22
janeiro

“Socorro Maia vai reverter a decisão”, garante Ernesto Maia em nota

Ex-secretária de educação de Santa Cruz teve os bens bloqueados pela justiça 

O vereador Ernesto Maia (PT), filho da ex-secretária de educação em Santa Cruz do Capibaribe, Socorro Maia, garantiu que ela vai reverter decisão judicial que bloqueou seus bens. A notícia foi dada de forma exclusiva, nessa terça-feira (22), pelo Blog do Ney Lima.

O valor do bloqueio foi de R$ 771.202,60 (setecentos e setenta e um mil, duzentos e dois reais e sessenta centavos). Além dela, o ex-prefeito Toinho o Pará (PSB) teve seus bens bloqueados, este pela segunda vez.

Em nota, o vereador afirma que a ex-secretária ainda não foi notificada e faz uma correção num possível erro de redação na decisão do juiz Vanilson Guimarães de Santana Junior, ao dizer que a mãe não foi ‘secretária de saúde’.

Confira na íntegra:

A ex-Secretária Socorro Maia, apesar de não ter sido notificada da decisão, refuta esta decisão, já que nunca foi ordenadora de despesa, nunca foi secretária de Saúde e vai reverter esta decisão, exatamente como o ex-prefeito Toinho do Pará reverteu esta mesma situação no Tribunal de Contas de Pernambuco, onde as aludidas Contas, primeiramente foram reprovadas, e depois aprovadas com ressalvas.

22
janeiro

Toritama: Prefeitura constrói calçamento, mas deixa pedra no meio da rua

 

 

A Prefeitura de Toritama provocou uma cena inusitada. Uma pedra de grande dimensão ficou no meio de uma rua que acabou de ter o calçamento construído, no Loteamento Antão. Moradores relatam que além da pedra que ficou no meio do caminho, o saneamento estaria sendo feito sem o uso de manilhas, apenas com cano de PVC.

 

O Blog entrou em contato com a Prefeitura do Toritama para saber o motivo da pedra não ter sido retirada durante a obra do calçamento. Em nota, a Prefeitura afirmou que o andamento da obra ocorre em consenso com os moradores.

 

 

 

 

“Sabendo que a demolição da pedra leva muito mais tempo para ser concluída do que o término das obras de pavimentação, os moradores solicitaram prioridade no avanço da pavimentação, o desejo popular é de se livrar em definitivo dos transtornos da lama e da poeira, sobretudo com a iminente aproximação do período chuvoso”, diz a nota.

 

O governo argumenta ainda que a pedra será demolida de forma manual nos próximos 60 dias.

 

O Blog estará no local após o prazo estipulado pela Prefeitura para verificar se a promessa foi concretizada.

21
janeiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Céu de brigadeiro!

Opinião: Na última sexta-feira (18), o blog do Magno Martins divulgou uma pesquisa, em parceria com o instituto Opinião, apresentando uma super avaliação de aprovação da Gestão do prefeito de Toritama, Edilson Tavares (MDB), os números chegam a mais de 90%, dependendo do que está sendo avaliado.

Céu de Brigadeiro: Segundo o instituto opinião, o prefeito Edilson Tavares vive em céu de brigadeiro, observando o crescimento da aprovação da população em diversas áreas do seu governo, se comparado à pesquisa do mesmo instituto em relação a 2017.

Assistindo: Paralelo a essa aprovação recorde, o prefeito Edilson Tavares assiste um dos principais adversários políticos, ex-prefeito Odon Ferreira, ser acusado e processado em diversos casos de supostos escândalos de corrupção, podendo ficar inelegível.

Batendo cabeça: Tavares ainda tem uma oposição quebrando cabeça. Apesar de um desejo em comum de tirar Edilson do poder, as diversas pré-candidaturas não tem sinais concretos de que podem fazer uma junção.

Caminho fácil?: Eleição é uma caixinha de surpresa, mas se Tavares chegar 2020 com no mínimo 60% dessa aprovação, seu maior adversário em situação complicadíssima e a oposição pulverizada em diversas candidaturas, dificilmente Edilson terá problemas em 2020.

As informações e opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

20
janeiro

Acidente deixa um morto e outro ferido em Santa Cruz

Matéria atualizada às 20h10

Um acidente no fim da tarde desse domingo (20) resultou em uma pessoa morta e outra ferida em Santa Cruz do Capibaribe. O caso envolveu um veículo Strada cinza (Placa PEY 4088) no caminho da Vila do Pará.

De acordo com as informações colhidas até o momento, eles estavam se dirigindo à sede de Santa Cruz, quando o motorista, identificado por Jarbas Ribeiro da Silva (30 anos), perdeu o controle do carro capotando em seguida. Ele não resistiu aos ferimentos e faleceu pouco tempo depois.

No carro também estava Sérgio Roberto (47 anos), que ficou ferido. Ele foi socorrido para UPA local, por uma unidade do SAMU.

Nossa equipe acompanha o caso. Aguarde mais informações.

 

19
janeiro

Farra do IPTU – Denúncias contra Odon incluem “descontos fraudados” no imposto municipal

“Prejuízo simplesmente incalculável à administração municipal”, diz Ministério Público em denúncia

 

 

EXCLUSIVO

 

O ex-prefeito da cidade de Toritama, Odon Ferreira da Cunha (PSB), que atualmente é réu em duas ações criminais, está sendo acusado, em um dos processos, de conceder “descontos fraudados” no IPTU, de forma dolosa.

A prática teria ocorrido nos anos de 2015 e 2016 sem autorização da Câmara e sem fundamento legal.

