Será finalizado nesta quarta-feira (10) o prazo para pedir a isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. A taxa de inscrição deste ano é R$ 85.

Podem solicitar a isenção os estudantes que estão cursando a última série do ensino médio, em 2019, em escola da rede pública; aqueles que cursaram todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, com renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio, o que, em valores de 2019, equivale a R$ 1.497.

São também isentos os participantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica, membros de família de baixa renda com Número de Identificação Social (NIS), único e válido, com renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 499), ou renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 2.994).

Os resultados do pedido de isenção serão divulgados no dia 17 de abril. O Enem deste ano será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro.

Acontece na próxima quinta-feira (11), no Teatro municipal de Santa Cruz do Capibaribe, evento destinado à conscientização sobre depressão. O evento é gratuito.

De acordo com o psicanalista Jorge Fontes, um dos organizadores do evento, o objetivo é dar visibilidade ao tema, debater de forma profissional e respeitosa, entendendo melhor a doença para ajudar mais pessoas.

Haverá palestras de psicólogos, psicanalistas, psicopedagoga, entre outros profissionais. O evento tem início agendado para às 18h30.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a doença cresce a cada ano no mundo. O Brasil tem maior prevalência da América Latina.

Totalizando 7 horas, a primeira noite de ensaio com o elenco principal da 52ª Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, entrou pela madrugada desta terça-feira (9).

Os atores Juliano Cazarré (Jesus), Bruno Lopes (apóstolo João), Ricardo Tozzi (Herodes), Gabriel Braga Nunes (Pilatos) e Priscila Fantin (Maria), juntaram-se aos atores Rafaella Carvalho (Herodíades), Ninive Caldas (Madalena) e Zé Barbosa (Judas), para alinhar-se todas as marcações de palco e orientações dos diretores Carlos Reis e Lúcio Lombardi.

“Estou bem admirado, porque tudo já é preparado para a gene entrar, com tudo já ensaiado. É muito agilizado e profissional, eu, estou muito impressionado com as cenas, é tudo muito grandioso e bonito, inclusive fiquei tocado com algumas cenas que vi de Jesus. Eu fico já imaginando o momento com o público, que é o momento que sinto a maior vibração por conta da troca de energia. Todo mundo conectado na cena, estou muito entusiasmado e feliz por estar aqui,” disse Ricardo Tozzi, que viverá Herodes.

A temporada 2019 da Paixão de Cristo, acontece entre os dias 13 a 20 de abril, no agreste pernambucano.

No próximo sábado (13) acontecerá em Santa Cruz do Capibaribe, evento na Câmara de Vereadores com o intuito de discutir a reforma previdenciária, que tramita no Congresso Nacional.

O evento deve contar com a participação do ex-secretário de Cultura do estado de Pernambuco, Marcelino Granja e do vice-presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (SIMPOL), Rafael Cavalcanti.

O vereador Ernesto Maia (PT) informou que a deputada federal, Marília Arraes (PT), que havia confirmado presença no ato, precisou cancelar a visita ao município, por conflito de data com outros eventos.

Na manhã desta terça-feira (9), um caminhão tombou e ficou preso entre dois viadutos, no município e Caruaru. O fato se deu entre os bairros Boa Vista I e II, na BR-104.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o motorista informou que estava fazendo uma ultrapassagem quando a direção travou.

Por sorte, o homem teve apenas ferimentos leves. O acidente deixou o trânsito congestionado.

Um homem identificado por Almir Rogério da Silva, conhecido ‘Beterraba’ (idade não informada), foi levado para delegacia de Santa Cruz do Capibaribe no sábado (06),  após uma confusão na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

De acordo com informações de funcionários da unidade de saúde, o homem estava sendo atendido após se ferir em uma confusão de bar. No entanto, alterado, teria assediado uma das técnicas de enfermagem.

Guardas da UPA ainda disseram que Almir teria ameaçado a funcionária.

Ele foi levado para delegacia e ficou à disposição o delegado de plantão. Não foi relatado onde teria acontecido a briga de bar.

