defesa da vida em primeiro lugar, mas também em defesa da nossa atividade econômica, pois do jeito que vai, logo teremos uma diminuição do fluxo de clientes nas feiras de confecções em função do risco que o sarampo representa.

Bruno Bezerra (Presidente da CDL Santa Cruz do Capibaribe-PE)

10
setembro

MPPE recomenda que Prefeitura de Santa Cruz realize ampla campanha de divulgação sobre vacinação contra o sarampo

Na tarde desta terça-feira (10), o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou à Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe no prazo de cinco dias úteis, uma ampla divulgação das campanhas de vacinação contra o sarampo a serem realizadas no município.

Segundo o MPPE, a veiculação tem como objetivo convocar a população para a vacinação nas unidades de saúde local, bem como para mobilizar o público e conscientizar sobre a importância da imunização contra o sarampo.

O MPPE reforça que a divulgação seja realizada alternativamente pelos meios de comunicação impressos, televisivos, radiofônicos, digitais, redes sociais, bem como por meio de cartazes e folders em órgãos públicos municipais com capacidade de atingir públicos-alvo da vacinação, especialmente em órgãos com grande fluxo de atendimento ao público.

Ainda de acordo com a recomendação, seja realizado urgentemente reforço das equipes responsáveis pela vacinação nos postos/salas de vacinação, além da ampliação nos horários para que um maior atendimento à população.

Já em um prazo máximo de 30 dias úteis, o MPPE recomenda que a Prefeitura realize busca ativa nas regiões de difícil acesso do município, para que o público-alvo seja conscientizado da necessidade de imunização contra o sarampo.

E que notifique oficialmente as creches, berçários, centros de educação e escolas do município, principalmente as de ensino infantil, para que seja verificado se os alunos matriculados em tais estabelecimentos estão com a caderneta de vacinação regular.

Além das medidas urgentes, o MPPE recomenda ainda que a gestão municipal cumpra, anualmente, as metas de coberturas vacinais de imunização contra o sarampo traçadas pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde, entre outras.

O MPPE recomenda ainda que o prefeito Edson Vieira (PSDB) e o secretário de saúde, Dr. Nanau, devem informar ao representante do Ministério Público, no prazo de até 20 dias, sobre o acatamento ou não das recomendações.

“Além da execução das campanhas de vacinação, são necessárias outras medidas para intensificar a orientação à população de Santa Cruz sobre os riscos do sarampo, a fim de captar crianças ainda não vacinadas ou que não obtiveram resposta imunológica satisfatória à vacinação, minimizando o risco de adoecimento dessas crianças” – disse o promotor Lúcio Carlos Malta Cabral.

Confira a recomendação completa clicando AQUI

Vale destacar que semanalmente o município de Santa Cruz do Capibaribe recebe cerca de 40 mil compradores vindo de várias partes do Brasil, para realizar compras no município, o que poderia gerar um alto risco para vendedores e clientes, além da população em geral.

Nesta segunda-feira (09), em boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde do Estado (SES-PE) mostra que subiu para 14 o número de casos confirmados de sarampo em Pernambuco. Ao todo já são 457 casos suspeitos da doença. Do total, 86 já foram descartados, 357 estão em investigação e 14 foram confirmados.

O levantamento inclui todas as ocorrências levadas ao Estado até a última sexta-feira (6). Dos casos confirmados, 3 são moradores do Recife, 3 de Caruaru, 1 de Frei Miguelinho, 1 de Santa Cruz do Capibaribe, 1 de Vertentes e 5 de Taquaritinga do Norte, incluindo uma morte, a de um bebê de 7 meses.

08
setembro

Taquaritinga do Norte realiza ‘Dia D’ de vacinação contra o sarampo

O município de Taquaritinga do Norte realizou, nesse sábado (07), o seu ‘Dia D’ de vacinação contra o sarampo. Ao todo, sete unidades de Saúde da Família (USFs) abriram as portas para receber a população da cidade e realizar a imunização contra a doença. Para possibilitar a iniciativa, o Governo de Pernambuco disponibilizou mais de 28,5 mil doses extras da vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo. Durante todo o dia, 2.134 pessoas foram imunizadas.

Desde que foram notificados os primeiros casos da doença em moradores da cidade, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) vem, em parceria com a Prefeitura, realizando as ações de investigação e bloqueio vacinal desses casos e de seus contactantes, além da vacinação da população.

Também foram iniciadas outras ações intensas de vigilância, como varredura casa a casa e a vacinação em creches.

“Nós disponibilizamos a vacina tríplice viral e as seringas para que o município pudesse fazer essa grande ação de mobilização da sua comunidade. A Secretaria Estadual de Saúde tem sido parceira da Prefeitura de Taquaritinga do Norte nas suas atividades e está à disposição da gestão municipal para ajudar no que for necessário para evitar novos casos de sarampo na localidade. Estamos vigilantes e realizando todas as medidas sanitárias necessárias para proteger a nossa população”, reforça o secretário estadual de Saúde, André Longo.

A costureira Naiara Nunes, de 26 anos, aproveitou a iniciativa para atualizar sua caderneta de vacinação. “Eu acho que uma mobilização como esta é muito importante para a população, porque só assim a gente se previne de verdade contra o sarampo”, reforçou a jovem, que foi orientada a voltar ao posto em 30 dias para receber a segunda dose do imunizante.

