18
agosto

Em menos de 8 meses, Pernambuco tem mais assaltos a carro-forte do que 2016

Foto: Imagem meramente ilustrativa.

O estado de Pernambuco tem apresentado números preocupantes em relação à falta de segurança. A violência pode ser observada em assaltos e explosões contra veículos de transportes de valores. Somente nesta semana, houve três explosões contra carros-fortes, deixando três vítimas fatais. Situação que só piora quando compara-se o registro anual.

Até agora, faltando mais de 4 meses para acabar o ano, foram apontados 12 assaltos no estado em 2017. Em todo o ano de 2016, foram registrados 9 investidas com essa característica no estado. Pernambuco ficou atrás apenas de São Paulo, que calculou 17 investidas.

Este ano, os municípios alvo dos criminosos foram:

Sertão: Terra Nova (duas vezes), Cabrobó, Petrolina, Verdejante, Santa Maria da Boa Vista, Serra Talhada;

Agreste: Caruaru, Bonito, São Caetano, São Bento do Una;

Região Metropolitana do Recife: Cabo de Santo Agostinho.

De acordo com o Sindicato dos Vigilantes de Transporte de Valores e Escolta Armada de Pernambuco (Sindifort), neste ano foram registrados 12 investidas aos veículos de transporte de valores no estado de Pernambuco. Os carros-fortes possuem blindagem nível 5 e não são capazes de deter os armamentos usados pelos criminosos, de nível militar. O sindicato ainda informou que estão sendo realizadas denúncias sobre essas ações à Polícia Federal.

.

Com informações do JC Online.

18
agosto

Santa Cruz – Popular denuncia Secretaria de Mobilidade Urbana, após desaparecimento de moto

Fotos: Thonny Hill.

A redação do Blog do Ney Lima recebeu, durante essa semana, um popular com uma denúncia contra a Secretaria de Mobilidade Urbana de Santa Cruz do Capibaribe. De acordo com Valdir Batista Silva, uma moto apreendida por Agentes de Trânsito não foi mais encontrada na secretaria, mesmo após regularização do veículo junto ao Detran-PE.

A moto em questão, uma Biz preta (placa PCC 6282), foi recolhida, segundo o denunciante, em fevereiro deste ano, com atrasos no IPVA. A moto foi apreendida quando um irmão de Valdir trafegava nas proximidades da secretaria.

O veículo, à época, estava em nome de uma mulher, a quem Valdir comprou a Biz, como constatado em documentação no cartório e Detran-PE.

“Foi apreendida numa sexta-feira. Na segunda-feira, fui buscar saber quais os procedimento legais para retirar a moto e, como não estava no meu nome, falaram que precisava de uma declaração assinada e reconhecida (em cartório) pela dona, ou se ela estivesse comigo”, diz Valdir e completa, “Segui todos os procedimentos, quando cheguei com toda documentação paga no Detran que fui fazer a vistoria, fui informado que a moto não estava mais”.

Valdir argumenta que foi na delegacia prestar queixa, mas foi aconselhado a tentar resolver primeiro na secretaria.

“Fui sete, oito vezes na Secretaria. Mas cada vez foi uma história diferente”, reclama.

“Tá certo que estava atrasada, tomaram as providências cabíveis, mas tem que ter segurança. Como se prende um veículo e não dá segurança?”, questiona.

Ainda segundo Valdir, nenhum documento/comprovação foi entregue ao seu irmão, pelos agentes, certificando a apreensão do veículo.

O popular também já registrou um boletim de ocorrência na delegacia local e contratou um advogado.

Resposta

Entramos em contato com a Assessoria de Comunicação da prefeitura, em busca de esclarecimentos, por parte da Secretaria.

Questionamos se a pasta tinha conhecimento do caso, o que estava sendo feito para resolver a problemática, qual o procedimento normal dos Agentes de Transito da Secretaria de Mobilidade Urbana de Santa Cruz do Capibaribe, na apreensão de veículos com irregularidades e pedimos um prazo para solução do caso.

Em resposta, foi enviada a seguinte nota, assinada pelo Secretário Fábio Aragão.