 

 

Acontece sábado (6) e domingo (7), evento na Rua Luiz Cecília de Santana, rua principal do distrito de São Domingos em Brejo da Madre de Deus, para arrecadação de recursos que visa contribuir para participação de jovens atletas de Jiu-jitsu, em competição no município de Barueri no estado de São Paulo.

O evento contará com barracas de lanches e brinquedos a preços populares.

Os jovens fazem parte do Projeto Social ‘Fabricando Campões’, coordenado pelo professor Ronaldo Moraes.

Em São Domingos, o projeto já está com 8 anos e, segundo o professor, conta com aproximadamente 150 crianças participando de forma gratuita.

Para o Campeonato brasileiro de Jiu-jitsu, viajarão no próximo dia 26, oito atletas com idades entre 9 e 17 anos. As disputas acontecem em 27 e 28 de abril.

Os vereadores de oposição em Brejo da Madre de Deus, Bolão e Robertinho Asfora, estiveram na Escola Santa Maria no distrito de São Domingos na manhã desta sexta-feira (05), para averiguar denúncia de armazenamento de combustível dentro da unidade de ensino.

De acordo com Robertinho, as denúncias partiram de populares, incluindo mães de alunos. Os parlamentares também se baseiam em uma imagem, onde homens aparentemente abastecem o ônibus escolar enfrente à escola, com galões (dois deles semelhantes aos apreendidos).

Ainda segundo Robertinho, o diretor da escola teria tentado atrapalhar a fiscalização dos vereadores, com a demora de aproximadamente 2h para abrir um dos cômodos, onde estavam guardados galões e funil. Os vereadores afirmam que os recipientes estavam sujos e com forte cheiro de combustível, apontando para uso no abastecimento.

Armazenar combustível ilegalmente é crime ambiental. Além disso, os vereadores alertam para o perigo por se tratar de produto altamente inflamável.

“Acredito que a gente foi eleito pelo voto e estamos honrando o nosso trabalho de fiscalizador”, disse Robertinho, que completou em seguida “Não somos peritos, mas temos as fotos e galões apreendidos para que as autoridades tomem os providência e façam os procedimentos necessários”.

O secretário de governo, Aelson Souza, reforça que os galões estavam vazios e argumenta que os produtos estavam guardados desde o ano passado, período em que houve a greve dos caminhoneiros.

Ele sustenta ainda que, mesmo no período de greve, em nenhum momento os galões estiveram com combustível dentro da unidade de ensino, sendo usados apenas em momentos críticos para ‘socorro’ aos veículos escolares parados nas estradas.

O secretário acrescentou também que os galões estavam em um almoxarifado, distantes das salas de aula e que a demora para a abertura do local, se deu por que a funcionária que estava com a chave não estaria na escola, na chegada dos vereadores.

A questão foi levada para delegacia de Santa Cruz do Capibaribe. A polícia investiga o caso.

Gestora do Santa Cruz Prev, Elaine Silva, enviou nota à impressa nessa sexta-feira (05), após ter seu nome envolvido em denúncia do vereador Capilé. O parlamentar afirmou, na quinta-feira (04), no uso da tribuna durante sessão ordinária, que a gestora teria prevaricado, negligenciando atrasos da prefeitura municipal para o órgão de previdência.

Prevaricação é um crime cometido por funcionário público quando deixa de praticar ato de ofício, visando satisfazer interesse pessoal.

De acordo com Capilé, existe uma dívida do município com o Regime de Previdência, que ultrapassa mais de R$ 2 milhões. Ele afirma que em 2018, a prefeitura repassou sua parte sempre com atraso e não teria realizado o pagamento de juros ou multa. O oposicionista entende que houve conivência por parte da gestora.

Ainda segundo Capilé, a gestora teria o poder de acionar o Banco do Brasil para que o repasse atrasado fosse debitado diretamente do FPM. (Veja aqui a denúncia).

Em nota, Elaine afirma que existe um “comprometimento da Diretoria do Santa Cruz Prev com as boas práticas de gestão” e que “nunca negligenciou o seu papel na cobrança incisiva dos repasses”.

