01
dezembro

Conferência Municipal de Educação é realizada na Escola Técnica Estadual em Santa Cruz do Capibaribe 

A Prefeitura, através da Secretaria de Educação de Santa Cruz do Capibaribe realizou nesta quinta-feira (30), a Conferência Municipal de Educação na quadra da Escola Técnica Estadual José Nivaldo Pereira Ramos.

O evento contou com a participação de mais de 500 professores das escolas estaduais, particulares e municipais, e teve início às 8h30, com apresentações culturais promovidas pela cantora mirim, vencedora do The Voice Student, Ana Júlia, de uma peça teatral da Escola Senador José Ronaldo Aragão, e do artista de rua Eduardo, que faz malabarismo nos sinais do município.

Às 9h, o prefeito Edson Vieira abriu a solenidade, que contou com uma mesa formada pelo secretário de Educação, Joselito Pedro, a vereadora Jéssyca Cavalcanti representando a Câmara e membros do Conselho Municipal de Educação, representado pela presidente, a professora Fátima Diniz.

A conferência teve como tema “A Consolidação do sistema nacional de educação-SNE e o Plano Nacional de Educação-PNE: monitoramento, avaliação e proposição de políticas para a garantia do direito à educação de qualidade social, pública, gratuita e laica”, que foi trabalhado sob a perspectiva de oito eixos diferentes, abordando planos decenais e projetos que possam ser incluídos na área, além do aperfeiçoamento dos já existentes.

“Graças a um trabalho em conjunto com os colaboradores da Secretaria de Educação, digo sem sombras de dúvidas, que sem a educação o país não evolui. Nossa gestão tem construído altos índices na qualidade de ensino e pela valorização que temos dado aos professores e a toda área que comporta o ensino. Montamos uma equipe que trouxesse para junto, os que verdadeiramente sabem fazer uma educação e que se preocupam com futuro”, afirmou Edson Vieira, que ainda ratificou os investimentos feitos na educação desde 2013.

“Tenho milhares de motivos para comemorar e agradecer, primeiramente, porque tenho uma equipe maravilhosa trabalhando à frente da educação. Não é fácil cuidar da educação dos municípios, mas como elemento transformador, sabemos que há mudanças do ser humano para melhor com os avanços que são direcionados a esta importante área”, frisou o secretário de Educação, Joselito Pedro em seu discurso de abertura.

Luciene Cordeiro, integrante da direção do SINDUPROM, ressaltou a importância da realização de conferências e abordou o laço que é criado entre a sociedade e órgãos que se engajam nesse espaço de debate. “Essa conferência tem grande significado, pois podemos reunir vários segmentos da sociedade, entre os pais de alunos, associação de moradores e os diversos conselhos que englobam a área e que são convidados para discutir as melhorias”.

Um dos momentos que marcaram a conferência foi a homenagem dedicada aos profissionais da educação. O prefeito Edson Vieira entregou buquês de flores às professoras Fátima Diniz, representando todos os gestores das creches e Maria Duda, representando todos os professores do município.

Após a abertura, houve uma palestra com o conferencista Israel Silveira, Doutorando em Ciências da Educação pela Universidad Autónoma de Asunción, no Paraguai e Mestre em Gestão Pública para o Desenvolvimento do Nordeste pela UFPE. Na tarde foi apresentado e discutido os oito eixos temáticos, e no encerramento, foi realizado a entrega dos certificados e a escolha de 12 delegados para comparecer à conferência estadual no final do ano.

.

Informações da assessoria.

27
novembro

Manual retrata história de civilização antiga e da vida pré-histórica em Furnas do Estrago em Brejo da Madre de Deus 

O município do Brejo da Madre de Deus se destaca há mais de seis décadas pelo turismo inicialmente com o Teatro de Nova Jerusalém (no Distrito de Fazenda Nova) e mais recentemente pelo Centro Histórico (com a Casa de Câmara e Cadeia e o Museu Histórico), assim como pelo Parque das Esculturas Monumentais Nilo Coelho (fundado na década de 1980), expõe 37 peças graníticas em tamanho variável entre três e sete metros de altura.

A cidade também é evidenciada pela atividade têxtil e pelo sítio arqueológico Furnas do Estrago, identificadas ainda na década de 1970 pela Universidade Federal de Pernambuco e também otimizadas em duas campanhas de escavação realizadas pela Universidade Católica de Pernambuco – Unicap, que traz um mar de descobertas para a comunidade científica e de pesquisa ainda nos dias de hoje.