 

Anteriormente, nos anos de 2013 e 2014 foram oferecidos descontos devidamente embasados em uma lei provisória, que só tinha validade para aqueles anos e considerava o desconto máximo de 30% com pagamento à vista. Ocorre que após a perda de validade da lei, descontos foram concedidos de forma “dolosa”, de acordo com o MPPE.

 

O Ministério Público aponta que na época, o prefeito Odon Ferreira ordenava e concedia redução de impostos, muitos em valores vultuosos. Em parte das reduções os beneficiados eram empresários locais.

Para viabilizar a “Farra do IPTU” o ex-prefeito Odon passou a utilizar logins no sistema de controle da tributação em nome de servidores e até em seu nome.

 

“O denunciado (Odon) logava no sistema e lançava o desconto (…). Após o lançamento do desconto, determinava que o sistema recalculasse o valor do IPTU (…). Com o recálculo do sistema gerava-se uma guia, com valor menor. Após a geração da guia, o denunciado registrava a retirada do desconto, com o intuito de não deixar rastros”, afirma o Ministério Público na acusação.

 

Os “descontos fraudados variavam de 40% a 75% sem qualquer fundamentação legal”, diz a denúncia.

O Blog do Ney Lima apurou que uma ex-servidora pública admitiu, em depoimento ao Ministério Público, que os descontos eram concedidos sistematicamente mediante determinação do ex-prefeito.

 

O Ministério Público aponta ainda que “a maior parte das autorizações foram concedidas no mês de outubro de 2016, ano eleitoral, em que o ex-prefeito buscou a reeleição”.

 

O teor da denúncia faz parte de uma das ações criminais de autoria do Ministério Público em que Odon Ferreira é réu. No processo o juiz Thiago Meilleres determinou o bloqueio dos bens do ex-prefeito, mas negou um pedido de prisão preventiva por entender que o réu não apresenta ameaça as investigações.

 

O Blog do Ney Lima tentou, mas não conseguiu contato com o ex-prefeito Odon Ferreira para comentar as denúncias. A defesa do ex-prefeito ainda não se manifestou no processo.

19
janeiro

Confira Programa Rádio Debate desta sexta (18)

Pesquisa divulgada pelo Instituto Opinião, onde mostra expressiva aprovação do prefeito de Toritama, Edilson Tavares, e a polêmica suspensão das investigações contra o ex-assessor de Flávio Bolsonaro (filho do presidente Jair Bolsonaro), estiveram entre os destaques do Programa Rádio Debate, na edição desta sexta-feira (19).

Além disso, foi dia de ‘bola cheia’ e ‘bola mucha’ dos debatedores e participação do jornalista Leandro Magalhães direto de Brasília.

Confira na íntegra:

 

 

18
janeiro

Câmara de Santa Cruz deve realizar concurso público em 2019

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) obteve o compromisso do presidente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, Augusto Maia, de que o Legislativo municipal vai realizar concurso público em 2019 para ajustar o seu quadro funcional.

A iniciativa foi acertada mediante a celebração de um termo de ajustamento de conduta (TAC) e tem por finalidade corrigir a distorção existente na casa, que nunca realizou concurso público e não possui nenhum servidor efetivo.

Uma reunião foi realizada na última terça-feira (15), onde ficou acertado um cronograma para execução do certame.

De início será realizado um levantamento das necessidades de pessoal e a regularização, por meio de lei, dos cargos e funções da casa. Essa etapa deverá ser concluída até o dia 15 de maio.

Logo em seguida, o presidente da Câmara deve promover licitação para definir a empresa responsável por organizar o concurso, com prazo até o dia 16 de agosto.

Por fim, uma vez realizada a seleção, a data final para a homologação do concurso ficou definida para o dia 15 de janeiro de 2020.

O Ministério Público alerta que o descumprimento das iniciativas acordadas por meio do TAC pode caracterizar intenção de fraudar o princípio do concurso público, motivando o ajuizamento de ação de improbidade administrativa contra o presidente da Câmara ou quem vier a substituí-lo.

Além disso, Augusto Maia, ou um eventual sucessor, estará ainda sujeito a multa mensal de R$ 25 mil caso o certame não seja realizado até a data limite de 15 de janeiro de 2020. O TAC foi publicado no Diário Oficial do MPPE desta quinta-feira (17).

17
janeiro

Confira Programa Rádio Debate desta quinta-feira (17)

O Programa Rádio Debate desta quinta-feira (17) trouxe à discussão, entre outras coisas, a situação política do governo do estado de Pernambuco, na região Agreste. Mesmo com melhoras nos índices de violência, ponto considerado crítico nos últimos anos, a popularidade do gestor não mostra  sinais de melhora.

Na edição de hoje também houve participação do ex-secretário de saúde de Santa Cruz do Capibaribe, Breno Feitoza, que explicou saída da gestão municipal. Ele também trabalhou recentemente no gabinete do prefeito Edson Vieira.

Além disso, você confere a análise da política estadual e nacional com o jornalista Inaldo Sampaio.

Confira:

17
janeiro

Entrevista – Tenente Coronel Sena fala sobre flexibilização da posse de armas

Secretário de Defesa Social (SDS) em Santa Cruz do Capibaribe, Ten.Cel Sena foi entrevistado nessa quarta-feira (16) no Programa Rádio Debate, onde falou sobre a flexibilização para posse de armas de fogo no país, após decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Favorável à posse de armas pelo cidadão, o oficial prega ‘cautela’ na compra do produto.