Tivemos conhecimento há pouco tempo sobre essa questão, inclusive fomos procurados pelo advogado desse rapaz. Pedimos que o advogado formalizasse a situação para adotarmos as providências necessárias, uma vez que, formalmente, não tínhamos conhecimento desse fato. É necessário que seja identificando o dia, os agentes envolvidos e a prova que o rapaz é o proprietário da motocicleta;

Estamos aguardando a formalização da situação para adotarmos as providências necessárias, assim como foi combinado em reunião com o advogado do mesmo;

Toda apreensão de veículo deve ser feita mediante termo de apreensão e o auto de infração de trânsito deve descrever que o veículo foi apreendido. O autuado pode requerer sua via do agente de trânsito;

Após a formalização da questão, em até 30 dias, teremos uma resposta sobre a situação.

Fábio Aragão – Secretário Executivo de Mobilidade Urbana

18
agosto

Toritama registra seu 29º homicídio do ano após “trégua” de 41 dias

Na madrugada desta sexta-feira (18) mais um homicídio foi registrado em Toritama. De acordo com as informações, Lucas Roberto Alves (23 anos, ex-presidiário) foi assassinado a tiros dentro de casa, localizada à rua Rio de Janeiro, no Loteamento Antão.

Testemunhas relataram para a polícia que ele estaria trabalhando dentro do local quando um homem, não identificado, chegou e efetuou diversos disparos de arma de fogo, que o atingiram na cabeça.

 

O mesmo morreu no local. A motivação para o crime também é desconhecida. O corpo foi periciado e levado para o IML, na cidade de Caruaru. É o primeiro homicídio do mês de agosto e aconteceu após uma calmaria superior a 40 dias quando o assunto são assassinatos. Esse é o 29º homicídio registrado naquele município.

 

 

17
agosto

Divulgados os nomes de policiais e civis presos na Operação Hostes, deflagrada em Santa Cruz e outras quatro cidades

Coletiva com resultado da operação foi realizada em Recife – Foto: G1

Foi revelado, no site do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) mais detalhes sobre Operação Hostes, que foi realizada na última terça-feira (15) que culminou na prisão oito pessoas, sendo cinco deles policiais militares.

Os mesmos são acusados de formação de milícia armada e de acordo com as denúncias, os policiais presos teriam sido responsáveis por atentados a residências de oficiais superiores da PM e também atuar na segurança privada de políticos, realizar prisões ilegais com uso de fardas e armas da corporação, além de e assassinatos ocorridos em Santa Cruz do Capibaribe.

Dentre as informações, estão os nomes dos policiais presos do grupo investigado que atuava, além de Santa Cruz, nos municípios de Recife, Caruaru, Toritama e Taquaritinga do Norte. As investigações foram iniciadas em 29 de setembro de 2016.

De acordo com o material divulgado pelo Ministério Público, “os quatro policiais militares da ativa presos temporariamente nesta operação foram: Waitã Teixeira dos Santos, Adalberto Campelo Alves, Rivaldo Vieira da Silva (apresentou-se na noite da segunda-feira) e Orlay Soares dos Santos (suspeito de ser o líder). Foi cumprido também o mandado de prisão do policial Militar aposentado (reserva), Romildo Gonçalves da Silva”.

Já os outros três seriam: Francinaldo Roberto da Silva Brito, João Paulo Julião de Macedo (Paulo Ceará) e Gilmário Queiroz de Almeida. O outro civil, Otávio Manoel de Brito Neto (Tavinho), suspeito de ser o gerente do grupo, já se encontra preso por outros crimes.

Outro integrante da milícia de acordo com as investigações seria Jacson Henrique da Silva, que foi assassinado este ano. As investigações continuam e novos mandados de prisão preventiva dos citados devem ser solicitados para garantir mais tempo nas investigações.

Não foram revelados quais seriam as vítimas dos homicídios atribuídos a milícia.

17
agosto

Acusado por tráfico de drogas é levado a delegacia em Santa Cruz

Foto: Gilson Fernandes

 

Na tarde desta quinta-feira (17) policiais militares detiveram um jovem de 24 anos, denunciado pela prática de tráfico de drogas.

De acordo com as informações, policiais receberam a denúncia de que uma pessoa, que não teve seu nome informado, estaria esperando outra para que uma certa quantidade de drogas fosse entregue no interior de um estabelecimento comercial as margens da PE-160.