“Furnas é um abrigo sobre rochas com afloramento rochoso lavado onde povos viveram há muitos séculos. Os povos que viveram na área tinham sensibilidades, inclusive musicais com a identificação de flautas e artísticas com as artes com pinturas nas pedras. E encontramos nessa área vestígios desse passado humano”, destaca o professor e pesquisador Severino Ribeiro da Silva, que produziu o manual “História do Brejo da Madre de Deus: A Vida nas Furnas do Estrago”, que detalha um pouco este importante levantamento naquela região do agreste pernambucano, a partir de pesquisa e de análise realizadas durante vários meses.

A publicação, que é resultado de um longo e detalhado trabalho realizado com incentivo do Funcultura, tem sido distribuída desde agosto entre escolas do estado e traz diversas considerações que têm sido abordadas por arqueólogos e pesquisadores assim como Severino Ribeiro da Silva há anos, porém, com acesso restrito à população estudantil do ensino médio.

As informações compiladas são as mais diversas e proporcionam maior conhecimento sobre o local, situado a 1,5km oeste do centro urbano do distrito-sede do Brejo da Madre de Deus, na qual foram encontrados vestígios de sepultamentos humanos e registros de pinturas rupestres. Com diversas áreas que marcam a história da presença pré-histórica na região do agreste, o sítio arqueológico Furnas do Estrago apresenta dois abrigos importante: o Furna do Letreiro e o Furna Cemitério, este em especial na qual foram retirados mais de 84 esqueletos humanos em apenas 15m2 de espaço escavado, que proporcionam importantes saberes de uma civilização inteligente, há mais de nove mil anos.

“Com este trabalho, podemos levar conhecimento a um número maior de pessoas sobre o que acontecia com aquelas civilizações e entender os povos do passado e sua formação. Temos vestígios dessa povoação há 11 mil anos no estado, com marcas de diversos fenômenos através das pinturas rupestres, que funcionam como forma de comunicação. E o estudo de Furnas do Estrago traz essas diversas informações sobre a alimentação e história dessa sobrevivência tão antiga”, destaca Severino.

A escolha da região do Agreste pernambucano para o desenvolvimento deste estudo se mostra de extrema importância para expor a presença de sítios arqueológicos e sua filiação pictográfica ao estudo das civilizações e ainda das conexões com a tradição e a evolução da região Agreste. Diante disso, o projeto, que conta com ilustrações de Luiz Carlos Agostinho e imagens em acrílico sobre tela por Eugênio Paxelly, descortina esses elementos nesta área do agreste, porém desconhecidos de grande parte da população e dos pernambucanos.

“Encontramos assim diversos vestígios do passado que são foco de mais de quinze produções científicas e que contam a história do Brejo, através de adereços e objetos que também foram encontrados e que podem esclarecer ainda muito mais sobre esses habitantes”, enfatiza o autor do manual “História do Brejo da Madre de Deus: A Vida nas Furnas do Estrago”.

26
novembro

Professores expõem atividades e recebem a última formação do ano pela Secretaria de Educação de Santa Cruz

Aconteceu neste sábado (25), no Centro de Educação Infantil, um conjunto de atividades que reuniu todos os professores da rede municipal de Santa Cruz do Capibaribe. Foram exposições de projetos trabalhados e vivenciados no ano de 2017, apresentações culturais, e preparação pedagógica através do I Seminário de Educação integrada.

Esse foi o último encontro do ano, onde os professores do Ensino Infantil e Fundamental puderam apresentar e explicar seus projetos e temas para os outros educadores, em uma troca de ideias e de conhecimentos com a finalidade de contribuir com a didática utilizada sala de aula.

As escolas Orlandina Arruda Aragão e Vereador Ciriaco Ramos de Lima, por exemplo, trabalharam um tema em comum, a Consciência Negra. Para o professor Hélio Charles, o assunto deve ser mais trabalhado na sala de aula para que haja um respeito mútuo entre os jovens.

“Decidimos usar esse tema pela necessidade dele poder ser mais explorado no dia a dia dos jovens. A problemática é muito pouco trabalhado em casa, o que acaba gerando preconceitos e  um racismo inconsciente. Com isso, tentamos mostrar ao máximo da cultura africana para que os alunos além de conhecerem, respeitem suas particularidades e costumes” acrescenta Hélio.

Já na Escola Evangélica, o tema foi “A arte da reciclagem”. De acordo com a professora Rosilene Maria, o intuito foi mostrar um melhor destino para aquilo que seria descartado, trabalhando com cds usados, garrafas pets, e caixas de leite e sapato.