O Ten.Cel Senna é profissional da área de segurança pública há aproximadamente 30 anos.

Confira:

17
janeiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Tem trabalho e dá trabalho!

Tem trabalho: É notório, e já falamos nesse espaço por diversas vezes, que o grupo denominado Taboquinha terá muito trabalho para 2020, pois cada integrante fala uma língua diferente neste quesito, ou seja, unir o grupo para o pleito eleitoral municipal não será nada fácil.

Dará trabalho: No entanto, se no quesito ‘eleição 2020’ o grupo taboquinha não fala a mesma língua, quando o tema é fazer oposição ao prefeito Edson Vieira (PSDB) o grupo está afinadíssimo.

Usou o regimento: Recentemente o regimento da câmara de vereadores foi alterado e um dos pontos que podemos destacar é a nomeação de lideranças por blocos partidários e não mais entre Situação e Oposição. Nesse contexto, a oposição, estrategicamente, se dividiu em dois blocos partidários, são eles: PT e PSB, com a liderança do vereador Deomedes Brito (PT), e PTB, PSD, PODEMOS e PR liderados pelo vereador Joab Oscarzão (PSD).

Objetivo: Claramente o objetivo da oposição, em se dividir através de blocos partidários foi o de usar a proporcionalidade ao compor as comissões parlamentares, dominando, assim, a presidência e a relatoria da maioria absoluta das comissões, principalmente as mais importantes: ‘legislação e justiça’, assim como a de ‘finança e orçamento’.

Importante: São por essas duas comissões, acima citadas, que passam projetos de todas as áreas, principalmente os enviados pela prefeitura, assim como recomendações do TCE, a exemplo de Contas de Gestões.

Demais comissões: Além das comissões ainda existe a comissão de Educação e Cultura; comissão de Obras, Urbanismo, Trânsito e Meio Ambiente; Segurança, Cidadania e Direitos Humanos; Saúde; Redação, além da comissão de Ética e decoro parlamentar.

Fazendo contas (I): conversando com alguns vereadores de oposição, os mesmos acreditam que usando a proporcionalidade, talvez o grupo de Situação consiga dominar uma comissão e nem de longe seria as mai cobiçada.

Fazendo contas (II): Conversando com alguns vereadores de Situação, os mesmos estão cientes de que se não movimentarem irão perder o domínio das importantes comissões existentes, contudo, os parlamentares sabem que não será nada fácil montar uma estratégia para reverter o quadro, pois a bancada conta apenas com seis vereadores, distribuídos em quatro partidos, são eles: PSDB, MDB, PTC e o Patriota.

Arrependimento?: Se arrependimento em longo prazo existe, acho que esse é o momento do grupo denominado Boca Preta se arrepender em ter quebrado o acordo de cavalheiros na distribuição das comissões entre oposição e situação. Hoje fica difícil criticar o grupo adversário por não lhe deixar espaços nas referidas comissões.

Difícil: Como já falamos por diversas vezes, o prefeito Edson Vieira terá dois anos nebuloso em relação à câmara de vereadores.

As informações e opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

16
janeiro

“Não causa dano algum aos servidores”, diz prefeito Edson Vieira em nota, após nova ação movida pelo Ministério Público

Edson Vieira foi alvo de ação do MP e sofreu segunda determinação de bloqueio de bens

Em nota enviada à nossa redação, o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), comentou após ter os bens bloqueados pela justiça, pela segunda vez.

Na nova ação, denunciada pelo Ministério Público de Pernambuco (MP-PE), o gestor é apontado por supostos atos de improbidade administrativa por ausência de repasses de contribuições previdenciárias referentes ao ano de 2015.

Em sua defesa, o prefeito argumenta que “os valores tiveram o parcelamento realizado em outubro de 2015, aprovado pela Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe”.

O juiz Vanilson Guimarães de Santana Junior aceitou um pedido de liminar e determinou o bloqueio no montante superior a R$ 3,3 milhões. O juiz sustenta que a indisponibilidade dos bens do prefeito visa “evitar dilapidação patrimonial futura” para garantir o ressarcimento aos cofres públicos em caso de condenação.

Edson Vieira afirma ainda que o parcelamento está sendo pago em dia e que “mais da metade do montante apresentado na determinação já foi resolvido, o que não causa dano algum aos servidores”.

Confira nota na íntegra

Diante de matéria veiculada no Blog do Ney Lima sobre uma determinação judicial e bloqueio de bens relacionado aos repasses previdenciários, informamos que ainda não fomos notificados. A questão está em recurso no Tribunal de Contas, ainda não houve sentença e encontra-se em apreciação.

Esclarecemos que os valores citados na matéria tiveram o parcelamento realizado em outubro de 2015, aprovado pela Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe.

Reforçamos que tal parcelamento foi realizado em 48 vezes, já foram quitadas 30 dessas parcelas e vale destacar que estão sendo pagas em dia, fato que comprova que mais da metade do montante apresentado na determinação já foi resolvido, o que não causa dano algum aos servidores.

Estamos de posse de todos os comprovantes destes pagamentos e após o recebimento da notificação vamos apresentá-los às autoridades competentes, juntamente com todos dados necessários. Sendo assim, estamos confiantes de que trabalhamos sempre, apesar das dificuldades enfrentadas, no intuito de promover o bem estar de nossos servidores e demais cidadãos.

Edson Vieira – Prefeito de Santa Cruz do Capibaribe

15
janeiro

Decreto assinado nesta terça-feira flexibiliza posse de armas

Foi assinado nesta terça-feira (15), pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), o decreto que flexibiliza as regras para o acesso à posse de armas no Brasil. A mudança nas regras do Estatuto do Desarmamento foi uma das principais promessas de campanha.

