22
fevereiro

Resumório! – A coluna do professor Tenório

TÁ CHEGANDO A HORA – Tá chegando a hora de enfrentar uma fila quilométrica pra comprar pão, maior que a dos bancos no pós-greve, ficar com a letra de uma música escrota na cabeça por meses, botar séries em dia, beber cerveja quente, jogar mais dominó em uma semana do que no ano inteiro, brigar por conta das divisões das tarefas, ficar numa casa lotada de pessoas com menino arrumando confusão e mulher sentindo ciúmes até das sombras. Tudo tão igual, a única diferença é que agora a garota Globeleza não está mais pelada. Feliz Carnaval a todos!

BAILE MUNICIPAL – ​Fui fantasiado de homem invisível. Pensei que minha fantasia seria inédita, mas o deputado Diogo Moraes também estava de homem invisível. Só que a minha era feito o traje invisível do Chapolin Colorado, que só os inteligentes conseguem ver. Não por acaso, deixei de ser cumprimentado por muita gente.

BAILE MUNICIPAL II – Ainda sobre o baile, os ingressos parecem que foram feitos numa gráfica de Itu, nunca vi tão grandes. A maioria das fantasias era de agente da federal, presidiários e caribenhos. Coincidências ou ironias? Vai saber. A maior prova da eficiência das audiências de custódia foi um funcionário da prefeitura que postou foto no “face” fantasiado de presidiário e status “de saída para o baile”, depois apareceu lá de blusa polo azul. Sua audiência deve ter ocorrido durante o trajeto para o clube, sendo devidamente inocentado. No mais, a festa foi um verdadeiro sucesso.​

CRUZEIRO – Não estranhem se vocês encontrarem repasse de um cruzeiro para os Estados Unidos no precinho lá no bazar Santa Cruz. É que não mencionaram que o pacote trazia cobertura fotográfica, o que desagradou quem gosta de privacidade. ​Vale a pena acompanhar o bazar, oportunidade única de ir para Orlando.

SEGURANÇA – A segurança em Pernambuco tá de BRINKS. Segurança mesmo só em alto mar, quem puder ir vá. Hoje, com a violência que assola nosso estado e o Brasil, o emprego mais estressante é o de segurança de carro forte. Bem mais do que o de assessor parlamentar júnior, com certeza.​

CARRO OFICIAL – As críticas envolvendo o episódio do veículo de fiscalização de trânsito de Santa Cruz usado de modo indevido me parecem “perseguição da imprensa”. Disseram que ele foi fazer a manutenção do carro em pleno sábado e parou no shopping em Caruaru para uma simples refeição​. Quem trabalha fim de semana merece receber hora extra, não sindicância. Além do mais, estacionou na sombra, demonstrando zelo e preocupação com o patrimônio público.

LOTAÇÃO – O bairro conhecido como Malhadinha parece uma região metropolitana de Santa Cruz. O lugar é novo, mas já tem problemas de cidade grande. Entre eles está a superlotação do ônibus escolar. A vantagem da superlotação é que, numa eventual necessidade, terá muita gente pra empurrar o ônibus. Porém, a chance de esquecer alguma criança dentro do veículo é maior. É bom ficar atento. Nenhuma dessas situações seria inédita!​

RIO LIM – Mais uma curiosidade chamou a atenção do resumorista esses dias, a limpeza de metade do Rio Capibaribe. Limparam apenas o lado que pertence ao município do Brejo da Madre de Deus. O rio é dividido por um esgoto, o lado de Santa Cruz continua imundo. O engraçado é que se falou na importância de limpar o rio para combater os focos de proliferação do Aedes aegypti. Esqueceram que o mosquito tem autonomia de voo para atravessar tranquilamente o rio.

DIDA PREFEITO – Em terra que vereadores entram em recesso após o primeiro dia de trabalho, natural o prefeito tirar férias após o segundo mês da gestão. Um descanso merecido. Que Dida assuma com mais disposição e tenha um excelente desempenho como prefeito interino.​

+ FUNCIONÁRIOS – A câmara de Santa Cruz do Capibaribe aprovou projeto de lei que aumenta o quadro de funcionários. Alô dona Margarida! Na legislatura anterior, a câmara era bastante elogiada e considerada uma das melhores da região, mesmo cada parlamentar contando apenas com um assessor. A meta agora deve ser tornar-se a melhor da galáxia. Crise só de garganta, como diriam os tão citados amigos do grupo de WhatsApp “Falsos Canalhas”.​​

DIRETO DA REDE – A última vez que uma indicação ao STF foi negada foi quando o Náutico ganhou seu último título. Alexandre de Moraes pode ficar tranquilo. Quanta maldade com os alvirrubros.

 “Não me queiram mal, nem me multem. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

15
fevereiro

Resumório! – A Coluna do Professor Tenório

DÓRIA VIEIRA – ​Próxima sexta (17), será realizado o Baile Municipal. A sugestão do euternauta para a fantasia do nosso prefeito é ir à la João Dória, vestido de gari. Pra completar a originalidade, ele deveria chegar de mototáxi. Em Sampa essas fantasias repercutiram bastante. Aqui serviriam também pra acabar de uma vez por todas com uma história que se contava em época de eleição que o prefeito lavava a mão com gel depois que apertava a mão de um pobre.

REPERCUSSÃO – Ney Lima quando faz cálculos matemáticos sobre economia do governo ou posta que vai ter matéria de grande repercussão no Blog, tira o sossego de muita gente, mas anima muita gente também. A diferença pró tristes é de 914. As internas davam mais. A última matéria de grande repercussão política foi sobre mais uma tentativa de desbloqueio dos bens do prefeito.

QUE FALTA SINTO DE UM BEM – Nem todo mundo que está junto quer o BEM do governo. Agora a justiça quer muito mais BENS do prefeito. Por essa, a turma que se deu bem não esperava. Se a política da cidade fosse decidida numa partida de vôlei, neste momento os taboquinhas estariam vencendo o set com pontos de bloqueio.

INFÂNCIA PERDIDA – Quem com a merenda fere, com a KMC será ferido. As crianças dessa cidade estão sendo fortemente penalizadas. Ficar sem merenda “de qualidade” e deixar de acreditar em Papai Noel é muito frustrante, acaba com a infância de qualquer um.

FIM DE NAMORO – Em meio a tudo isso, o mundo já não está tão azul como antes. Tem mais ovelha querendo se desgarrar do rebanho. Mudar de ala partidária é triste! Ter de apagar postagens no face de 2 anos. O mesmo serve para fim de namoro… Muita declaração de amor pra se apagar de uma vez só. Haja tempo e paciência…

ATRASOS – Estudantes universitários de Santa Cruz reclamam de atrasos nos repasses do Bolsa Universitária e se igualam aos servidores que costumam passar pelo mesmo problema. Trabalhando ou estudando suas contas sempre estarão atrasando.

POLÍTICO CISMADO – A situação está tão complicada na política nacional que tem político que quando compra algo e passa o cartão pra pagar a conta, e na máquina aparece “Processando…” ele já se declara inocente e liga logo para o advogado.

VOOS – Com os últimos acidentes aéreos, ou as empresas de aviação ou fazem promoção pra político ou vão ficar sem essa clientela. Já tramita projeto de lei em Brasília para as sessões serem feitas por teleconferência. Eles não querem ir trabalhar no inverno e, se forem, vão querer um auxílio por periculosidade nos voos durante dias nublados.

ASFALTO – A quantidade de emendas para asfalto que já se anunciou em Santa Cruz vai mudar a cara da cidade e, consequentemente, as vendas no mercado automobilístico. A quantidade de picapes aqui se deve mais aos buracos do que a necessidade de carregar mercadoria. Com um “magote” de ruas asfaltadas, os sulanqueiros oprimidos poderão optar pelos modelos esportivos.

CERTEZAS DA VIDA – A vida nos traz algumas certezas, dentre elas podemos destacar a morte, os impostos, a lambadinha nas eleições, pesquisas falsas sendo divulgadas e prefeitos com contas rejeitadas pelo TCE.

DIDA NA ESCOLA – Nunca é tarde para aprender. Parabenizamos o vice-prefeito Dida de Nan por voltar a estudar. Importante também é prestar atenção em todas as aulas, principalmente nas de matemática, pois as contas da prefeitura são sempre difíceis de fechar.

FÉRIAS PROLONGADAS – O político tem férias bacanas, mas as mais badaladas são as dos professores, que dizem que são grandes. Troco minhas férias de professor pela dos trabalhadores da duplicação da PE 160 e não quero torna. Melhor do que as férias dos trabalhadores da PE 160, dos políticos e dos professores, só mesmo as férias de um assessor parlamentar Junior, essas são inigualáveis.

DIRETO DA REDE – “Mulheres de senadores acampam em frente à PF para impedir nova fase da Lava Jato”. As mulheres além da jornada dupla com trabalho e casa pra cuidar, agora estão fazendo os protestos nos lugares dos maridos. A jornada é literalmente tripla! “Mulher termina casamento de 22 anos ao descobrir que marido votou em Trump”. Se isso fosse seguido pelos eleitores da chance, seríamos uma cidade de solteiros.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

15
fevereiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Polêmica – Em Brejo da Madre de Deus, o Prefeito Hilário Paulo (PSD) enviou o projeto que atualiza a Estrutura Administrativa da Prefeitura Municipal. Contudo, o projeto está sendo muito questionado nos bastidores pela bancada de oposição.

A mensagem – Anexado ao projeto de Lei, Hilário afirma que secretarias estão sendo nucleadas para melhor adequar as suas atribuições, visando à atualização e modernização da administração e o enxugamento da máquina.