 

Imagem cedida pela polícia

 

 

Foi então que, com a operação montada, os policiais acabaram abordando José Jamison da Silva. Ao ser revistado, foi localizado com ele uma peteca de cocaína e ao ter seu carro revistado, foi localizada uma outra porção de cocaína, dois relógios, um aparelho celular, R$ 215,00 em dinheiro e também 310 gramas de crack.

Diante dos fatos, ele foi levado à delegacia, ficando a disposição da Justiça.

17
agosto

Ex-presidiário se acidenta com a própria arma, em Santa Cruz

Foto: Arquivo Blog do Ney Lima.

Um elemento de 34 anos foi apreendido, na manhã desta quinta-feira (17) pela equipe da Guarda Civil Municipal (GCM) e Policiais Militares do 24º BPM, no bairro Rio Verde, em Santa Cruz do Capibaribe.

De acordo com os guardas, que estavam no caso, Eduardo Paulino da Silva, se acidentou com um tiro no braço, com a própria arma (um revolver calibre 38).

De acordo com informações repassadas pela Guarda, Eduardo invadiu uma residente na Rua Patati, quando teria visualizado o efetivo da GCM. Ainda segundo a Guarda, na tentativa de fuga, ele teria disparado a própria arma, atingindo um dos seus braços.

Com o reforço da PM, ele foi capturado e levado para a UPA de Santa Cruz e, em seguida, para delegacia local ficando à disposição da justiça.

De acordo com a polícia, Eduardo Paulino já tem várias passagens pela sistema carcerário por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, entre outros crimes.

 

17
agosto

Polícia pega dois de Taquaritinga praticando assaltos em Caruaru

Na madrugada desta quinta-feira (17), ao realizar rondas na Avenida Rui Barbosa, no bairro Divinópolis em Caruaru, o efetivo do GATI se deparou com dois suspeitos, sendo um deles um adolescente de 16 anos, ambos da cidade de Taquaritinga do Norte.

De acordo com as informações, Douglas da Silva Gonçalves (de 19 anos, residente no distrito de Pão de Açucar) estava, na companhia do adolescente, em uma moto e, ao serem abordados, foi encontrado um simulacro de pistola com o adolescente.

Durante a abordagem, ambos teriam confessado que estavam praticando assalto na área. Com eles, também foi encontrado uma carteira de uma das vítimas, dois celulares, um relógio, R$ 65 em dinheiro e também uma moto Bros preta (de placa PFW-6994).

Diante dos fatos, os mesmos foram conduzidos à delegacia de plantão, para serem tomadas as medidas cabíveis. Foi mantido também em contato com a vítima, um homem de 31 anos, o qual os dados constavam na carteira, e que também concordou em seguir para a delegacia e, lá chegando, reconheceu os dois como os criminosos que o tinham assaltado.

O acusado de 19 anos foi autuado em flagrante e será apresentado em audiência de custódia e o adolescente deve ser apresentado ao Ministério Público.

16
agosto

Secretaria de Defesa Social exclui deputado Joel da Harpa da PM

Foto: Fernando Lagosta.

Uma portaria da Secretaria de Defesa Social (SDS), assinada pelo secretário Antônio de Pádua e publicada no Diário Oficial de Pernambuco, nesta quarta-feira (16), determina a punição de Joel Maurino do Carmo, mais conhecido como Joel da Harpa, deputado estadual, com “a pena de exclusão a bem da disciplina”, resultado de um processo administrativo.

O processo diz respeito à venda, em 2009, de um imóvel, em Candeias, Jaboatão dos Guararapes, pelo valor de R$ 5 mil, a outro soldado da Polícia Militar “como se fosse de sua propriedade”. A publicação pede, ainda, o arquivamento do processo administrativo em relação ao segundo soldado, “por não ter sido comprovado que tenha praticado algum tipo de infração disciplinar”.

O deputado Joel da Harpa que faz parte do movimento “Pernambuco de Verdade”, afirmou que a decisão da Corregedoria é perseguição e que “eles estão errando o alvo”.

“A Corregedoria, para minha surpresa, me excluiu. E me excluiu por quê? É naturalmente perseguição ao nosso posicionamento. Deviam estar atrás de bandido, mas estão atrás de quem quer melhorar a segurança. Eles não conseguem ressuscitar o Pacto (pela Vida) e agora estão tentando prejudicar e injustiçar quem defende a segurança pública de Pernambuco” – disse o parlamentar. 

