23
fevereiro

Rádio Debate – Fique por dentro dos principais assuntos da política!

Programa traz fortes declarações de Dimas Dantas, negativa a Diogo Moraes em Taquaritinga e nova fase da Lava Jato

Os principais assuntos da política nacional, estadual e local foram pautas no principal programa político da região.

E para esta quinta-feira (23), três assuntos dominaram a pauta de discussões: As fortes declarações do ex vice-prefeito Dimas Dantas (PP) contra o prefeito Edson Vieira (PSDB), a negativa de políticos de Taquaritinga ao nome indicado pelo deputado estadual Diogo Moraes a presidência da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP) e também mais uma fase da Operação Lava Jato.

Além disso, você também fica por dentro de tudo com os nossos correspondentes Inaldo Sampaio (Recife) e Leandro Magalhães (Brasília), além do quadro “Comédia da política real”.

Ouça o programa na íntegra!

.

23
fevereiro

Prefeitura de Brejo confirma antecipação de salários a servidores

Brejo da Madre de Deus – Foto: Divulgação

A prefeitura de Brejo da Madre de Deus confirmou a antecipação dos salários para os servidores municipais, tanto efetivos como comissionados.

De acordo com o prefeito, a medida visa o feriado prolongado de carnaval para que, segundo o mesmo, os servidores possam aproveitar os festejos sem dificuldades financeiras.

“Esse é um trabalho de equipe. Então, para que tenhamos colaboradores mais entusiasmados e comprometidos, é preciso oferecer seus devidos reconhecimentos, buscando pagar em dia” – disse Hilário Paulo (SD).

Ainda de acordo com o mesmo, o pagamento foi realizado na última quarta-feira (22).

22
fevereiro

Resumório! – A coluna do professor Tenório

TÁ CHEGANDO A HORA – Tá chegando a hora de enfrentar uma fila quilométrica pra comprar pão, maior que a dos bancos no pós-greve, ficar com a letra de uma música escrota na cabeça por meses, botar séries em dia, beber cerveja quente, jogar mais dominó em uma semana do que no ano inteiro, brigar por conta das divisões das tarefas, ficar numa casa lotada de pessoas com menino arrumando confusão e mulher sentindo ciúmes até das sombras. Tudo tão igual, a única diferença é que agora a garota Globeleza não está mais pelada. Feliz Carnaval a todos!

BAILE MUNICIPAL – ​Fui fantasiado de homem invisível. Pensei que minha fantasia seria inédita, mas o deputado Diogo Moraes também estava de homem invisível. Só que a minha era feito o traje invisível do Chapolin Colorado, que só os inteligentes conseguem ver. Não por acaso, deixei de ser cumprimentado por muita gente.

BAILE MUNICIPAL II – Ainda sobre o baile, os ingressos parecem que foram feitos numa gráfica de Itu, nunca vi tão grandes. A maioria das fantasias era de agente da federal, presidiários e caribenhos. Coincidências ou ironias? Vai saber. A maior prova da eficiência das audiências de custódia foi um funcionário da prefeitura que postou foto no “face” fantasiado de presidiário e status “de saída para o baile”, depois apareceu lá de blusa polo azul. Sua audiência deve ter ocorrido durante o trajeto para o clube, sendo devidamente inocentado. No mais, a festa foi um verdadeiro sucesso.​

CRUZEIRO – Não estranhem se vocês encontrarem repasse de um cruzeiro para os Estados Unidos no precinho lá no bazar Santa Cruz. É que não mencionaram que o pacote trazia cobertura fotográfica, o que desagradou quem gosta de privacidade. ​Vale a pena acompanhar o bazar, oportunidade única de ir para Orlando.

SEGURANÇA – A segurança em Pernambuco tá de BRINKS. Segurança mesmo só em alto mar, quem puder ir vá. Hoje, com a violência que assola nosso estado e o Brasil, o emprego mais estressante é o de segurança de carro forte. Bem mais do que o de assessor parlamentar júnior, com certeza.​

CARRO OFICIAL – As críticas envolvendo o episódio do veículo de fiscalização de trânsito de Santa Cruz usado de modo indevido me parecem “perseguição da imprensa”. Disseram que ele foi fazer a manutenção do carro em pleno sábado e parou no shopping em Caruaru para uma simples refeição​. Quem trabalha fim de semana merece receber hora extra, não sindicância. Além do mais, estacionou na sombra, demonstrando zelo e preocupação com o patrimônio público.

LOTAÇÃO – O bairro conhecido como Malhadinha parece uma região metropolitana de Santa Cruz. O lugar é novo, mas já tem problemas de cidade grande. Entre eles está a superlotação do ônibus escolar. A vantagem da superlotação é que, numa eventual necessidade, terá muita gente pra empurrar o ônibus. Porém, a chance de esquecer alguma criança dentro do veículo é maior. É bom ficar atento. Nenhuma dessas situações seria inédita!​

RIO LIM – Mais uma curiosidade chamou a atenção do resumorista esses dias, a limpeza de metade do Rio Capibaribe. Limparam apenas o lado que pertence ao município do Brejo da Madre de Deus. O rio é dividido por um esgoto, o lado de Santa Cruz continua imundo. O engraçado é que se falou na importância de limpar o rio para combater os focos de proliferação do Aedes aegypti. Esqueceram que o mosquito tem autonomia de voo para atravessar tranquilamente o rio.

DIDA PREFEITO – Em terra que vereadores entram em recesso após o primeiro dia de trabalho, natural o prefeito tirar férias após o segundo mês da gestão. Um descanso merecido. Que Dida assuma com mais disposição e tenha um excelente desempenho como prefeito interino.​

+ FUNCIONÁRIOS – A câmara de Santa Cruz do Capibaribe aprovou projeto de lei que aumenta o quadro de funcionários. Alô dona Margarida! Na legislatura anterior, a câmara era bastante elogiada e considerada uma das melhores da região, mesmo cada parlamentar contando apenas com um assessor. A meta agora deve ser tornar-se a melhor da galáxia. Crise só de garganta, como diriam os tão citados amigos do grupo de WhatsApp “Falsos Canalhas”.​​

DIRETO DA REDE – A última vez que uma indicação ao STF foi negada foi quando o Náutico ganhou seu último título. Alexandre de Moraes pode ficar tranquilo. Quanta maldade com os alvirrubros.

 “Não me queiram mal, nem me multem. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

22
fevereiro

O que foi destaque no Rádio Debate desta quarta-feira (22)

Programa destaca aprovação de projeto polêmico que aumenta quantidade de assessores na Câmara de Santa Cruz

Na manhã desta quarta-feira (22) os principais assuntos da política foram destacados no Rádio Debate.

Na pauta local, predominou a discussão sobre o projeto 044/2017, de autoria da Mesa Diretora, que cria 18 novos na Casa de Leis por indicação dos edis. O projeto é visto com receio diante do quadro atual de crise e corte de gastos em diversas pastas.

O custo adicional por ano previsto para os cofres públicos é de R$237.121,56 (já incluídos o 13º salário). Já o segundo foi a política estadual, que tratou das declarações do Governador Paulo Câmara (PSB) horas após a invasão de uma seguradora por bandidos no Recife.

A investida criminosa as vésperas do Carnaval, expôs a fragilidade do estado quanto ao assunto segurança.

O programa também contou com entrevistas ao vivo com o ex-vice-prefeito Dimas Dantas (PP) e com o líder da bancada de Oposição estadual, o deputado Silvio Costa Filho.

Ouça o programa na íntegra!

.

22
fevereiro

“Ainda bem que não confiou em mim, senão eu estaria cheio de processos”, diz Dimas sobre prefeito Edson Vieira

Foto: Blog do Ney Lima (Arquivo).

Prometendo fazer rígida fiscalização do governo municipal, o ex-vice-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Dimas Dantas (PP), rebateu provocação do prefeito, durante participação do Programa Rádio Debate, da Rádio Polo FM, na manhã desta quarta-feira (22).

Na terça, o prefeito falou de outra oportunidade em que saiu de férias e deixou o então vice, Dimas, no comando “Fui tranquilo, por que não tinha nada para esconder. Mas, ali, naquela época, já estava num processo de distanciamento, hoje é de harmonia e integração. A mesma data, mas um vice diferente, um parceiro e irmão”, disse Edson, que deixou as funções desta vez a cargo de Dida de Nan (PSB).

Dimas se mostrou surpreso, e disse que o ‘distanciamento político’ se deu apenas quando teve início as ligações entre a administração com a KMC Locadora, além de posições políticas do gestor.

“Só lamento quando diz o ‘distanciamento’. Na época eu não entendi… Como pode haver distanciamento se eu era secretário de educação, na época? Como pode distanciamento, se ele viaja e deixa a prefeitura comigo?”, questiona e completa em seguida “Diferentemente do que ele fala, eu fui tão correto que nem na prefeitura eu fui”.

