03
julho

Sociedade Esportiva Ypiranga Futebol Clube celebra 82 anos de história

Fotos: Arquivo do blog.

Fundada em 3 de julho de 1938, a Sociedade Esportiva Ypiranga Futebol Clube de Santa Cruz do Capibaribe, completa nesta sexta-feira (03), 82 anos de história. O nome do clube surgiu em homenagem ao “Grito do Ypiranga” (o famoso momento da Independência do Brasil em relação a Portugal), as cores azul e branca em homenagem ao céu.

A história do clube teve início na antiga Rua do Alto, atual Avenida João Balbino no Centro, na época, os conhecidos Negrinhos do Alto começaram a organizar jogos como um simples lazer, porém eram impedidos de brincar no momento em que o gado do Coronel Luiz Alves seguia para o campinho.

Padre Zuzinha dando um pontapé inicia em uma partida festiva no Limeirão em 1972.

O Coronel Luiz Alves resolveu então doar um espaço para a prática esportiva. Após o passar dos tempos, o espaço se tornou o atual Estádio Otávio Limeira Alves, nome dado em homenagem ao filho do Coronel Luiz Alves, que também fazia parte da equipe a época.

Muitos acontecimentos deram fama ao Ypiranga, como os jogos amistosos que divulgavam a equipe em outras cidades e estados. A Máquina de Costura se profissionalizou em 1993, porém conseguiu vários títulos na época do amadorismo.

Os primeiros títulos profissionais da Máquina foram a 1ª Edição da Copa Pernambuco e da Copa dos Clubes Profissionais do Interior, título este que lhe credenciou para disputar a Série A1 do Estadual.

A primeira grande participação na elite do Pernambucano foi a 5ª colocação em 1995, nesta época a Máquina contava com atletas de renomes nacionais e outras revelações locais, entre eles a equipe contava com a experiência do meia-atacante Jacozinho e a revelação foi o atacante Gaúcho, que marcou 14 gols no torneio.

No ano de 2004, o Ypiranga conseguiu o título da Segunda Divisão do Estadual após 21 jogos, que liderou a competição de ponta a ponta e só foi derrotado apenas duas vezes. O time conseguiu o acesso com duas rodadas de antecedência. O destaque do time foi o atacante Bibi, artilheiro do torneio com 18 gols.

Em 2006, a Máquina conseguiu sua melhor colocação na 1ª divisão. A decisão do 1º turno contra a equipe dos Estudantes de Timbaúba, acabou chamando a atenção da mídia nacional em torno do município. Apesar da bela campanha, o empate sem gols deixou o título com o Santa Cruz do Recife. O Ypiranga terminou o Campeonato na 3ª colocação.

2013, foi o último bom ano da equipe no Estadual.

Outra importante conquista heróica foi à classificação inédita às semifinais no Campeonato Pernambucano em 2013, após conseguir resultados históricos contra o Sport Recife e Náutico. No cenário nacional, o Ypiranga participou de duas edições do Campeonato Brasileiro da Série C. (1995 e 2006), além de disputar o Brasileirão da Série D em 2012 e 2013.

Em 2015, a equipe não conseguiu realizar bons resultados e foi rebaixada para a Séria A2, porém passou dois anos sem disputar o torneio devido a crise financeira. Em 2018, a equipe voltar a disputar um torneio oficial, porém não conseguiu o acesso para a elite.

O clube:

O clube Ypiranga ao longo da história promoveu diversos eventos, entre eles os mais conhecidos foram “O Baile Azul e Branco” que era uma prévia do Carnaval e contava com orquestras de frevos locais e do Recife. Outro evento era as conhecidas “Manhãs de Sol”, que acontecem na parte social, onde se encontram um bar-restaurante e piscinas.

Varias atrações de renomes nacionais, estaduais e locais já passaram pelo palco principal do clube. Outros eventos também foram promovidos no local a exemplos de desfiles de modas, jogos escolares, exposições, confraternizações, bingo, entre outros.

29
fevereiro

Meia-atacante Val marca o seu primeiro gol no futebol austríaco

Atleta santa-cruzense a direita.

O meia-atacante santa-cruzense, Val da Magana, marcou o seu primeiro gol em terras austríacas neste sábado (29).

O time do Hittisau venceu a equipe do RW Langen (também da Áustria) pelo placar de 4 a 0.

Val abriu o placar logo no início da partida, após receber lançamento, ele dominou a bola na entrada da área e tocou de pé esquerdo na saída do goleiro. Ainda durante o jogo, ele deu uma assistência para um dos gols.

 

Voto de Aplauso

O meia-atacante recebeu no mês de fevereiro, um Voto de Aplauso aprovado por unanimidade pela Câmara de Municipal Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, por ter sido o primeiro atleta natural da cidade assinar um contrato com uma equipe europeia.