Joel da Harpa explicou que o terreno em questão era do seu pai, uma posse, que foi vendido para um policial amigo. O deputado afirma ter ido ao cartório para realizar a venda do mesmo e ressaltou que o PM mora no local há quase dez anos. O deputado destacou que vai recorrer da decisão.

Joel estava na PM desde 1998. Ele serviu no 6º Batalhão de Guardas, na Rocam e no 18º BPM.

16
agosto

Operação Hostes – Polícia revela que cinco PM’s presos atuavam em Santa Cruz do Capibaribe

PM’s são acusados de intimidar superiores, assassinatos, segurança privada de políticos, além de prisões ilegais feitas com uso de fardas e armas da corporação

Policiais militares presos por integrar uma milícia em Pernambuco são responsáveis por atentados a residências de oficiais da PM. Eles tentaram intimidar os superiores para manter nos batalhões os membros da organização envolvidos em segurança privada de políticos, prisões ilegais feitas com uso de fardas e armas da corporação, além de e assassinatos ocorridos no Agreste do estado.

Essas são as conclusões apontadas pela ‘Operação Hostes’, deflagrada na terça-feira (15), no Recife e no interior. De acordo com o delegado Bruno Vital, da Divisão de Homicídios do Agreste, as investigações, iniciadas em setembro de 2016, tiveram como ponto de partida os atentados aos oficiais da PM.

“Esses PMs foram ameaçados e tiveram residências atingidas por disparos de arma de fogo. Precisávamos saber o que estava acontecendo e entender essas ameaças”, observou, durante coletiva nesta quarta (16), no Recife.

Ao longo da apuração, foi possível chegar a essa organização criminosa. Liderado por um sargento com mais de 10 anos de corporação, o grupo, segundo a polícia, praticava esses atentados para manter a atuação na região.

“Eles intimidavam os superiores para evitar as transferências de batalhão e mudanças de escala. Eles tinham interesse em manter a atuação na cidade”, afirmou o delegado. Durante a entrevista coletiva desta quarta-feira (16), na sede da Polícia Civil, as autoridades apontaram que oito mandados de prisão e sete de busca e apreensão foram cumpridos. Participaram integrantes da Polícia Militar e da Civil, além do Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

Do total, cinco presos são PMs que atuavam no 24° Batalhão de Santa Cruz do Capibaribe, e praticavam os crimes em municípios vizinhos, como Caruaru e Taquaritinga do Norte. Os alvos da operação negam a participação nos crimes, segundo a polícia Civil.

Vários crimes

Bem organizada e com hierarquia, o grupo tinha vários núcleos de atuação. Os PMs usavam fardas, viaturas e armamentos da corporação para prestar serviços ilegais aos clientes, que eram, normalmente, comerciantes e empresários.

“Eles fizeram também segurança para candidatos nas eleições municipais de 2016”, apontou Bruno Vital.

Ao grupo também é atribuída a prática de homicídios, com seis casos investigados, segundo Vital. As vítimas eram pessoas que praticavam roubos e pequenos furtos nas áreas comerciais.

“Eles envolviam civis no grupo e chegava a oferecer material para eles”, acrescentou.

Para o delegado Nehemias Falcão, com a prisão dos integrantes da milícia será possível reduzir o número de crimes no Agreste.

“Era uma organização nociva. Uma polícia paralela, que usava o serviço para esconder atividades ilícitas”, afirma.

O diretor da PM no interior, coronel Flávio Moraes, ressaltou a participação das corporações nas investigações, que tiveram apoio do Ministério Público.

“Agora, eles serão levados ao conselho de disciplina e poderão ser expulsos”, declarou.

O procurador Ricardo Lapenda, do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), destacou que os integrantes da milícia, que estão presos, poderão fazer delação premiada.

“Se houver informações importantes que ajudem a prender mais envolvidos ou reforçar o trabalho, eles poderão ser beneficiados”, comentou.