Mas… – Contudo, em conversas com alguns vereadores da bancada de oposição, algumas secretarias foram acopladas, mas outras foram criadas, a exemplo da Secretaria de Articulação Política, fazendo com que não houvesse redução de cargos.

Mais cargos – Ainda Segundo os vereadores, foram criados sete cargos de secretários executivos, nesse contexto, os mesmos não conseguem enxergar a economia citada na mensagem do prefeito.

Visto – O líder da bancada de oposição, Avecino Lima (PR), solicitou pedido de visto durante apresentação do referido projeto e, o que tudo indica nos bastidores, é que a discussão sobre o mesmo será polêmica.

.

As informações aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

14
fevereiro

Artigo – Por Adriano Oliveira

A LAVA JATO ACABOU?

A Lava Jato acabou? A Lava Jato não acabou, caso você considere que novas operações ocorrerão. Mas se você deseja que a Lava Jato passe o “Brasil a limpo”, desconfio que ela acabou. Nunca acreditei que a Lava Jato tivesse o poder e as condições para “passar o Brasil a limpo”, pois a diversidade de atores supostamente envolvidos com práticas ilícitas trazidas pelas delações enfraqueceria a condução da Lava Jato. A Lava Jato está enfraquecida.

Inicialmente, talvez você tenha visto apenas maças vermelhas na floresta. Ao entrar, você constatou que existiam maças de variadas cores. Não necessariamente, na floresta, estão atores que cometeram atos juridicamente ilícitos. Na floresta, estava o realismo do sistema produtivo da política, o qual não deve ser por completo condenado.

Caso a Lava Jato seguisse ou siga em frente, o sistema político implodiria ou implodirá. A implosão do sistema político não convém ao Brasil. O que convém é o aperfeiçoamento do sistema político. O impeachment de Dilma Rousseff representou o início do enfraquecimento da Lava Jato. As delações da Odebrecht representou o fortalecimento da possibilidade do fim da Lava Jato.

Após o impeachment, o competente presidente Michel Temer apresentou a sua agenda de reformas. O setor produtivo e parte da mídia entenderam o recado subliminar do presidente: “Comigo, o Brasil tem condições de superar as crises política e econômica”. A crise política, felizmente, foi superada. Em breve, a crise econômica poderá ser. Por que aceitar as ações devastadoras da Lava Jato?

Certamente, esta pergunta não é apenas minha.  Quando o ministro do STF Gilmar Mendes reclama do excesso de prisões e o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, envia recados para as instituições, a Lava Jato recebe sinais de que não adianta seguir adiante com tanta fúria. Recentemente, procuradores declararam temer pelo futuro da Lava Jato.

A Lava Jato não findará por completo. Ela deve realizar ações pontuais, em particular, contra atores não tão influentes. Diversas ações da Lava Jato serão em breve repassadas ao Ministério Público dos estados. Lentamente, a Lava Jato continuará a sofrer enfraquecimento. Obviamente, não desprezem os cisnes negros, os acasos, os quais podem revelar que a Lava Jato continua firme e forte.

.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

13
fevereiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Esperançoso – Após a reunião da última sexta-feira (10) com o prefeito de Brejo da Madre Deus, Hilário Paulo (PSD), os professores saíram esperançosos pois, após anos de luta, receberam o primeiro sinal positivo em relação ao enquadramento.

Março – A esperança é que o referido enquadramento seja efetuado no mês de março. Caso o referido processo se confirme, o prefeito Hilário irá fazer um gol de placa com a categoria.

Reajuste – Em relação ao reajuste salarial dos professores, informações dão conta que a mesma será analisada após a análise do impacto financeiro do enquadramento.

Será? – Já no município de Santa Cruz do Capibaribe, informações de bastidores dão conta de que o prefeito Edson Vieira (PSDB) irá anunciar o reajuste salarial para os professores. Caso a informação se concretize, será a segunda vez consecutiva que Vieira concederá o referido aumento sem precisar da negociação.

Na espera – Enquanto isso, continua sem resposta a situação do recurso do extinto Fundef e, se depender da agilidade do Supremo Tribunal Federal (STF), vai…

As informações aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

10
fevereiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

O asfalto vai tremer: Se depender do empenho do prefeito Edson Vieira (PSDB) e o montante de emendas conquistadas ou prometida, Santa Cruz terá o maior número de ruas asfaltadas da história do nosso município.

Exemplo: O vice-prefeito Dida de Nan (PSDB) voltou aos estudos, o mesmo se matriculou no projeto de Educação de Jovens e Adultos (EJA) do Ensino Médio. A atitude de Dida é exemplar, pois é necessário se atualizar e qualificar. O exemplo do vice deveria servir de espelho para muitas pessoas que devido às dificuldades da vida deixaram os estudos em alguns momentos, principalmente, alguns políticos.

Escorregou: O presidente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, Zé Minhoca (PSDB), escorregou pela primeira vez, desde que assumiu a casa, e passou por cima do regimento interno não cedendo os 5 minutos para as “Explicações Pessoais” ao vereador Ernesto Maia (PT). Cuidado com o regimento Zé!

Água no chope?: Uma ação empreitada por uma popular, Margarida Ramos do Nascimento, pode suspender o aumento salarial de 23,8% para os vereadores de Santa Cruz, aprovado em outubro de 2016.

Em busca: O SINDUPROM-PE estará se reunindo hoje com o prefeito de Brejo da Madre de Deus, Hilário Paulo, para discutir o reajuste salarial dos professores e o enquadramento dos mesmos. Será um teste de fogo para o prefeito e o Sindicato, onde será medido de que forma se dará o diálogo entre ambos.

;

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

08
fevereiro

Resumório! – A coluna do professor Tenório

RESUMÓRIO

POLÍTICO BELCHIOR – Assim como Belchior, nós temos alguns políticos que andam sumidos. Foi só acabar a campanha que sumiram os apertos de mão, as tapinhas nas costas e eles mesmos. São muitos, mas destacamos como exemplos de político Belchior de Santa Cruz do Capibaribe: Helinho, Afrânio, Elves, Nanau, Zé Elias e Vânio Vieira.

ANIVERSÁRIOS POLÍTICOS – ​Comemoração de aniversários em Santa Cruz já virou caso de justiça. Por uma questão de justiça, agradeço a Fernando e Dona Ivone pela receptividade no aniversário dele realizado na Avenida 29. No meio da rua foi melhor que em Carneiros.

O CARDÁPIO – O aniversário foi mais modesto que a campanha. No cardápio, hot dog. Isso até enquanto durou o pão. Depois improvisaram em pão de hambúrguer. O hot búrguer estava muito bom, teve gente que saiu cheinho feito a Miss Canadá. Os garçons eram o aniversariante e o amigo do ministro.

ELE NÃO MORREU – O aniversário juntou tanta gente na 29, na frente da casa de Zé Elias, que tinha gente achando que que ele tinha morrido. Acharam estranho, porque Zé Elias como candidato nunca tinha juntado tanta gente assim. Ele anda meio sumido da política, é verdade, mas ainda está vivo e com saúde.

A UNIÃO – O destaque do aniversário de Fernando foi os Taboquinhas fazendo de conta que são unidos. Foi a coisa mar linda de se ver. No aniversário de Zé, comemorado nos Carneiros, foram poucas felicitações, quase nenhum vereador fez uma mensagem pra postar nas redes sociais.

SEGUNDO ANIVERSÁRIO – Após a repercussão do níver de Fernando, um grupo de apoiadores de Zé resolveu fazer uma festa surpresa na casa dele, domingo passado. Um almoço que, nas fotos obtidas com exclusividade pela euquipe do RESUMÓRIO, não apareciam mais de trinta pessoas, incluindo a família. Se nos comícios dele, que não será oferecido almoço nem bolo só comparecer esse público, a eleição vai ser mais difícil que fazer gargarejo de bruços.

LEGISLAVIVO EM AÇÃO – Começaram as reuniões da câmara de Santa Cruz, a única da região que estava em recesso. ​O sonho do Ypiranga era ter uma torcida tão vibrante quanto a que vai para essas reuniões. É muito grito, vaia, aplauso e vibração. Já os discursos lembraram o tempo em que a reunião era conhecida como “briga de jegue”.​

TENSÃO NA TORRE – Na terra do jeans, os comerciantes ficaram atrás das grades e os bandidos soltos de vento e polpa. A recomendação era pra feira ser só meia noite, horário que acaba o encanto da Cinderela, mas os vendedores chegaram antes e foram impedidos de entrar, pois os dois parques de feira estavam isolados por grades.

ESQUEMA DE SEGURANÇA – Guarda Municipal, BEPI, Polícia Miliar e Cavalaria garantiram a organização dos espaços e o cumprimento do horário. Tinha mais polícia do que compradores e vendedores. Se cada policial comprasse uma peça pra si ou pra família, a feira seria melhor do que as de fim de ano. Pelo menos a população já encontrou a solução para combater à violência em Toritama: Ir pra feira fora de hora. Quem achou que Dória causou polêmica retirando as pichações de Sampa, não sabe o que é tentar regulamentar uma feira de confecções…

CORRUPÇÃO – Os Afranistas e Dantistas podem até reclamar que Santa Cruz tem duas lideranças políticas com processos na justiça. Mas pior está o Brasil que tem os três homens que comandam o país delatados pela lava jato, Temer, Maia e Eunício.