Entre as mudanças, agora não será mais necessário comprovação efetiva da necessidade para obter a posse, critério que, segundo Bolsonaro, antes “beirava a subjetividade”. Recentemente, o Ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro já havia defendido que as regras deveriam ser mais claras e objetivas.

Proprietários ou responsáveis legais por estabelecimentos comerciais, residentes em áreas rurais, além de servidores públicos que exercem funções com poder de polícia serão contemplados com permissão para a posse.

O texto engloba exclusivamente a posse de armas de fogo, que é a autorização para manter uma arma em casa ou no trabalho, contanto que o proprietário da arma seja responsável legal pelo local. As regras para o porte, ou seja, o direito de andar com a arma pelas ruas ou no carro, não foram modificadas.

Critérios

A efetiva necessidade de possuir uma arma passa a incluir brasileiros que moram em cidades ou unidades da federação com taxa de homicídios superior a dez mortos a cada 100 mil habitantes.

Nas regiões Norte e Nordeste, por exemplo, grande parte das cidades serão contempladas pelo critério. Em Pernambuco, 95,7% dos 185 municípios deverão ter acesso facilitado a armas.

Fonte: Jornal do Commercio. 

15
janeiro

Estado tem a maior redução de homicídios desde a criação do Pacto Pela Vida

 

Com o objetivo de reduzir a violência no estado de Pernambuco, o Pacto Pela Vida (PPV) foi um programa implementado no ano de 2007, ainda com o governador Eduardo Campos. De sucesso nos primeiros anos, o número da violência aumentou depois, consideravelmente, deixando os métodos do estado na berlinda.

De acordo com os dados da Secretaria de Defesa Social (SDS-PE), apresentados pelo governador Paulo Câmara nesta terça-feira (14), em 2018, Pernambuco diminuiu o número de homicídios em 23,2% em relação ao ano de 2017. Foi a maior queda percentual de um ano para outro desde a implementação do PPV – ao todo, foram menos 1.261 mortes.

O agreste foi o destaque dos dados, apresentando o menor número de mortes nos últimos quatro anos. A região registrou 31,08% a menos na comparação de 2017.

Homicídio zero – Além de Fernando de Noronha, os municípios sem crime de morte foram: Salgadinho, Brejinho, Calumbi, Quixaba, Santa Cruz e Serrita.

15
janeiro

Governo Federal pretende unificar documentos em base digital

O governo federal pretende criar uma base digital que unifique documentos diversos como Registro Geral (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), Carteira Nacional de Habilitação (CNH), Carteira de Trabalho, Título de Eleitor e Certificado de Reservista.

A ideia já foi analisada em gestões passadas, mas sem avanços definitivos. O objetivo é que um cadastro, com registro de biometria, possa ser acionado pelo cidadão em qualquer lugar, inclusive pelo celular.

Um grupo de trabalho, envolvendo ministros do primeiro escalão do governo Jair Bolsonaro, já foi criado. A primeira reunião ocorreu nessa segunda-feira (14), na sede do Ministério da Justiça, em Brasília.

14
janeiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Continua chorando!

O rio chora: Ouvi pela primeira vez que o rio, que dá nome a nossa querida Santa Cruz do Capibaribe, chorava, em uma belíssima música composta e lançada no início da década de 90 do século passado.

Continua chorando: O compositor dessa música se tornou não apenas político, mas o mais popular das três últimas décadas. Já deu tempo o seu potencial eleitoral cair muito e novas lideranças nos dois principais grupos políticos surgirem e comandarem a cidade, contudo, o rio continua chorando.

Não só o rio: Não é apenas o rio que continua chorando, o poder público tem uma dívida histórica com o nosso município e essa reflexão cresceu ainda mais em meu interior após visitar, no mês de dezembro de 2018, dois museus de nossa cidade que estão fazendo um trabalho belíssimo, dentro de suas possibilidades, são eles: O museu sobre a história de Padre Zuzinha, na fundação Padre Zuzinha, e o museu sobre a história de nossa confecção, no Moda Center Santa Cruz.

Falta muito: Apesar da “revitalização” (construção de praças) da Avenida Padre Zuzinha, a sensação é que falta algo pra uma avenida que iniciou nossa história, local que abrigou uma feira de grande potencial em nossa região, a histórica missa dos feirantes na segunda-feira pela manhã celebrada na primeira igreja da cidade, nascimento da centenária Banda Novo Século e tantos outros movimentos culturais, os parques da tradicional festa dos padroeiros que foi um ponto de encontro das famílias.

Ideia: Acho que não seria muito distante pensar em uma feira cultural uma vez por mês na avenida, com apresentação da nossa centenária banda, acompanhado não apenas com a tradicional missa, mas com cultos ecumênicos e recreação para as famílias e exposições artísticas. Tudo isso lembrando os aspectos históricos da nossa cidade.

Não só isso: A ideia acima é só um dos pontos. Tem muita coisa no papel e nas promessas antigas de campanhas de diversos candidatos e grupos políticos precisam ser colocadas em prática. A cidade também merece um museu contando sua história, assim como a lei que cria o conselho de patrimônio histórico e um fundo financeiro, para que assim possamos discutir tantas outras questões históricas que estão em cheque.

As informações e opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

12
janeiro

Ex-prefeito de Toritama é réu em ações criminais e tem bens bloqueados pela Justiça

 

 

EXCLUSIVO

 

O prefeito da cidade de Toritama, Odon Ferreira (PSB), está respondendo a acusações graves e atualmente é réu em, pelo menos, dois processos criminais apresentados pelo Ministério Público e já aceitos pela justiça.