 

Fonte: G1 Pernambuco 

16
agosto

Rota Santa Cruz/Caruaru: Mulher é pega com drogas pela Polícia Federal

Agentes da Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal apreenderam 5 quilos de maconha, na noite dessa terça-feira (15), na BR-104, em Caruaru. De acordo com o efetivo, a droga estava com Cíntia Mirele Chaves da Silva (26 anos) e um adolescente de 17. Os dois residem em Caruaru.

A dupla teria saído, em um ônibus, de Santa Cruz do Capibaribe com a droga. De acordo com a polícia, o material estava dentro de uma sacola com fotos e documentos dela.

Ela nega qualquer envolvimento com o tráfico e disse que a droga pertencia ao menor.

De acordo com Sandro Martins, da PRF, Cíntia já é conhecida da polícia, por tráfico.

A mulher foi autuada em flagrante por tráfico e corrupção de menor.

15
agosto

Mulher é brutalmente assassinada em Vertentes e jogada em canal

Principal suspeito foi preso pouco tempo depois

Na madrugada dessa terça-feira (15) uma mulher, identificada por Andréa Janaina Esteves de Souza (41 anos), foi assassinada, possivelmente, por estrangulamento, no município de Vertentes. O crime aconteceu na Travessa Joaquim Barbosa, bairro São José e o corpo da vítima foi encontrado em um canal de esgoto no centro, por trás da prefeitura municipal.

De acordo com a Polícia Militar, o cadáver apresentava sinais de estrangulamento. A mulher estava vestindo apenas uma blusa. Pouco tempo depois, testemunhas indicaram para polícia, uma residência onde estaria o suspeito de cometer o crime. Ele foi identificado por Everaldo de Lima Silva (35 anos).

 

Segundo a polícia, ele ainda tentou fugir saltando pelos telhados de casas vizinhas, mas foi alcançado e preso. Ainda segundo a polícia, Everaldo confessou o crime e disse que teria matado a mulher, após uma discussão.

O corpo da vítima foi encaminhado para o IML, onde deve passar por exames para identificar se também houve o crime de estupro.

15
agosto

Milícia Privada composta também por PM’s teria matado seis, diz chefe de Polícia Civil

Foto: Gilson Fernandes

 

Na manhã desta terça-feira (15) o chefe de Polícia Civil do Estado, Joselito Amaral, falou sobre os primeiros resultados da operação que tem por objetivo desarticular uma organização criminosa, segundo ele, formada por policiais militares e populares que atuavam como milícia privada.

De acordo com ele, eram os policiais que estavam à frente da Organização Criminosa que atuava em Santa Cruz do Capibaribe, Toritama e Taquaritinga do Norte, Caruaru e Recife; com prática de homicídios, comercio ilegal de armas e outros crimes.

Segundo Joselito, dos oito mandados de prisão e sete de apreensão e prisão domiciliar que foram expedidos, seis deles já foram cumpridos, sendo que três deles são de PMs. Dois policiais estão foragidos e nomes ainda não foram divulgados.

Entre os crimes a que são atribuídos os acusados estão: Organização Criminosa, Milícia Privada, Homicídios, Concussão, Porte Ilegal de Arma de Fogo, Comércio Ilegal de Armas e Munições e Usurpação de Função Pública.

O chefe de polícia relatou a quantidade de homicídios com participação, segundo ele, de forma direta da milícia. Policiais trabalhavam de maneira terceirizada para empresas e pessoas, o que caracterizaria a usurpação de função pública segundo Joselito.

“Chegamos a seis homicídios cometidos por integrantes do grupo, mas com a colaboração premiada, há a possibilidade de se chegar a muito mais” – disse, sem dar mais detalhes das mortes.

Joselito sinalizou que, dentre os homicídios praticados, nem todos poderiam ser de criminosos, mas também crimes encomendados. Novas informações devem ser divulgadas nas próximas horas.

Os policiais presos foram levados a unidades militares e os demais foram encaminhados ao presídio do município.

15
agosto

Polícia Civil deflagra Operação contra milícia formada por PM’s em Santa Cruz e mais quatro cidades

 

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou, na manhã desta terça-feira (15/08), a 29ª Operação de Repressão Qualificada do ano, denominada “Hostes”. A operação tem por objetivo desarticular uma organização criminosa que atuava como milícia privada (formada por Policiais Militares), voltada para prática de homicídios, concussão, porte ilegal de arma de fogo, comércio ilegal de armas de fogo e munições e usurpação de função pública.