PRIMEIRA DAMA – A primeira-dama, Marcela Temer, vai promover uma reunião com mulheres de governadores no Palácio da Alvorada na quinta-feira (9). A pauta do encontro é o programa Criança Feliz, do qual Marcela Temer é “embaixadora”. Se ela quer, de fato, ganhar projeção e notoriedade lá vai uma série de dicas infalíveis:  Pintar meio fio, dançar Zumba, jogar vôlei em projeto de revitalização de rio e realizar um baile anual beneficente. No caso dela, para não ter que vender inúmeras mesas para o baile, é só captar uns recursos na lei Rouanet. Isso credencia até pra ser candidata a deputada federal.

DIRETO DA REDE – “Temer cria Ministério do foro privilegiado para citados na Lava Jato”. Donald Trump escolheu Mickey Pence como vice-presidente. Ou seja, os EUA são governados por Donald e Mickey. Será que Walt Disney sonhou com isso?”, e o povo Pluto da vida sendo feitos de Patetas.

.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

08
fevereiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Altos e Baixos: Havia tratado em Curtinhas anteriores que principalmente após as eleições municipais de 2016, o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), estaria em uma maré de altos e baixos, essas duas últimas semanas são exemplos dessas situações, Vejamos:

Contas: Final do mês de janeiro o prefeito Edson Vieira teve sua conta de 2013 revista pela 2ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE), após uma ação do Ministério Público do Tribunal de Contas do Estado. O detalhe é que as contas que havia sido aprovada agora estão reprovadas, lembrando que o mesmo irá recorrer da decisão.

Comemorou: Após uma notícia ruim das Contas de 2013 serem rejeitadas, Edson Vieira comemorou na última segunda-feira (06/02), a vitória da presidência do CONIAPE o que será um dos seus alicerces para possível candidatura a Deputado Federal em 2018.

Força no Bloqueio: Após a comemoração, outra derrota, o prefeito Edson Vieira tentou desbloquear os seus bens, mas o resultado não foi o esperado, pois o bloqueio foi mantido e a multa aumentou três vezes mais, chegando a mais de R$ 6 milhões e meio.

Assombração: O pior é que todas essas noticias negativas ainda são relacionada à empresa KMC que se transformou na principal assombração de Vieira.

Mexeu, fedeu: Todas essas decisões foram após tentativas, principalmente, de defesas por parte de quem se sentiu prejudicado. No caso das contas rejeitadas a empresa KMC tentou se livrar de uma pesada multa levantada pelo TCE, resultado: contas antes aprovada, agora rejeitadas. Já no caso do bloqueio dos bens, o prefeito tentou se livrar do mesmo, contudo, a multa virou multimilionária.

Nada fácil: A situação jurídica de Edson se complica a cada dia e poderá prejudicar os seus planos para eleições de 2018. O tempo é curto, mas Vieira terá que resolver suas pendências ou terá mais uma eleição onde seus adversários irão tripudiar em cima de seus envolvimentos em casos de corrupção.

.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

01
fevereiro

Resumório! – A coluna do professor Tenório

DENUNCIE AQUI – ​Com tanta informação vinda de gente de dentro do governo, a oposição já pensa em lançar um aplicativo, o “Denuncie Aqui”. O objetivo é facilitar a interação entre denunciante e oposição. São muitas informações que chegam todas as semanas e já está ficando difícil de administrar. Uma curiosidade sobre o aplicativo fica por conta da identificação do usuário com as opções: Anônimo, Despulei, Arrependido da Chance e Caçador de Broqueado, esse último é fácil descobrir de quem foi a sugestão.

ATALHO – O corretor ortográfico do celular do vereador Ernesto “Sangue Impuro” Maia já escreve a palavra DENÚNCIA toda vez que ele tecla a letra D. Perguntado ao parlamentar se isso não tem trazido problemas, ele respondeu que pelo contrário, tem adiantado muito o trabalho dele de oposição ao governo Vieira.

MATANÇA CAPIBARIBE – ​Segue a todo vapor o “Bloco Matança Capibaribe 2017”. O evento acontece em todos os bairros da cidade e já conta com um aumento de 500% em relação ao mesmo período do ano passado. As ruas da cidade estão mais perigosas do que barbeiro com soluço! Matança Capibaribe, se você não correr quem dança é você.

TIROS NAS VERTENTES – O prefeito de Vertentes Romero Leal trocou tiros com bandidos em tentativa de assalto e a população de Santa Cruz deseja que ele seja convidado para todos os eventos aqui na Terra das Gameleiras. Com os índices de violência da cidade, ele já é cogitado para a majoritária em 2020, pois está perto dele já causa uma sensação de segurança maior do que a prometida por Paulo Câmara Lenta.

DESAFIOS – O vereador do Povão, Carlinhos da Cohab, que já tinha sido desafiado a trazer uma faculdade para Santa Cruz, agora recebeu mais um desafio: Passear no avião da FAB com o Ministro da Educação como fizeram dois vereadores de Belo Jardim. Se ele conseguir essas duas façanhas, tem gente que vai mudar de cidade e eu acreditarei que Carlinhos é um verdadeiro amigo da onça. Quer dizer, de Mendonça.

PEDÁGIO NO LIXO – Apareceu um dono para o terreno ao lado do Moda Center, onde era o antigo lixão. O novo dono à la Trump, fez uma cerca na estrada que dava acesso ao Loteamento da Moda e à Malhadinha. A estrada também funcionava como saída de emergência do Moda Center. Se eu fosse o dono do terreno, colocaria uma porteira e cobraria pedágio para transitarem pela estrada dentro de sua propriedade. Seria algo normal. Estranho é como ainda se tratam as questões de loteamento nessa cidade.

FAZEM FALTA – Se cada pessoa que já disse que os ex-vereadores Luciano Bezerra e Afrânio Marques farão falta na câmara de vereadores tivesse votado neles, ambos teriam votação suficiente para se elegerem senadores. Ora bolas, se fariam tanta falta, porque não votaram neles?

ÁUDIOS DA DISCORDA – Um popular, mais experiente do que Vânio Vieira na arte de fazer gravações, soltou mais um polêmico áudio nas redes sociais esta semana. Só que dessa vez não era dizendo que recebia da prefeitura sem trabalhar, era declarando apoio ao vereador Carlinhos da Cohab e a Mendonça Filho. Ou tomaram o cartão da caixa do rapaz ou agora só ficará no governo os que trabalham sem receber em vez de quem recebia sem trabalhar…

VENTOS – Os ventos parecem que não estão mais soprando a favor da gestão Vieira. Semana passada, caiu uma árvore de frente da nova prefeitura. Não há registro de nenhum vendaval na cidade. Será um presságio?

TORÇO PELO TERÇO – Apesar de não fazer parte do quadro de professores da rede municipal de Santa Cruz do Capibaribe, torço para que os companheiros recebam o terço de férias que ainda não foi pago. Torço também que a prefeitura ganhe na Mega Sena acumulada pra ver se resolve de uma vez por todas os problemas com a folha de pagamento dos servidores.

A CABELEIRA – O empresário Eike Batista tentou trocar a sua delação pela permanência dos cabelos. Não obteve sucesso e perdeu seu caríssimo implante. Nem Carolina Dieckmann na novela Laços de Família sofreu tanto com a perda dos cabelos como deve ter sofrido o Eike.

DIRETO DA REDE – Seguem algumas das frases que marcaram a semana e foram postadas na net: ​“Com a prisão de Eike, Lula faz curso superior por correspondência; Carmem Lúcia só andará de ônibus após homologação da delação da Odebrecht; Michel Temer pretende indicar Rubens Barrichello como novo relator da Lava Jato para assumir a cadeira de Teori Zavascki no Supremo”.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões aqui expressas são de inteira responsabilidade de seu idealizador

01
fevereiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

500%: Segundo reportagem da TV Jornal, Santa Cruz aumentou em 500% o número de homicídio no mês de Janeiro de 2017 em relação ao ano de 2016.

Resultados: Já havíamos cobrado há 10 dias, mas até agora não foram apresentados os números do Plano Municipal de Segurança. Números esses que já eram pra terem sido apresentados a população há exatamente um mês, segundo promessa do prefeito Edson Vieira (PSDB) no lançamento do referido plano.

Difícil: Arrancar algum número da prefeitura é uma missão quase impossível, encerramos o primeiro mês da segunda gestão do prefeito Edson Vieira e o Portal da Transparência ainda não foi atualizado. Pois é, a última licitação postada foi em junho de 2016.

Como saber?: Assim fica difícil saber em Santa Cruz, por exemplo, a diferença do salário de um secretário executivo (segundo escalão), para um secretário do primeiro escalão. Falando nisso, os santa-cruzenses também esperam ansiosos os números das economias proporcionadas pela prefeitura após o anuncio dos ajustes financeiros.

Começou bem: O presidente da Câmara de Santa Cruz do Capibaribe, Zé Minhoca (PSDB), iniciou de forma positiva seus trabalhos a frente da Casa, principalmente no quesito estrutura física. Melhorias para o ambiente de trabalho da imprensa, na qualidade de som e na estrutura para as transmissões das sessões já foram realizadas.

Reconheceu: Zé Minhoca reconheceu que as melhorias realizadas na Casa têm de certa forma a contribuição das contas enxutas deixadas por seu antecessor, o professor Afrânio Marques.

Por enquanto…: Para quem convive nos bastidores da Câmara de Santa Cruz do Capibaribe, está perceptível pelo primeiro mês do presidente Zé Minhoca que o mesmo tem tudo para fazer uma boa administração. Zé se cercou de pessoas qualificadas e está sabendo escutar, até então, as mesmas.