“As pessoas não aproveitam os recursos que possuem, e acabam descartando e jogando em lugares inadequados o lixo consumido. Precisamos trabalhar essa problemática nas escolas para que as crianças criem esse hábito de cuidar do meio ambiente e passem esse cuidado para os seus pais”, frisou Rosilene.

Além da exposição dos trabalhos, aconteceu apresentações culturais realizadas pelos alunos do Projeto Mais Educação da escola Professora Orlandina Arruda Aragão, do Centro Educacional, e de tantas outras escolas. O Centro de Educação Infantil em sua apresentação, trabalhou com o tema “Criança não trabalha, criança dá trabalho”.

Após as apresentações, o palco deu espaço para o I Seminário da Educação Integrada com o tema “Em um caminho de possibilidades sempre encontraremos experiências exitosas” realizado pelo Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) juntamente com a Secretaria de Educação.

O PNAIC é um compromisso assumido pelo Governo Federal, Distrito Federal, e pelos estados e municípios que possuem o intuito de assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os 8 anos de idade, ao final do 3º ano do ensino fundamental.

É importante lembrar que, mensalmente, os professores da rede municipal passaram por formações com técnicos especializados com diversos temas que foram essenciais para o melhoramento de seu desempenho na sala de aula com os alunos. Essa formação foi ministrada pela equipe de Secretaria do Estado, e pela Secretaria de Educação de Santa Cruz do Capibaribe juntamente com a equipe do Alfabetizar com Sucesso da Gerência Regional de Educação (GRE).

Para encerrar, o secretário de educação, Joselito Pedro, agradeceu o trabalho realizado durante o ano de 2017 pela equipe de educação do município. “Em nome de Claudenice Dias e Fátima Neves parabenizo toda a equipe da Secretaria Municipal de Educação pelo trabalho que vem sendo realizado nas escolas. Os professores também estão de parabéns, são dignos de aplausos, é através deles que a escola acontece de fato. Agradeço às equipes técnicas da Secretaria Estadual de Educação e da GRE, que nos deram todo apoio nas formações pedagógicas com nossos professores. Nós temos avançado muito na Educação e esse êxito atribuo a todos vocês”, disse Joselito.

;

Informações da assessoria.

22
novembro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Os concursos!

Folha inchada – Recentemente, a Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) estima que, ao menos, 50 das 184 prefeituras de Pernambuco terão que demitir funcionários no fim deste ano por causa da crise financeira que afeta os municípios.

Polo de Confecções – A maioria das cidades em nosso Polo de Confecções se encontra (ou encontravam) com a necessidade de fazer demissões devido à folha inchada: Cargos comissionados e funcionários contratados e temporários de diversas áreas.

Falta de planejamento – Essas demissões não passam de falta de planejamento de gestores municipais que usam a prefeitura como cabide de emprego para correligionários da eleição passada e potenciais eleitores da eleição futura.

Fechando a conta – Contudo, quando chega o último quadrimestre do ano é necessário chegar ao limite prudencial determinado pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) e fechar a folha, com pagamento, principalmente, do décimo terceiro.

Recomendação – Outra recomendação do TCE é de que os municípios façam concursos públicos na tentativa de que esses problemas sejam resolvidos. Nesse contexto, alguns gestores de nossa região dão sinais de que irão fazer concursos em suas cidades.

Concursos – O prefeito Edilson Tavares (PMDB), de Toritama, afirmou que em 2018 a prefeitura abrirá concurso publico. Em Santa Cruz do Capibaribe, o prefeito Edson Vieira (PSDB) já adiantou o processo do concurso.

Resolverá? – A questão é: ‘se o descontrole na folha de pagamento irá resolver com a realização do concurso público (que é necessário)?’. Observando friamente: esse descontrole das finanças passa e muito por falta de planejamento, com gastos públicos sem necessidade.

.

As opiniões e informações aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

21
novembro

Em Santa Cruz – Capibaribe in Rock comemora 20 anos celebrando importância dos movimentos alternativos

Projétil Lisérgico, uma das primeiras bandas de rock locais, fez apresentação única depois de anos – Fotos: Divulgação

No último fim de semana, um dos principais eventos do cenário alternativo da região comemorou 20 anos de existência. Trata-se do Capibaribe in Rock, que foi realizado no sábado e domingo na sede da União dos Estudantes Secundaristas em Santa Cruz (UESSCC).

Organizado atualmente pelo músico, cantor e DJ santa-cruzense Betto Skin, o Capibaribe in Rock é considerado uma referência quando o assunto é a mostra de trabalhos do chamado “rock alternativo”, sendo o palco preferido de várias bandas não só da região, mas também até mesmo de fora do Brasil, que não possuem espaço nos chamados festivais tradicionais.