Para realizar o Dia D nesse sábado, feriado da Independência, a Prefeitura Municipal de Taquaritinga do Norte mobilizou toda a equipe das unidades básicas de saúde, além dos agentes comunitários de saúde, envolvendo cerca de 50 profissionais.

“Nossos esforços iniciaram antes mesmo do Dia D, com nossas estratégias de vigilância, como o bloqueio vacinal dos casos suspeitos, a varredura casa a casa, além de somar forças para agilizar a coleta dos exames com o intuito de fechar o mais rápido possível os diagnósticos. Com as doses extras enviadas pelo Governo, nós estamos preparados para vacinar mais de 10 mil munícipes, já pensando no público prioritário que necessitará tomar a segunda dose da vacina”, pontua a secretária de Saúde de Taquaritinga do Norte, Poliana Andrade.

No início da próxima semana, o município continuará com as ações.

“Cada unidade de saúde ficará responsável pela varredura casa a casa na sua área de abrangência. Até o início da tarde, os postos funcionarão normalmente. Depois a equipe de enfermagem e os ACSs irão de porta em porta avaliando as cadernetas de vacinação, imunizando, assim, aqueles que estão desprotegidos”, explica a gestora.

O trabalho foi acompanhado de perto por equipe da IV Gerência Regional de Saúde (Geres), unidade administrativa do Estado à qual Taquaritinga do Norte está vinculada.

As ações no município têm sido ainda mais intensificadas após a confirmação de 5 casos de sarampo na cidade do Agreste. Desses casos, foi confirmado o óbito de uma criança de 7 meses pela doença no município.

Até o último dia 30.08, foram notificados 395 casos suspeitos de sarampo em Pernambuco. Desse total, 86 já foram descartados e 296 estão em investigação. Dos 13 confirmados, 3 são moradores do Recife, 3 de Caruaru, 1 de Frei Miguelinho, 1 de Santa Cruz do Capibaribe, além dos 5 de Taquaritinga do Norte.

A Secretaria Estadual de Saúde reforça que o Estado está abastecido da vacina tríplice viral, que, além do sarampo, protege contra rubéola e caxumba e é uma das maneiras mais eficazes de evitar o adoecimento. Desde janeiro, já foram distribuídas mais de 574 mil doses do imunizante para os municípios.

A SES informa, ainda, que, desde a segunda quinzena de agosto, ficou instituída, em todo o país, a vacinação de crianças entre 6 meses e 11 meses. Todos os meninos e meninas dessa faixa etária, que totalizam 68 mil em Pernambuco, devem tomar uma dose da tríplice viral.

Importante lembrar que essa será considerada a “dose zero”, sendo necessário seguir com o esquema básico de vacinação normalmente a partir dos 12 meses, com mais uma dose e um reforço aos 15 meses.

04
setembro

Prefeitura de Taquaritinga do Norte realizará “Dia D de Vacinação Contra o Sarampo”

Treze casos de sarampo já foram confirmados no estado de Pernambuco, desses, cinco casos foram na cidade de Taquaritinga do Norte. O município já registrou uma morte de um bebê de sete meses devido a doença.

Preocupado com o surto de sarampo, o prefeito Ivanildo Lero juntamente com a Secretária de Saúde do município, se reuniu com o governador do estado Paulo Câmara (PSB), e com o Secretário de Saúde do estado, André Longo, afim de combater o surto.

“Marcamos de imediato uma reunião com o governador Paulo Câmara e com o secretário de saúde para que a gente assim fosse mostrar o problema ao nosso governador e a gente dá as mãos para que possamos combater essa epidemia que viralizou.” – ressaltou Ivanildo Lero

Ainda segundo o prefeito, até o momento foram liberadas 10mil doses de vacinas pela Secretaria de Saúde, para distribuir nos PSF’s do município. A cidade logo em breve receberá mais 18,5mil vacinas, somando um total de 28,5mil. Neste sábado (07) haverá o “Dia D de Vacinação Contra o Sarampo” na cidade. Podem se vacinar pessoas de 6 meses a 59 anos de idade.

A progressão do surto de sarampo no estado pode está associada a um evento realizado no município de Taquaritinga, o Festival Café Cultural. Em nota, a Secretaria de Saúde do Estado de Pernambuco, afirmou que o Estado tem estoques da vacina tríplice viral, e que, além do sarampo, protege contra rubéola e caxumba assegurou ainda que essa é uma das maneiras mais eficazes de evitar a doença.

03
setembro

Prefeito de Taquaritinga se reúne com Paulo Câmara nesta tarde para discutir efeitos de foco de sarampo ocorrido no Festival Cultural

10 mil vacinas foram liberadas pelo Governo do Estado para o Município já na manhã desta terça-feira

 

 

 

 

 

O prefeito de Taquaritinga do Norte, Ivanildo Lero, está indo neste momento (15h54m) ao encontro do Governador Paulo Câmara, no Recife. A reunião de emergência ocorre para discutir os efeitos do possível foco de sarampo ocorrido durante o Festival Cultural, que foi realizado entre os dias 11 e 14 de julho.