Calará a boca?: Zé Minhoca foi castigado em críticas por parte da imprensa quando seu nome foi consolidado para presidência da Câmara. Mas com o setor administrativo bem controlado, só dependerá de sua postura politica a frente da casa, durante o biênio 2017-2018, para calar a boca de muitos. Zé conseguirá tal façanha e fazer uma história positiva em sua trajetória politica? Apagando, assim, episódios lamentáveis como a manobra do requerimento da CPI dos eventos.

Cumpriu: Havia afirmado que o prefeito de Brejo da Madre de Deus, Hilário Paulo, teria entrado em contato com esse colunista e prometido que o terço de férias dos professores seria efetivado junto com o pagamento de janeiro e assim o fez. Apesar de ser uma obrigação do gestor, enaltecer quem está com o planejamento de pagar em dias é necessário.

Mas…: Contudo estaremos acompanhando o desenrolar das demais obrigações e promessas do prefeito Hilário, como por exemplo, de que forma se dará o diálogo com a categoria dos professores em relação ao reajuste salarial e o enquadramento. Contudo, devemos destacar que o mesmo cumpriu a outra promessa que seria chamar a categoria para debater os referidos pontos e marcou para o próximo dia 10 uma reunião.

.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

30
janeiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Assombração – Já analisamos em curtinhas passadas que o escândalo da KMC é a principal assombração do prefeito Edson Vieira (PSDB). Vira e mexe, a famosa sigla da KMC traz uma novidade negativa.

Rejeitou – Desta feita, as prestações de contas do exercício 2013 do Governo Vieira, que haviam sido aprovadas com ressalvas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE), foram rejeitadas esta semana, após um recurso do Ministério Público de Contas que mudou o entendimento da 2ª Câmara do TCE-PE.

Vai recorrer (I) – O prefeito Edson Vieira ainda pode apresentar recurso ao pleno do TCE. E em seu programa semanal, Vieira afirmou que está tranquilo sobre a questão e que irá recorrer com a certeza de que a decisão será revertida.

Desafiou – Fabio Lira, advogado do prefeito, também falou sobre as contas rejeitadas pela 2ª Câmara do TCE-PE e demonstrou tranquilidade sobre o processo. Lira ainda desafiou: “Desafio qualquer pessoa a buscar em qualquer órgão de controle e ache o nome de Edson como ficha-suja. Irão achar outros nomes, mas o de Edson não”.

Óbvio – O advogado de Edson está coberto de razão em afirmar que se qualquer pessoa fizer uma busca não encontrará o nome do prefeito como Ficha-suja, até porque as contas estão rejeitadas na segunda Câmara do Tribunal, onde o prefeito ainda poderá recorrer no próprio órgão. Ainda lembramos que o TCE não tem o poder de condenar, pois é um órgão opinativo.

Mas… – Contudo caso o pleno do TCE mantenha a decisão da 2ª Câmara e envie as contas rejeitadas a Câmara de vereadores, dificilmente o prefeito consiga reverter o quadro. Pois Edson precisaria de 12 votos a seu favor dos 17 atuais. Mas tudo isso são suposições, vamos deixar a água rolar.

Não é bom – Apesar da tranquilidade apresentada pelo prefeito e seu advogado, a notícia propagada de uma rejeição de contas, mesmo que ainda esteja na 2ª Câmara TCE, não é boa. Edson passa por uma montanha russa de altos e baixos, sendo que almeja voos mais altos que poderão ser atrapalhados caso não consiga se livrar a tempo desses problemas.

Rápido – Uma coisa é certa: Edson precisa reverter o mais rápido possível à rejeição das contas de 2013, pois a aprovação que a mesma tinha era sua principal argumentação no processo da KMC, que o levou ao bloqueio dos bens.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

27
janeiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Romenyck StiffenVai pagar – Nas curtinhas da última quarta-feira, 25/01, comentamos que o prefeito de Brejo da Madre de Deus, Hilário Paulo, havia anunciado o planejamento sobre o pagamento dos funcionários públicos. Contudo, não citou o terço de férias dos professores. Hilário entrou em contato com esse colunista e afirmou que, na entrevista, de fato, esqueceu de citar que o terço será efetuado junto com o pagamento de janeiro, próxima segunda (30).

Fevereiro – O prefeito ainda falou sobre nossos questionamentos em relação ao reajuste salarial dos professores, assim como o enquadramento. O mesmo afirmou que estará sentando com sua equipe para discutir, entre outras coisas, o impacto financeiro sobre os referidos temas. Essas discussões, provavelmente, irão iniciar em fevereiro.

Obras – Hilário ainda comentou sobre algumas obras paralisadas, a exemplo, das reformas nas escolas. Ele afirmou que vem dedicando total empenho para que as mesmas estejam prontas para a abertura do ano letivo, assim como foram transferidos alguns anexos para locais mais apropriados para receber os alunos.

De volta – Recebemos Informações de bastidores de que o ex-vereador por Santa Cruz do Capibaribe, Fernando Aragão (PTB), estará de volta com um programa político na cidade. As informações ainda apontam que Aragão terá ao seu lado o fiel companheiro Cleiton Barbosa (PTB).

Território – Fernando Aragão estava à frente do programa “Falando Honestamente” antes do período eleitoral. A volta do programa, com a participação constante de Cleiton, será uma das formas que a dupla terá para demarcar território visando 2020. Resta saber qual será a pegada do programa.

100% – A vereadora e líder do governo na Câmara de Santa Cruz, Jessyca Cavalcanti (PTC), não separou nem 1% vagabundo e afirmou ao Blog do Ney Lima que confia 100% tanto no potencial de trabalho de Edson Vieira, quanto na inocência do mesmo em relação as ações desfavoráveis na justiça, como por exemplo o caso da KMC.

Silenciou – Um dos temas mais discutidos nos últimos dias da politica de Santa Cruz do Capibaribe é a aproximação do vereador Carlinhos da Cohab (PTB) e o Ministro da Educação Mendonça Filho (DEM). Contudo, o que vem passando despercebido das discussões é o silencio da ex-vereadora Zilda Moraes (DEM).

A questão – Segundo informações de bastidores, Zilda estaria para receber um cargo de articulação no governo do prefeito Edson Vieira, enquanto observa em silêncio a articulações de seus filhos, Filipe e Kleber Morais, na aproximação de Carlinhos e Mendonça. A principal questão é: De que forma a Guerreira vem absorvendo toda essa celeuma?

As informações aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

25
janeiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Romenyck StiffenOrgulhoso – O prefeito por Brejo da Madre de Deus, Hilário Paulo, destacou na imprensa da região o seu compromisso com os funcionários públicos. Sua assessoria comemorou que, em apenas 20 dias de gestão, já colocou toda a folha de pagamento de pessoal em dia, quitando 100% dos débitos de dezembro do ano passado.

Pagou – A informação repassada destaca que, em 11 de janeiro, a prefeitura efetuou o pagamento dos salários dos contratados referente ao mês de dezembro, bem como o 13º dos aposentados. Já em 20, foi à vez de quitar o pagamento dos salários dos aposentados.

Herança – Com as datas de pagamentos citadas acima, cabe o entendimento de que o ex-prefeito de Brejo, atual secretário de Saúde do referido município, Dr. Edson (PTB), não deixou uma das melhores heranças para o prefeito Hilário. Devemos acreditar que o atual prefeito comemorou o pagamento da folha atrasada com o recurso carimbado deixado por Dr. Edson?

Complicações – Deixar folha de pagamento em atraso para o próximo gestor, mesmo que esse seja aliado, não faz bem para prestação de contas futuras. Nesse contexto, 2016 poderá ser um complicador futuro para o Doutor.

Planejamento – Ainda de acordo com o planejamento da prefeitura de Brejo, na próxima segunda-feira (30) serão pagos os salários dos servidores efetivos e comissionados, enquanto que os contratados receberão seus salários em 10 de fevereiro. Confesso: como professor do município, senti falta do anúncio do pagamento do terço de férias dos professores; pois até a presente data, ainda não foi pago.

Jogo de cintura – Hilário terá que ter jogo de cintura para sair de situações como as acima citadas. Não foi apenas salário atrasado deixado por Dr. Edson, mas também algumas obras inacabadas e que o atual prefeito está tentando organizar a casa, a exemplo das reformas em algumas escolas. Hilário também terá pela frente as cobranças do reajuste salarial e do enquadramento dos professores, que não foram concedidos em 2016 pelo gestor anterior.

O gesto – Contudo, com o justo aumento em mais de 14% concedido aos Conselheiros Tutelares, Hilário aponta que poderá ter gestos diferentes do que o seu antecessor apresentou em 2016.

As informações aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

23
janeiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Romenyck StiffenO encontro – Ocorreu no último sábado (21) o grande encontro de alguns integrantes do grupo Taboquinha com o Ministro da Educação, Mendonça Filho. Estiveram presentes, os vereadores Carlinhos da Cohab (PTB) e Capilé (PTN), os ex-vereadores Galego de Mourinha (PTB) e Fernando Aragão (PTB), além de Cleiton Barbosa (PTB) e alguns militantes.

Reivindicações – O grupo que esteve presente em Belo Jardim está afiado nas argumentações de que foram reivindicar ações para o município de Santa Cruz do Capibaribe.

Fernando – O ex-vereador Fernando Aragão deixou claro na rádio Polo FM, antes de ir ao encontro, que seu compromisso político em 2018 é com José Augusto Maia (PTN) para deputado Estadual, Ricardo Teobaldo (PTN) para Federal e Armando Monteiro (PTB) Governador. Contudo, Aragão disse que não perderia a oportunidade de sentar para conversar com um Ministro e cobrar ações para Santa Cruz.