O Blog do Ney Lima apurou que as denúncias apontam para prática de crimes que envolvem fraude em licitações, desvio de verbas e renúncia de receita. Em uma das acusações o ex-prefeito é acusado de ter alugado um imóvel que na realidade era de sua propriedade. Uma segunda ação apresentada a justiça nos últimos meses aponta suposta prática de crime com danos financeiros vultuosos. O ex-prefeito também responde por improbidade administrativa.

Bloqueio de bens

Em duas ações a justiça decretou, através de liminar, o bloqueio de bens do ex-prefeito. Na primeira decisão o valor do bloqueio foi de R$ 30 mil. Na segunda decisão, deferida às vésperas do recesso do judiciário, todos os bens de Odon Ferreira foram bloqueados. A medida é cautelar e pretende garantir o ressarcimento ao erário público em caso de condenação.

Pedido de prisão preventiva

Na segunda ação criminal o Ministério Público pediu a prisão preventiva ou o monitoramento eletrônico do ex-prefeito de Toritama, Odon Ferreira. O Blog ainda não identificou se esse pedido foi aceito liminarmente pelo juiz em primeira instância. A decisão ocorreu nos últimos dias, próximo ao recesso do Judiciário e ainda não foi publicada.

O pedido de prisão é sustentado pelo Ministério Público em virtude da gravidade das denúncias.

O Blog do Ney Lima tentou, mas não conseguiu contato com Odon Ferreira para comentar as denúncias.

11
janeiro

Mudança – Secretário de saúde de Toritama deixa cargo

Foi confirmado na manhã desta sexta-feira (11), a saída do secretário de saúde do município de Toritama. Anderson Oliveira pediu exoneração do cargo e deixou o comando da pasta após dois anos.

O secretário aceitou o convite da prefeita de Caruaru, Raquel Lira (PSDB), e irá assumir a secretaria executiva de planejamento e gestão de saúde da Capital do Forró.

Andreia Melo, atual secretária executiva de saúde de Toritama, já foi confirmada como nova titular da pasta.

Com informações de Evandro Lins, correspondente do blog em Toritama

11
janeiro

Paulo Câmara ressalta diminuição de homicídios e afirma que ‘segurança seguirá como prioridade’

Faltando poucos dias para divulgação oficial das estatísticas de segurança pública do ano de 2018, o governador Paulo Câmara (PSB) comandou nessa quinta-feira (10), a primeira reunião do programa Pacto Pela Vida de 2019.

Na ocasião, ele disse que a área “seguirá como prioridade no governo, com cada vez mais integração e participação de diferentes frentes da gestão”.

A reunião ocorreu na sede da Secretaria de Planejamento e Gestão, no Recife e estiveram presentes todos os secretários do Estado.

Homicídios

Ao comparar 2018 com 2017, o governo já adiantou que os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) tiveram uma redução acima de 20%.  A divulgação detalhada está prevista para a próxima terça-feira (15).

Foto: Assessoria (arquivo). 

11
janeiro

Prefeitura justifica atraso salarial por ‘queda de repasse’ e não explica problemas com empréstimos consignados

A Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe enviou nota ao Blog do Ney Lima, após cobrança de funcionários públicos que afirmam que a gestão não está repassando ao banco, valores descontados nos salários, em virtude de empréstimo consignado.

Trabalhadores dizem que foram surpreendidos com ligações da Caixa Econômica Federal, cobrando o pagamento, com a possibilidade de encaminhar nomes dos devedores ao SPC.

Na manhã dessa quinta-feira (10), um grupo de seis funcionários também protestou em frente à prefeitura, cobrando o salário referente ao mês de dezembro/2018, em atraso. Um dos manifestantes relatou à nossa equipe de reportagem, que já recebeu a notificação também sobre o problema com o empréstimo do banco.

Em nota, a prefeitura justifica o atraso salarial com ‘dificuldades financeiras em virtude da queda de receita’ e acrescenta os serviços, sobretudo na saúde, que não deixaram de funcionar.

Sobre os problemas com os empréstimo, diz apenas ‘já estamos junto ao banco em busca de solucionar esse problema, e pedimos para que os prejudicados se dirijam a secretaria de administração para que possam ter mais informações’.

Confira a nota na íntegra.

A respeito das solicitações realizadas pela reportagem do Blog do Ney Lima, realizamos os seguintes esclarecimentos.

As dificuldades financeiras surgiram em virtude a queda de receita que aconteceu nos últimos meses, estamos trabalhando para sanar essa situação com a maior brevidade possível;

Seguimos realizando os comandos de pagamento diariamente, em breve estaremos com o restante dos pagamentos em dia;

Sobre o empréstimo consignado, já estamos junto ao banco em busca de solucionar esse problema, e pedimos para que os prejudicados se dirijam a secretaria de administração para que possam ter mais informações;

Apesar das dificuldades, seguimos custeando serviços de saúde com recursos próprios, temos inclusive um déficit com o Estado de aproximadamente de 3 milhões de reais. Na UPA por exemplo temos um déficit com o Governo Federal de 9 milhões de reais, mesmo assim continuamos ofertando os serviços à população. Na área de educação cumprimos o percentual, onde pagamos 10% acima do piso aos professores de nossa cidade.

Assessoria. 