A reunião será acompanhada pelo secretário de saúde do estado, André Longo e pela secretária de saúde do município, Poliana Santos. O vereador Geovane também faz parte da comitiva.

Em contato com o editor deste Blog, Lero afirmou que solicitou a reunião de emergência com o governador para discutir a crise. De acordo com o prefeito, o Município solicitou 28 mil vacinas contra o sarampo. O Governo do Estado anunciou hoje pela manhã a liberação de 10 mil, segundo o prefeito.

O município de Taquaritinga que soma cinco dos 13 casos já confirmados; criança de 7 meses foi primeira morte pela doença confirmada no estado. Existem dois outros casos em cidade vizinhas — Frei Miguelinho e Santa Cruz do Capibaribe — que também podem ter relação com o evento. A “cadeia de casualidades” está sendo acompanhada pela Secretaria de Saúdo do Estado.

03
setembro

Festival Cultural é apontado como foco de sarampo que matou bebê em Pernambuco

Evento foi realizado em Taquaritinga do Norte, município que soma cinco dos 13 casos já confirmados; criança de 7 meses foi primeira morte pela doença confirmada no estado

.

 

Da Revista Época

 

A progressão do surto de sarampo no estado do Pernambuco pode estar associada a um evento realizado no município de Taquaritinga do Norte, o Festival Café Cultural, apontado como um foco que disseminou a doença.

Esta é a suspeita das autoridades de saúde, que confirmaram nesta segunda (17) a primeira morte causada pela doença, de um bebê de sete meses, que veio a óbito no dia 17 de agosto. Já são 13 casos confirmados no Estado, sendo que cinco pacientes residem em Taquaritinga, incluindo a família do bebê que morreu.

“Uma irmã da criança que morreu de sarampo também esteve no festival. Já confirmamos esta informação. Ela também apresentou sintomas da doença, já fizemos a coleta, mas ainda não temos a confirmação do resultado”, disse Luciana Albuquerque, secretária executiva de Vigilância e Saúde do Estado de Pernambuco. “Todos os cinco casos de Taquaritinga têm alguma conexão com o Festival Café Cultural. Mas tudo isso está sendo investigado para confirmar esta relação”.

Segundo a representante da Secretaria de Saúde de Pernambuco, uma equipe de campo, formada por técnicos do Ministério da Saúde e da Vigilância em Saúde do Estado, está em Taquaritinga para investigar todos os casos e estabelecer esta “cadeia de causalidades”.

O Festival Café Cultural foi realizado entre os dias 11 e 14 de julho. Além dos cinco casos registrados em Taquaritinga, existem dois outros casos em cidade vizinhas — Frei Miguelinho e Santa Cruz do Capibaribe — que também podem ter relação com o evento.

A Secretaria de Saúde do Estado já havia identificado um outro foco, relacionado a um grupo de quatro estudantes de Pernambuco que acabou contaminado pela doença em uma viagem a Porto Seguro, na Bahia. “Eles tiveram contato com um turista de São Paulo que estava com sarampo. Esta foi a primeira cadeia de transmissão que identificamos”, acrescentou Luciana Albuquerque.

Em nota, a Secretaria de Saúde do Estado de Pernambuco afirmou que o Estado tem estoques da vacina tríplice viral, que, além do sarampo, protege contra rubéola e caxumba e é uma das maneiras mais eficazes de evitar a doença.

“Os municípios têm relatado aumento na procura da vacina tríplice viral, principalmente pelo público adulto. Contudo, não podemos esquecer a importância de vacinar crianças , população com mais risco de agravamento do quadro. Elas precisam ter duas doses da vacina para estar devidamente protegidas. Além disso, os meninos e meninas entre 6 meses e 11 meses também devem tomar a dose zero, que foi instituída no Brasil desde o mês de agosto”, afirmou o secretário estadual de Saúde, André Longo, que destacou ainda o empenho do governo em investigar outros casos suspeitos.

02
setembro

Morte de bebê de 7 meses por sarampo em Taquaritinga é confirmada

Em boletim divulgado nesta segunda-feira (02) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirma a morte de um bebê de 7 meses por sarampo em Taquaritinga do Norte. O caso veio a público em 19 de agosto, quando a pasta apontou a suspeita do óbito provocado pela doença. A morte é a primeira confirmada pela doença este ano no Estado.

Até a última sexta-feira (30), a secretaria contabilizou 395 casos suspeitos em todo o Estado. Desse total, 86 já foram descartados, 296 estão em investigação e 13 foram confirmados após análises laboratoriais realizadas no Rio de Janeiro pela Fiocruz.

Pernambuco está em estado de alerta contra o sarampo. Os casos foram confirmados no Recife (3), Caruaru (3), Taquaritinga do Norte (5), Frei Miguelinho (1) e Santa Cruz do Capibaribe (1).

Sete dos casos estão relacionados a um evento ocorrido em Taquaritinga; outros quatro pacientes participaram de uma excursão para Porto Seguro, na Bahia, entre o final de junho e o início de julho; um caso com histórico de viagem a São Paulo; e um em análise.