“Eu quero mandar um recado direto para ele; Ainda bem, prefeito, que você não confiou em mim, porque imagina se você tem confiado, hoje eu estaria com um monte de processos como você está”.

Dimas ainda citou a ex-secretária Clécia Lira, que teria confiado no prefeito e hoje está com seu nome envolvido em processo judicial.

“Clécia confiou em você, hoje está processada pelo Tribunal de Contas”. Para Dimas, Edson Vieira a colocou em uma ‘fria’.

Ele frisou também que não responde a nenhum processo, algo que poderia estar acontecendo caso assinasse uma licitação, deixada pelo prefeito. Dimas disse não lembrar exatamente do que se tratava a licitação, mas, com suspeita, disse que vai buscar com a administração. O ex-vice ainda deixou um ‘conselho’, para o sucessor.

 “Cuidado Dida, tá sendo botado sua assinatura onde não deve”.

Por fim, disse não ser contra viagens do prefeito, mas que o povo precisa saber qual a origem do dinheiro usado, já que afirmou desconhecer outra fonte de renda do prefeito Edson Vieira, além da administração pública do município.

22
fevereiro

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

Respondeu: Até que enfim alguém respondeu quanto será o salário de um Secretário Executivo em Santa Cruz do Capibaribe-PE. Segundo a líder da bancada de situação, a vereadora Jéssyca Cavalcante (PTC), os mesmos irão receber 6 mil reais.

Mesmo Valor: Resumindo, com o aumento dos subsídios o secretário que fazia parte do primeiro escalão em 2016, que recebia 6 mil e agora em 2017 foi para o cargo de secretário executivo no segundo escalão, irá receber os mesmo 6 mil.

33%: Enquanto isso, o Secretário de primeiro escalão receberá um SIMPLES aumento de mais de 33%, ou seja, a galera que recebia 6 mil, receberá 8 mil reais.

Economia? (I): Uma conta rápida, diminuiu três cargos de secretário de primeiro escalão no valor de seis mil, mas criou no mínimo três secretarias executivas no valor de 6 mil, a economia fica em ZERO.

Economia? (II): Contudo, a partir do momento que aumenta 2 mil nos subsídios de oito secretários do primeiro escalão, se tem 16 mil de despesas a mais do que se tinha no mês anterior. Lembrando que nessa conta não coloquei o aumento de até 1 mil reais dos secretários executivos que já estavam no cargo.

Economia (III): Particularmente não sou contra o aumento dos subsídios dos secretários, contudo estou tentando enxergar a economia propagada pelo prefeito Edson Vieira (PSDB), mas sinceramente não estou conseguindo.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

21
fevereiro

Edson Vieira preside primeira Assembleia Extraordinária do CONIAPE

Foto: Gercom PMSCC

O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira, na tarde desta segunda-feira (21), esteve à frente da primeira Assembleia Extraordinária do Consórcio Público Intermunicipal do Agreste Pernambucano e Fronteiras, (CONIAPE), biênio 2017-2018. O Encontro aconteceu em Caruaru, na sede da entidade e contou com a presença de representantes de 18 municípios filiados.

A reunião teve como pauta o processo de transição da diretoria executiva, apresentar os novos diretores do consórcio, mostrar aos associados o plano de gestão para 2017, alterar o estatuto da sede administrativa, aprovar a adesão de mais municípios e apresentar o balanço de receitas e despesas.

“Estou aqui para ajudar, fazer o melhor para Santa Cruz do Capibaribe e demais município associados, por isso acredito que fomos democráticos, colocamos também nosso ponto de vista e como pretendemos trabalhar à frente do CONIAPE”, disse o prefeito e presidente do CONIAPE, Edson Vieira.

Ana Célia, prefeita de Surubim e vice-presidente do CONIAPE, também falou sobre a primeira assembleia da nova diretoria. “Uma reunião importante, onde o presidente Edson Vieira destacou as metas para 2017 e o que já está sendo realizado. Um encontro salutar e que junto superaremos as dificuldades existentes nos municípios”, disse a prefeita.

“A primeira impressão foi ótima, estavam todos os participantes do consórcio, Edson Vieira está tentando imprimir uma dinâmica onde todos os prefeitos participem, não só dos projetos, mas das decisões do CONIAPE”, comentou o prefeito de Bezerros, Severino Otávio (Branquinho).

A nova formação do CONIAPE é a seguinte:

Diretoria Executiva

Presidente: Edson Vieira, prefeito de Santa Cruz do Capibaribe;

1º Vice-presidente: Ana Célia, prefeita de Surubim;

2º Vice-presidente: Ivaldo Mestre (Lero), prefeito de Taquaritinga do Norte;

1º Secretário Geral: João Tenório, prefeito de São Joaquim do Monte;

2º Secretário Geral: Severino Otávio (Branquinho), prefeito de Bezerros;

1º Tesoureiro: Hilário Paulo, prefeito de Brejo da Madre de Deus;

2º tesoureiro: Alex Robevan, prefeito de Santa Maria do Cambucá.

.
Secretaria Executiva

Secretária Executiva: Áurea Priscilla, publicitária;

Coordenadora Jurídica: Diana Câmara, Advogada.

.
Núcleos Intermunicipais em funcionamento

NIS – Saúde,

NIE – Educação,

NIIP – Iluminação Pública,

NISB – Saneamento Básico.

.

Novas Metas

1 – Aderir 100% dos municípios consorciados aos núcleos existentes de Educação, Saúde, Saneamento Básico e Iluminação Pública;

2 – Realizar reuniões setoriais com equipes do consórcio e das prefeituras, para desenvolverem ações conjuntas de política pública nas melhorias dos municípios;

3 – Manter os municípios consorciados adimplentes para assegurar manutenção eficiente do consórcio;

4 – Criar o Portal da Transparência do consórcio

.

Informações da Assessoria

 

21
fevereiro

Ambulantes realizam protesto após operação de fiscais em Caruaru

Imagem: TV Jornal Caruaru / NE10 Interior.

Na manhã desta terça-feira (21) um grupo de ambulantes na cidade de Caruaru realizou um protesto na ponte que faz a ligação ao Parque 18 de Maio.

Os ambulantes alegam que a prefeitura local determinou que os mesmos saíssem do local e que não houve, segundo os mesmos, o diálogo e também a busca de um espaço que favoreça as vendas no decorrer da semana. Apreensões de mercadorias, segundo os mesmos, chegaram a ser realizadas por parte de uma equipe de fiscais.

No protesto, que durou pouco mais de uma hora, foram usados pneus velhos e outros objetos, que foram ateados fogo e a ponte foi isolada. O trânsito só voltou ao normal após um acordo entre policiais e manifestantes, que puderam continuara a vender no espaço até que haja um acordo.

A imprensa local, a prefeitura alegou que não houveram apreensões, mas que o procedimento dos fiscais teria sido associado a um levantamento de dados para saber quantos vendedores há no local e também realizar a busca de soluções por um espaço adequado.

Desde o ano passado, ruas do Centro de Caruaru tem passado por um processo de retirada de ambulantes que, segundo alegações da prefeitura, ocupam calçadas e prejudicam o fluxo de pedestres e veículos.

21
fevereiro

Projetos polêmicos e denúncia de associação de moradores marcam sessão no Legislativo de Santa Cruz

Fotos: Thonny Hill

Na manhã desta terça-feira (21) foi realizada mais uma sessão ordinária na Câmara de Vereadores.

A sessão foi marcada por três momentos: a visita do vice-presidente da Associação de Moradores da Malhada do Meio, Otacílio Neto; a votação de projetos e requerimentos e a “aparente pressa” de governistas para o fim da sessão, de modo a acompanhar a transição do prefeito Edson Vieira (PSDB) para seu vice, Dida de Nan (PSB), que assume a prefeitura nos próximos 30 dias.

A próxima sessão acontece em 07 de março (uma terça-feira), às 14h. Confira o resumo dos principais pontos abordados:

.

Vice-presidente cobra melhorias e faz denúncia quanto a superlotação de ônibus de estudantes da rede municipal

 

Otacílio Neto, vice-presidente da Associação de Moradores da comunidade Malhada do Meio, levou para a reunião uma pauta com nove reivindicações.

Entre as cobranças estavam a iluminação da principal via de acesso a localidade, a criação de uma subprefeitura e também a disponibilidade de um ônibus de maior porte para os alunos da rede municipal de ensino.

Sobre esse último ponto, o maior de discussões entre os vereadores, Otacílio relatou o problema de superlotação.

De acordo com ele, uma média de 65 crianças preenche os assentos de um micro-ônibus em cada um dos turnos, fator que, segundo o mesmo, causa perigo aos ocupantes.

“Vão seis, sete crianças no painel do ônibus e a porta vai aberta. É o monitor servindo de porta porque vai crianças na escadinha que desce os passageiros. Qualquer hora dessas vai acontecer um acidente. São 65 crianças de manhã, um bocado a tarde e outro à noite e olha que pedimos para que os pais não fossem nos ônibus, porque também tem crianças com idade de creche” – disse.