Vale destacar que o requerimento foi apresentado pelo vereador Capilé.

04
dezembro

Atleta santa-cruzense participará da maior ultramaratona da América Latina

Lenilson Silva foi selecionado para “1000km Brasil 2020”, que será realizada no Rio de Janeiro. Atleta vai promover corrida beneficente na cidade para se preparar para a prova

Lenilson vai disputar ultramaratona no Rio – Foto: Divulgação

O atleta Lenilson Silva vai participar da maior ultramaratona da América Latina. Natural de Santa Cruz do Capibaribe, ele foi selecionado para a prova “1000km Brasil 2020”, que será realizada no Rio de Janeiro. Com mais de 50 participantes de todo mundo, ele será um dos representantes de Pernambuco no evento.

Para se preparar para a competição, o corredor vai promover nos dias 14 e 15 de dezembro a corrida “24 horas beneficentes”. A prova preparatória será na Avenida Padre Zuzinha, no Centro da cidade, com largada prevista para as 9h do dia 14. O evento é aberto para quem gosta de corrida.

 “Vai ser show de bola. Estou feliz em representar Pernambuco lá. Vai ser difícil, mas vou ter um ano de preparação. Vai dar tudo certo”, – destacou Lenilson.

Lenilson também vai promover corrida beneficente – Foto: Arquivo Pessoal

No evento, o atleta vai arrecadar alimentos para doar a instituição Lar do Idosos. Os interessados em ajudar o corredor podem entrar em contato pelo (81) 99644-6420 ou correr com ele no dia da prova preparatória. A data dos “1000km Brasil 2020” ainda não foi divulgada, mas deve acontecer em setembro.

 

Fonte: GE

03
dezembro

Botafogo conquista o título do Campeonato dos Sítios 2019

Fotos: Daniel Bruno.

No último final de semana, a 6ª edição do Campeonato dos Sítios Augustinho Rufino de Melo foi encerrada no distrito do Pará, zona rural de Santa Cruz do Capibaribe, e terminou com a equipe da casa campeã do torneio. A partida aconteceu no estádio José Quirino da Silva, o “Quirinão”.

O botafogo enfrentou nesta final a equipe da Escolinha do Nego e em jogo movimentado os dois times tiveram chances de vencer a partida. O jogo foi encerrado em 2×2 e a disputa final ficou mesmo para os pênaltis, onde nas cinco cobranças as duas equipes perderam dois, e nas cobranças alternadas o botafogo venceu por 1×0. Após a conquista do título, a equipe do botafogo saiu em grande comemoração com seus torcedores até a avenida principal do Pará onde foi montado um palco para a entrega da premiação.

O evento também contou com a escolha, através da votação na internet e dos jurados, pela escolha da musa do torneio. Dez garotas representaram suas equipes. Eduarda Araújo representante da equipe Meninos da Vila foi eleita a musa da internet, que teve votação pelas redes sociais. Já a ganhadora da musa do campeonato foi Maisa Gabrielle, que representou a equipe do São Matheus de Poço Fundo.

Na solenidade de premiação foram entregues troféus para os jogadores que se destacaram na competição: Gabriel (Goleiro menos vazado), Thiago índio (Artilheiro), Jaciel (Craque do torneio) e Jefinho (Jogador Revelação).

25
novembro

Torneio Nordeste de Futsal para Surdos será realizado em Santa Cruz

Nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro será realizada, em Santa Cruz do Capibaribe, a primeira edição do Torneio Nordeste de Futsal para Surdos. O evento, que é organizado pela Associação de Surdos de São Domingos (ASSD-Brejo), conta com apoio do Moda Center Santa Cruz e terá a participação de equipes masculinas de vários estados na busca pelo título.

As partidas irão acontecer das 7h30 às 17h no espaço esportivo Rota do Mar Club e, das 16 equipes esperadas, oito já estão confirmadas. A entrada para os jogos é gratuita, sendo a presença das torcidas um fator de extrema importância, já que eventos como este auxiliam não só na valorização do esporte, mas em especial na inclusão social e cultural das pessoas com alguma deficiência.

“O Moda Center, como referência primordial em Santa Cruz do Capibaribe, está dando seu apoio para comunidade surda e isso é uma certeza que a inclusão pode ser vivenciada na prática, inclusive no esporte”, pontuou Lucas Rafael, presidente da ASSD.

“O parque mais uma vez ajuda a realizar sonhos daqueles que não podem lutar com suas vozes, mas podem gritar com suas mãos. Eles acreditaram na inclusão e isso levou os surdos a não desistirem da prática do esporte”, concluiu Cleverson Oliveira, secretário e intérprete da ASSD.

Confira as equipes já confirmadas: ASSD (PE), Carpina (PE), Vitória (PE), Boi-the (PI), ASSPE (PE), Ajax (MA), Águia Club (PB), Águia Real (PA).

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?