Confira os perfis dos casos confirmados pela SES-PE:

Taquaritinga do Norte (5)

5 casos (sexo masculino, de 7 meses, de 10 meses, 18 anos e 31 anos; e sexo feminino de 10 meses) relacionados a um evento no município

Frei Miguelinho (1)

1 caso (sexo masculino de 21 anos) relacionado a um evento no município de Taquaritinga do Norte

Santa Cruz do Capibaribe (1)

1 caso (sexo masculino de 17 anos) relacionado a um evento no município de Taquaritinga do Norte

Recife (3)

2 casos (sexo feminino de 16 e 19 anos) relacionados a uma excursão a Porto Seguro
1 caso (sexo masculino de 26 anos) com histórico de viagem a São Paulo

Caruaru (3)

2 casos (sexo masculino e feminino, ambos de 17 anos) relacionados a uma excursão a Porto Seguro
1 caso (sexo masculino de 22 anos), em análise

.

Fonte: Folha de Pernambuco.

02
setembro

MPPE determina através de TAC, melhorias na UPA de Santa Cruz do Capibaribe

A Promotoria de Justiça de Santa Cruz do Capibaribe, representada pelo promotor Dr. Lúcio Carlos Malta Cabral, e o secretário de saúde do município, Inácio Marques Vieira (Dr. Nanau), firmaram um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) objetivando a realização de melhorias na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h).

No mês de agosto deste ano, o promotor de justiça acompanhado do secretário e do vereador Marllos Melo, realizaram uma visita à UPA 24h, onde inspecionaram todos os cômodos do estabelecimento, verificando a ‘presença de diversas irregularidades’, segundo o Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

Segundo o órgão, a Unidade de Pronto Atendimento precisa de alguns cuidados, como a necessidade de realização da reforma estrutural da unidade de saúde, para proporcionar conforto, segurança e higiene aos pacientes.

“A Constituição Federal prevê que a Saúde é um direito de todos, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação” – disse o promotor.

Entre as solicitações e reformas firmadas no TAC estão as seguintes:

Sala Vermelha: Falta de tampas nos lixeiros, que não possuem pedal; manutenção do ar-condicionado (ambiente precisa ser devidamente refrigerado), ferrugem nos armários e infiltração nas paredes;

Sala Amarela: Kit pia (sabão líquido, torneira e papel toalha); infiltração e extintor;

Observação Pediátrica: Kit pia; cadeira quebrada expondo a risco os pacientes e manutenção das macas;

Sala Imobilização: Kit pia e cadeira quebrada expondo a risco os pacientes;

Central de Material Esterilizado: Kit pia e identificação na Porta;

Medicação Infantil: Mobília de madeira antiga.

Além dos itens acima citados, o MPPE também recomenda aquisição de pulseiras com cores distintas e diferenciadas por risco clínico; pintura externa; conserto de infiltrações; aquisição das placas de saídas de emergência e correta colocação dos extintores de incêndio.

A Prefeitura tem até 10 de janeiro de 2020 para sanar todas as deficiências encontradas na visita. Se dentro do prazo estipulado não houver o devido cumprimento do compromisso de pelo menos 90% dos itens da cláusula primeira, tal descumprimento importará no pagamento único de multa no valor de R$ 6 mil, recaída sobre o patrimônio do próprio secretário de saúde.

27
agosto

Grupo de Doulas participa de capacitação em Santa Cruz

Na última semana, o grupo Santas Doulas, que auxiliam as gestantes e puérperas (mulheres que recentemente deram à luz) participaram de uma capacitação que aconteceu no Teatro Municipal.

O grupo, que atua voluntariamente, fez recentemente em Caruaru uma capacitação em uma unidade hospitalar daquela cidade com objetivo de readequar algumas técnicas à realidade local, para atuação no Hospital Municipal Raymundo Francelino Aragão.

As mulheres que participaram das atividades receberam certificados na presença do secretário de Saúde, Dr. Nanau Marques e da Coordenadora da Mulher, Nete Vieira.

O secretário Dr. Nanau falou a importância das doulas no estímulo ao parto humanizado. “Hoje em dia a saúde pública está utilizando meios de só realizar partos cesáreos em casos necessários, priorizando os partos naturais, o Brasil tem estatísticas muito altas de partos cesáreos, se comparado a outros países, e perceber que um grupo da nossa cidade está participando de iniciativas não apenas de aumentar o número de partos normais, como ainda os partos humanizados, é motivo de muito orgulho”, reconheceu o secretário.

Nete Vieira, que também é doula, agradeceu pelo apoio da gestão ao projeto. “Sentimento profundo de gratidão, primeiramente a Deus, ao prefeito Edson Vieira e minhas companheiras Doulas pela realização deste sonho que, há 4 anos militamos no enfrentamento contra a violência obstétrica e em defesa do parto humanizado. É mais um marco em meu legado como pessoa e profissional, juntamente com o grupo das Santas Doulas, continuaremos cumprindo o nosso maior desejo que é o de servir às nossas gestantes e seus bebês da forma que merecem. É um prazer imenso em fazer parte dessa estrutura que impacta vidas positivamente em nossa cidade”, comentou.

Confira mais imagens:

Informações da assessoria.

