19
setembro

Combate ao trabalho infantil é debatido na Câmara de Santa Cruz

Audiência Pública solicitada pelo Tribunal Regional do Trabalho foi realizada em parceria com a Casa Dr. José Vieira

Na manhã desta quarta-feira (18), A Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, realizou audiência pública para tratar do Combate ao Trabalho Infantil e a Lei da Aprendizagem, através da iniciativa do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região.

A audiência foi presidida pela palestra do desembargador Paulo Alcantara, responsável pelo Programa de Combate ao Trabalho Infantil do TRT-6., que trouxe uma série de questionamentos e reflexões sobre a culturalização do trabalho infantil e o quanto ele é prejudicial ao desenvolvimento da sociedade.

Durante o debate foi destacado a importância do fortalecimento da educação e adesão a programas que facilitem o ingresso de jovens no mercado de trabalho, na idade adequada e com a continuidade dos estudos. Dr. Paulo, também pontuou a importância da Câmara de Vereadores está sintonizada com o tema.

“Parabenizo esta Casa, através do presidente Augusto Maia e do vice, Ronaldo Pacas, pela coragem de trazer esse tema para ser discutido pela sociedade. A Câmara de Vereadores tem como atuar nessa questão, através da criação de leis que regulamentem o trabalho infantil e fazer com que as empresas só recebam estímulo do Poder Público se aderirem ao Programa Menor Aprendiz”, destacou.

O presidente da Câmara também falou sobre a importância da educação no combate ao trabalho infantil.

“A gente vive numa cidade que o mercado de trabalho é muito tentador e se tem a possibilidade de entrar no comércio e ganhar seu próprio dinheiro muito cedo, muitas vezes deixando o estudo de lado, sem pensar nas consequências no futuro. É muito importante atuar nesse convencimento pela continuidade dos estudos, disse Augusto Maia.

A vereadora Jéssyca Cavalcanti falou da necessidade de se discutir o tema no Polo de Confecções.

“Discutir a questão do trabalho infantil numa cidade do Polo de Confecções, onde a gente naturalizou que é normal uma criança está trabalhando, vem muito a calhar e também coloca o dedo numa ferida histórica e que as pessoas fazem questão de invisibilizar” falou.

Além de vereadores e representantes do Poder Público, participaram da audiência conselheiros tutelares, candidatos ao Conselho Tutelar e estudantes.

;

Informações da assessoria.

18
setembro

Resumório! – A coluna do professor Tenório

​RESUMÓRIO

RESUMORIAL – Hoje seria o dia de mais um Resumório comum igual a tantos outros ao longo dos anos. Embora a coluna tenha como característica resumir os acontecimentos políticos de forma bem-humorada, não posso fingir para os leitores e esconder o sentimento de tristeza que toma conta de mim diante do que vi e ouvi nos últimos dois dias. É preciso compreender que a vida é cheia de idas e vindas e que em determinados momentos precisaremos fazer escolhas, tomar decisões, seguir novos caminhos. Acontece que a decisão daqueles que estão em nossa volta, no nosso ciclo de convivência, acaba nos afetando e nos obriga a também tomar decisões difíceis. Enfim, não é questão de sair da zona de conforto, não é só pelas lembranças dos momentos incríveis que passei ao lado de pessoas que tenho o maior carinho e admiração e não se repetirão. Sei que a essa altura a mudança é irreversível e que minha escolha não mudará em nada, mas faço questão de deixar registrado aqui neste espaço, para que todos saibam, que sou totalmente contrário à transferência da “Festa de Setembro” da Av. Padre Zuzinha para Avenida 29 de Dezembro. E por discordar da mudança e das justificativas apontas, em forma de protesto, não irei à festa de nossos padroeiros neste ano.

 ENGANOS – Engano grande não foi confundirem 7 de setembro com 15 de novembro, engano foi pensar que quando Diogo Moraes viesse a Santa Cruz e se reunisse com o grupo Taboquinha, arestas seriam aparadas e o caminho da união seria encurtado. Digo isso, porque depois da vinda do deputado foi que o negócio desandou de vez.

AS POLÊMICAS – Além do deputado não ter tocado no assunto chapa majoritária para 2020, teve declaração polêmica de Tallys Maia dizendo que a pré-candidatura de Fernando era um projeto individual e sugerindo a retirada do nome de Fernando em nome da união do grupo, teve áudio de Júnior Gomes vazado de grupo de WhatsApp dizendo que Fernando estava cansado, que deveriam botá-lo pra dormir e que os nomes para majoritária seriam Diogão e Augusto Maia, teve declaração de Galego de Mourinha rebatendo a fala de Júnior Gomes e deixando o nome à disposição para ser vice de Fernando e, teve também, a militância de Fernando afirmando que ele iria se filiar ao PP, provavelmente para não ter sua futura candidatura boicotada pelo PSB.

A REUNIÃO – Nesta quarta-feira (18), haverá uma reunião entre Diogo Moraes e Fernando Aragão lá no Recife. José Augusto e vereadores já andaram por lá esses dias. Diogo falou ao Blog do Ney Lima que o seu nome está à disposição do grupo, como tantos outros. Nem tantos assim, pois só se declararam pré-candidatos ele, Zé e Fernando. E ainda deu a sugesta: o candidato será do PSB.

TOCANTINENSE X CHAMPIONS LEAGUE – Para quem queria relativizar os problemas do grupo Taboquinha usando como desculpa as desavenças entre Dida de Nan e Joselito pelo lado azul, é como se do lado azul fosse a final do campeonato tocantinense e as tretas do lado vermelho fossem a final da UEFA Champions League. É totalmente sem comparação!

INAUGURAÇÕES – Eu pensei que inauguração de semáforo, fachada de cemitério, minipraças, motolância, entrega de vinte e cinco fardamentos para pessoal do SAMU, entrega de pijaminhas em creche e fardamento para guarda municipal eram nosso limite. E não é que tivemos a entrega de um telefone celular na Vila de Poço Fundo, com direito a foto simbólica das autoridades e discurso. Não me abandonem neste momento, morram de vergonha junto comigo!

CONTEXTO – O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira, disse em entrevista no rádio que as pessoas pedem para ele não fazer mais obras, pois já fez muitas. Bastaria dar manutenção e cuidar da cidade. Isso deu uma zuada do tamanho do mundo nos grupos de whatsapp. Pegaram quem primeiro repercutiu pra Cristo e disseram que interpretaram errado, porque tiraram a fala de contexto. Seria cômico se não fosse trágico!

.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões e informações aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

Notícias Anteriores