Seguiu – O vereador Capilé (PTN) seguiu a linha de discurso de Aragão e, após o encontro, enviou nota a imprensa divulgando que foi para reivindicar ações para cidade; citou o exemplo da solicitação de uma quadra poliesportiva para escola da Palestina. Contudo, também firmou compromisso a Zé, Teobaldo e Armando.

Já Carlinhos… – Em entrevista a Polo FM, as vésperas do encontro com Mendonça, Carlinhos afirmou que estará com José Augusto para Estadual, mas caso Zé não possa se candidatar, o quadro muda e a discussão terá que voltar ao colo do grupo.

Empecilho? – Carlinhos afirmou ainda que não será um empecilho se TODO o grupo decidir que estará com Teobaldo para Federal. Ele disse que seguirá a decisão, contudo, está cada dia mais claro nos bastidores que não será TODO o grupo que estará com Teobaldo. É necessário perguntar: o que seria TODO o grupo para Carlinhos?

O acordo – Contudo, a fala de Carlinhos não bate com o suposto acordo citado por José Augusto Maia. Segundo Maia, houve um acordo em 2016, onde nas eleições de 2018 o grupo apoiaria Zé para Deputado Estadual, ou quem indicasse, e o Federal também seria sua indicação.

A fonte (I) – Contudo, nossa fonte nos garantiu que o vereador Carlinhos da Cohab seguirá o projeto Mendonça, mesmo que seja para federal em 2018; e que o projeto Mendonça não estará distante do projeto de Armando.

A fonte (II) – Essa mesma fonte nos garantiu que Mendonça estará renovando suas forças na região, a exemplo de Brejo e Jataúba.  O mesmo ainda nos garantiu que as ações do Ministro serão sentidas em breve.

União? – Está ficando cada dia mais claro que a união Taboquinha não será da forma que Zé diz que foi acordado. Todo o grupo estará de Boca com Maia, se for ele, mas alguns da forma mais do federal acima…

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

20
janeiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Romenyck StiffenO plano – Em 30 de novembro de 2016, o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), lançou o Plano Municipal de Segurança, colocando o mesmo em prática em 1º de dezembro com a promessa de, em 30 dias, os resultados seriam divulgados.

Frustrou – Sinceramente, ouvi a entrevista do Tenente-coronel Sena na Polo FM, e fiquei frustrado. Esperava ouvir os números comparativos em relação à segurança entre o mês de dezembro de 2016 em relação aos meses anteriores do mesmo ano, o que não ocorreu.

20 dias – Se passaram 20 dias do prazo estabelecido pelo prefeito Edson Vieira em relação à divulgação dos resultados, mas até agora nada. Precisamos saber se o número de homicídios de dezembro de 2016 foi menor se comparamos com os meses anteriores, se os números de assaltos diminuíram, assim como outros números que precisam ser detalhados.

Investimento – A reflexão tem que ser feita, pois o prefeito afirmou, em entrevista ao programa Cidade Notícia em 1º de dezembro que, em um número baixo, estaria aumentando seu investimento na área de segurança em R$ 35 mil mensais.

A sensação – Apesar dos louváveis investimentos, consciente de que segurança é um dever do Estado, o Plano Municipal de Segurança surgiu para dar uma resposta à sociedade com promessa de uma tão propagada sensação de segurança. Contudo, arrastões continuaram, arrombamentos em igrejas e escolas também, assim como o considerável número de homicídios. Nesse contexto, só a comparação poderá mostrar se MELHOROU ou PIOROU.

E você? – Você leitor: está sentindo-se seguro após o Plano Municipal de Segurança? A sensação de segurança chegou até a sua rua, seu bairro, sua querida Santa Cruz do Capibaribe? Podemos ficar tranquilos com os investimentos do Plano Municipal de Segurança e principalmente, com os investimentos do Governo do Estado, em relação ao tema? Você sabe quais foram esses investimentos?

As informações aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

18
janeiro

Resumório! – A coluna do professor Tenório

Professor Tenório OKEMPRESÁRIOS NO PODER – Cansados de votar em políticos de carreira, parte da população resolveu dar um voto de confiança nos empresários. Edilson, Dória e Trump são os nomes do momento. Ficar sem oposição, varrer avenida vestido de gari e bater boca com a imprensa não parece um início promissor.

DOR DE CABEÇA EM CARNEIRO – O bom desempenho dos empresários eleitos, especificamente o de Torre, pode ser importante para o fortalecimento de um projeto político que já nasce grande feito elefante. Isso acontecendo, Carneiro deixará de ser apenas um local de repouso de muitos políticos dessa terra Santa e passará a ser um sobrenome que trará dor de cabeça para eles. Pensar como vencer um Carneiro nos Carneiros será o destino de alguém?

PARENTES NO PODER – Parece que existe um pacto secreto entre prefeitos para nomearem a esposa como Secretária de Ação Social. Na região já são três exemplos: Brejo, Santa Cruz e Toritama. Irmão e tio fazem parte do pacote. Quem foi que disse que família é só para tirar retrato? Serve para tirar retrato e assumir cargo público também.

POVO TRABALHADOR – A alcunha de povo trabalhador de Santa Cruz do Capibaribe parece que não se estende aos nossos vereadores. As Câmaras de Brejo, Jataúba, Taquaritinga e Toritama estão em pleno vapor com as reuniões e aqui, apenas trabalhos internos. Dizem os parlamentares que o trabalho deles não se resume as reuniões, citam comumente as comissões, que também não estão funcionando. Vereador aqui começa a trabalhar dia primeiro na posse e entra em recesso no dia seguinte. “Vão trabalhar sodnubagav”! Está ao contrário, mas esse foi o conselho dado aos colegas professores em plena luta por seus direitos.

O GRANDE ENCONTRO – Depois de uma polêmica paquera e um contestado namoro, próxima sexta (20) será o dia do primeiro encontro do Vereador do Povão com o Ministro da Educação, Mendonça Filho. Possivelmente no meio do mato, digo, numa Fazenda. Tomara que o interesse do Ministro seja apenas ampliação das bases, porque se for para pedir conselhos sobre educação, primeiro foi com Alexandre Frota agora seria com nosso promissor parlamentar.

QUE NEM LULA – E Carlinhos pretende pedir uma Faculdade para Santa Cruz só para ter o prazer de dizer na tribuna da câmara: “Essa casa já teve o Proooofessor Afrânio, tem agora a Proooofessora Jéssyca, mas quem trouxe a ‘Falculdade’ pra cidade foi o analfabeto”. O vereador tem ESTADO muito interessado no que o Ministro tem para lhe propor.

FESTA DE SANTO AMARO – O grupo de oposição tem vocação para desunião. Mais uma vez, alguém não foi convidado para evento ao lado de Teobaldo, que já não é unanimidade no grupo faz tempo. Santo Amaro não é o Santo das causas impossíveis, mas bem que podia ter dado uma ajudinha para diminuir a ciumeira causada pelo não convite para participar de sua procissão. A dor de não pegar no andor ainda vai render muito.

VISITA NA CÂMARAS DE SCC – Esta semana, o Resumorista começou uma peregrinação pelas câmaras de vereador das cidades da região em busca de assuntos para coluna e saber qual o melhor café. Na câmara de Santa Cruz, parecia dia de reunião da legislatura anterior, pois estavam pouquíssimos parlamentares. Destaques para beleza de uma imagem do Tamandaré Fest na tela do computador de um gabinete, para variedade de bolachas servida em outro gabinete e para algumas informações sigilosas que em breve serão pautas aqui.

VISITA NA CÂMARA DO BREJO – Na câmara do Brejo, os destaques foram a senha do wi-fi, criada para superar invasões até do grupo de rackers Anonymous, um bêbado participando de parte da reunião e um delicioso café com leite.  A dupla dos Tambores que tinha feito mais barulho que o olodum em outra reunião, não seguiu com os batuques e a reunião foi um sossego só. Após a reunião, houve mais um encontro de um grupo de jacarés com um peixe grande da política brejen$e que promete tirar o sossego de muita gente.

RECADASTRAMENTO – Está acontecendo até o dia vinte de janeiro, no prédio da antiga prefeitura, o recadastramento dos servidores municipais. Apesar de ser em prédio diferente, melhor quem for professor levar canudinho juntamente com a documentação exigida e ir de roupa leve, por garantia. Colocaram o prazo final para o recadastramento dia vinte, dez dias antes do fim das férias. O servidor da educação que estiver viajando não precisa interromper o descanso para vir atualizar sua situação cadastral, o impasse já foi resolvido com a categoria. Parece que a relação nunca mais será a mesma…

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As informações aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

18
janeiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Romenyck StiffenA todo vapor – Algumas Câmaras de Vereadores de nossa região estão a todo vapor em seus trabalhos principalmente com sessões ordinárias, duas vezes por semana, a exemplo dos poderes legislativo de Brejo e Taquaritinga.

Sem sessão – Apesar dos trabalhos internos da Câmara de Santa Cruz do Capibaribe estarem funcionando a contento, o mês de janeiro é sem Sessões ordinárias. Até hoje, não consigo entender os motivos que levam os vereadores assumir, em 1º de janeiro, e o expediente das sessões (onde se discute projetos e requerimentos de importância para o nosso município) só acontecer em fevereiro.

Apenas uma pizza – Estivemos visitando a Câmara de Brejo e, após a sessão ordinária, nos encontramos com a bancada de oposição, com exceção de Robertinho (PSDB), no restaurante Casarão e entre os integrantes da mesa estavam o empresário Rubinho Nunes (PCdoB). Mas Roberto Asfora (PSDB) pode ficar tranquilo, pois o tema da conversa era apenas o sabor da pizza… Será?