22
agosto

Exclusivo: Ministério Público pede ressarcimento de mais de R$ 300 mil aos cofres públicos por suposto superfaturamento em aluguel de hospital durante Governo Toinho do Pará

Ex-prefeito Toinho, Dr. Nanau e o ex-secretário de saúde David Muniz são alvos no processo

 

 

 

 

O atual vereador e ex-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Toinho do Pará (PSB), o atual secretário de saúde Dr. Nanau (PSDB), e o ex-secretário de saúde David Muniz são alvos de uma ação do Ministério Público de Pernambuco que apurou suposto superfaturamento no aluguel do Hospital Materno Infantil. A ação é fruto de uma denúncia apresentada há alguns anos pelo vereador Júnior Gomes (PSB).

O Ministério Público concluiu que os contratos celebrados pela Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe a partir do ano de 2009 estavam superfaturados em R$ 370.737,87, valor obtido a partir de laudo pericial que atestou o dano ao erário público, segundo o MP.

O Ministério Público também relaciona o fato de Dr. Nanau, que é sócio administrador do empreendimento, ter sido vereador a época dos fatos, mas considera que supostos atos de improbidade administrativa estariam prescritos.

Um aspecto que pode ter caracterizado ainda mais o excesso de gastos na época do Governo Toinho do Pará é que a locação do hospital diminuiu no governo seguinte. Os valores caíram de R$ 30 mil (Governo Toinho) para R$ 18 mil (Governo Edson). A denúncia o Ministério Público afirma que “ao longo dos anos, esse valor (do aluguel) diminuiu significativamente, conforme demonstrado em perícia”.

Os acusados ainda não foram notificados sobre a ação.

 

O que diz Dr. Nanau:

 

O Blog do Ney Lima conversou por telefone com o Dr. Nanau que explicou que o valor do aluguel pelo Hospital Materno Infantil diminuiu ao longo dos anos porque os objetos e patrimônios locados também diminuíram.

Nanau detalhou que durante o Governo Toinho do Pará o aluguel incluía um aparelho de Raios-X, um laboratório e uma ambulância que foram retirados do contrato no início do primeiro governo de Edson Vieira.

O Blog tentou, mas não conseguiu falar com o ex-prefeito e atual vereador Toinho do Pará. O Blog não conseguiu obter o contato do ex-secretário David Muniz.

20
agosto

Saúde mental é tema de Audiência Pública em Santa Cruz

Está acontecendo nesta terça-feira (20), na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, Audiência Pública com o tema: “Vamos conversar? Sua saúde mental em primeiro lugar”. A audiência conta com a presença do psicanalista Geraldo Cordeiro que palestra sobre a depressão, automutilação e suicídio.

Representantes da esfera pública e especialistas na área de saúde mental, estão presentes para debaterem com a população sobre os assuntos abordados. Nas últimas décadas, houve um crescimento ininterrupto dos casos de suicídio no Brasil. Em um período de 28 anos, houve um aumento de 30% nos casos de suicídio. O evento é organizado pela vereadora de Santa Cruz do Capibaribe, Jéssyca Cavalcanti (PTC).

 

Homem tira própria vida em Santa Cruz 

Em Santa Cruz do Capibaribe, na manhã desta terça-feira (20), um homem de 56 anos tirou sua própria vida, no bairro Palestina. Luiz Queiroz foi localizado por sua irmã, em um cômodo da casa já sem vida. Não foi informado se a vítima sofria de algum problema psicológico.

19
agosto

Bebê de 7 meses morre com suspeita de sarampo em Taquaritinga do Norte

Caso está sendo investigado e amostras laboratoriais da criança foram encaminhadas para análise

Um menino de sete meses, morreu com suspeita de sarampo nesse sábado (17). A criança residia na em Taquaritinga do Norte. O caso foi divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco, que foi notificada pela prefeitura do município. A situação está sendo investigada e as amostras laboratoriais da criança foram encaminhadas para análise para que seja confirmada ou descartada a hipótese da doença.

A Secretaria Estadual informou também que, até a manhã desta segunda-feira (19), recebeu da Fiocruz Rio de Janeiro cinco resultados laboratoriais positivos para sarampo em Pernambuco. Desses, quatro casos estão relacionados a pacientes que participaram de uma excursão para Porto Seguro, entre o final de junho e início de julho. O quinto caso é de um adolescente de 18 anos de Taquaritinga do Norte, que foi notificado no dia 30 de julho. Até o momento, foram confirmados dois casos no Recife, dois em Caruaru e um em Taquaritinga do Norte.

As pessoas que já tomaram as duas doses da vacina, pelo menos uma vez na vida, estão imunes e não precisam tomá-la novamente. O alvo do reforço da vacina devem ser crianças menores de cinco anos, principalmente as de um ano (1ª dose) e de um ano e três meses (2ª dose). Para adultos com até 29 anos, é necessário apresentar duas doses da vacina tríplice viral. Já em adultos com até 49 anos, é preciso apresentar ao menos uma dose da vacina tríplice viral. A vacina é contraindicada para gestantes e imunodeprimidos.

As vacinas são aplicadas em unidades básicas de saúde. É importante levar um documento de identidade, cartão de vacina , cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e comprovante de residência.