Otacílio aproveitou para entregar um documento aos vereadores; uma carta-compromisso de modo a formar uma parceria com os mesmos na busca por soluções para os problemas apontados.

Clique para ampliar ou faça o download.

Projetos de Lei que renderam mais discussão

Quanto aos projetos de Lei, 13 deles foram discutidos pelos vereadores, sendo 05 encaminhados as comissões, dois em pedidos de vista e 06 aprovados.

Dentre os aprovados, três deles renderam maiores discussões. O primeiro deles foi o 005/2017 do Poder Executivo, que dispõe da reforma administrativa e competências das secretarias municipais.

De acordo com Ernesto Maia, o projeto enviado a Câmara não dispunha do balanço de impactos financeiros para o município e acabou tendo um novo pedido de vistas, desta vez por Carlinhos da Cohab (PTB).

O segundo projeto mais relevante, desta vez de autoria da Mesa Diretora (PL-050/2017) trata da fixação dos subsídios dos secretários municipais e demais cargos com status de secretário para a legislatura 2017/2020, que teve pedido de vistas por Ernesto Maia (PT).

Já o terceiro projeto de maior destaque, o 044/2017 que não estava na pauta original, trata da criação de 18 novos cargos dentro da câmara, o que representa um custo adicional mensal de R$ 1013,34 por cada um.

Dentre os cargos estão 17 de Auxiliar Legislativo e 01 Assessor Especial de Administração (Nível 03).

Já dentre os requerimentos, foram 23 solicitações, que podem ser conferidas abaixo:

21
fevereiro

Crise? Câmara aprova projeto para incluir 18 novos assessores

Fotos: Thonny Hill

Na manhã desta terça-feira (21) a Câmara de Vereadores de Santa Cruz aprovou o projeto de Lei 044/2017, que cria 18 novos cargos dentro da Casa de Leis, 17 deles serão preenchidos por indicação dos vereadores e um pelo presidente.

O projeto cria 17 cargos de Assessor Legislativo e 01 de Assessor Especial de Administração Nível 03, ao custo de R$ 1013,34 cada um.

Em números, o valor representa um custo anual de R$ 237.121,56 (já incluídos o 13º salário). A data para contratação dos novos profissionais ainda não foi divulgada.

O projeto vinha sendo questionado pelo momento de crise na economia, já que várias áreas da administração pública vem sofrendo cortes de gastos ao longo dos anos.

Confira o projeto na íntegra!

21
fevereiro

Dida de Nan assume prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe após licença de Edson Vieira

Foto: Arquivo.

Assumindo, de forma interina, a prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, pelos próximos dias, Dida de Nan (PSB) falou de sua nova responsabilidade, durante o programa Patrulha do Agreste, na Rádio Polo, na tarde desta terça-feira (21).

“Um momento de alegria e responsabilidade. São vários desafios, e estou assumindo mais um”, falou.

Dida agradeceu a confiança do gestor, desde a campanha e com a abertura para a montagem do seu gabinete, dentro do Palácio Brás de Lira.

“Espaço para receber o meu povo. Mas acredito que o prefeito tem que está na rua. Temos uma equipe boa e eles já me conhecem, sabem que não sou de brincar em serviço, nem tão pouco de cruzar os braços”, finalizou.

O prefeito Edson Vieira (PSDB) passará mais de 15 dias fora do país e precisou pedir licença das funções. Ele justificou que está a cerca de 4 anos sem férias, e deixa o trabalho nas mãos do vice considerado ‘parceiro e irmão’.

Edson aproveitou para cutucar o ex-vice-prefeito, Dimas Dantas (PP), com quem deixou as funções em outra oportunidade.

“É a mesma data, mas com um vice diferente. Vamos com mais tranquilidade. Da outra vez também fui tranquilo por que não tinha nada para esconder. Mas alí, naquela época, já estava num processo de distanciamento, hoje é de harmonia e integração. A mesma data, mas um vice diferente, um parceiro e irmão”, finalizou.

20
fevereiro

O que foi pauta no Rádio Debate desta segunda-feira (20)

Programa destaca denúncia de carro da prefeitura flagrado em shopping e liderança de Lula em pesquisa da CNT

Abrindo a semana de debates sobre política na rádio Polo FM, o programa Rádio Debate discutiu a denúncia repercutida no último final de semana.

O caso em questão foi de uma viatura da prefeitura de Santa Cruz, que foi flagrada em um estacionamento de um shopping de Caruaru.

Uma fonte ligada a pasta de Mobilidade Urbana revelou ao blog que o uso de carros públicos para fins particulares seria algo comum no Governo Vieira e, diante da polêmica, o secretário executivo da pasta, Fábio Aragão, falou ao vivo sobre o caso.

O programa também tratou de outros assuntos da política nacional, com destaque para a divulgação da pesquisa CNT para as Eleições 2018, que colocou o ex-presidente Lula com vantagem frente ao deputado federal Jair Bolsonaro (PSC).

Você também ficará por dentro de outros assuntos da política, com as análises de Inaldo Sampaio e quadros como “A comédia da política real”, com o professor Tenório. O programa também contou com a participação de políticos baianos, onde o assunto foram os consórcios municipais.

Ouça o programa na íntegra!

20
fevereiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Colisão (I): Os bastidores do grupo de oposição fervem e as eleições de 2018 estão logo ali. Em conversas com alguns dos principais nomes dos denominado Taboquinhas, está perceptível que caso José Augusto Maia não seja candidato a Deputado Estadual o grupo entrará em rota de colisão.

Colisão (II): A colisão poderá acontecer entre as principais lideranças dos Taboquinhas, caso Zé não possa ser candidato e traga alguém de fora para o grupo apoiar.

De casa: Para parte da cúpula, se Zé não for o candidato, o grupo terá que colocar outro nome de dentro da própria cúpula, pois desde saída do deputado Diogo Moraes (PSB) dos taboquinhas que o grupo não tem uma representação na ALEPE.

O carro: A polêmica do momento é sobre o funcionário da prefeitura municipal de Santa Cruz que estacionou o carro da fiscalização de trânsito no Shopping Center.

Alegação: A justificativa é de que o funcionário teria parado para almoçar, contudo, fotos foram divulgadas do funcionário com sua acompanhante (namorada ou esposa) passeando pelo shopping, ou seja, suposto desvio de finalidade do serviço público.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

19
fevereiro

Passeando no shopping: Carro de fiscalização de trânsito é flagrado em estacionamento de shopping

 

 

 

 

Um veículo que deveria ser utilizado exclusivamente para ações de fiscalização no trânsito de Santa Cruz do Capibaribe foi flagrado, no último sábado (18), no estacionamento de um shopping, na cidade de Caruaru. As imagens foram divulgadas em redes sociais pelo vereador Carlinhos da Cohab (PTB).

 

Em uma das imagens é possível observar que um possível servidor lotado no departamento de Mobilidade Urbana aparece no interior de uma loja acompanhado da esposa.

 

Uma fonte ligada a Secretaria de Mobilidade Urbana informou ao Blog que tem sido comum o uso de veículos oficiais da pasta para fins particulares. Alguns servidores costumam inclusive utilizar os veículos para ir as suas residências durante os horários de expediente.

O Blog entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura que firmou que o fato será analisado “através de sindicância interna para posteriormente tomar as medidas necessárias”.

 

Em uma rede social a vereadora governista Jessyca Cavalcanti disse nem ela nem o prefeito Edson Vieira (PSDB) comungam desse tipo de atitude.

“Pode ter certeza que Fábio (secretário executivo de Mobilidade) estará tomando as providências cabíveis”, explicou.

19
fevereiro

Segurança pública: O desafio dos novos gestores

 

 

Não há dúvida que o maior desafio para os gestores que tomaram posse em 2017 é a segurança pública nos municípios. E neste quesito a tendência é que nenhum deles passe pelos próximos anos sem enfrentar desgaste.

 

Deve ser de conhecimento da maior parte da população que segurança pública é responsabilidade maior do Governo do Estado. No entanto durante a última eleição todos os candidatos lançaram propostas com soluções para o tema. As promessas de campanha resultam na justa cobrança popular.

 

O Blog do Ney Lima resgatou aquilo que foi prometido na última eleição por prefeitos de cinco cidades quem fazem parte de nossa área de cobertura. As propostas estão contidas nos Planos de Governo depositados apresentados a Justiça Eleitoral no ato de registro das candidaturas.

 

Claro que ainda é cedo para que a população faça cobranças, já que os prefeitos estão no segundo mês do mandato, mas a urgência do tema é suficiente para que as ações sejam tratadas de forma prioritária. Vamos começar?

 

 

Edson Vieira – Santa Cruz do Capibaribe

Prometeu aparelhar a Guarda Municipal com ciclopatrulha, patrulha ambiental e patrulha escolar.

 

.