De acordo com as informações da polícia, a Organização Criminosa atuava em Santa Cruz do Capibaribe, Toritama e Taquaritinga do Norte, Caruaru e Recife.

Nesta manhã, estão sendo cumpridos 08 (oito) mandados de prisão e 07 (sete) mandados de busca e apreensão domiciliar. Na execução dos trabalhos foram empregados 68 (sessenta e oito) policiais civis, entre delegados, comissários, agentes e escrivães, com o apoio operacional de 105 (cento e cinco) policiais militares e 45 policiais da Corregedoria Geral de Defesa Social.

A Operação “Hostes” é supervisionada diretamente pela Chefia da Polícia Civil de Pernambuco e coordenada pela Diretoria Integrada do Interior 1 (Dinter 1).

Os detalhes desta operação serão divulgados, em instantes, na sede da 17ª Delegacia Seccional, em Santa Cruz do Capibaribe.

A nossa equipe acompanha o caso e traz mais informações a qualquer momento.

14
agosto

Jovem é atingido por disparos de arma de fogo em Santa Cruz

Na tarde desta segunda-feira (14), um jovem foi atingido por disparos de arma de fogo no Bairro Oscarzão, em Santa Cruz do Capibaribe. Segundo informações, a vítima Kleberson da Silva, mais conhecido por “Klebinho”, estava em sua residência quando foi surpreendido por dois elementos em uma moto que já chegaram atirando.

Após a ação criminosa, os suspeitos fugiram do local. O efetivo da Guarda Civil Municipal foi acionado e encaminhou Kleberson para a UPA 24h de Santa Cruz, onde foi atendido e em seguida transferido para o Hospital Regional do Agreste em Caruaru.

A vítima teve algumas perfurações no abdômen e até o momento, a motivação e autoria do crime são desconhecidas pela polícia.

13
agosto

Perseguição policial resulta em apreensão em Santa Cruz

Fotos: Gilson Fernandes.

Moradores do bairro Santo Agostinho, em Santa Cruz do Capibaribe, presenciaram uma intensa perseguição policial na manhã desse domingo (13). Após fugir por algumas ruas, foi detido na conhecida ‘favela do papelão’, o elemento identificado por José Fábio Ferreira Araújo (conhecido Fabinho) de 23 anos.

De acordo com a polícia, ele estava numa moto Honda Biz preta (placa PFN 5898) e acabou caindo durante a perseguição. O veículo havia sido roubado, também em Santa Cruz.

Na denúncia, a vítima repassou para o efetivo que havia sido roubada por dois criminosos, um deles com algumas lágrimas tatuadas no rosto. De posse das informações, a polícia conseguiu avistar o individuo com as características repassadas, no bairro Santo Agostinho.

Após ser apreendido, ele foi reconhecido pela vítima. A polícia informou ainda que o Fabinho tem outras passagens pela delegacia, pelo mesmo motivo.

O outro elemento que teria ajudado no assalto não foi encontrado. A moto ficou na delegacia para ser entregue à proprietária e o acusado ficou à disposição da justiça.

 

13
agosto

Filho de ex-vereador Santa-cruzense é assassinado no Ceará

Na noite desse sábado (12) foi morto a tiros, no município de Mauriti, interior do Ceará, Severino Monteiro Paixão Júnior (Monteiro Jr.). Ele estava com 47 anos e comercializava na pequena cidade que tem cerca de 45 mil habitantes.

De acordo com informações da imprensa cearense, ele sofreu alguns tiros e ainda chegou a ser socorrido para o hospital local, mas não resistiu. A polícia não tem informações sobre a motivação para o crime.

Ele era filho de Severino Monteiro Paixão, político em Santa Cruz do Capibaribe, líder na sua época do grupo denominado ‘cabecinha’.

Seu pai foi vereador na capital das confecções nos anos 60 e 70 e disputou duas eleições majoritárias.

Outro filho de Severino Monteiro, Sílvio Monteiro (médico) já havia sido assassinado na década de 80, tempo em que o pai abandonou a política.

Velório e sepultamento

O corpo de Severino Monteiro Paixão Júnior deve ser velado na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe. A previsão é que o corpo chegue no início desta noite.

Página 1 de 150123...1020...Última »

Notícias Anteriores