Fonte: TV Jornal

16
agosto

Audiência Pública em Santa Cruz do Capibaribe debaterá cuidados com a saúde mental

A Audiência Pública acontecerá na Câmara de Santa Cruz.

Estima-se que em cada 100 pessoas 30 sofram, ou venham a sofrer, em algum momento da vida, de problemas relacionados à saúde mental e que cerca de 12 tenham uma doença mental grave. A depressão é a doença mental mais frequente, entretanto, o suicídio e a automutilação também têm ganhado notoriedade quando se debate a temática.

Acontecerá na manhã da próxima terça-feira (20), uma Audiência Pública, no Plenário da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, para tratar sobre a depressão, que terá como tema “Vamos conversar? Sua saúde mental em primeiro lugar”.

A audiência reunirá representantes da esfera pública e especialistas na área de saúde mental, para debaterem com a população sobre a importância da prevenção à automutilação, depressão e suicídio.

O evento é organizado pela vereadora de Santa Cruz do Capibaribe, Jéssyca Cavalcanti (PTC), que aproveita para convidar a população a ser fazer presente neste encontro.

“É muito importante que a população se faça presente nessas discussões, para que a gente consiga instituir uma cultura preventiva de cuidado e zelo para com o indivíduo. Saúde mental é algo sério, que precisa de cuidado e do devido tratamento”, destaca a vereadora.

Ainda durante a audiência pública da próxima terça, deverá ser debatido a consolidação do Comitê Gestor de Saúde Mental, fruto de um projeto de Lei que está em tramitação na Camará de Vereadores, também de autoria da vereadora Jéssyca Cavalcanti.

08
agosto

Zé Minhoca solicita mutirão de vacina contra Sarampo

Foto: Bruna Costa (Assessoria).

Ao usar a tribuna em reunião na tarde desta quinta-feira (08), o vereador Zé Minhoca (PSDB) solicitou ao secretário de saúde do município, Dr. Nanau, a realização de um mutirão de vacinas contra sarampo.

De acordo com o tucano, o alerta precisa estar ligado na Capital da Moda, município que recebe milhares de pessoas semanalmente, em virtude das feiras no Moda Center.

Zé Minhoca levou dados de outros estados e citou os sintomas da doença. Ainda de acordo com o vereador, três casos foram confirmados em Santa Cruz e dois estão em investigação laboratorial.

O sarampo é uma doença transmitida por secreções como gotículas eliminadas pelo espirro ou pela tosse. A imunização é feita por meio da vacinação tríplice viral, que também protege contra caxumba e rubéola.

Como sintomas, deixa manchas avermelhadas na pele, provocando entre outras coisas, febre, tosse e mal-estar. Em gestantes, pode provocar aborto ou parto prematuro.

Sem alarde 

Entramos em contato com o Secretário de Saúde, na noite desta quinta-feira. Nanau confirmou os casos, mas explicou que o município não está em situação crítica, quanto à doença. Ele afirmou que a pasta tem buscado, junto ao estado, vacinas necessárias, mas acrescentou que desde a ultima quinta-feira (01), 1.400 unidades foram possíveis.

Ainda de acordo com o secretário, nessa sexta-feira (09), novas solicitações já estarão sendo realizadas.

07
agosto

Suposta campanha de vacinação contra Poliomelite e Sarampo é Fake News

Ministério da Saúde informa que tal campanha não existe

Circula nas redes sociais um cartaz anunciando uma suposta campanha de vacinação contra a Poliomielite e Sarampo. O Ministério da Saúde informou na tarde desta segunda-feira (06), por meio de redes sociais, que essa notícia é falsa e que a imagem se refere a uma campanha realizada no ano passado.

“O Ministério da Saúde informa que NÃO EXISTE, no momento, uma campanha nacional de reforço da vacinação contra o Sarampo no Brasil. A imagem que circula nas redes sociais diz respeito a uma campanha realizada em 2018.” – detalha o Ministério por meio de nota divulgada nas redes sociais

O Ministério da Saúde ainda informou que a vacinação contra o Sarampo deve seguir o Calendário Nacional de Vacinação. Vale ressaltar que quem já foi vacinado, de acordo com sua faixa etária, não precisa receber a vacina novamente.

Diante do boato a Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe, divulgou uma nota esclarecendo a situação à população.

 

 

25
julho

AME Especialidades recebe novo aparelho de ultrassonografia em Santa Cruz

O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira, entregou na manhã desta quarta-feira (24) um novo aparelho de ultrassonografia digital no Ambulatório Médico Especializado (AME), que está localizado na Rua Rogaciano Assis Aragão, Nº 200, no bairro São Cristovão.

O novo equipamento, que custa mais de 200 mil reais, vai realizar nove procedimentos ofertados através do Dr. Hamilton Monteiro e a Dr. Rafaella Caldas. A população irá contar, além das consultas de rotina, de serviços de ultrassonografia endovaginal e obstétricas, abdômen total, vias urinárias, pélvica, próstata, tireoide, bolsa escrotal e mama.

Os atendimentos são feitos mediante marcação na Secretaria de Saúde, e para as gestantes que utilizarem este equipamento, as mesmas deverão levar o cartão de gestante e todas as outras ultrassonografias que foram feitas anteriormente para que o médico mostre a evolução nos exames.