Aumento merecido – O prefeito de Brejo, Hilário Paulo, enviou para Câmara o merecido aumento do salário dos Conselheiros Tutelares: mais de 14%.

Ansiosos – Os professores de Brejo da Madre de Deus, que não receberam o reajuste em 2016, esperam ansiosos pelo aumento salarial concedido pelo MEC, superior a 7%. Contudo, acompanhando vários grupos de WhatsApp e conversando pessoalmente com alguns professores do município, não é apenas o reajuste salarial que eles esperam.

Estimativas – O prefeito Edilson Tavares (PMDB) concedeu entrevista à rádio Polo FM e apresentou as estimativas em valores econômicos em cada setor. Para ter uma ideia, Tavares espera economizar, em folha, um milhão mensal e, em alugueis, dois milhões na gestão.

E o valor? – Já em Santa Cruz do Capibaribe, o prefeito Edson Vieira anunciou cortes para economizar, contudo, não anunciou estimativa de quanto seria essa economia. O mais difícil nesse momento é saber a diferença real em valor salarial de um Secretário Executivo para o Secretário do primeiro escalão.

Até ele – Mas voltando a falar de Toritama, Edilson Tavares consegue domínio total da Câmara de Vereadores. O vereador Morica, único resistente na oposição nesses primeiros dias de nova gestão, pulou para bancada governista.

Inocência? – O Vereador Ernesto Maia afirmou, em entrevista ao Jornalista César Mello, que “Em 2018 o nosso grupo político terá que ter a maturidade de saber que temos que estar unidos, mas respeitando questões pessoais e pontuais de cada um”. Apesar de um raciocínio coerente do vereador, o mesmo vendeu inocência para um momento, pois observamos José Augusto Maia (PTN) e o vereador Carlinhos da COHAB (PTB) se alfinetarem de forma constante nos bastidores e até mesmo em rádios.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

16
janeiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Romenyck StiffenDe volta – Após uma pausa para um merecido descanso, estamos de volta com as primeiras “Curtinhas” do ano, de “longos” assuntos de nosso município e região. Portanto, um próspero 2017 a todos e vamos aos trabalhos.

Constante – Está virando uma constante os prefeitos anunciarem sua primeira dama para assumirem a pasta de Planejamento Social (a nomenclatura pode variar de acordo com o município). Em nossa região podemos citar como exemplos: Santa Cruz do Capibaribe, Toritama e Brejo da Madre de Deus.

Estendeu – Mas está virando comum estender os parentes em outras pastas. Toritama, por exemplo, foi o centro das atenções após o prefeito Edilson Tavares (PMDB) nomear o irmão para a pasta Desenvolvimento Econômico. O caso de Toritama fez a critica se estender a outros municípios. Brejo foi um deles, onde o prefeito Hilário Paulo nomeou, além da esposa na pasta de Ação Social, outro parente na pasta da Secretária de Educação.

É legal – É necessário repassar aos nossos leitores que os prefeitos estão dentro da legalidade ao nomear parentes aos cargos de Secretário, pois os prefeitos se apegam a Súmula Vinculante nº 13, onde para o STF (Supremo Tribunal Federal) a função de Secretário Municipal é considerada um cargo político, portanto não se encaixaria na ação de nepotismo.

É moral? – Agora é necessária a seguinte reflexão: a classe política passa por uma crise moral sem precedentes e o país se afunda paralelamente em uma crise política sem tamanho, com um número de desemprego entre os maiores de nossa história. Nesse contexto, some todos esses ingredientes e observe se a população verá com bons olhos um político empregando um familiar em um cargo público, por mais político e legal que seja.

Crise interna – Falando em crise, o grupo de oposição em Brejo da Madre de Deus está em rota de colisão. O ex-prefeito Roberto Asfora (PSDB), além de perder as eleições de 2016, não está conseguindo se inserir nas articulações da bancada de vereadores do seu grupo.

Não gostou – Asfora não viu com bons olhos a bancada de vereadores do seu grupo articular a possível adesão do empresário Rubinho Nunes aos Jacarés, sem passar pelo seu crivo primeiro.

Em busca de… – Em Santa Cruz, o vereador oposicionista Carlinhos da Cohab (PTB) afastou um possível “namoro político” entre o mesmo e o Ministro Mendonça Filho (DEM). Segundo Carlinhos, o mesmo foi convidado por Mendonça para uma reunião em Belo Jardim, mas com interesses em possíveis ações para Santa Cruz.

Muitas questões – Várias questões ficaram em minha mente: se a reunião entre Carlinhos e Mendonça era em busca de ações para o município, porque o convite se estendeu apenas a mais dois vereadores da bancada e não para o restante do grupo? A Ex-vereadora Zilda Moraes (DEM) estará presente nessa reunião? A reunião foi provocada por Carlinhos ou Mendonça estava em um belo dia ensolarado e pensou: porque não enviar ações para Santa Cruz através do vereador Carlinhos da Cohab?

Não engole – Em Taquaritinga do Norte, quem não consegue falar a mesma língua é o grupo de Situação. A troca de farpas nos diversos meios de comunicação é constante e a cúpula do grupo Calabar não consegue engolir a conquista da presidência da Câmara por Eraldo da Pedra Preta.

As informações aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

 

 

11
janeiro

Resumório! – A coluna do Professor Tenório

Professor Tenório OKPRIMEIRO DO ANO – O primeiro Resumório do ano, como já dizia Jessier Quirino, será mais curto do que coice de preá. Mais curto também do que o senso de humor de muitos políticos, mas esperamos que em 2017 o riso seja renovado, pois a simpatia em 2018 já é certa.

COLUNISTA EXECUTIVO – Estou precisando de alguém para ser “Colunista Executivo” do Resumório. É uma patente mais baixa que a minha, ganha um pouco menos, mas precisa de ânimo pra oxigenar a coluna, tipo os da nova reorganização do secretariado da gestão Vieira. A partir da próxima segunda, começo a seleção para o cargo.

A POSSE – A agenda política de 2017 começou exatamente com a cerimônia de posse dos eleitos em 1º de janeiro na Câmara de Vereadores. Assim como na diplomação, no Teatro Municipal, as senhas foram poucas e a plateia muita. Faltaram senhas justamente porque boa parte foram distribuídas para a turma que vaia e aplaude. Fizeram um bom trabalho, diga-se de passagem. O momento mais esperado pra uns e mais temido pra outros foi a confirmação da eleição de Zé Minhoca para presidência da Câmara.

NÃO SEI SE VOU OU SE FICO – Ainda sobre a posse, a oposição começou o ano igualzinho terminou o anterior: fingindo união e com discursos desencontrados. Ernesto “Sangue Impuro” Maia anunciou que a bancada iria se retirar da sessão e três ovelhas desgarradas, Augusto, Capilé e Helinho, levantaram, mas não saíram. Alguém faltou ao ensaio.

HORA CERTA, FINESSE E ELEGÂNCIA – Como diz o Falso Canalha Josenaldo, essa coluna é uma baba, numa cidade que é uma piada pronta, tudo vira pauta. Não tendo nada mais relevante para falar sobre a cerimônia. Registro apenas que o girandoleiro acertou a hora dos fogos dessa vez, a finesse do mais novo parlamentar da saúde para com a imprensa e o vestido da vereadora Jéssyca, que era igualzinho ao da Primeira Dama do Brejo. Sobre o look da Primeira Dama daqui, chegaram opiniões e análises assim como em 2012, mas deixa na “bage”, pra não inflamar.

FÉRIAS – Se a crise é psicológica não sei, só sei que o triângulo litorâneo frequentado pelos sulanqueiros oprimidos de Santa Cruz e região estava lotado. Fui ao litoral apenas para tirar algumas fotos para postar nas redes sociais, pois já estava me sentindo um alienígena por ser o único que não postava foto do mar nem escrevia: “Era Sol o que faltava”. Além disso, o único check-in que fiz foi aqui mesmo e foi pra pagar a matrícula do filho na escola.

MAIAS NO LITORAL – Vi muitos imóveis ainda com placa de aluga-se. O mercado imobiliário de Tamanda Beach foi salvo pelos Maias de sangue puro que alugaram umas três casas por lá. Parece que a busca por espaço não se restringe à política. E ainda o patriarca Zeus Augusto cobrou, no seu programa de rádio, que melhorassem a internet lá, pois estava muito ruim para os turistas.

NA REDE – Aproveitando a minha passagem pelo litoral, além de tirar as fotos, descansei numa bela e aconchegante REDE que está a cada dia mais convidativa. No repouso, refleti, falei, ouvi e entendi muitas situações de nossa política.

CAIU NA REDE É PEIXE – A temporada de pesca está aberta. Engana-se quem pensa que só piabas estão sendo pescadas. Tem peixe graúdo também. Também não pensem que são apenas os que morreram na praia. Tem os que conseguiram superar as tormentas do mar revolto de uma campanha. Uns peixes são de água doce e outros de água salgada, o problema é como se desenvolverem no mesmo habitat, mas isso é apenas um detalhe no meio de um grande projeto que já está em execução.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões e informações aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

27
dezembro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

.

Romenyck StiffenColuna Especial (I): Concluímos mais um ano no blog do Ney Lima e na rádio Polo FM. Apesar de estarmos a mais de três anos, a responsabilidade de fazer parte de dois grandes meios de comunicação de Santa Cruz do Capibaribe-PE e região só aumenta. Portanto, nesse aprendizado constante só temos a agradecer aos parceiros de 2016.

Coluna Especial (II): Agradecer e abraçar nas últimas curtinhas do ano a toda uma equipe que nos dá um imenso suporte: a família AVANT, a família do Blog Ney Lima e a Família Polo FM. E com a experiência de fazer a cobertura de eleições municipais do corrente ano, conseguimos sentir que de fato somos uma família.