Foi através desse evento que o rock conquistou espaço no município, trazendo consigo uma cultura que vai muito além da música, mas também para outras vertentes como as artes plásticas, o artesanato, serigrafia, tatuagem, literatura e também movimentos sociais e de protesto.

Bandas do município e de outras cidades como Projétil Lisérgico (uma das primeiras de Santa Cruz), Carcinose, Quimera, Devotos, Blecaute, THC, Zirofly, Anônimos, Calibre 765, Le-freak, Hanagorick, Resíduos do Pop entre outras tiveram suas primeiras apresentações oficiais realizadas no Capibaribe in Rock, sem contar as bandas de outros países.

 

Projeto Lisérgico ainda nos primórdios

 

Parte dos componentes originais e convidados

A primeira edição foi realizada na antiga casa de eventos “Estação do Som” (na Avenida 29 de Dezembro, onde hoje é localizada a Farmácia Natally) em 08 de agosto de 1998 e, desde então, já passou por vários locais do município como o Clube Ypiranga, avenidas 29 de Dezembro e Padre Zuzinha, Rua do Canal e casas de eventos já extintas como Novo Clube e Arena Show.

 

Apresentação da Le-freak na extinta casa de eventos Arena Show

Como forma de simbolizar os 20 anos, dois dos componentes originais da Projétil Lisérgico (Beto Skin e Gilberto Geraldo) se reuniram em uma apresentação com convidados, relembrando a trajetória da banda.

Parte desses 20 anos do Capibaribe in Rock também farão parte de um documentário que será lançado em 2018, onde personagens que fizeram parte da história do evento, além de imagens raras, serão mostrados ao público. Gravações de depoimentos já estão acontecendo. Confira na galeria algumas imagens de bandas que se apresentaram na última edição:

 

10
novembro

Capibaribe in Rock 2017 divulga programação completa

 

Nos dias 18 e 19 de Novembro será realizada, em Santa Cruz, a 20ª edição do tradicional festival ‘Capibaribe in Rock’, evento de Música Alternativa e Artes Integradas que reúne vários artistas da região. Esse ano os shows acontecerão em 2 palcos.

Além de diversas bandas locais, contará com a participação de bandas de Caruaru e Surubim. Ao mesmo tempo no auditório da UESCC acontecerão exposições de Artes Plásticas e Fotografia, Projeções Visuais, Exibição de Curtas e Rodas de Debates.

O público pode conferir o trabalho dos artistas Marialu Bezerra (Fotografia), Gilberto Geraldo (Pirogravura), Fábio Xavier (Artes Plásticas) e Paulo Lira (Projeções Visuais). As apresentações musicais acontecem a partir das 20h (sábado) e 21h (domingo), no auditório da UESCC.

No domingo a partir das 11h da manhã, o público pode conferir as Exposições e  participar das Rodas de Debates com diversos temas, mediados pelo Professor Carlos Wilker e convidados. Logo após os debates, será servida uma feijoada.

Toda programação é gratuita e acontece na Sede da União dos Estudantes de Santa Cruz do Capibaribe (UESCC), localizada na rua Antônio Pereira de Abreu, por trás da Escola Padre Zuzinha.

Programação Oficial

 

Sábado (18)

Auditório da UESCC, às 20h

. Exposições

. Projeções Visuais e Exibição de Curtas

. Bazar Chá da BB

Shows às 21h

Erik Dener & Trejeitos Blues Band (Santa Cruz)

Soft Verb (Surubim)

Le Freak (Santa Cruz)

Beth Morfina (Santa Cruz)

Domingo (19) 

Auditório da UESCC, às 11h

. Exposições

. Debates

. Projeções Visuais e Exibição de Curtas

. Bazar Chá da BB

Shows às 15h

Batuque Risoflora (Santa Cruz)

Humberto Moura (Santa Cruz)

OS Aquamans (Surubim)

Le Chapas (Santa Cruz)

Calibre 765 (Santa Cruz)

Alberto Grilo (Santa Cruz)

Hanagorik (Surubim)

70mg (Caruaru) 

07
novembro

Santa Missa abre oficialmente a 5ª edição do Santa Cruz em Santidade

Teve início na noite desta terça-feira (07) a 5° edição do ‘Santa Cruz em Santidade’, evento que é promovido na Capital da Moda, pelo Movimento Católico Bento XVI. A edição deste ano tem como tema: ‘Totus Tuus Mariae’ (que significa, “Todo Teu Maria”).