11
janeiro

TCE suspende compra de R$ 1,8 milhão em livros de homenagem pela Assembleia

“kit-box” com dois livros custaria R$ 456,00. Compra havia sido autorizada pelo deputado Diogo Moraes

 

 

 

 

 

Quatro mil livros que seriam impressos pela Assembleia Legislativa para homenagear o falecido governador Miguel Arraes (PSB) tiveram a compra suspensa. O custo seria de R$ 1,8 milhão, sem passar pelo processo de licitação, de acordo com o Tribunal de Contas do Estado. A decisão foi da conselheira Teresa Duere, relatora das contas da Assembleia, atendendo a um pedido de medida cautelar feito pelo Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO).

 

 

 

Compra foi autorizada e publicada no Diário Oficial durante o recesso

 

 

 

De acordo com o TCE, o primeiro-secretário da Assembleia, deputado Diogo Moraes (PSB), autorizou a compra sem licitação em 21 de dezembro do ano passado. A compra só foi publicada no Diário Oficial em 27 de dezembro, entre o Natal e o Ano Novo, quando a Assembleia e o próprio TCE estavam em recesso de fim de ano. O Legislativo teria contratado a Editora Canaã, com sede em Olinda.

Os quatro mil livros seriam distribuídos em um “kit-box” com dois livros, ao custo unitário de 456 reais cada, segundo o empenho oficial da despesa, publicado no site TomeConta do TCE.

A medida cautelar foi expedida pela conselheira Teresa Duere, nesta quarta-feira (9), suspendendo a realização da despesa de 1,8 milhão de reais, com base em argumentos colocados pelo MPCO em representação dirigida à relatora.

O MPCO, ao pedir a suspensão da compra sem licitação, alegou o “momento de crise que vive o país e o Estado de Pernambuco”.

“Em primeiro lugar, registra este membro do MPCO que o Governador Miguel Arraes, por toda a sua história e biografia, é merecedor de todas as homenagens em Pernambuco, no Brasil e no mundo. O MPCO, contudo, coloca à Relatora a pertinência de um gasto tão elevado em livros para realizar uma homenagem, em um momento de tanta crise financeira no país e também no Estado de Pernambuco. Afinal, está se tratando de quase 2 milhões de reis em livros para serem distribuídos como homenagem”, argumentou o procurador Cristiano Pimentel, do MPCO, ao requerer a suspensão.

O MPCO apontou que havia risco de “dano irreparável”, pois os recursos já tinham sido empenhados, ou seja, separados pela gestão da Assembleia para serem pagos a empresa.

“Pagar 456 reais, na média, por cada um dos livros, parece um tanto caro. Até nas grandes livrarias é difícil achar um livro tão caro”, justificou o procurador Cristiano Pimentel.

A relatora Teresa Duere, em seu despacho, disse que a matéria não é nova, pois em 2016 a Assembleia tentou fazer a mesma contratação. Segundo a conselheira do TCE, na ocasião, os auditores do TCE também pediram a suspensão da despesa, em cautelar. A medida não foi dada, pois o então presidente da Assembleia, Guilherme Uchôa (PSC), falecido ano passado, se comprometeu por ofício a cancelar a despesa.

A relatora requisitou cópia de todo o processo de compra, para análise posterior dos auditores do TCE.

A cautelar do TCE, que foi expedida em decisão monocrática da relatora, será analisada pela Primeira Câmara do órgão, que reúne os conselheiros Teresa Duere, Valdecir Pascoal e Ranilson Ramos, a partir de 21 de janeiro.

 

Texto: Diário de Pernambuco

10
janeiro

Sessões ordinárias – Câmara de Santa Cruz divulga calendário 2019

Foi divulgado nesta quinta-feira (10), o calendário oficial para as sessões ordinárias do primeiro semestre de 2019, na Câmara de  Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe.  Ao todo, serão 20 reuniões ordinárias (16 quintas e 4 terças-feiras). A primeira será no dia 7 de fevereiro e a última 18 de junho.

De acordo com a Assessoria da Casa, além das sessões plenárias, ‘a Câmara também segue uma rotina de reuniões extraordinárias, audiências públicas e reuniões de comissões para apreciar os projetos de interesse da população santa-cruzense’.

A Câmara de Santa Cruz é composta por 17 vereadores. Atualmente, 11 deles fazem oposição ao prefeito Edson Vieira (PSDB), incluindo a composição da Mesa Diretora, eleita no fim do ano passado, tendo como presidente Augusto Maia (Podemos).

 

 

10
janeiro

Prefeitura desconta empréstimo consignado de servidor e não repassa ao banco, afirma presidente de Sindicato

Funcionários públicos de Santa Cruz do Capibaribe estão responsabilizando a prefeitura do município, após serem notificados que os seus nomes seriam levados ao SPC. Eles afirmam que foram surpreendidos com ligações da Caixa Econômica Federal, cobrando o pagamento de empréstimos consignados.

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Luís Carlos Almeida, disse não ter a quantidade exata de pessoas que já lhe queixaram o problema. Ele afirma ainda que já iniciou ações judiciais por danos morais, contra a gestão.

“O valor é descontado pela prefeitura, mas não está sendo repassado ao banco, prejudicando o servidor”, diz.

Protesto

Na manhã desta quinta-feira (10), um grupo de seis funcionários protestou em frente à prefeitura, cobrando o salário referente ao mês de dezembro/2018, em atraso. Um dos manifestantes relatou à nossa equipe de reportagem, que já recebeu a notificação também sobre o problema com o empréstimo do banco.

De forma pacífica, os funcionários carregavam cartazes cobrando seus direitos.

Entramos em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, sobre os problemas alegados pelos funcionários. Até o fechamento dessa matéria, não obtivemos resposta.