Coluna Especial (III): O agradecimento se estende á todos os políticos de Santa Cruz e Região do Polo de Confecções, pois apesar das constantes divergências ideológicas, o respeito sempre foi mutuo, o que nos rendeu exclusividade em diversos assuntos.

Coluna Especial (IV): Não podíamos deixar de agradecer a eterna irmandade do Rádio Debate, onde fizemos ciclos de amigos durante o ano. Amigos que passaram por nosso convívio diário: A exemplo do meu amigo-irmão Leone Sousa, do jovem-cabeça Paulinho Coelho e da experiência popular Natálio Arruda.

Coluna Especial (V): Agradecer aos amigos que estarão diariamente e que nos irmanamos a cada dia: Ney Lima, Silvio José, Ralph Lagos e o “reserva de luxo” Professor Tenório.

Coluna Especial (VI): Mas nosso agradecimento especial é para você, leitor do Blog do Ney Lima e ouvinte da rádio Polo FM, que durante o ano de 2016, sofreu ao nosso lado, sentiu a emoção que sentimos, ficamos felizes juntos, divergiu de nossas opiniões, mas como uma família de verdade não nos abandonou.

Coluna Especial (VII): Portanto, nessa última curtinha do ano de 2016, desejamos boas festas e firmamos o compromisso de encararmos lado a lado mais um ano que chegará cheio de desafios, mas juntos driblaremos todas as adversidades. É o que deseja esse amigo, Romenyck Stiffen e família.

.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

23
dezembro

Resumório – Por Professor Tenório

RESUMÓRIO ESPECIAL DE NATAL – PARTE II

 

Professor Tenório OKDireito de resposta de Papai Noel para Luciene – Companheira Luciene, não seja injusta comigo. Atendo os pedidos dos políticos que são fáceis. Reconheço sua luta à frente do Sindicato dos Professores, mas fazer o prefeito pagar os professores em dia e repassar esses 60% do FUNDEF que vocês esperam foge da minha capacidade sobrenatural. Reitero meu sincero apresso e admiração pela categoria. 

Ralph Lagos – Papai Noel, desejo que minhas bolas cheias e murchas no programa Rádio Debate na melhor e mais ouvida, Polo FM, não me impeçam de ser convidado para prestações de contas de nossos políticos e que em 2017 eu possa desfrutar da beleza e receptividade encontrada em terras paraibanas.

Ernesto Maia – Amigo Noel, obrigado por atender o meu pedido do ano passado, por conseguir me eleger e por me colocar outra vez no caminho da liderança do grupo Taboquinha. Este ano, meu pedido é que a justiça seja feita, que minhas denúncias sejam responsáveis pela cassação do prefeito mais corrupto da história dessa cidade, tirando tchitchio, claro.

Afrânio – Bom velhinho, já que você não atendeu meu pedido do ano passado, este ano vou fazer dois. Primeiro quero que Júnior Gomes não consiga ser presidente da Câmara de Vereadores. Segundo, espero ser um dos nomes da majoritária no novo projeto político que se desenha para a cidade em 2020.

Alan Carneiro – Papai Noel, desejo que as obras realizadas em minha gestão e minha dedicação ao Moda Center possam me credenciar para disputas futuras. Nunca se sabe o que o futuro nos reserva.

Narah Leandro – Papai Noel! Agora que qualquer uma consegue se eleger vereadora, desejo que minha carreira na rede Globo seja promissora e que certas pessoas só me vejam pela televisão.

Carlinhos da Cohab – Papai Noel potência! Sei que ainda é cedo pra atender o pedido do ano passado, mas vou esperar. Enquanto isso, pra esse ano, desejo ser o líder do governo e quero que a vereadora Jéssyca bata muito em Augusto Maia lá na Câmara. Ele é homi, não tem problema de pedir isso. Pra ele ver que lá o teitei é diferente de uma passeata.

Edson Vieira – Papai Noel, estou num momento tão delicado que queria que você fosse o Gênio da Lâmpada, pois preciso de pelo menos três desejos. Claro e evidentemente que você não atenderá três pedidos, por isso tentarei resumi-los em apenas um. Desejo que o senhor, pensando na Maria, no João, no Manoel e, principalmente em mim, ajudasse a resolver meus problemas com esse emaranhado de letras que insistem em tirar meu sossego: KMC, MPPE e FUNDEF. Não quero ter mais nenhum aborrecimento este ano com letras, principalmente as trocadas.

Zé Augusto – Papai Noel, eu tenho uma história, cara! Desejo que meu tornozelo nunca ganhe um adereço e que esse povo que tanto amo nunca deixe de acreditar em minha inocência.

Nanau Marques – Papai Noel, como em 2017 não terei o aluguel do meu hospital, queria uma compensação que pode ser a presidência da câmara e que as pessoas lembrem de me parabenizar no dia de meu aniversário.

Pipoca – Papai Noel, obrigado por atender meu pedido anterior. Este ano, como estou no meu segundo mandato, deixarei a humildade de lado e serei mais audacioso no pedido. Quero a presidência da Câmara. 

Ney Lima – Papai Noel, espero que 2017 seja melhor que 2016 e que a parceria Avant / Rede Globo seja promissora e me credencie para expulsar pessoas com conduta imprópria em debate sem causar transtorno a ninguém.

Por fim, o desejo deste colunista é que, com relação à política, salvemos as próximas gerações porque a nossa está perdida e que os políticos, seus assessores e bajuladores tenham mais senso de humor.

 

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.” 

21
dezembro

RESUMÓRIO – A coluna do Professor Tenório

RESUMÓRIO ESPECIAL DE NATAL – PARTE I

.

Professor Tenório OKEm 2016, mantenho meu contrato de exclusividade com Papai Noel. Continuo tendo acesso ao conteúdo das cartas com os pedidos natalinos de algumas personalidades ilustres de nossa cidade, um verdadeiro esquema de vazamento de informação que nem a imprensa sulista consegue. Vejam o resumo dos pedidos:

Fernando Aragão – Meu bom velhinho, primeiramente, muito obrigado por atender meu pedido do ano passado. Para os próximos anos, quero continuar com essa leveza de quem perdeu a eleição e parece que ganhou. Desejo me manter como um dos líderes do meu partido e ser novamente o candidato da majoritária em 2020.

Dida de Nam – Papai Noel, obrigado por ter atendido meu pedido de 2015. Agora que sou vice, meu desejo é passar em todas as provas na minha volta aos estudos e ser um bom prefeito quando Edson sair candidato para a Câmara Federal.

Jéssyca Mônica – Querido Papai Noel, agora que já fui eleita, que Narah não se elegeu e não estou mais barrada de falar na Polo FM, quero ganhar de presente apenas a presidência de câmara. Pode ser a do segundo biênio. Ah! Ia me esquecendo. Também quero parar de cair tanto.

Luciene Cordeiro – Companheiro Noel, como o senhor só atendeu aos pedidos de políticos, numa atitude de perseguição aos professores, repetirei o pedido do ano anterior apenas com alguns ajustes. Desejo que o prefeito honre o que seus secretários sinalizaram sobre o repasse do FUNDEF e pague os professores efetivos e contratados em dia.

Júnior Gomes – Papai Noel máquina internacional! Meu pedido é voltar para presidência da Câmara. Quero mostrar como é que se aplica o regimento da casa e baixar a bola dos vereadores de oposição!

Diogo Moraes – Noel amigo, agora que já consegui a secretaria da ALEPE mais uma vez, preciso parar de andar muito com menino e começar a estreitar minha relação com um coroa influente em Pernambuco. Por isso, meu desejo é ser o sucessor de Guilherme Uchoa na presidência da ALEPE.

Toinho do Pará – Papai Noel, só queria que o caso de minhas contas fosse esquecido de uma vez por todas e se sobrar uma vaga para presidência eu tô aqui no meu cantinho. Tenho experiência como vereador, prefeito e deputado. Sou um soldado e aceito o desafio.

Augusto Maia – Papai Noel, quero que a vereadora Jéssyca tire o ódio do coração que ela sente pelos Maias. Se você não conseguir atender esse pedido, pelo menos faça com que ela ataque só Ernesto e me deixe pelo menos me acostumar com o salário, digo com a função de vereador.

Luciano Bezerra – Papai Noel, desejo que minha imagem se desvincule da do prefeito e que eu possa fazer parte dos novos rumos que se desenham na política da cidade.

Helinho Aragão – Desejo que eu seja mais notado nesse mandato que se aproxima e que o senhor me dê coragem pra ser algo mais nesse partido que tanto gosto. 

Caetano – Papai Noel, desejo que eu possa provar da sensação de ser vereador, preferencialmente não como suplente. Sei que fiz muitas contas para me eleger, mas ainda posso ocupar uma vaga na câmara por problemas nas contas de um companheiro de partido.

Ronaldo Paca – Papai Noel, além de continuar sem ter nenhuma falta nas sessões ordinárias e extraordinárias durante o meu novo mandato, como agora já tenho mais experiência, desejo a presidência da câmara.

Os demais pedidos serão publicados na próxima coluna. Acompanhem e vejam como um simples pedido de Natal pode revelar o clima dos bastidores de nossa política.

.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

20
dezembro

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

.

Romenyck StiffenSete: Um parlamentar que irá compor a nova bancada do grupo de situação de Santa Cruz do Capibaribe nos afirmou que sete dos 10 vereadores do grupo colocaram seus nomes a disposição, são eles: Júnior Gomes (PSB), Ronaldo Pacas (PR), Pipoca (PSDB), Jessyca Cavalcante (PTC), Joab (PSD), Zé Minhoca (PSDB) e Dr. Nanau (PSDB).

