21
maio

Acusado de praticar ameaças de morte contra o governador de São Paulo é preso em Santa Cruz

João Doria recebeu ameaça em mensagem postada na rede social da sua filha.

Uma ação em conjunto dos departamentos de Polícia Civil de Pernambuco e da Paraíba resultou na prisão do suspeito de ter feito ameaças de morte ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB) por meio de uma mensagem enviada a um dos filhos do casal nas redes sociais, no dia 9 de maio. O homem foi detido em casa, na cidade de  Santa Cruz do Capibaribe (PE).

Endereçada à primeira-dama do Estado, a mensagem dizia que o suspeito executaria o governador no dia 16 de maio pelo pagamento de R$ 3 milhões e que, para o cancelamento da ação criminosa, o casal Doria deveria pagar R$ 5 milhões. Ainda segundo o texto, integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital), facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios, teriam aprovado o assassinato.

Ameaça ao governador da Paraíba

O suspeito também era investigado pela polícia paraibana por ter praticado ameaça semelhante contra a família do ex-governador do Estado Ricardo Coutinho (PSB). Na ocasição, o acusado exigia a quantia de R$ 3 milhões para poupar a vida de um dos filhos do político.

Indiciamento

As investigações apontaram que o celular do suspeito foi utilizado na prática da ameaça feita ao governador paulista.  A policia também descobriu informações relativas ao dono da conta bancária utilizada para o depósito do valor que seria arrecadado com extorsão.

A namorada do homem preso mora ao lado da residência onde foi conectada a página do Instagram para a prática das extorsões. Para os policiais, os suspeitos estavam “furtando” o sinal de internet do vizinho.

.

Fonte: R7

19
maio

Tentativa de estelionato no Moda Center é impedida por seguranças

Imagem: Jota Lima

Durante entrega de mercadorias realizada no estacionamento do Moda Center, na tarde desta segunda-feira (18), um empresário de Surubim percebeu que estava sendo vítima de estelionato, acionou a segurança do Moda Center e impediu outros 15 fornecedores de caírem no mesmo golpe. De acordo com relato de uma das vítimas, um comprador de Sergipe entrou em contato através das redes sociais e realizou a compra no valor de cerca de mil reais.

De acordo com a vítima, o suposto comprador havia contratado uma mulher para receber a mercadoria e logo após informaria para a mesma o local de entrega. O suposto comprador havia enviado um comprovante de TEV (Transferência Eletrônica de Valores) no domingo, mas quando chegou no local marcado, o comerciante percebeu que o valor não estava disponível na conta. Outros dois comerciantes que estavam esperando no local para realizarem a entrega também afirmaram que o valor não havia caído na conta.

 

O comerciante percebeu que se tratava de um golpe ao constatar que o código-chave do comprovante da TEV do outro comerciante era o mesmo do dele, sendo que cada comprovante tem um código-chave diferente. Os empresários pediram à mulher contratada, que presta esse tipo de serviço para várias pessoas a um tempo, que questionasse qual seria o local de entrega das mercadorias, após confirmar que já havia recebido as encomendas. Os envolvidos acionaram a segurança do Moda Center e um policial e se deslocaram até o local indicado, onde foi encontrado mais três sacos de mercadoria para o mesmo comprador.

A mercadoria, os compradores e a mulher contratada foram encaminhados para a delegacia de polícia, onde prestaram depoimento. O delegado Dr Ênio Maia solicita que as pessoas que se sentiram lesadas devem comparecer à delegacia de polícia de Santa Cruz, com documentos, para realizarem o boletim de ocorrência e, após conferência, fazer a retirada da mercadoria apreendida.

30
abril

Acusado de assassinar jovem em Santa Cruz é detido pela PM

A Polícia Militar deteve no final da tarde desta quinta-feira (30) um jovem de 26 anos, acusado de ter assassinado Marcos Fernandes do Carmo, que foi encontrado morto próximo ao Moda Center, em Santa Cruz do Capibaribe (reveja AQUI).

A vítima foi encontrada morta na manhã da quinta (29).

Com ele, foram encontrados 26 papelotes de maconha, uma faca peixeira usada no crime, algumas munições calibre 38, além de uma certa quantia em dinheiro.

Durante o interrogatório, o indivíduo assumiu o homicídio. Ele foi autuado pelas práticas de homicídio e associação ao tráfico de drogas, e passará por audiência de custódia.

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?