 

08
janeiro

Prefeitura de Santa Cruz inicia nomeação de aprovados em concurso

A prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe informou, através de sua assessoria, que o prefeito Edson Vieira iniciou, na manhã dessa segunda-feira (07), a entrega do termo de posse aos aprovados no último concurso público do município.

Tomaram posse 45 aprovados nas funções de agente administrativo, médico, odontólogo, enfermeiro, nutricionista, auxiliar de farmácia, assistente social, técnico de laboratório e enfermagem, psicólogo e condutor socorrista.

O gestor considera uma ‘realização de promessa que fez na campanha eleitoral, em 2016′.

“Vamos nomear gradativamente cada um aprovado em nosso concurso público. Estou à disposição e espero a colaboração de todos para juntos, trabalharmos por uma Santa Cruz do Capibaribe cada vez maior”, destacou o prefeito.

O Concurso foi realizado pela ADM&TEC, contratada pelo Consórcio Público Intermunicipal do Agreste Pernambucano e Fronteiras (Coniape), órgão presidido por Edson Vieira.

As provas foram realizadas entre os dias 07 e 08 de julho de 2018. A oferta foi de 526 vagas para 79 áreas. O Certame reuniu mais de 14 mil pessoas.

“No decorrer da semana vamos ligar para demais pessoas que passaram por todo procedimentos para assumirem seus cargos”, disse Klaine Melissa, secretária executiva de Administração.

 

07
janeiro

Oposição em Santa Cruz forma dois blocos parlamentares na Câmara

Após reunião na manhã e início da tarde desta segunda-feira (07), vereadores de oposição em Santa Cruz do Capibaribe formaram dois blocos parlamentares para Câmara de Vereadores. Cada bloco tem um líder e um vice-líder, que falam pelo respectivo bloco perante a Casa.

A nova formação é estratégica e possibilitará que o grupo de oposição (formado hoje por 11 vereadores) consiga mais espaços em comissões da Casa.

O primeiro bloco será formado pelo PTB, PR, Podemos e PSD, tendo como líder Joab Gomes (PSD) e vice-líder Marlos Mello (Podemos).

Já o segundo bloco ficou definido com o PT e o PSB, tendo como líder Deomedes Brito (PT) e Toinho do Pará (PSB).

Não participaram da reunião os vereadores Helinho Aragão (PTB), Júnior Gomes e Toinho (ambos do PSB). De acordo com um dos participantes, em contato com a nossa redação, os três concordaram com as decisões.

07
janeiro

Diogo Moraes comemora andamento nas obras de extensão da rede de abastecimento de Pão de Açúcar

Fruto de um pleito do deputado Estadual Diogo Moraes e do prefeito Ivanildo Lero junto ao Governo do Estado, as obras de extensão da rede de abastecimento de água em Pão de Açúcar, distrito de Taquaritinga do Norte, no Agreste do Estado, seguem em ritmo acelerado.

A ampliação da rede conta com mais de quatro mil metros de tubulação e levará água aos bairros Badoque, Trevo, Cruzeiro e Serrinha. A obra que é realizada pela Prefeitura de Taquaritinga em parceria com o Governo do Estado e com a Associação Nossa Senhora das Graças, está em fase de conclusão e levará água de qualidade e com regularidade aos moradores destes bairros.

O deputado estadual e primeiro secretário da Alepe, Diogo Moraes (PSB), comemora mais uma conquista para os moradores do distrito de Pão de Açúcar.

“Estou muito feliz em ver como os problemas no abastecimento de água, na nossa região, estão sendo resolvidos, é de extrema importância garantir a segurança hídrica da nossa população. Gostaria de agradecer ao Governador Paulo Câmara e ao meu amigo Roberto Tavares, pelo empenho em ampliar a oferta de água para a população de Pão de Açúcar”, pontuou o deputado.

O prefeito de Taquaritinga Ivanildo Lero, relatou a satisfação de estar realizando essa grande obra que irá beneficiar quase metade da população do distrito de Pão de Açúcar.

“Vai ser uma alegria imensa ver a água chegando a todas as casas do nosso querido distrito de Pão de Açúcar. Essa é a recompensa de nossa luta quase que diariamente solicitando ao estado, que realizasse essa obra tão importante para o povo de Pão de Açúcar. Desde já quero agradecer ao deputado Diogo Moraes, ao governador Paulo Câmara, ao presidente da COMPESA Roberto Tavares que vai assumir outro cargo no estado e a associação Nossa Senhora das Graças que tem sido uma grande aliada em parcerias”, falou o Prefeito.

Assessoria. 

03
janeiro

Jataúba – Paulo Floriano é empossado presidente da Câmara pela quarta vez

O vereador Paulo Floriano tomou posse da presidência da Câmara de Jataúba, pela quarta vez. A solenidade aconteceu na noite dessa quarta-feira (02).

Eleito pelos colegas no fim de 2018, ele comandará os trabalhos na Casa Inácio Viterbo de Araújo, no biênio 2019-2020.

Diante de um plenário repleto de colegas parlamentares, amigos e familiares, o vereador recebeu felicitações e desejo de boa sorte na condução dos trabalhos.

Fotos: Folha de Jataúba. 

 

03
janeiro

Reeleito para presidência da Câmara, Arimatéia é empossado em Toritama

 

Na terça-feira (01) aconteceu a cerimônia de posse da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Toritama para o biênio 2019-2020. José Arimatéia foi reconduzido ao posto de presidente por mais dois anos.