 

Antônio de Roque – Jataúba

Prometeu ampliar o sistema de vigilância eletrônica, apoiar as polícias Civil e Militar e solicitar as autoridades competentes aumento de efetivo policial.

 

 

.

 

Hilário Paulo – Brejo da Madre de Deus

Prometeu criar a Guarda Civil Municipal, mediante concurso público e treinamento efetivo. Disse também que iria criar um conselho de segurança comunitária no distrito de São Domingos e na sede do município.

 

.

 

 

Lero – Taquaritinga do Norte

Prometeu implantar serviço de guarda municipal motorizada e uniformizada, instalação de sistema de câmeras, fomentar um Conselho Municipal voltado a prevenção e combate da criminalidade e melhorias na iluminação pública.

 

.

 

 

Edilson Tavares – Toritama

Prometeu aumentar o efetivo e modernizar equipamentos da Guarda Municipal, vídeo monitoramento integrado, criação de um Comitê Gestor de Segurança municipal, Observatório da Segurança e reforço na iluminação pública.

.

 

17
fevereiro

“Não posso passar meu mandato apenas rebatendo o que falam”, diz Augusto Maia

Foto: Janielson Santos (Arquivo).

Vereador mais jovem, atualmente, em Santa Cruz do Capibaribe, o vereador Augusto Maia (PTN) concedeu entrevista à Rádio Polo FM, nessa quinta-feira (16), e falou sobre a postura que pretende manter na Câmara, durante os próximos anos.

Filho de um dos principais políticos de oposição da cidade (José Augusto Maia), Augusto disse que provocações, por parte de alguns situacionistas, são esperadas, mas que tentará manter o maior equilíbrio possível.

“Vai chegar o momento em que vou ter que entrar em embates, porque é necessário. Porém, não posso passar meu mandato apenas rebatendo o que falam, se não, vou ficar limitado a essas questões”, disse e completou mais à frente “Se eu me deixar levar apenas pelo emocional, será pouco construtivo para população”.

Para ele, alguns tentam lhe atingir resgatando críticas ao seu pai.

Legal e moral

Durante a participação, o vereador ainda disse que não via problemas nos reajustes para os vereadores, votado no último encontro da legislatura passada. Augusto ainda não era vereador e disse que a questão vai depender mais do presidente da Casa, do que dos demais parlamentares.

A entrevista foi concedida pouco antes do juiz Moacir Ribeiro da Silva Junior, suspender o reajuste, atendendo a um pedido popular.

A decisão, em caráter liminar, suspende o reajuste de R$ 1.800,00 a mais, em relação à legislatura passada. O valor passou de R$ 8 mil para R$ 9.800,00.

17
fevereiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Pauta positiva – Na montanha russa do prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), o mesmo consegue uma importante pauta positiva: a inclusão do município no Mapa Nacional do Turismo.

Pauta negativa – Como estão virando rotina às notícias negativas, o TCE-PE publicou a rejeição das contas do ano de 2013 da gestão do prefeito Edson Vieira, constando na mesma multa, a devolução de recursos e as motivações que ocasionaram a referida rejeição.

Motivos – As alegações para rejeição das contas pelo TCE-PE foram à utilização inadequada de transporte escolar, omissão na fiscalização de contratos e até mesmo contratação irregular de empresa de contabilidade.

Responsáveis – Diversos nomes que fazem parte da administração municipal, desde primeira Gestão Vieira, foram responsabilizados, assim como o prefeito Edson Vieira. Todos terão que pagar multas.

Os números – A prefeitura municipal de Santa Cruz do Capibaribe divulgou os números do Plano Municipal de Segurança e apresentou o brilhante trabalho da Guarda Municipal. Contudo, apesar do Poder Executivo municipal está fazendo sua parte, a população não está conseguindo sentir à sensação de segurança tão propagada. Pois assaltos, arrombamentos e homicídios continuaram em larga escala.

Suspenso – Sinceramente achei que não daria em nada, mas a ação da popular da Margarida Ramos do Nascimento colocou, pelo menos momentaneamente, agua no chopp dos vereadores de Santa Cruz do Capibaribe. Pois o Juiz Moacir Ribeiro da Silva Junior suspendeu o aumento dos vereadores e caso a câmara descumpra a determinação sofrerá pena de multa de R$ 100.000,00 (cem mil reais) a ser imposta pessoalmente ao Presidente da Câmara de Vereadores.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

17
fevereiro

O que foi pauta no Rádio Debate desta sexta-feira (17)

Sinalização de denúncia na saúde, suspensão de salários dos vereadores e números do Plano Municipal contra a violência são destacados

Na manhã desta sexta-feira (17) os principais assuntos da política foram pautas no programa, com foco em Santa Cruz do Capibaribe.

Três assuntos permearam as discussões entre o time de debatedores: a sinalização de denúncia na saúde, suspensão de salários dos vereadores e números do Plano Municipal contra a violência foram pautas.

O primeiro vem sendo posto pelo grupo de Oposição, que constantemente relembra o escândalo da KMC. O segundo movimentou os bastidores, graças a uma reunião fechada entre o presidente e os líderes de bancadas. Já o terceiro foi alvo de troca de farpas entre os edis.

O programa também traz os quadros “A comédia da política real” e “Direto de Brasília”, além das análises e comentários do jornalista Inaldo Sampaio.

Ouça o Rádio Debate na íntegra!

17
fevereiro

Números do Plano Municipal contra violência predominam pauta de discursos na Câmara

Fotos: Arquivo

Na tarde de quinta-feira (17) foi realizada mais uma sessão ordinária na Câmara de Vereadores. A reunião, por diversas vezes, teve como pauta os números divulgados do plano Municipal de Enfrentamento a Violência, ora criticados por Oposicionistas, mas defendidos pelos vereadores da ala do governo.

Quanto aos projetos, 11 deles foram apresentados e discutidos, mas quatro deles chamaram mais a atenção, em especial para o que promove a reforma administrativa  do Executivo (fixando cargos e secretários de primeiro e segundo escalão), o que fixa o piso salarial dos funcionários efetivos e o que o que fixa também os salários de secretários.

Desses, apenas o 001/2017 e o 002/2017  foram aprovados, sendo o 005/2017 tendo pedido de vistas por Ernesto Maia após a segunda rodada de votações. Já o que fixa os subsídios dos secretários foi aprovado aprovado apenas em primeira votação e retirado em segunda.

.

A reunião também vivenciou momentos de expectativa, em especial após uma reunião as pressas entre os líderes de bancadas e o presidente Zé Minhoca. O assunto: a liminar que suspendeu o aumento de salários dos edis, aprovado em 2016.

Confira também os discursos do que mais importante falou cada um dos 17 vereadores.

.

Joab do Oscarzão destaca problema da devolução de escolas estaduais para as prefeituras

No principal ponto de seu discurso, o vereador Joab do Oscarzão destacou, segundo ele, o problema que está acontecendo em escolas estaduais, onde muitos prédios estão sendo devolvidos ao município.

De acordo com o mesmo, o governo estadual estaria passando uma responsabilidade sua para os municípios, que é a manutenção e oferta de vagas a alunos.

“Eu entendo que temos que tomar uma posição quanto a isso, porque é importante. Sabemos das dificuldades financeiras dos municípios e o estado está repassando um custo que deveria ser dele. Temos que nos unir e fazer alguma coisa. Não é porque o governador é nosso aliado que temos que deixar acontecer um absurdo desse” – disse.

Marlos da Cohab destaca problema dos buracos em ruas e avenidas de Santa Cruz

No principal ponto de seu discurso, o vereador Marlos da Cohab destacou problemas estruturais nas ruas e avenidas de Santa Cruz.

Marlos estava se referindo a má conservação das vias calçadas, colocando o excesso de buracos. Para ele, a administração pública abandonou a conservação das vias públicas.

“Temos que analisar o que a gente vai fazer para melhorar a buraqueira que está nessa cidade. Eu moro na Cohab e para chegar até aqui a Câmara, tenho que passar em cerca de 50 ruas, todas esburacadas” – disse.

Em seguida, o vereador fez uma frase de efeito, citando que os problemas seriam atribuídos atos de corrupção supostamente cometidos na gestão do prefeito Edson Vieira (PSDB).

Zé Minhoca fala de pavimentação asfáltica e faz críticas ao governador quanto a falta de médicos para exames da CNH

No seu discurso, o presidente da Câmara, Zé Minhoca, voltou a falar sobre asfaltamento de ruas. De acordo com ele, o projeto asfáltico que, em tese, estaria destinado a Santa Cruz do Capibaribe via Ministério das Cidades, vai contemplar diversas ruas até o primeiro semestre de 2017.

“Nesse primeiro semestre, vamos asfaltar mais de 40 ruas, fora outras que serão calçadas. Eles passaram 12 anos no governo e talvez calçaram 20… Essa é uma demonstração de que vocês querem o pior para essa cidade e, nesse semestre, o asfaltamento vai começar e vocês vão dizer o que?!” – frisou.