Confira a nota, na íntegra:

Em relação aos fatos ocorridos na tarde de ontem (04.04.19) na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe e diante das declarações e acusações feitas por dois vereadores de oposição, vimos esclarecer o que se segue:

A Diretoria do Santa Cruz Prev sempre teve como marca de sua gestão a estrita observância aos princípios norteadores da administração pública, notadamente a Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência;

Salientamos ainda que o Santa Cruz Prev tem sido destaque no cenário pernambucano, figurando em 2º lugar no Ranking do Indicador de Situação Previdenciária (ISP) de RPPS do Estado de Pernambuco, divulgado pela Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda, contando atualmente com mais de R$ 37 milhões em reserva financeira. Esses números, informados pelos órgãos incumbidos de acompanhar e fiscalizar os RPPS, atestam e reforçam o comprometimento da Diretoria do Santa Cruz Prev com as boas práticas de gestão.

Quanto à acusação de que a Gestão do Santa Cruz Prev teria sido chamada ao TCE-PE em 31 de Janeiro de 2019, onde teria negado a existência de débitos por parte da prefeitura, esta acusação não procede em absoluto. Tal informação, prestada por meio de declaração, é item obrigatório contido no Anexo X (item 14), da Resolução TC nº 48/2018, essencial à prestação de contas do RPPS, e se refere exclusivamente à existência de irregularidades eventualmente apontadas em relatório de auditoria realizada pelo Controle Interno;

Em relação aos débitos do Município para com o RPPS, a Diretoria do Santa Cruz Prev nunca negligenciou o seu papel na cobrança incisiva dos repasses, tendo inclusive diligenciado junto ao Banco do Brasil para que se cumprisse a determinação legal contida no art. 15, § 6º da Lei Municipal 2.356/2014, que autoriza o desconto dos repasses em atraso diretamente do FPM, isto desde o ano de 2015, por meio do ofício nº 45/2015.

Por fim, ressaltamos que a diretoria do RPPS de Santa Cruz do Capibaribe continua e sempre continuará empreendendo esforços para manter a Previdência Municipal forte e sustentável, bem como reforçando os atos que mantenham a plena transparência da instituição, ao passo em que se coloca à disposição para os eventuais esclarecimentos que os servidores venham a necessitar.

Atenciosamente, Maria Elaine Silva (Diretora Presidente SANTA CRUZ PREV)

Imagem meramente ilustrativa.

Tramita na Câmara e Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, Projeto de Lei que proíbe ‘substituir por mercadorias o troco devido aos consumidores’. O PL (039/2019) é de autoria o vereador Marlos Melo.

O vereador fez críticas aos estabelecimentos comerciais que, de forma rotineira, dão ‘balinhas’ como troco. Joab do Oscarzão pediu vistas no projeto. Para ele, o Código de Defesa do Consumidor já estabelece a norma.

O PL deve retornar ao plenário, nas próximas reuniões.

O líder da bancada de Situação em Santa Cruz do Capibaribe, vereador Pipoca (PSDB), afirmou não ser contra Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Calçadão Miguel Arraes de Alencar.

“Não sou contra e nunca fui. E digo isso bem tranquilo”, disse em discurso na tarde desta quinta-feira (04), durante sessão ordinária na Casa Dr. José Vieira de Araújo.

Durante essa semana, o juiz Moacir Ribeiro da Silva Júnior negou um pedido de liminar do tucano que requeria a suspensão dos trabalhos da CPI.

Pipoca explicou que o seu pedido era para garantir representatividade da sua bancada na Comissão de investigação. Apenas um vereador governista (Nailson Ramos) compõe a equipe de trabalho. Os outros são: Marlos Melo, Carlinhos da Cohab e Ernesto Maia.

O líder da bancada governista entende que o regimento interno da Casa é omisso no que diz respeito à quantidade de membros de CPI e requer dois integrantes situacionistas.

Ele relembrou que em CPI’s em anos recentes, havia dois de cada lado político na composição.

Notícias Anteriores