“Entregamos este novo aparelho de ultrassom conquistado através de recursos próprios, com ele, poderemos ofertar a população cerca de 200 atendimentos mensais, demostrando a nossa humanização da saúde pública de Santa Cruz do Capibaribe”, afirmou o prefeito Edson Vieira.

O secretário de Saúde Dr. Nanau, ressaltou a importância deste aparelho e agradeceu ao prefeito pelo empenho na aquisição. “Um serviço como esse é de utilidade para toda sociedade santa-cruzense. Sabemos que uma consulta particular custa caro e muitas pessoas não podem pagar por este atendimento. Por isso, possibilitamos a oferta deste e de outros serviços de forma gratuita”, pontuou.

A diretora da unidade, Juliana Feitosa, relatou que com a chegada deste moderno aparelho de ultrassom, várias demandas serão atendidas. “Com a instalação do aparelho no AME vamos facilitar tanto o trabalho das pessoas responsáveis pelo equipamento quanto dos pacientes, correspondendo ativamente as demandas do nosso povo”, disse.

Edson Vieira fez a entrega deste equipamento acompanhado da deputada estadual Alessandra Vieira, do secretário de Saúde Dr. Nanau, dos vereadores Irmão Val, Jéssyca Cavalcanti e Klemerson Pipoca e de toda população presente na unidade.

;

Informações da assessoria.

14
julho

Serviços da saúde podem parar em Santa Cruz caso a Câmara de Vereadores não aprove suplementação orçamentária, alerta secretário

Vereador Júnior Gomes vem sendo acusado de atuar para “travar” o governo

 

 

 

O secretário de saúde de Santa Cruz do Capibaribe, Dr. Nanau, alertou durante o programa político A Hora do Povo, neste sábado (14), que os serviços da pasta poderão ser paralisados a partir desta segunda-feira (15), caso a Câmara de Vereadores não aprove um projeto de suplementação orçamentária apresentado pelo poder executivo desde o dia 12 de junho, que deveria tramitar em regime de urgência.

O secretário afirma que aponta que existem recursos disponíveis no governo para suprir gastos com a compra de insumos e medicamentos, peças e oficinas para o concerto de ambulâncias, entre outras despesas que seriam essenciais para o funcionamento de toda a rede municipal de saúde, mas os recursos precisam ser realocados de outras áreas. A suplementação só pode ser feita pela Prefeitura com autorização da Câmara. O projeto passou por duas comissões e será analisado pelo Plenário na próxima segunda-feira (15).

Nanau alertou que poderá ingressar na justiça, caso o projeto sofra pedido de vistas ou venha a ser reprovado pelos vereadores, considerando “o risco de percas de vidas”, segundo o secretário.

Vereadora Jéssyca pedirá na justiça destituição de Júnior Gomes de comissão da Câmara

 

Foto: ASCOM CÂMARA

 

Em meio a conturbada tramitação do projeto de suplementação, a vereadora governista Jéssyca Cavalcanti vem acusando o vereador Júnior Gomes de tentar “travar” o governo.

O motivo seria movimentos como os que houveram na última quinta-feira (11), quando servidores da saúde foram convidados para participar da reunião da comissão de finanças e orçamento, presidida por Júnior.

A participação dos servidores estava relacionada a assuntos que não estavam na pauta, o que fez com que o secretário Dr. Nanau e a vereadora Jéssyca se retiraram da reunião.

Outro ponto exemplificado pela vereadora foi que Júnior Gomes conduziu uma reunião da mesma comissão na sexta-feira (12) sem a sua convocação por escrito, o que segundo Jéssyca, estaria previsto no regimento da Câmara.

O Blog tentou contato com o vereador Júnior Gomes para comentar o assunto na manhã deste domingo (14), mas não conseguiu.

11
julho

Dr. Nanau e Jessyca Cavalcanti decidem se retirar durante reunião que tratava de projeto de suplementação

Eles alegaram desvio do foco nas discussões

,

Na manhã desta quinta-feira (11) aconteceu na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, a reunião da Comissão de Finanças e Orçamento para discussão do pedido de abertura de crédito suplementar pelo Poder Executivo em regime de urgência, através do Projeto de Lei 010/2019.

A Comissão que é presidida pelo vereador Júnior Gomes (PSB) recebeu o secretário de Saúde do município, Dr. Nanau, representantes dos agentes de endemias, agentes de saúde e técnicos de enfermagens. Participaram também vários vereadores e o contador do município, Ivaldeci Hipólito.

De acordo com o Projeto de Lei, o pedido de suplementação na área da saúde é equivalente a R$ 7 milhões e 885 mil.

Próximo ao final da reunião, houve um desentendimento que resultou nas saídas do secretário de saúde, Dr. Nanau e a vereadora Jessyca Cavalcanti, alegando que tudo foi discutido, menos a suplementação. Ele revelou que caso o projeto não seja aprovado, a saúde do município ficará prejudicada já a partir desta semana

“Fui a Câmara para debater o projeto da suplementação, mas o presidente Júnior Gomes mais uma vez quis fazer da Casa um circo de picadeiro, então fiz minha parte respondi tudo sobre a Secretaria, agora questão administrativa resolverei na Secretaria, quero alertar a todos santa-cruzense que a partir dessa semana se não for aprovado esse projeto de suplementação, vai faltar medicação, vai parar o SAMU, ambulâncias, enfim vai parar a saúde do nosso município” – alertou.