Em seguida, o vereador também fez críticas ao governador Paulo Câmara, desta vez quanto a falta de profissional para realização de exames relativos a CNH.

“Em relação ao agendamento médico, isso é um absurdo. Se eu o chamava de “Paulo da Câmara Vazia”, agora vou chamá-lo de “Paulo da Câmara de ar furada”. Só vou votar nele se essa água chegar aí” – pontuou.

Helinho Aragão cobra maior segurança para retiros espirituais

No principal ponto de seu discurso, o vereador focou o tema da insegurança com destaque ao período carnavalesco. De acordo com ele, os retiros espirituais, que acontecem no município durante o carnaval, merecem um reforço maior na segurança por parte das autoridades.

“Peçam também para que os retiros tenham uma maior segurança por parte da Polícia Militar e também da Guarda Municipal” – disse.

Em seguida, o vereador também fez críticas ao governador, que deve fazer uma reunião com prefeitos do interior para tratar do Pacto pela Vida.

“Que ele traga alguma coisa de concreto para Santa Cruz” – frisou.

Nanau rebate críticas de Carlinhos da Cohab, que o chamou de câncer na política

No momento mais forte de suas falas, Dr. Nanau aproveitou para rebater críticas feitas, segundo ele, pelo vereador Carlinhos da Cohab, durante o programa “Oposição em Ação”, veiculado no último sábado na Polo FM.

“Vereador, o senhor foi infeliz. Essa palavra me dói porque eu perdi minha mãe como eu perdia sua por causa desta doença. É uma palavra que eu não a atribuo a ninguém. Se o senhor quiser me chamar de inútil, de nocivo, tudo bem; mas um câncer é muito pesado. Eu sei o que eu passei lá em casa como sei que o senhor passou; reflita em suas palavras. Parece que o senhor não sabe o que diz ou diz o que não pensa” – disse.

O mesmo falou sobre sua trajetória política no município e citou que, mesmo com as críticas, conseguiu seu quarto mandato e completou:

“O senhor está com distúrbio mental ou quer me jogar para a plateia? O senhor já me disse que votaria em mim para presidência desta casa” – disse.

Irmão Val destaca inclusão de Santa Cruz no mapa do Turismo Brasileiro

No principal ponto de seu discurso, o vereador Irmão Val destacou, entre outros temas, a inclusão de Santa Cruz do Capibaribe no Mapa do Turismo Brasileiro.

“Para nós, isso é uma grata surpresa porque Santa Cruz, pois o Brasil já nos conhece como um dos principais fornecedores de confecções do país” – pontuou.

Em seguida, ele pontuou alguns requerimentos de sua autoria, entre eles o que solicita a interdição da Avenida 29 de Dezembro de 5h as 6h30 de segunda a sábado, no mesmo trecho que o programa Cidade Lazer aos domingos, também para a prática de exercícios físicos.

Augusto Maia afirma que emendas de Ricardo Teobaldo a Santa Cruz podem ser perdidas por falta de projetos no Governo Vieira

No seu discurso, o vereador Augusto Maia voltou a fazer críticas ao governo do prefeito Edson Vieira. O mesmo citou que emendas superiores a mais de R$612 mil teriam sido perdidas, emendas essas que seriam, segundo o mesmo, para serem aplicadas na pavimentação asfáltica.

O vereador também aproveitou para cobrar o andamento de emendas do deputado federal Ricardo Teobaldo.

“Visto que vários bairros e ruas poderiam ter sido beneficiadas com esses recursos, que não foram executados por meros caprichos políticos, estou entrando com requerimentos para obter informações sobre emendas do deputado federal Ricardo Teobaldo, no valor de R$ 1 milhão para recapeamento asfáltico, que estão com causa suspensiva porque falta o projeto e a licitação para o início da obra” – frisou.

O mesmo citou que emendas oriundas do Ministério do Esporte, que seriam do ano de 2015 e de autoria de José Augusto Maia, também estão travadas. O valor seria de R$ 500 mil para construção de uma quadra coberta.

Pipoca destaca inclusão de Santa Cruz no Mapa do Turismo Brasileiro e cobra mais propaganda do Moda Center e Calçadão

No seu discurso, o vereador destacou a inclusão de Santa Cruz no Mapa do Turismo Brasileiro.

O vereador aproveitou para falar de projetos de sua autoria na Legislatura anterior como o de transformar o doce de Poço Fundo em patrimônio imaterial e cobrou também mais propaganda para divulgar o Moda Center e o Calçadão Miguel Arraes.

“Viemos cobrando para que essa divulgação fosse feita. Temos em Pernambuco um turismo muito alto, mas Santa Cruz é esquecida. Entramos em contato com o secretário de turismo do Estado para tratar sobre isso e mandar recursos para Santa Cruz. Ela não pode ficar fora desses recursos para o turismo pois isso vai gerar mais renda e melhorar a economia” – frisou.

O vereador aproveitou também para cobrar de seus pares a primeira reunião da Comissão Provisória de Sobrevivência com a Seca.

Carlinhos da Cohab faz críticas a dados do Plano de Enfrentamento a Violência e diz que Nanau não tem trabalho por Santa Cruz

No principal ponto de seu discurso, Carlinhos da Cohab fez críticas ao que foi divulgado nesta quinta-feira quanto aos números do Plano Municipal de Enfrentamento a Violência. De acordo com o vereador, teria faltado a prefeitura explicar outros dados como assaltos, homicídios e também furtos.

“Vocês só botam o que convém a vocês, para tentar passar para a população que está tudo bem. Faça assim vereadora Jessyca, vá com sua motinha ou com seu celular na rua que você vai ver o que pode acontecer. É o balanço “bocapretal” de se fazer política aqui em Santa Cruz” – pontuou.

Em seguida, o mesmo devolveu as críticas feitas por Dr. Nanau, que citou que o mesmo seria fofoqueiro por levar denúncias contra a gestão para o Tribunal de Contas.

“Eu conheço que, quem foi que disse não fui eu, foi o prefeito Edson Vieira, que o senhor até se falsificou documentos para alugar o hospital. A única história que eu conheço é a do vereador “Sem orelha”, já que trabalho… O senhor não tem. E ainda tem um prefeito bloqueado, que é multado e que pode ser preso” – disse.

Ronaldo Pacas faz críticas a Carlinhos e a Marlos da Cohab em defesa a Toinho do Pará e Nanau

O vereador Ronaldo Pacas fez diversas críticas aos vereadores Carlinhos da Cohab e Marlos da Cohab. O assunto foi a defesa aos governistas Toinho do Pará e Dr. Nanau, alvos em discursos anteriores. Sobre cada um dos oposicionistas, Ronaldo disse:

“Toinho, você foi vaiado quando prefeito por aqueles que diziam estar do seu lado durante uma festa e com Nanau não está sendo diferente. Eu sei que há erros que tiveram que consertar, mas aqui foram bem-vindos. Viram que lá não tinha valor nenhum e eles vão continuar com essas críticas infundadas” – disse.

O mesmo aproveitou para também rebater as críticas de Carlinhos quanto aos números divulgados pelo plano de enfrentamento a violência e destacou avanços declarados por ele pelo governo em áreas como saúde e outras.

Capilé faz denúncia sobre suposta falta de medicamentos em PSF no bairro da Palestina

No seu discurso, o vereador Capilé destacou sua cobrança para o conserto de uma caixa de água da Compesa, que serve para abastecimento a comunidade do bairro da Palestina. De acordo com ele, por não estar sendo abastecida há quatro anos, a mesma está com problemas estruturais e uma avaliação foi feita, por parte de engenheiros da Compesa.

Capilé destacou que, também em visita a Compesa, citou que o órgão daria uma resposta em até 30 dias quanto a realizar ou não a reforma, mas que a mesma se comprometeu a instalar um chafariz para ser abastecido a cada 15 dias.

Em seguida, o mesmo falou sobre sua visita ao PSF da Palestina, alegando que visitou a farmácia do local e que não haveria medicamentos de várias especialidades.

“Um simples captopril, uma simples dipirona… se for buscar no PSF da palestina, lá não tem. Isso eu pude constatar de perto, tive acesso a farmácia. Paracetamol, remédio para pressão e para diabéticos, isso também não conseguimos encontrar” – disse.

O mesmo completou que esteve no PSF do Dona Lica e relatou que foi mal atendido pela enfermeira da unidade.

Jessyca rebate Carlinhos da Cohab quanto a críticas a números do Plano de Enfrentamento a Violência

No principal ponto de seu discurso, a vereadora Jessyca Cavalcanti rebateu críticas feitas por Carlinhos da Cohab quanto aos números do plano municipal de enfrentamento a violência.