Agora não: Apenas três nomes disseram que não almejavam, pelo menos para o primeiro biênio, disputar a presidência da casa, são eles: Toinho do Pará (PSB), Irmão Val (SD) e Nailson Ramos (PMDB).

Os favoritos: Nos bastidores, os nomes que despontam como favoritos são: Ronaldo Pacas e Júnior Gomes. Hoje aposto minhas fichas no nome de Júnior, pois em seus requisitos estão: Experiência por já ter administrado, profundo conhecedor do regimento, além do motivo de que Edson não poderá errar em sua escolha, devido aos altos e baixo que está passando.

Decidir: A informação que nos foi repassada é de que caso os vereadores não cheguem a um consenso, até a próxima reunião que o prefeito realizará com os mesmos, Edson indicará o nome que será o presidente da casa.

Enrolou: Já em Taquaritinga do Norte a disputa para presidência da Câmara enrolou para o grupo de situação. O grupo Calabar tem sete dos 11 vereadores, contudo a disputa interna entre o vereador Geovane (PR) e Eraldo da Pedra Preta (PTN) vem causando um desgaste sem precedentes aos vermelhinhos.

De olho: A oposição de Taquaritinga está de olho na briga e informações dão conta que os mesmos já disponibilizaram seus votos ao vereador Eraldo, caso o mesmo almejem e consiga mais um voto de seu grupo, especulações de bastidores apontam que o situacionista professor Jurandir (PTB) acompanharia Eraldo.

No governo: Visando em seu nono mandato chegar pela sexta vez à presidência da câmara o vereador Arimateia de Carvalho (PSD) irá aderir à base do governo do prefeito eleito por Toritama, Edilson Tavares (PMDB).

.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

19
dezembro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

.

Romenyck StiffenReforma: Durante o seu programa semanal, A Hora do Povo, o prefeito Edson Vieira (PSDB) anunciou mais recursos para área de Saúde. Desta feita para reforma do hospital municipal.

Transição: Ainda antes do período eleitoral, Vieira já havia afirmado que iria entregar o prédio do materno e que alguns serviços seriam ofertados no Hospital Raimundo Aragão, contudo uma reforma seria necessária.

Em alta: Surfando em alta durante a semana com a recondução ao cargo de Primeiro Secretário da ALEPE e com a promulgação da LEI que simplifica a cobrança do ICMS, onde teve sua articulação do início ao fim, o Deputado Estadual Diogo Moraes (PSB) se confraternizou com a imprensa da região, divulgando suas ações e apontando seu planejamento para 2017.

Ações e planejamento: Diogo destacou a luta da PE 160, a adutora do Pirangi, a reforma da ALEPE, a Lei que simplifica a cobrança do ICMS e afirmou que estará em sua luta para 2017 a cobrança da duplicação da BR-104 e 101, mas que o Expresso Cidadão da Moda será uma de suas prioridades.

Emblemática: O deputado ainda apontou o seu crescimento político no pós-eleições municipais 2016, com aproximadamente 10 prefeitos em seus apoios e mais de uma centena de vereadores, contudo a eleição de sua terra era a mais emblemática e a vitória surgiu.

Culpou: Segundo Moraes, a crise econômica e política fizeram com que o povo culpasse a tudo e a todos nas eleições de 2016 e, isso fez com o que o resultado que se esperava nas urnas não fosse concretizado em Santa Cruz do Capibaribe, mas que a vitória surgiu e era um momento de reflexão e não para se esconder, para Diogo é necessário encarar as adversidades.

A quinta: Durante sua fala Diogo levantou algo que sinceramente me chamou muito a atenção. Para o deputado, “algo de estranho” surgiu na quinta-feira antes da eleição, Diogo não se aprofundou no assunto, mas como pesquisas foram divulgadas com resultados altíssimos às vésperas da eleição e o prefeito sempre afirmou que as pesquisas internas davam mais, “de fato algo de muito estranho deve ter acontecido…”

.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

16
dezembro

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

.

Romenyck StiffenSecretários: O prefeito eleito por Brejo da Madre de Deus, Hilário Paulo, foi diplomado no último dia 15/12 e anunciou os nomes que estarão à frente da pasta de Educação, Tobias Barbosa será o titular e professor Chiquinho o adjunto.

Altos e baixos (I): O prefeito Edson Vieira (PSDB) teve uma semana de altos e baixos, iniciou com uma crise de relacionamento com a categoria dos professores, devido à indenização do extinto FUNDEF, e obteve em sua conta mais dois processos eleitorais oferecidos pelo Ministério Público.

Altos e baixos (II): Por outro lado, Edson conseguiu ser absolvido do primeiro processo eleitoral que foi arrolado contra o mesmo nas eleições de 2016 e garantiu a diplomação de sua reeleição.

Reflexo: Os bastidores políticos apontam que a semana que se encerra é o principal reflexo para o novo mandato que irá se iniciar. O desgaste natural de dois mandatos, a crise econômica, as constates denúncias da oposição misturada com seu poder de articulação e sua força politica com aliados de peso, a exemplo de Bruno Araújo (PSDB), apontam que os altos e baixos desse novo governo poderão ser uma constante.

Em alta: Por outro lado, o Deputado Diogo Moraes (PSB) surfa em alta, durante a semana foi reeleito primeiro secretário da ALEPE e viu um projeto importante para o Polo de confecções ser aprovado, graças a sua articulação, a exemplo da simplificação da cobrança ICMS.

 

As opiniões e informações aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

12
dezembro

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

.

Romenyck StiffenA defesa: Para justificar que a polêmica verba do FUNDEF seria indenizatória, o prefeito Edson Vieira (PSDB) teve que recorrer ao imaginável, defender a gestão de José Augusto Maia (PTN) no período de 2002 a 2006, referente ao não reajuste do salário dos professores.

Não teve culpa: Edson afirmou que no período Maia não teve culpa e que o professor recebia o que a prefeitura poderia pagar. Vieira afirmou da necessidade de Zé ter que transferir dinheiro de outras áreas, para cobrir o que o FUNDEF não repassava no período.

Não dará: Está ficando claro que se a verba for indenizatória, o que não impediria legalmente de repassar os 60% dos recursos aos professores, jamais o prefeito dará o que foi sinalizado aos professores antes das eleições.

O posicionamento: Em nota nas redes sociais a representante do SINDUPROM, Luciene Cordeiro, afirmou que Joselito Pedro, Dr. Ivaldecy (contador a época), Jéssica Cavalcante e Claudenice Dias representavam o prefeito nas reuniões com os professores antes das eleições e segundo Luciene, eles afirmavam que o posicionamento do prefeito Edson vieira era repassar o 60%, inclusive com todas as explicações detalhadas.

Questão Moral: Vale frisar que o prefeito não está fora da legalidade, contudo, se as afirmações dos professores estiverem corretas, o que não foi desmentindo por Joselito quando concedeu entrevista na rádio Polo FM, a questão saiu do campo da legalidade para o campo da moralidade.

As informações aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

07
dezembro

Artigo – Por Adriano Oliveira

A culpa é apenas dos políticos?

 

adriano oliveiraNão se pode responsabilizar a Lava Jato pela imagem negativa dos políticos entre os eleitores. Foram variados os gestores e parlamentares que frustraram as expectativas da opinião pública. Contudo, a meritória Operação Lava Jato reforçou a imagem negativa que os políticos têm perante os eleitores.

Na democracia, as instituições do sistema político prestam contas entre si. Existe o accountability horizontal. Estas instituições devem se relacionar harmoniosamente. Mas isto não significa que o Poder Legislativo (PL) esteja proibido de legislar sobre os direitos e deveres do Ministério Público (MP) e do Poder Judiciário (PJ). Por outro lado, MP e PJ podem denunciar e julgar membros do PL. Portanto, a harmonia entre as instituições não as condena ao estado de inércia.

O que motivou a Operação Lava Jato? Faço esta indagação em razão da seguinte hipótese: As instituições fiscalizatórias e coercitivas não foram eficientes para evitar ou prevenir práticas de corrupção entre empresários e políticos. Portanto, se esta hipótese for verdadeira, a Lava Jato é produto da inércia das instituições. Portanto, é autoengano responsabilizar exclusivamente a classe política pelas mazelas do Brasil.

A admissão da plausibilidade da hipótese apresentada faz com que a mudança para um suposto novo Brasil não ocorra considerando apenas a classe política. Outras instituições também precisam ser reformadas para que o “novo” Brasil surja. Será que são apenas os políticos responsáveis, como gestores ineficientes ou legisladores ausentes, pela existência da corrupção e pela crise fiscal dos Estados?

Quando observo o debate sobre as 10 medidas de combate à corrupção que está presente no Congresso Nacional, encontro variados atores sugerindo para a opinião pública que os políticos poderosos desejam inibir ações de outras instituições. A classe política é poderosa em razão de ser privilegiada economicamente e de ter o poder de influenciar atores. Mas os poderosos não são apenas os políticos. O debate sobre altos salários do funcionalismo público corrobora com a minha assertiva.

O Brasil vive momento oportuno para o debate reformista. Mas as reformas não podem atingir apenas a classe política. As instituições do Estado devem ser reformadas. Caso isto venha a ocorrer, é possível que um novo Brasil surja e que as condições que propiciaram a origem da meritória Operação Lava Jato sejam enfraquecidas.

;

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

 

Página 1 de 20123...1020...Última »

Notícias Anteriores