A abertura foi na Igreja de São Cristóvão com a realização de uma Santa Missa presidida pelo Padre Gabriel Vila Verde da cidade de Cruz das Almas-BA. No local, as pessoas podem conferir e adquirir lembrancinhas religiosas, camisas alusivas ao evento, além de deliciosos lanches que estão espalhados em diversas barracas situadas no local.

O ‘Santa Cruz em Santidade’ sugue nesta quarta-feira (08) com a pregação de Moisés Rocha, a partir das 19h também na Igreja de São Cristóvão. A programação ainda contará com Oficinas de Formações na Casa da Criança, além das presenças de Padre Cleidimar Moreira e o cantor Tony Allysson.

03
novembro

Louva Santa Cruz 2017 lota praça pública em Santa Cruz com um show de adoração e fé 

A noite deste primeiro de novembro foi de muito agradecimento e fé no Louva Santa Cruz 2017. O evento religioso está na sua sexta edição, reúne a comunidade evangélica do município e região, é uma realização da prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, através da Gerência de Turismo e Lazer. O tema do Louva Santa Cruz 2017 foi os 500 anos da reforma protestante.

Ao se pronunciar, o prefeito Edson Vieira agradeceu ao público pela presença no Louva Santa Cruz 2017. “É bonito ver essa praça lotada, repleta de amigos que vieram escutar a palavra de Deus. Agradeço demais a presença do povo que abraçou o Louva Santa Cruz, um evento que fazemos todos os anos com muito amor e carinho”, frisou o prefeito.

“O Louva Santa Cruz em sua sexta edição foi um grande sucesso de público, o povo louvou e glorificou o nome do Senhor Jesus em praça pública. Podemos classificá-lo como um marco histórico do município, hoje faz parte do calendário de eventos da cidade e a prefeitura tem um enorme carinho para realizá-lo”, disse o coordenador do evento, Berg Alves.

O comerciante Carlos Eduardo, contou o valor do evento Louva Santa Cruz para os cristãos. “Nós cristãos precisamos de eventos iguais a este e que leve a palavra de Deus a todos, digo isso porque o mundo está cheio de violência e o Louva Santa Cruz propaga a paz, faz o bem, renova à alma e preenche o coração de esperança”, pontuou o comerciante.

Neste ano subiram ao palco do Louva Santa Cruz Romanos 13, Rivonaldo e Banda que são atrações locais, o pastor e cantor Samuel Mariano foi a principal atração da noite. Na ocasião, o prefeito Edson Vieira esteve acompanhado do vice-prefeito Dida de Nan de Alessandra Vieira, primeira Dama e secretária, além dos vereadores Jessyca Cavalcanti, Doutor Nanau, Joab do Oscarzão e Irmão Val e de Hilário Paulo, prefeito do Brejo da Madre de Deus.

23
outubro

Em Taquaritinga –  Prefeito promete realização de novo festival cultural em 2018

Foto: Assessoria de Comunicação PM Taq.

A prefeitura de Taquaritinga do Norte, anunciou na manhã dessa segunda feira (23), a realização do primeiro Festival do Café de Taquaritinga do Norte. Segundo a diretoria de cultura do município, o evento acontecerá entre os dias 24 e 27 de maio de 2018.

O festival vem, de acordo com o prefeito Lero (PSB) para substituir o “Circuito do Frio” extinto pelo Governo do Estado e promete trazer atrações de renome nacional. Tudo ficou definido após uma reunião no gabinete onde, além do prefeito, estiveram presentes Mauro Holanda (secretário de finanças), Anália Arruda (chefe de gabinete), Eriberto Marculino (controlador interno) e Léo Lima (diretor de cultura).

“Sabendo da carência e a falta que faz para a nossa população e nossos comerciantes um grande festival nos moldes da Festa das Dálias e do Circuito do Frio, pedi a Léo já no primeiro semestre que ele elaborasse e planejasse um festival a nível do extinto Circuito do Frio”, falou o prefeito.

O prefeito citou ainda o projeto já teve aprovação por parte do Governo Estadual e o diretor de cultura ressaltou a iniciativa.

“É uma satisfação depois do sucesso que foi o primeiro Seminário de Café e Cultura de Taquaritinga, estar anunciando ao lado do prefeito Lero, que iremos realizar o I Festival do Café, um evento de magnitude nacional onde iremos levantar o nome da cidade e de um de nossos principais produtos, que é o café”, concluiu Léo Lima.

Notícias Anteriores