Em nota, o vereador Júnior Gomes afirmou que as saídas de Dr. Nanau e Jessyca Cavalcanti da reunião, teriam sido uma forma desrespeitosa.

“O secretário de Saúde, Nanau Marques, a vereadora e secretária da Comissão, Jessyca Cavalcanti mais uma vez abandonaram a reunião de forma desrespeitosa, não ouvindo as demandas dos servidores”.

O presidente da comissão, Júnior Gomes afirmou que o parecer ao projeto da suplementação será apresentado e votado pelos membros da comissão na manhã desta sexta-feira (12) às 10h. Após a votação, o pedido de suplementação seguirá para apreciação em Plenário por todos os parlamentares.

Jessyca Cavalcanti revelou que o projeto de suplementação estaria na Câmara para ser votado desde o último dia 13 de junho.

Confira o momento da saída:

03
julho

Monsenhor Heleno se encontra na UTI e passará por cirurgia na próxima sexta-feira (05)

Se encontra internado na Unidade de Tratamento Intenso (UTI) da Unimed em Caruaru, o pároco José Heleno dos Santos, mais conhecido como “Monsenhor Heleno”, que fez parte da paróquia do Senhor Bom Jesus dos Aflitos e São Miguel, de Santa Cruz do Capibaribe.

Segundo informações de amigos do pároco, há alguns meses ele teria realizado exames de rotina e foi detectado um problema em seu coração, porém durante a semana passada, ele começou a ter dificuldades na respiração e foi encaminhado ao Hospital da Unimed na Capital do Agreste, onde ficou internado em caráter de urgência.

De acordo com o Boletim Médico divulgado pela Unimed na manhã desta quarta-feira (03), ‘Monsenhor Heleno se encontra cansado e mais pálido que os outros dias, falou pouco, porém está muito consciente e tranquilo, mas que está um pouco ansioso com a aproximação do dia da cirurgia’.

A família informou que nesta próxima sexta-feira (05), Monsenhor Heleno passará por uma cirurgia, quando trocará uma válvula do coração, e por isso as visitas serão permitidas apenas para familiares e ao Clero da igreja.

“Tendo em vista a preocupação dos médicos com o cansaço e as emoções que ele está sentido ao receber tantas visitas, esta decisão se dá pela necessidade de um melhor repouso e recuperação para o pré-operatório, e consequentemente a cirurgia que se aproxima. Agora é só aguardar a sexta-feira para resolvermos tudo, se Deus quiser” – disse em nota a família.

Apesar de estar falando pouco, Monsenhor Heleno deixou a seguinte mensagem para os fiéis e toda a população, que estão em oração.

“Estou com saudades do meu povo”.

25
junho

Senac oferece cursos de gestão e saúde para Santa Cruz

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) é o principal agente de educação profissional voltado para o Comércio de Bens, Serviços e Turismo do País.

Seu portfólio contempla cursos presenciais e a distância, em diversas áreas do conhecimento, que vão da Formação Inicial e Continuada à Pós-graduação e permitem ao aluno planejar sua carreira profissional em uma perspectiva de educação continuada.

Pensando em capacitação, o município de Santa Cruz do Capibaribe está recebendo a carreta-escola do Senac, que traz para a cidade cinco cursos na área de gestão e saúde, como Excelência no Atendimento ao Cliente de Farmácia e Drogarias e Técnico em Enfermagem, entre outros.

O curso de Excelência no Atendimento ao Cliente de Farmácia e Drogarias será de 8 a 15 de julho das 19h às 22h, com uma carga horária de 15 horas e o investimento é R$ 150 (ou até 3 vezes de R$ 50 no cartão).

O curso de Primeiros Socorros será de 13 de julho a 24 de agosto, sempre aos sábados das 8h às 12h, com carga horária de 40 horas e o investimento é R$ 200 (ou até 3 vezes de R$ 66,67).

O curso de Cuidados Especiais com Idosos será de 22 de julho a 02 de agosto das 8h às 12h, com carga horária de 30 horas e investimento de R$ 150 (ou até 3 vezes de R$ 50).

O curso de Procedimentos de Enfermagem no Cuidado com Feridas será de 05 de agosto a 13 do mesmo mês, das 19h às 22h com carga horária de 20 horas e investimento de R$ 150 (ou até 3 vezes de R$ 50).

Já o curso de Técnico de Enfermagem será a partir do dia 18 de agosto, sempre de segunda a sexta das 18h às 21h com carga horária de 1.800 horas, investimento de R$ 8.400 (ou até 30 vezes de R$ 280).

Todos os cursos acontecerão na carreta-escola do Senac, que está situada na Rua João Hermano Silva, ao lado da Secretaria de Saúde, Bairro Dona Dom, para mais informações é só se dirigir até o local ou entrar em contato através do (81) 3727-8259/3727-8260.

Notícias Anteriores