“Ele age com desdenho das ações que foram desempenhadas pelo município porque ele é do “quanto pior, melhor”.  Sabendo que temos as nossas limitações, o prefeito convidou toda a sociedade organizada para estar lá contribuindo e eu gostaria que a Oposição possa apresentar um plano de ação que nascesse dos senhores. Várias entidades vão estar colocando a mão na massa e o que a Oposição faz? Nada!”. – pontuou.

A vereadora também fez críticas a Ernesto sobre o mesmo tema, dizendo que o mesmo tenta desqualificar o prefeito com “histórias requentadas” e denuncismos, destacando conquistas atribuídas, segundo ela, ao governo como a retirada das barracas, de duas favelas, da Central de Feiras e o calçadão.

“Queremos uma Oposição que tenha proposição e não de fazer a política do ‘Pior, melhor’” – pontuou.

Junior Gomes rebate Augusto Maia e faz críticas ao ex-deputado e ex-prefeito José Augusto

Em um dos pontos de seu discurso, Junior Gomes aproveitou para rebater o discurso de Augusto Maia, que fez críticas ao governo Vieira quanto a, segundo ele, não aplicação de emendas de quando José Augusto Maia ainda era deputado federal.

“Fizemos questão de lembrar das ilusões vendidas por José Augusto Maia em rádios quando se falava em construir o rodoshop e o viaduto. O povo acreditava nessas besteiras e aí vem Augusto Maia dizer que o prefeito perdeu emendas por capricho político. Vereador, o pai de vossa excelência, que foi deputado federal e que custou muito aos cofres públicos, não teve sequer a capacidade de nos trazer uma passagem molhada. Ele ainda vem dizer que temos que falar com o prefeito sobre emendas de José Augusto que não pode perder… O povo sabe o quanto seu pai enganou as pessoas” – pontuou.

O mesmo voltou a dizer que o ex-deputado estaria com voz de prisão e que seria preso.

Toinho do Pará faz convite a Oposição pata participar de reunião para tratar da BR-104

No seu discurso, o vereador Toinho do Pará falou sobre o asfaltamento que será realizado, segundo ele, na Avenida que compreende a Maestro Alexandre até o conhecido Bar de Maú.

Em seguida, o vereador fez um convite a Oposição para participar de uma reunião, com o Secretário Estadual de Transportes, Sebastião Oliveira Junior, e também com o deputado estadual Diogo Moraes, para cobrar a volta das obras de duplicação da BR-104.

“A PE-160 está com 90, 95% concluída sua duplicação, mas ainda temos esse gargalo. Precisamos nos unir, unir forças, buscar CDL, Ascap, prefeito, a sociedade civil organizada para cobrar essa duplicação e, ao mesmo tempo, trabalhar a estrada vicinal para a Vila do Pará” – disse.

De acordo com ele, há uma possibilidade de que, já que o município foi incluído no mapa do Turismo Brasileiro, poderia viabilizar até mesmo o asfaltamento para a cidade de Barra de São Miguel, na Paraíba.

Nailson Ramos solicita implantação do “Cidade lazer II” e destaca emenda de Pastor Eurico

No principal ponto de seu discurso, o vereador Nailson Ramos destacou sua solicitação para que uma segunda fase do programa “Cidade Lazer”, que interdita nas tardes de domingo a Avenida 29 de Dezembro, seja implantado também em outra grande avenida municipal.

“A Avenida Padre Zuzinha é bem arborizada, tem um percurso bom e condições de receber um Cidade Lazer II” – disse.

Em seguida, ele voltou a cobrar sinalização de localizações no Calçadão Miguel Arraes e também um muro no mesmo espaço comercial, assim como a ampliação da sementeira local.

“Estive conversando com o prefeito para que possamos ampliar esse trabalho. As pessoas lá precisam de um novo poço, colocar uma bomba para aumentar a oferta das mudas e com isso a nossa cidade terá mais arvores” – frisou.

O mesmo também aproveitou para destacar a vinda de uma emenda de R$ 250 mil que, segundo ele, são oriundas do deputado federal Pastor Eurico.

Ernesto Maia sinaliza mais uma nova denúncia no Governo Vieira

No seu discurso, o vereador Ernesto Maia falou sobre a determinação judicial para devolução de dinheiro de políticos e pessoas citadas como envolvidos no caso da KMC Locadora, empresa supostamente de fachada que deu origem ao escândalo da farra das locações.

Ernesto citou que o prefeito Edson Vieira, além de mais de R$ 6 milhões e estar com seus bens bloqueados, teria que devolver outros R$ 245 mil, destacando também outras multas emplacadas, no valor de R$ 3 mil, contra aliados do governo.

Ernesto aproveitou para sinalizar qual a pasta será, possivelmente, a próxima denúncia de sua bancada contra o Governo Vieira.

“Eles vem aqui dizer que o governo gasta 30% de suas receitas na saúde. Até gastam, mas como gastam… Aguardem” – disse.

O mesmo disse que esteve visitando uma dentista da rede municipal e alegou falta de material no local para realizar procedimentos básicos onde esta trabalha. Quanto aos números divulgados do plano de enfrentamento a violência, ele também fez críticas.

Deomedes Brito denúncia que estudantes da rede pública estadual estão sem transporte pelo município

Último a discursar, o vereador Deomedes Brito fez sua denúncia contra a gestão municipal, desta vez na área de educação.

Segundo ele, alunos da rede estadual de ensino, que residem em bairros da periferia como o Santo Agostinho, estão sem ônibus para transporte. Para o vereador, seria do município a responsabilidade de promover o serviço.

“Os estudantes que estudam em escolas do Estado, que são do Santo Agostinho e Oscarzão, estão indo a pé. Dizem que: ‘Ah! Isso é do estado’. E nós moramos onde? Em Santa Cruz do Capibaribe. Quando chega a época de eleição, não é atrás do estado que vão, mas dos votos de Santa Cruz. Teve estudantes que foram assaltados, mas pelo menos no Santo Agostinho conseguimos resolver. Isso é um governo que não vê saúde e educação” – pontuou.

16
fevereiro

Justiça suspende aumento de salários de vereadores em Santa Cruz

Foto: Arquivo

Na tarde desta quinta-feira (16) foi divulgada a decisão, em caráter de liminar, que suspendeu o aumento de salários aprovado pelos vereadores em Santa Cruz do Capibaribe.

O aumento, aprovado em 30 de setembro de 2016, vinha sendo contestado na justiça graças a ação de uma mulher, Margarida Ramos do Nascimento.

Com a aprovação do aumento, os vereadores passariam a ganhar, na atual legislatura, o salário de R$ 9.800,00, R$ 1.800,00 a mais.

Entramos em contato com a equipe de assessoria de imprensa da Câmara e a mesma citou que o corpo jurídico da Casa ainda não se pronunciou.

É previsto que o Legislativo vai recorrer da decisão, feita em primeira instância pelo Juiz Moacir Ribeiro da Silva Junior.

Durante a sessão desta quinta-feira (16), por cerca de 20 minutos, tanto o presidente da Casa como os líderes das bancadas, Ernesto Maia e Toinho do Pará, se ausentaram e fizeram uma reunião a portas fechadas, no gabinete da presidência. Outra reunião também aconteceu após o término da sessão.

Confira um dos trechos da decisão, que fala sobre uma multa de R$ 100 mil em caso de descumprimento.

“Ante o exposto, DEFIRO O PEDIDO LIMINAR constante nos autos e, por consequência, SUSPENDO OS EFEITOS FINANCEIROS DA RESOLUÇÃO N. 53/2016, devendo o subsídio dos Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe/PE ser pago no valor corresponde a legislatura anterior (2013/2016), sob pena de multa no importe de R$ 100.000,00 (cem mil reais) a ser imposta pessoalmente ao respectivo Presidente da Câmara de Vereadores, sem prejuízo da pratica de crime de desobediência e prática de ato de improbidade administrativa”.

16
fevereiro

Brejo da Madre de Deus: Oposicionistas alegam que faltam “esclarecimentos” em projeto do poder executivo

Fotos: Thonny Hill e Elivaldo Araújo (Arquivo).

O Gestor de Brejo da Madre de Deus, Hilário Paulo (SDD) enviou, para Câmara de Vereadores local, projeto de lei que pretende atualizar a Estrutura Administrativa da prefeitura. De acordo com Hilário, o projeto deve aprimorar as pastas existentes e trazer economicidade para o município. Vereadores de oposição fizeram críticas e observações no projeto, no intuito de modificar questões que, de acordo com eles, prejudicariam o município. Além disso, estaria faltando mais “explicações” em alguns artigos.

Em participação no Programa Rádio Debate, na manhã desta quinta-feira (16), Hilário rebateu e argumenta que os vereadores não entenderam o projeto. Para ele, ‘pelo tamanho e importância de alguns distritos, citando São Domingos, se faz necessária a criação de secretarias adjuntas de obras, educação e defesa social’, por exemplo.