Além dele compõem a Mesa Diretora da Casa de Lei, Edmilson Dionizio (Loló ) como Vice-presidente, José Ferreira de Carvalho (Ferreirinha ), como Primeiro Secretário e Rossana Ferreira como Segunda Secretária (ela faltou à cerimônia).

Na Capital do Jeans a votação para escolha da mesa aconteceu ainda em 2017.

02
janeiro

Resumório! – A coluna do professor Tenório

O PRIMEIRO– O primeiro RESUMÓRIO de cada ano é sempre o mais difícil de escrever, feito espirrar sem fechar os olhos, lamber o cotovelo, fazer solo de guitarra sem careta, prefeito sem conta rejeitada, montar chapa de prefeito e vice sem desagradar alguém do grupo, ir no Rio de Janeiro sem dizer que ele continua lindo ou acreditar que a revolta de Capilé com José Augusto Maia vai demorar muito tempo.

A POSSE –No primeiro dia de 2019, o vereador Augusto Maia foi empossado como presidente da Câmara de Santa Cruz do Capibaribe. Na metade de seu primeiro mandato, conseguiu o que seu primo Ernesto Maia nunca conseguiu em quatro mandatos. Não sei se tem algo a ver com sangue puro ou com ruindade, só sei que o Maia Jr. conseguiu ligeirinho.

DISCURSO – Apesar de estar com uma cara de tensão maior do que quando disputa uma final do FIFA 2018, Augusto foi bem no seu primeiro discurso como presidente. Que continue assim, mesmo quando Jéssyca Cavalcanti, o terror dos sete Maias, começar a pegar no seu pé e questionar até a “tronchura” do nó de sua gravata.

PÚBLICO – Um bom público esteve presente na posse do vereador Augusto Maia. Amigos, parentes e um monte de gente lisa feito eu, que não viajou, prestigiaram a sessão solene que oficializou a composição da nova mesa diretora. Helinho deve ter achado bom, vir da praia num primeiro de janeiro é ruim demais.

DE TÁXI – Teve vereador que chegou do litoral de táxi, feito Angélica, para ocupar uma vaga na nova mesa diretora de Santa Cruz do Capibaribe. Não sei o que aconteceu com o “Carrin” para chegar de táxi. Tomara que os vereadores de Taquaritinga aprendam a lição e sigam o exemplo.

A NÃO POSSE – Por falta de quórum, o professor Jurandi não tomou posse na presidência da Câmara de Taquaritinga do Norte. Dos onze vereadores, só compareceram cinco. Faltaram até o primeiro e segundo secretários eleitos para composição da mesa. Jurandi garantiu os votos para ser eleito, mas não garantiu a presença dos vereadores para tomar posse no dia de ontem. É assim mesmo, primeiro de janeiro é dia ruim para ficar na cidade.

A PRIMEIRA– Finalmente o prefeito Edson Vieira entrega sua primeira escola construída de tijolo e cimento. E a ondinha do tijolo e cimento que tiravam com ele, virou indireta para quem constrói um monte de escolas sem ser de tijolo e cimento. Uma escola ainda maior já está prometida. Será que vai ser inaugurada a maior escola municipal que Santa Cruz já viu às vésperas da escolha de um candidato a prefeito para 2020? Eu Nam Dida é nada, quero dizer, eu não digo é nada.

ANIVERSÁRIO–Como disse alguém que não lembro quem, até no corte do bolo dos sessenta e cinco anos de emancipação política de Santa Cruz começaram cortando as gameleiras. Foram milhares de declarações de amor a nossa cidade nas redes sociais. Amor imenso, que só não supera o amor pelos grupos políticos da cidade. O bolo estava lindo!

PROTAGONISMO – Nunca antes na história das posses deste país se viu uma primeira dama chamar mais a atenção do que o presidente da república. O vestido tomara que caia rosê, um discurso em libras e um beijo na boca, superam o discurso repetido do presidente, o filho dele de carona no rollsroyce e a assinatura da posse com uma caneta bic de bico grosso.

DIRETO DA REDE – “A primeira dama com um vestido ‘tomara que caia’ na posse do marido é algo bem sugestivo”.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

02
janeiro

Novo presidente da Câmara terá que enfrentar temas polêmicos

 

 

O presidente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, Augusto Maia (PTN), precisará se debruçar sobre temas polêmicos, caso deseje atender aos interesses dos seus pares. Entre os principais pontos está a manutenção do auxílio alimentação de R$ 1.200,00 para vereadores, criado como forma de compensação de perdas com as reduções salariais impostas pela justiça nos últimos dois anos.

Caberá ainda ao presidente conduzir os recursos judiciais que estão em andamento para tentar reverter as decisões que reduziram os salários.

Atualmente cada vereador recebe R$ 6 mil de salário. O valor é R$ 3.800,00 menor que o proposto por uma lei municipal aprovada em 2016, que era de R$ 9.800,00. Foram duas decisões judiciais motivadas por ações populares do advogado André Tadeu.

Outro diferencial da nova gestão na Câmara será o fim das devoluções de recursos para a Prefeitura Municipal.

Vários presidentes da Câmara de Vereadores devolveram sobras de recursos ao município. Na maioria dos casos as devoluções subsidiavam obras que eram indicadas pelos vereadores. No entendo, nos últimos anos, o ex-presidente da Câmara, Zé Minhoca, teria feito as devoluções para “socorrer” o governo, sem a indicação de contemplações de obras públicas com os recursos.

O novo presidente já comenta nos bastidores que deve pôr um fim nas devoluções de recursos ao governo.

Notícias Anteriores