Em uma das novas pastas criadas, Hilário aproveitou para fazer criticas também ao ex-prefeito Roberto Asfora (PSDB). De acordo com ele, no período de gestão do adversário existia um funcionário para ‘assuntos especiais’, que não ficava na cidade, mas em Boa Viagem. Agora, segundo Hilário, esta pasta passará a ser respondida pelo vice-prefeito, Josevaldo, como ‘articulação política’, sem gastos a mais para o município, já que Josevaldo receberá apenas o salário de vice.

Em relação ao impacto financeiro, o prefeito diz ainda que, apenas em salários de secretários, serão reduzidos R$ 24 mil mensais, melhorando trabalhos na segurança, educação e comunicação.

Sobre as secretarias adjuntas para o Distrito de São Domingos, ele disse que sente uma ‘discriminação’ por parte de adversários.

“Esses vereadores tem que entender, que o distrito de São Domingos é maior que a sede e que temos que ter um olhar especial. Às vezes eu sinto que o povo de São Domingos começa a ser discriminado quando começa a ter oportunidades”, falou.

Jobson Barros e Robertinho Asfora rebatem alegações do prefeito

Para Jobson faltou mais detalhes e esclarecimentos nessa redução de gastos, bem como em parte do texto em que “retroagi pagamentos”

“Precisamos entender qual o impacto financeiro que o município vai ter. Precisamos ter cuidado, cautela, para que a coisa seja feita da forma transparente. Fomos eleitos para tratar com respeito e carinho o dinheiro do povo”, falou.

Jobson também diz que no projeto não especifica que o vice-prefeito será o secretário de articulação política. “Não conseguimos adivinhar”, ironiza.

Já Robertinho disse que o prefeito tenta ‘jogar a população contra os vereadores’, afirmou que não é contra cargos para os distritos e também questiona artigos no projeto.

“Ele foi muito infeliz tentando jogar a população contra a oposição”, disse e completou mais à frente que os cargos de subprefeitos, por exemplo, já existem na prática. Hoje estaria apenas regularizando. O que a oposição é de acordo.

Quanto a novas funções, chama atenção para um dos artigos.

“No artigo 22, ele pede a criação de novos cargos e diz que esses cargos novos, ‘a lei entrará em vigor na data da sua publicação e seus efeitos retroagidos a 1 de fevereiro de 2017’. Ou seja, ele iria pagar as pessoas que nem trabalharam, por que os cargos não existem, por dois meses”, falou, acrescentando que a oposição apresentou uma emenda modificativa ao texto tendo o apoio, inclusive, de representantes da situação.

“Um absurdo pagar dois meses a quem nem trabalhou ainda”.

Para Robertinho o projeto é “capcioso” e com “casca de banana”.

15
fevereiro

O que foi pauta no Rádio Debate desta quarta-feira (15)

Programa destaca posicionamento da Câmara quanto a tentativa na Justiça de barrar aumento de salários dos vereadores em Santa Cruz

Nesta quarta-feira (15) foi veiculada mais um programa do Rádio Debate, que teve como principal pauta os desdobramentos e declarações da tentativa judicial de barrar o aumento de salários dos vereadores de Santa Cruz do Capibaribe.

O programa trouxe as declarações do presidente da Casa, Zé Minhoca (PSDB), que falou sobre a defesa apresentada pela Câmara, sobre a continuidade dos atuais vencimentos e também sobre um novo e polêmico Projeto de Lei, que autoriza a criação de novos cargos na Câmara.

A polêmica está diante da situação de crise econômica já que, em tese, a criação de novos cargos aumentaria os gastos públicos do Legislativo. O vereador ainda destacou que um concurso público também deve ser implantado ainda este ano.

Ouça o programa na íntegra!

15
fevereiro

Resumório! – A Coluna do Professor Tenório

DÓRIA VIEIRA – ​Próxima sexta (17), será realizado o Baile Municipal. A sugestão do euternauta para a fantasia do nosso prefeito é ir à la João Dória, vestido de gari. Pra completar a originalidade, ele deveria chegar de mototáxi. Em Sampa essas fantasias repercutiram bastante. Aqui serviriam também pra acabar de uma vez por todas com uma história que se contava em época de eleição que o prefeito lavava a mão com gel depois que apertava a mão de um pobre.

REPERCUSSÃO – Ney Lima quando faz cálculos matemáticos sobre economia do governo ou posta que vai ter matéria de grande repercussão no Blog, tira o sossego de muita gente, mas anima muita gente também. A diferença pró tristes é de 914. As internas davam mais. A última matéria de grande repercussão política foi sobre mais uma tentativa de desbloqueio dos bens do prefeito.

QUE FALTA SINTO DE UM BEM – Nem todo mundo que está junto quer o BEM do governo. Agora a justiça quer muito mais BENS do prefeito. Por essa, a turma que se deu bem não esperava. Se a política da cidade fosse decidida numa partida de vôlei, neste momento os taboquinhas estariam vencendo o set com pontos de bloqueio.

INFÂNCIA PERDIDA – Quem com a merenda fere, com a KMC será ferido. As crianças dessa cidade estão sendo fortemente penalizadas. Ficar sem merenda “de qualidade” e deixar de acreditar em Papai Noel é muito frustrante, acaba com a infância de qualquer um.

FIM DE NAMORO – Em meio a tudo isso, o mundo já não está tão azul como antes. Tem mais ovelha querendo se desgarrar do rebanho. Mudar de ala partidária é triste! Ter de apagar postagens no face de 2 anos. O mesmo serve para fim de namoro… Muita declaração de amor pra se apagar de uma vez só. Haja tempo e paciência…

ATRASOS – Estudantes universitários de Santa Cruz reclamam de atrasos nos repasses do Bolsa Universitária e se igualam aos servidores que costumam passar pelo mesmo problema. Trabalhando ou estudando suas contas sempre estarão atrasando.

POLÍTICO CISMADO – A situação está tão complicada na política nacional que tem político que quando compra algo e passa o cartão pra pagar a conta, e na máquina aparece “Processando…” ele já se declara inocente e liga logo para o advogado.

VOOS – Com os últimos acidentes aéreos, ou as empresas de aviação ou fazem promoção pra político ou vão ficar sem essa clientela. Já tramita projeto de lei em Brasília para as sessões serem feitas por teleconferência. Eles não querem ir trabalhar no inverno e, se forem, vão querer um auxílio por periculosidade nos voos durante dias nublados.

ASFALTO – A quantidade de emendas para asfalto que já se anunciou em Santa Cruz vai mudar a cara da cidade e, consequentemente, as vendas no mercado automobilístico. A quantidade de picapes aqui se deve mais aos buracos do que a necessidade de carregar mercadoria. Com um “magote” de ruas asfaltadas, os sulanqueiros oprimidos poderão optar pelos modelos esportivos.

CERTEZAS DA VIDA – A vida nos traz algumas certezas, dentre elas podemos destacar a morte, os impostos, a lambadinha nas eleições, pesquisas falsas sendo divulgadas e prefeitos com contas rejeitadas pelo TCE.

DIDA NA ESCOLA – Nunca é tarde para aprender. Parabenizamos o vice-prefeito Dida de Nan por voltar a estudar. Importante também é prestar atenção em todas as aulas, principalmente nas de matemática, pois as contas da prefeitura são sempre difíceis de fechar.

FÉRIAS PROLONGADAS – O político tem férias bacanas, mas as mais badaladas são as dos professores, que dizem que são grandes. Troco minhas férias de professor pela dos trabalhadores da duplicação da PE 160 e não quero torna. Melhor do que as férias dos trabalhadores da PE 160, dos políticos e dos professores, só mesmo as férias de um assessor parlamentar Junior, essas são inigualáveis.

DIRETO DA REDE – “Mulheres de senadores acampam em frente à PF para impedir nova fase da Lava Jato”. As mulheres além da jornada dupla com trabalho e casa pra cuidar, agora estão fazendo os protestos nos lugares dos maridos. A jornada é literalmente tripla! “Mulher termina casamento de 22 anos ao descobrir que marido votou em Trump”. Se isso fosse seguido pelos eleitores da chance, seríamos uma cidade de solteiros.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

15
fevereiro

Números do Plano Municipal de Enfrentamento a Violência devem ser apresentados nesta quinta-feira

Plano foi apresentado em 30 de novembro de 2016 – Foto: Thonny Hill (arquivo)

Na manhã desta quarta-feira (15) a redação do Blog do Ney Lima recebeu, da assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe, um convite para participar da primeira reunião do Gabinete Integrado de Segurança.

De acordo com o convite, a reunião é para apresentar os números do Plano Municipal de Enfrentamento a Insegurança, que foi anunciado em 30 de novembro de 2016, pelo prefeito Edson Vieira, secretários de governo e representantes das polícias Militar e Civil.

A época, o plano apresentado tinha os seguintes eixos, com foco na redução contra a criminalidade, em especial os assaltos e crimes contra o patrimônio: Incremento no número de viaturas e de guardas municipais nas ruas; intensificação de abordagens a motociclistas, reparos na iluminação pública em setores vulneráveis, mais motos da Rocam nas ruas e a criação do próprio Gabinete Integrado de Segurança.

A reunião será realizada na prefeitura, a partir das 10h. Nossa equipe acompanhará e trará todos os detalhes apresentados.

15
fevereiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Polêmica – Em Brejo da Madre de Deus, o Prefeito Hilário Paulo (PSD) enviou o projeto que atualiza a Estrutura Administrativa da Prefeitura Municipal. Contudo, o projeto está sendo muito questionado nos bastidores pela bancada de oposição.

A mensagem – Anexado ao projeto de Lei, Hilário afirma que secretarias estão sendo nucleadas para melhor adequar as suas atribuições, visando à atualização e modernização da administração e o enxugamento da máquina.

Mas… – Contudo, em conversas com alguns vereadores da bancada de oposição, algumas secretarias foram acopladas, mas outras foram criadas, a exemplo da Secretaria de Articulação Política, fazendo com que não houvesse redução de cargos.

Mais cargos – Ainda Segundo os vereadores, foram criados sete cargos de secretários executivos, nesse contexto, os mesmos não conseguem enxergar a economia citada na mensagem do prefeito.

Visto – O líder da bancada de oposição, Avecino Lima (PR), solicitou pedido de visto durante apresentação do referido projeto e, o que tudo indica nos bastidores, é que a discussão sobre o mesmo será polêmica.

.

As informações aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

14
fevereiro

“Até posterior determinação, os vencimentos serão os mesmos” – afirma Zé Minhoca quanto a processo contra aumento de salários

Em entrevista concedida ao blog, o presidente da Câmara, vereador Zé Minhoca (PSDB), falou sobre o processo movido por uma popular, que tenta barrar na Justiça o reajuste / aumento de salários dos vereadores aprovado em 2016.

Na semana passada, a Câmara foi notificada através de um oficial de justiça sobre a tramitação de uma ação pedindo a suspensão do aumento salarial de 23,8%. Na época, cada vereador em Santa Cruz do Capibaribe recebia R$ 8.000,00 e após a aprovação, o salário passou para R$ 9.800,00.

A ação, de autoria de Margarida Ramos do Nascimento, pede a concessão de uma liminar para que os pagamentos dos salários sejam feitos sem o aumento até o julgamento do mérito.

De acordo com o vereador, o pedido de informações por parte da justiça já foi atendido e falou sobre como será sua espera sobre a decisão do mérito da questão.

“O nosso corpo jurídico apresentou a verdade, sem distorções. Fizemos dentro da Lei, não foi nada de ilegal, e muito menos imoral. Se fôssemos olhar em 2012, lá atrás, o valor era muito superior a isso. Fizemos conscientemente, como estava dentro da lei e com muita honestidade. Espero que o juiz seja sensível e cumpra a lei” – disse.

Questionado se o juiz deu um prazo para que a decisão fosse proferida, o mesmo citou que “não teria cogitado em saber da data”. Já quanto ao valor dos salários recebidos pelos edis até a determinação judicial, ele foi enfático:

“Os vencimentos, se for determinado que voltemos a lei de 2012, faremos com maior tranquilidade, mas isso será uma decisão surpreendente. Falei agora há pouco que, depois que ele deferir isso aí, vou reunir vocês (a imprensa) e explicar o porquê de o juiz ter a sensibilidade e manter a decisão do ano passado. Até posterior determinação, os vencimentos serão os mesmos que nós já recebemos” – concluiu.

14
fevereiro

Projeto de Lei e pauta extensa de requerimentos movimentam sessão na Câmara de Santa Cruz

Fotos: Thonny Hill

Na manhã desta terça-feira (14) foi realizada mais uma reunião extraordinária na Câmara de Vereadores em Santa Cruz. Na pauta, a apresentação de um Projeto de Lei (que foi levado as comissões) e uma pauta extensa, onde foram discutidos e votados 111 requerimentos.

De acordo com o presidente Zé Minhoca (PSDB), são mais de 600 solicitações dos vereadores, faltando mais de 500 a serem apreciadas nas próximas semanas.

Quanto ao Projeto de Lei apresentado, que é de autoria da Mesa Diretora, dispõe sobre alterações no projeto de Lei 044/2011, que trata dos cargos existentes na Casa de Leis. De acordo com o presidente Zé Minhoca (PSDB), a alteração cria novos cargos de confiança no legislativo e reestrutura outros já existentes. Nos bastidores, o projeto gerou nova polêmica quanto a possibilidade de aumento de gastos e a já levantada discussão sobre a realização de um concurso público no Legislativo.

Confira também o resumo das principais solicitações (feitas a prefeitura e a outros órgãos estaduais e federais) votadas e aprovadas, que geraram também discussões (e algumas alfinetadas) entre os edis, em especial quanto a possibilidade de tais serem colocadas em prática.

Devido ao grande número, separaremos aqui as mais relevantes, mas todas podem ser acessadas no site da Câmara (www.camarasantacruzdocapibaribe.pe.gov.br) ou também nos gabinetes virtuais, também no mesmo site.

.

Junior Gomes (PSB)

– Implantação de ciclovias nas principais avenidas de Santa Cruz.

– Solicitação a Fecomércio, para implantação de uma unidade do Sesc Ler em Santa Cruz.

– Pedido para instalação de uma agência do Sebrae no município.

– Solicitação de um novo laboratório de Análises Clínicas, onde funcionou a antiga ala de pediatria do Hospital Municipal.

– Solicitação ao deputado Diogo Moraes (PSB) um projeto a ser votado na Assembleia Legislativa, isentando o IPVA para mototaxistas.

– Implantação da Central de Marcação de Consultas em Santa Cruz.

 .

Deomedes Brito (PT)

– Fiscalizar a forma de como o atendimento é prestado pelo carro da prefeitura a disposição da população das localidades do Santo Agostinho, Acauã e adjacências.

– Retomada das obras da creche do Loteamento Acauã.

– Retomada das obras da quadra da escola do bairro Santo Agostinho.

– Pavimentação de diversas ruas, especialmente no Acauã, entre elas Marcolino Pereira Simões, Pastor Junior Leitão, Pedro Ferreira da Silva, Rua Projetada 13, Doroteia Balbino Aragão e Severino Luiz da Silva.

 .

Klemerson Pipoca (PSDB)

– Convocação de uma audiência pública para discussão do projeto de implantação de uma estação de tratamento de esgoto em Santa Cruz.

– Implantação de uma campanha publicitária voltada ao Calçadão Miguel Arraes de Alencar.

– Parceria da Prefeitura com a associação “Amigos do peito”, para viabilizar a realização de exames de prevenção ao câncer de mama.

– Solicitação de envio do cronograma de construção da barragem de Cerro Azul e que esta também possa disponibilizar água a Santa Cruz

– Implantação do “Mutirão Juventude Cidadã”, para diversos serviços como emissão de documentos, serviços de saúde e outros.

– Fornecimento de apoio técnico do Sebrae para implantação do programa Jovem Empreendedor.

.

Marlos da Cohab (PTN)

– Calçamento da Avenida Maria Raimunda Aragão.

– Implantação de faixa de pedestre e lombadas na Avenida Teófanes Ferraz (bairro Malaquias Cardoso), próximo ao Ciretran.

– Calçamento de diversas ruas e avenidas no Loteamento Polis Pacas, entre elas: Marta Casemiro, Damiana Félix, Josefa Maria dos Santos e José Paulo de Moraes.

– Implantação de uma Unidade Básica de Saúde no loteamento Polis Pacas.

 .

Carlinhos da Cohab (PTB)

– Solicitação de um carro do programa “Viver sem Limite” do Governo Federal, voltado ao atendimento as pessoas com deficiência.

– Inclusão da adutora do Pirangi até o distrito de Poço Fundo, extensivo também a zona rural e a cidade de Jataúba.

– Asfaltamento da Avenida Pedro e Paulo da Rocha, bairro São Miguel.

.

Capilé (PTN)

– Reforço nas campanhas preventivas de combate ao mosquito Aedes Aegypti.

– Saneamento e Calçamento da Travessa Santa Cecília, no bairro Palestina.

– Aquisição de uma ambulância para atender as comunidades do Oscarzão, Vila do Amor e adjacências.

– Melhorias na quadra da escola municipal, no bairro Palestina.

– Calçamento da Rua Severino Balbino Bezerra (Conhecida rua do AA ou da Aadesc), no bairro Dona Dom.

 .

Zé Minhoca (PSDB)

– Pavimentação asfáltica em ruas e avenidas, entre elas: Major Negrinho (bairro Novo), Travessa Neci de Melo (Centro), Rua Julia Aragão e Rua do Rio (Centro).

– Disponibilizar médico oftalmologista na unidade do Ciretran em Santa Cruz, para realização de exames de visão relacionados a CNH.

Página 1 de 214123...1020...Última »

Notícias Anteriores